Ir para conteúdo

carolsm

Membros
  • Total de itens

    93
  • Registro em

  • Última visita

Posts postados por carolsm

  1. Pessoal, acabei de passar o feriado em Um hotel de selva em Manaus (Jungle palace), para baratear a experiência eu fiz todos os passeios com um barqueiro, Sr. Bigode e o irmão dele, capitão Té. Ficou bem mais barato e conheci mais coisas que pelo hotel. Segue os contatos: 92-993130952 e 99506-7042.

    Outra coisa interessante foi contratar os serviços de transporte do Dilson (‪+55 92 8100‑5998‬), já que ele passou o dia interior rodando Manaus conosco e nos custou o mesmo que o taxi ida e volta para o aeroporto.

    Valeu muito a experiência. Não pensei que fosse gostar tanto daquela região, ótimos passeios e gastronomia excelente, pena que os precinhos são salgados.

  2. Eu fechei com a Jalapão Extremo o aluguel carro+guia por R$ 780,00 (incluindo combustível), a capacidade era de 7 passageiros (sem contar o motorista). A Simone e o Alex são muito prestativos, eles fizeram a parte de agendamento das refeições também. A viagem foi perfeita, não teve nenhum imprevisto. Recomendo. Sei que eles também tem uma Troller, e o aluguel desse carro é mais barato, pois é para 4 passageiros. http://jalapaoextremo.com.br Telefones: (63) 3322-7990 e (63) 9968-1166.

     

    Para quem vai ao Jalapão por esses dias é bom saber que a Cachoeira da Velha está interditada, pois havia uma onça com filhotinhos naquelas bandas. Já tenho uma razão para voltar ::otemo::::otemo::::otemo::

  3. Nao existem voos de Curacao para Los Roques, vc tera mesmo que passar por Caracas (Maiquetia e aeroporto regional). Eu fiz Curacao e Los Roques na mesma viagem. Se tiver pouco tempo, nao recomendo. Los Roques tem muitas ilhas, muita coisa para se conhecer.

    Na minha personalissima opiniao, a beleza de Los Roques supera a de Curacao.

     

    Boa viagem!

  4. Ramona,

     

    A ordem q eu escolhi foi: Tailandia, Camboja, Laos, Vietna e Hong Kong (e depois Japão). Antes de me decidir, fiz todas as simulações de passagens, pq o que torna essa viagem cara são os trechos aereos.

    O visto no Vietna vc tira lá mesmo, sem o menor problema, só tem q ter a carta-convite q vc faz aqui no Brasil mesmo, ou então, se preferir, pode mandar seu passaporte para embaixada em Brasilia.

    Hong Kong não é uma cidade absurdamente cara, é possível pesquisar e ficar em locais bem localizados e não tão caros, alimentação também não se compara ao que pagamos no Brasil.

  5. Daniel Sa, da sim pra vc fazer em 5 dias (melhor dizer, 3 ou 3 1/2, pq nao vamos contar o dia da chegada e, dependendo do seu voo, tb tem q excluir o da saida). No entanto, nao vai dar pra aproveitar tudo que aquele lugar magico tem pra oferecer. A primeira vez fiquei em Gran Roque por 3 dias (e amei, voltei de la encantada!), mas qd fui para ficar por mais tempo descobri q nao tinha aproveitado nem a metade do que poderia da primeira vez. Os passeios sao quase todos de dia inteiro, por isso vc nao consiguira conhecer mt coisa na sua trip, mas isso nao significara que nao ira gostar, mesmos as ilhas mais proximas sao lindas.

     

    Amandahr, Los Roques nao eh local de balada, mas tb nao digo que seja so de casal, ja fui com amigas, sem meu marido, e foi divertido. Aproveitamos mt. Ha alguns grupos de solteiros, que vao pra mergulhar, mas nao eh certeza de vc encontra-los por la. Vi algumas poucas festas, normalmente dos moradores da ilha msm. Se vc quiser descansar, la eh o lugar.

  6. Aluguei o carro em Split e devolvi em Dubrovnik, na alta temporada (28-08 a 03-09-2012), com a Fleet (pelo site do rentalcars.com) paguei US$ 255, com seguro etc e tal. Acho que nao e tao caro, sobretudo se tiver alguem pra rachar o custo. Apesar de ter a PID, ninguem pediu, entao eu nem apresentei na hora de pegar o carro.

     

    Alugar carro para se deslocar na Croacia eh otimo, vc consegue aproveitar bem a paisagem, as estradas sao otimas, cidades que nao conheceria com onibus, nao tivemos qualquer problema.

    Porem ha alguns pontos negativos, o estacionamento nas cidades (parando na rua) eh carissimo. Por 24h de estacionamento na rua em Split pagamos quase R$ 90,00. Um assalto. Sem falar que vc nao vai precisar de carro para circular em Split, nem em Hvar, tampouco em Dubronik (tanto q devolvemos o carro antes da data combinada, so pra nos livrar do estacionamento). O custo da travessia do carro de Split para Hvar tambem eh alto, quase Kn 500,00 para atravessar o carro mais 2 pessoas (so a ida!).

     

    De Hvar para Dubrovnik pegamos o ferry em Sucuraj (atravessamos a ilha de carro, estrada estreita e cheia de curva, quase 2h) ate Drvenik, eh bem mais barato q ate Split (mais rapido tb), a unica questao a se observar eh a travessia da ilha, q eh meio chata. Na temporada, tb indico chegar mais cedo, o ferry eh menor q o de Split, entao teve gente que teve q esperar o proximo. Nao se esqueca de consultar a timetable (http://www.croatiaferries.com/drvenik-sucuraj-ferry.htm)

     

    Aos mais aventureiros e desbravadores, indico extender a viagem ate Montenegro, fomos de carro ate la, viagem bate e volta, conhecemos a Baia de Kotor, a cidade de Kotor, Budva e Sveti Stefan (onde filmaram Casino Royale). Tudo la eh mais barato que na Croacia. A costa montenegrina tb eh linda. Nao se esquece de avisar na locadora que vai atravessar a fronteira, pq eh necessaria uma carta verde para ser apresentada na alfandega (ou policia, nao sei!). Ah, contabilize, em sua viagem, o tempo da travessia de fronteiras, pegamos uma fila enorme no lado de Montenegro. Eles estavam revistando todos os carros. Conosco, felizmente, foi bem rapido, quando o policial descobriu que eramos brasileiros disse "Copacabana! Samba! Pode passar". Foi hilario!! rsrsrs Fomos os unicos a nao ter que descer do carro.

     

    Quem precisar de qualquer dica (aluguel de carro, hospedagem, alimentacao) sobre a viagem pela costa da Dalmacia (de Split a Dubronik) pode me escrever por email, q apesar de nao conseguir acompanhar as discussoes por aqui, sempre respondo prontamente os mochileiros por la.

  7. Ahh esqueci de responder, minha Spider tem 3 anos, eu não uso ela todo dia, pq sabe como é, mulher não dispensa uma bolsa.

    Mas vou te dizer, ela já rodou mt comigo, carregou mt peso e resiste bem. Qd viajamos ela sempre carrega 2 cameras DSLR, mais umas 5 lentes, garrafa d'agua, guia etc e tal.

    Único ponto negativo: ela não é impermeável.

  8. Guilherme, taxista de confiança é o Reynaldo, que Iderley citou acima. O cara é 10, tudo bem q o preço nao é assim tão camarada, mas pode confiar! Ele é um amor de pessoa, simpatico, educado, bom papo e pontual.

  9. Luis, como vc eh aqui do Rio, vou te passar algumas lojas onde vc pode encontrar Deuter (to reencaminhando a lista que a assistencia me passou):

    www.subsub.com.br

    www.adventura.com.br

    www.lechen.com.br

    www.casadoalpinista.com.br

    www.asdivers.com.br

    www.ontherocks.com.br

    O q vc pode fazer eh ir na loja, ver o modelo que te interessa e procurar preco na net, minha primeira Deuter foi assim, e olha que valeu a pena. Sobre a qualidade, pode comprar de olhos fechados, meu mochilao esta comigo ha alguns anos e nunca decepcionou, a spider tb tem uns bons aninhos e continua perfeita.

    Sorte na compra.

  10. Gustavo, o parque de TDP nao fecha nunca, fica aberto o ano todo, o que fecham sao as trilhas e os refugios, em julho vc conseguira entrar de carro e fazer a "ruta de auto" normalmente, so imagino que o frio seja bem grande, sem falar na possibilidade de neve. Eu fui no comeco do mes e peguei um pouquinho de neve. Acho que se seu esquema nao eh acampar e tal, vc consiguira sim aproveitar.

    Se tiver sorte, se o tempo estiver aberto, conseguira tirar boas fotos.

    Em Calafate tambem nao precisa de muito esforco, caso vc nao queira fazer trekking no gelo e tb em El Chalten vc tira boas fotos fazendo trilhas rapidas (logico, se o tempo ajudar). A unica questao que vc vai ter que observar eh q nessa epoca, por estar frio e ser fora de temporada, varias pousadas e B&B fecham, eh bom pesquisar isso com antecedencia. No comeco de abril varias pousadas ja estavam fechadas e restaurantes tb (isso em El Chalten). Pelo que perguntei, o msm nao acontece em Calafate.

    Ahh e se vc quer conforto, o melhor msm eh alugar carro!

  11. Guilherme, o teleférico de Caracas é bem interessante. Não se esqueça que o aeroporto internacional não fica em Caracas, e sim em Maiquetia e que o deslocamento é bem demorado, o trânsito, até mesmos nos fds, é insuportável! É bom ter um taxista de confiança, acabei de chegar da Venezuela e o que todo mundo diz, inclusive os venezuelanos, é que Caracas é uma cidade perigosa.

    Boa trip!

  12. Olá, pessoal!!!

     

    Acabei de chegar daquele paraíso que é LR. Foi minha segunda vez lá e seguramente não foi a última.

    Dessa vez fiquei na Guaripete, tudo q falam sobre ela é realmente verdade. O clima lá é ótimo, a comida é expetacular, o atendimento muito bom, a Fabíola é muita atenciosa e não deixa ninguém ficar sem fazer os passeios imperdívies.

    Eu paguei US$ 270,00/pessoa, pela Chapi. Já voei de Aerotuy e Chapi e não tive problema em nenhuma delas, só vi o pessoal comentando que a Aerotuy costuma ter mais atrasos.

    Não paguei o All Inclusive na pousada, mas acabei fechando a cava lá, para evitar a fadiga, afinal, dá muuuuito trabalho sair pra comprar o lanchinho de praia todo dia rsrsrrs

    Fiquei 5 dias lá, os passeios que mais gostei foram: Cayo de Agua, Sebastianpol, Canereros. Também fui a Cayo Muerto, Cayo Vapor, Bequeve, Francisqui, Madrisqui, Crasqui e Espenqui.

    Ahhh a vila está lotada de brasileiros, muito mais que da outra vez que fui, o pessoal por lá disse que 90% da ocupação é brazuca.

    Se alguém precisar de ajuda, estou disponível (melhor pelo e-mail).

     

    Abs

  13. Renatoni,

    acho bem dificil vc nao encontrar vaga nessa epoca, sao varias pousadas e esse epoca nao eh alta temporada. Eu tb vou em abril (de novo hehe) e nao vi dificuldade nenhuma em fazer as reservas, todas as que eu entrei em contato tinham vaga. Eu cotei e achei as passagens da Venebrasil mais caras, da outra vez comprei com o Eric da Aviatur ([email protected]), foi o melhor preco. Dessa vez, achei mais facil reservar diretamente com a pousada.

  14. Oi, gente! Acabei de chegar da minha terceira viagem para Buenos Aires e uma super dica que li no blog do Ricardo Freire e fui conferir foi a apresentação de tango que acontece no Centro Cultural Borges (olha o site http://www.ccborges.org.ar/), que fica dentro da Galerías Pacífico. Se não me falha a memória, custou 50 pesos por pessoa e, além do preço, a vantagem foi não ter aquele cheiro horroroso de cigarro e não ter que ficar esperando muito todo mundo terminar de jantar e comer sobremesa. O espetáculo começa na hora marcada às 20:30 e de lá vc pode jantar onde bem entender, sem ter que pagar aquele absurdo que cobram nas casas de espetáculo como Señor Tango, Bocatango, etc e tal. Fica a dica!

  15. Oi, pessoal! Voltei esse mês da Venezuela, estive em Caracas (1 dia apenas) e em Los Roques. Em Caracas eu usei os serviços do Reynaldo, eu indico fortemente, ele é muito educado, prestativo e atencioso, chegou na hora marcada tanto para nos buscar no aeroporto, quanto para nos levar lá na volta. Não tivemos do que reclamar. Lá me hospedei no Eurobuilding Hotel, é um hotel que se qualifica 5 estrelas e o preço não é nada salgado.

    Fomos para Los Roques no avião da Aerotuy, que até me surpreendeu, eu estava esperando um teco-teco e não é que tem até aeromoça? Foi super tranquilo o voo, nada do que o pessoal costuma falar aqui.

    Em Los Roques tínhamos reservado a La Rosaleda, que é muito bem avaliada no Tripadvisor, só que, quando chegamos lá, a dona nos informou que a pousada não poderia receber hóspedes porque estava em obras, então elas nos levou para a Pousada da tia dela, que se chama La Quigua. Eu nunca tinha lido nada a respeito dessa pousadinha, e olha que tinha pesquisado bastante sobre a hospedagem na ilha. Enfim, pagamos o mesmo preço que na Rosaleda (75 dólares) e, apesar de ser mais feinha que ela, eu indico a La Quigua, gostei da dona da pousada, dos funcionários, do café da manhã que, embora simples, é bem gostosinho.

    Nós só contratamos o café da manhã, a dona nos emprestou a caixa térmica e então nós compravamos nosso gelo, nossas bebidas e os belisquetes e levávamos para as ilhas. A noite saímos para comer em um lugar muito fofo e de comida muito boa chamado Arrecife (ou Arrecifes, não me lembro bem), que também recomendo. Não cheguei a fazer as contas na ponta do lápis, mas certamente gastamos menos que fechar todas as refeições na pousada.

    Ah, em Los Roques não espere noite agitada. Os dias em que passamos lá não teve absolutamente nada, era jantar e cama.

×
×
  • Criar Novo...