Ir para conteúdo

Daniels

Membros
  • Total de itens

    12
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Daniels

  • Data de Nascimento 05-02-1989
  1. Marco, fiz a trilha novamente em outubro de 2013 e pude ver o ponto em que sai... Tem um totem com varias pedras empilhadas a direita, nesse ponto você deve seguir o totem e virar a direira, mas nos continuamos reto saindo da trilha.
  2. Sim, da rodoviária de Piquete também tem como pegar um taxi até o ultimo trecho asfaltado do Bairro dos Marins e de lá ir a pé (as maioria dos taxistas não vão além do asfalto). Partindo desse ponto são + ou - 5km.
  3. Fala Sidnei! O Milton me disse certa vez que tem como pegar o pegar o ônibus para Itajuba-MG (Passaro Marrom) e de pedir para descer na Estrada do Saiqui que fica a 1.700 metros do posto da barreira, de lá são 15km de caminhada até o acampamento base. Só lembre de avisar o motorista que vc quer descer lá pq vair precisar tirar as mochilas do porta malas e nem todo motorista permite, mas qualquer coisa vc pode tirar no posto da barreira e ir com ela no banco até o Saiqui. Abraço!
  4. Vou contar aqui uma trip um pouco diferente pelas entranhas da famosa Pedra Grande (enorme) de Atibaia. Grupo formado! Eu (Daniel), Érica, Ronan, Carol, Thiago, Thamires e Jack. Agora batizados como Equipe Bravo! Saída: dia 12 de outubro de 2012, 07:00 a.m. Todos na rodoviária de Campinas, ou melhor, quase todos, pois eu estava acordando a Érica para irmos até a rodoviária! Enfim acabamos perdendo o ônibis que nos levaria até Atibaia, até ai tudo bem poderíamos pegar o próximo, mas ninguém contava que o próximo bus só sairia as 12:00h !!! Fazer o que... Passagens compradas para garantir nossos lugares e fomos os 7 mochileiros para minha casa aguardar o tempo passar. Já eu aproveitei para tirar merecidas 2 horas de sono, pois não havia dormido nada até então. Atrasos a parte, chegamos à rodoviária de Atibaia por volta das 13:30h, comemos alguns salgados iguarias oleaginosas de rodoviária e rumamos ao mercado mais próximo para comprar nossa alimentação de acampamento. Esperamos um taxi... e esperamos... esperamos... esperamos... Até que, enfim, conseguimos dois taxis para nos deixar no inicio da trilha (final do bairro Arco-Iris) isso já por volta das 16:00h. Pé na trilha lama, o tempo não ajudava e uma garoa quase que imperceptível começara a nos acompanhar. A placa que aparece em muitas fotos indicando o inicio das trilhas não esta mais lá então pegamos a trilha da direita, pois parecia ser a mais fácil, até percebermos que estávamos na Trilha dos Monges , ok mais um contra-tempo... voltamos ao inicio agora para subir pela trila do meio: Minha Deusa. Ufa! Nosso plano de percurso era subir pela trilha Minha Deusa, conquistar o topo e descer pela estrada de terra que liga a Pedra Grande a Rod. Dom Pedro I por 4km até o Camping/Pousada Pedra Grande onde passaríamos o nosso feriado. Tava todo mundo pesado, pois carregávamos equips de camping e alimentos para 3 dias e 2 noites. Mesmo com a culpa da Érica atraso acreditávamos em chegar no tempo estimado da trilha que é de 2 horas, ou seja, antes do anoitecer. Diga-se de passagem, a trilha não é assim tão fácil como dizem, juntando com os elementos terreno molhado e mochila carregada, ela da um trabalho e tanto. Num tal de sobe pessoa e sobe mochila fomos avançando e encontramos com um grupo descendo, perguntamos se faltava muito para atingir o topo da Pedra. Eles disseram: -Vishhh! Vocês ainda pretendem descer hoje!?!? Informamos o plano e agradecemos pela informação. Retomamos a trilha e percebemos que ainda faltava um bom pedaço Eis que pouco tempo depois a noite começa a dar o ar de sua graça e precisamos acender nossas lanternas. Naquele momento compensava irmos até o fim, pois descer seria mais arriscado, juntamos o grupo e unidos continuamos a trilha. Pedras e mais pedras pelo caminho e um pouco de mata fechada... -Mata fechada? -Ué, a trilha não era bem aberta!? Ok, passamos... mas de repente fomos tomados por uma nevoa/nuvem sei lá eu, a lanterna já não iluminava 2 metros a minha frente devido a esse nevoeiro, quando estava prestes a armar acampamento por ali mesmo saímos da trilha e adentramos numa estrada de terra batida, onde pegamos a direita, subimos... subimos e subimos pelo caminho sem fim e sem visão de mais de 2 metros a frente, até que encontramos a nossa direita uma clareira quase que milagrosamente protegida do vento por uma enorme pedra e por unanimidade montamos nosso acampamento por lá, iluminados apenas pelas luzes de nossas lanternas. Já estávamos a mais de 5 horas na trilha, após armarmos a barraca não demorou muito para todos caírem no sono mesmo com o incessante barulho do vento cortando as rochas. Amanheceu e então nos demos conta de onde estávamos e de que haviamos praticamente aberto uma nova trillha! Saímos da trilha Minha Deusa em uma bifurcação e seguimos reto. Desmontamos o nosso acampamento, recolhemos o lixo e rumamos para Pedra Grande, que já podia ser avistada a poucos metros dali! Missão I (Cumprida) Cume da Pedra Grande conquistado pela Equipe Bravo! Contemplamos a paisagem e tiramos algumas fotos por lá. Agora restava descer até o Camping pela estrada que sai a sudeste da Pedra. Bom, essa parte foi infinitamente mais fácil, encontramos uma nascente nos primeiros metros onde aproveitamos para nos abastecer, já que consumimos toda nossa água durante a noite. Em pouco tempo estávamos no Camping, nem acreditamos direito de tão rápido que foi! Missão II (Facilmente Cumprida) A Pousada/Camping oferece uma estrutura bacana com piscina, tirolesa, ponte de três cordas, caiaque, sauna, sala de jogos, etc. A área de camping fica um pouco afastada da área social, mas vale a pena pelo custo benefício que é muito bom. Aproveitamos bem, pois foi merecido haha Curiosidade: Quando chegamos, ficamos conhecidos entre os campistas por termos passado a noite acampados na Pedra Grande. Ficamos populares por lá! Ainda mais quando um dos guias da Pousada disse que em uma dessas noites um outro guia foi fazer uma trilha nas proximidades da Pedra e deu de cara com uma onça parda Seguem os gastos da aventura (por pessoa): PEDRA GRANDE (ATIBAIA) Ônibus Campinas-Atibaia R$ 14,00 Taxi até inicio da trilha R$ 7,14 Camping Pedra Grande R$ 30,00 Taxi Camping Rodoviária R$ 14,29 Ônibus Atibaia-Campinas R$ 16,00 TOTAL R$ 81,43 Gastos Extras Compras Mercado R$ 10,00 Lanche Rodoviária (gasto aproximado) R$ 20,00 Chopp R$ 5,00 TOTAL COM EXTRAS R$ 116,43
  5. Eu topo essa! Subi a Pedra Grande de Atibaia ano passado e planejo subir Marins esse ano! Felipe, já rolo a subida na Pedra Grande?
  6. Dia muito bem aproveitado heim! Em breve pretendo ir para esse lugar também! Existe algum contato do morador/dono da praia do Camburizinho??
  7. ...mais um chegando de paraquedas aqui hahaa Carol valeu pelas dicas! Tô indo pro Rio final de novembro e tava procurando algun lugares pra sair a noite... Tem como passar alguns nomes das boates/bares pra poder localizar melhor?
×
×
  • Criar Novo...