Ir para conteúdo

Júnia Pimenta

Membros de Honra
  • Total de itens

    601
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Júnia Pimenta postou

  1. " Existem duas categorias principais de viajantes: Os que viajam para fugir e os que viajam para buscar." Erico Veríssimo
  2. Eu me hospedei em um hotel chamado "Los Infantes de Lara", na rua Espanha, bem pertinho do Centro Cívico. Não tenho certeza, mas acho que a diária era 60 pesos (meu irmão é operador de turismo e quem pagou foi ele, via agência, pois fiz um pacotão). Um hotelzinho muito bom, com calefação, bom atendimento, SIMPLES e bem aconchegante. A vantagem de ficar perto do centro, é que você sai a noite e fica fácil de voltar, caminhando mesmo, pois Bariloche é minúscula e segura. Passo o site oficial de Bariloche: www.bariloche.com. Quando entrar nesta página, vai ver hotéis, hosterias, bangalos e albergues. Fora o preço, tente observar a localização. Vai ver muito Av. Bustillo, que margeia o Lago. O quilômetro zero desta avenida fica defronte ao Centro Cívico, assim, pode se ter uma idéia da distância entre a sua hospedagem e o centro. O Cerro Catedral fica a + ou - 18 km do centro. O bom de ficar próximo ao Centro Cívico (próximo o suficiente para andar a pé) é a proximidade com tudo, desde casas de câmbio, telefônicas e internet, lojas de aluguel de roupas para neve, restaurantes e afins. Abração, Júnia P.S: 60 pesos apto doble... (sou casada!)
  3. [info]Este tópico é para troca de informações sobre hospedagem em Bariloche.[/info]
  4. Observei no tópico que Jon Krakauer foi bastante citado, e tem um trecho no livro que me lembra bem o real objetivo deste site. Já pensaram em quantos erros deixamos de cometer ao ler os relatos dos que aqui passaram??? Estamos tendo aqui um verdadeiro previlégio de realmente organizar nossas aventuras, por mais insanas que aos olhos alheios podem parecer. " Algumas das pessoas que me aconselharam a não escrever tão depressa também tinham me aconselhado , em primeiro lugar, a não ir ao Everest. Havia muitas e otimas razões para não ir, mas tentar escalar o Everest é um ato intrinsecamente irracional, um triunfo do desejo sobre a sensatez. Jon Krakauer, Seattle, novembro de 1996. Longe de mim criar um ar deprê...apenas pensar no real valor dos conselhos e dicas que aqui recebemos. Abraços. Junia.
  5. Gosto especialmente de duas: " A mente que se abre a uma nova idéia, jamais volta a seu tamanho original." Albert Einstein " Não sabendo que era impossível, ele foi lá e fez..." Jean Cocteau
  6. mais facil ainda.... http://www.catedralaltapatagonia.com/tarifario.shtml depois...web cam, fotos e afins...
  7. Pra quem ainda tem dúvidas das belezas de Bariloche, no site www.bariloche.com/portugues/index.asp tem uma camera com fotos em tempo real das pistas do Cerro Catedral, e tbem imagens 360° com cameras posicionadas em vários pontos das pistas. entre no site, vá ao link Cerro Catedral, fotos...e curta!
  8. Complejo blest ( empresa de ecoturismo e aventura local) [email protected] Site oficial de Bariloche www.bariloche.com/portugues/index.asp ( Muito, muito bom! Tem de tudo!!) Neste site de bariloche, vc tbém consegue os preços da semana. Como fui em JUNHO, que ele consideram baixa temporada, as referências de preço que tenho não vão bater com a data que vc estará lá. Abraços... e retorne o contato contando como foi!
  9. Em tempo, o site do Free Shop nos aeroportos do Brasil. http://www.dutyfreedufry.com.br/ Flávia, mais uma vez... não me leve a mal no comentário, please! Boa Viagem.
  10. Flávia...você deve estar levando muito dinheiro pra pensar em perfumes....não se esqueça que a moeda local é o Euro, e caríssima em relação ao Real. Na Europa tudo é pago, e bem pago, até banheiro de estação de metrô. Todos os pontos turisticos são pagos e entre gastar em perfumaria e visitar o Louvre e muitos outros mais, ficaria com a segunda opção. Na volta, se sobrar dinheiro e vc ainda achar necessário comprar alguma coisa, compre no Free Shop. Antes dê uma olhada nos preços do free shop do Brasil, anote e compare com o free shop do aeroporto europeu onde irá embarcar.Não me leve a mal no comentário, tbém fui pra Paris pensando em comprar uma infinidade de coisas, depois fui passeando pela Europa, torrando tudo em lugares que provavelmente eu não irei voltar mais, visitei todos os Museus que pude, paguei para entrar em todas as Catedrais,subi na Tour Eiffel, me arrependí até a morte de não ter passeado de gôndola em Veneza( custava 100 euros),e no fim pensei...perfume e maquiagem eu compro no Brasil, se der, puder ou ainda quiser, parcelado em 5 x no cartão. No fim ,sobrou uma GRANINHA, bem pouquinha!, e não comprei nada pra mim... também não fez falta. Para saber os preços no Brasil, entre no site da Brasif, free shop dos principais aeroportos do Brasil. Tem o preço de tudo lá
  11. Entrei aqui só pra dar uma olhadinha e ví muitas dúvidas que eu tbem tinha quando fui...na página anterior, li alguma coisa sobre o Formula 1... pois bem ..existe uma rede francesa com hoteis em todo o mundo se chama ACCOR e é proprietária dos hoteis IBIS, FORMULA 1, ETAP, NOVOTEL, SOFITEL, MERCURI E ALGUNS OUTROS (tem no Brasil tbém). O Formula 1 é uma excelente opção de hospedagem, mas tem o inconveniente dos banheiros serem coletivos. Ao lado do Formula 1 em Paris, fica o Etap, da mesma rede, talves uns 5 euros mais caro, porem com banheiro privativo. Qualquer coisa , o site é acoorhotel.com, vale a pena ! Comprei Voucher no Brasil,e paguei $57,00 ( dolares americanos). Valeu muito a pena, além da otima localização. A França foi o unico pais onde não usei metrô, achei as linhas de onibus mais práticas, tem a mesma qualidade do metro, além da vista espetacular..vc compra um ticket na entrada ( com o motorista mesmo) registra em uma maquina que fica ao lado dele, e pode fazer todo o percurso de ida com um ticket só, mesmo que nescessite mudar de onibus...Este hotel que fiquei, o Etap, fica em Port de Saint Ouen, tem ponto de onibus na frente ,uma linha muito boa que passa no meio do jardim do Louvre... dali é só desser e curtir Paris ( a pé!)... acho que nunca andei tanto na vida, mas valeu cada KM. Tem uma região de Paris que acho fantastica, o Montmartre, onde fica a Basilica de Sacre- Coeur....vale a pena subir a pé, tomar um café um uma pracinha onde artistas fazem suas pinturas ao vivo (pura arte!) e depois ir descendo pelas ruelas vendo os brechós, as bancas de flores.... é uma região muito antiga de Paris onde ainda residem os Parisienses mais nostálgicos...tem sempre uns tipos estranhos nas redondesas, e é onde fica o Moulan Rouge . A questão do onibus, é que em Paris tudo é muito bonito pra se andar no subsolo! Geralmente, pegava este onibus que falei, linha 85, parava na Jardim do Louvre, pegava meu mapinha e ai caminhando...um dia ,sai do hotel de manha, e fui caminhando do Louvre até a Notre Dame, Conciergerrie... e continuei margeando o Sena até chegar na Tour Eiffel, já no inicio da noite, com as luzes acendendo...inesquecível! Pra não gastar muito em alimentação, já que como tudo é pago e meu interesse era visistar tudo o que pudesse, fazia ao meio dia um lanche nas Boulangeries, uns sanduiches enormes, com um monte de recheio, que sustentava legal! A noite, fazia piquenique no quarto do hotel...parava no supermercado e fazia a festa! Pão e queijo francês, biscoito e chocolate suíço,vinho italiano( aquelas garrafas pequenas), o que no Brasil seria uma orgia e uma fortuna, acabava me custando menos da metade do que pagaria em uma refeição noturna em Paris! Outra economia absurda que fiz, foi comprar um EURAILPASS aqui no Brasil, é um passe de trem que vc compra mais ou menos estipulando quais paises vai atravesar. Como fui meio sem destino certo, comprei meu passe para França ,Itália e Suíça. Não tem data fixa,e vc pode comprar passes para quantos dias quiser. a partir do momento em que vc entra no trem, o fiscal marca o dia e vc tem 24 horal livres para ficar no trem, mesmo que precisar atravassar para outro pais, ou mesmo mudar de trem para fazer conexão...estava olhando agora o meu EURAILPASS e ví que paguei US$644 para 6 dias ( não consecutivos, vc usa o dia que quer), três paises, 2 pessoas ( viajo sempre com meu marido, que topa todas!). Ah! e tem mais, se vc tem mais de 21 anos, só viaja em 1° classe ( pelo Eurail). Lembro de ter feito as contas nas estações, e se fosse pra comprar cada passagem lá, em Euros, pagaria mais que o dobro! O site: www.eurail.com. Dependendo de onde vc morar, qualquer agência de Intercâmbio para estudante tem os formulários e as orientações! Agora deu...quase escrevi um livro de tanta empolgação... espero que tenha ajudado alguém... alias, depois que descobri o Mochileiros, as dicas que recebo antes de viajar tornam sempre minhas viagens mais baratas e mais divertidas... Abraços. Júnia.
  12. DICAS DE BARILOCHE Cheguei de Bariloche dia 20/06/04. Adorei as dicas do Gibão (valeu!), mas a situação tá mais ou menos assim...ainda nevou pouco,não dava pra esquiar em Cerro Catedral ( só esquibunda). Eles acreditam que a temporada iria realmente começar hoje (26/06). Independente de muito ou pouca neve, pra quem não leva o esqui a sério,Bariloche é chocante! Voltaria lá mil vezes! *O Cerro Campanário é IMPERDÍVEL ( uma das 7 melhores vistas do mundo eleita pelo National Geografic), e é! Cerro Catedral e Cerro Otto tbém. *O Cerro Campanário está incluso no Circuito Chico, os outros vc tem que agendar. *Além de uns pouquíssimos ônibus que levam ao Cerro Otto, existe um taxi chamado Remi, que vc encontra em qualquer esquina, é um taxi em que vc fecha o preço antes. Do centro até o Catedral paguei 20 pesos,como fomos em 4 pessoas, 5 pesos pra cada um... *Os meios de elevação em JUNHO estavam assim: Campanário :12 pesos. Catedral 22 pesos. *Uma refeição de 1° com vinho bom : 50 pesos para duas pessoas, mas tem ótimas refeições de trutas e carnes a uma média de 8 a 10 pesos. *Aluguel de roupa pra esqui: 18 pesos em média ( tem mais barato, mas são roupas mais velhas). PS: È indispensável roupa impermeável no Cerro Catedral, nos dias em que fui estavam -5°c e muito vento. Leve protetor solar, óculos e touca na cabeça! *Não perca o nascer do sol sentado no Centro Civico...demais!!!!!!!! ( amanhece perto das 9 horas). *Entre um passeio e outro, dei uma patinada ( no gelo, claro) num lugar chamado NEVISKA, que fica defronte ao Lago..muito tombo da galera que não vê um patins há anos!! Inclusive eu! Saí pra tirar férias e voltei mais cansada do que fui... lá vc não consegue parar...chegava todo dia de madrugada. *A comida é maravilhosa e barata, reserve uma grana pra comer comida local. *Minhas dicas: El Bolicho do Alberto ( bife de chorizo);La Marmite ( lomo e fondues );Familia Weiss( javali e cervo- muito bom!)e indispensável....PILGRIM , um pub muito bacana com todo tipo de cerveja e chopp que vc imagina ou não...cervejas feitas artesanalmente na região...um som bacana, uma atendente gente boa... pra ficar até fechar! *Ah! Outra dica... leve a mala o mais vazia que puder...se vc precisa comprar roupa de inverno, compre lá! è infinitamente mais barata, e o preço do excesso de bagagem pro Brasil é um abuso ( algo em torno de $8( dolares) o quilo extra. Pra comprar aquelas indispensáveis lembrancinhas, gostei de uma loja chamada ARBOL..um cachecolzinho básico pra familia ,com otima qualidade e bom preço. Curiosidade...tem dois cães que moram na loja...o Lobo e a Celeste, eles simplesmente ignoram a sua presença!Boa Viagem a quem for ! Nunca façam ligações dos hoteis, hosterias ou hospedagens... é o triplo do preço. Procurem os locutórios ... o minuto pro Brasil sai menos de 1 peso e 15 minutos de Internet=1peso. Não se esqueçam que quase tudo fecha entre 13:00 e 15:30 hs. 1) Talvez não interesse a ninguém ,porém no Circuito Chico, vc vai parar para apreciar a vista do Lago Perito Moreno... lá tem uns artesães locais...comprei um relogio del sol...da arte Mapuche local, que virou meu mimo da viagem...e não o ví em mais lugar algum. Pra quem curte este tipo de coisa! 2) Se puder levar alguma coisa em dolar, alguns locais pagam 1U$ =3 Pesos... o bom é ter um pouco em peso e um pouco em dolar ( o real não é muito bem aceito), e o melhor lugar para cambio que encontrei foi o Sudameris.Pergunte antes de pagar e gaste a moeda mais conveniente. 3) Fiz alguns passeios com uma empresa chamada Complejo de Turismo Blest´( o receptivo no aeroporto, Circuito Chico, Cerro Catedral) os demais fiz de REMI com um casal do Hotel. Os caras são gente boa e com boa vontade. A quem interessar possa...e-mail: [email protected], fale com um cara chamado Bruno.(Gente Boa!) 4) Não volte pro Brasil com nenhum peso.Troque tudo por dolares ou reais...( ou gaste!). Olha que moro em SC e nem aqui eles querem trocar pesos!
  13. Júnia Pimenta

    Bariloche

    [info]O objetivo deste tópico é trocar informações e reunir depoimentos e dicas sobre a cidade de San Carlos de Bariloche. Se você está com alguma dúvida em relação à cidade, coloque-a aqui que sempre um mochileiro de plantão irá ajudar. Se já conhece Bariloche, conte para nós como foi sua experiência, seja ela negativa ou positiva, deixando dicas e demais informações para mochileiros perdidos. Para isso basta clicar no Botão Responder![/info] [linkbox]Guia de San Carlos de Bariloche por Mochileiros.com Escreva seu Relato sobre Bariloche Procurando companhia para viajar para Bariloche? Crie seu Tópico aqui! Bariloche - Tópico de Perguntas e Respostas Troque informações sobre Hospedagem em Bariloche Relatos sobre Bariloche: Relato sobre viagem de quinze dias à Argentina, incluindo Bariloche pelo mochileiro Leo Caetano Relato sobre viagem de carro à Argentina, incluindo Bariloche pelo mochileiro Marioluc Relato sobre viagem de carro à Argentina, incluindo Bariloche pelo mochileiro Marioluc Relato sobre viagem de dezessete dias à Argentina, incluindo Bariloche pela mochileira apmontemor Relato sobre viagem de ônibus à Argentina, incluindo Bariloche pelo mochileiro Robson Cesar Relato sobre viagem de carro à Argentina, incluindo Bariloche pelo mochileiro Lelê Floripa Relato sobre viagem de três semanas à Argentina, incluindo Bariloche pelo mochileiro Celso Relato sobre viagem de treze dias à Argentina, incluindo Bariloche pela mochileira Cascia Relato sobre viagem de ônibus à Argentina, incluindo Bariloche pelo mochileiro Cazu99 Relato sobre viagem a Bariloche pela mochileira Tatibr Relato sobre viagem de vinte e dois dias à Argentina, incluindo Bariloche pelo mochileiro Rafael Xavier[/linkbox]
  14. [info]O objetivo deste tópico é trocar informações e reunir depoimentos e dicas sobre a cidade de Buenos Aires. Se você está com alguma dúvida em relação à cidade, coloque-a aqui que sempre um mochileiro de plantão irá ajudar. Se já conhece Buenos Aires, conte para nós como foi sua experiência, seja ela negativa ou positiva, deixando dicas e demais informações para mochileiros perdidos. Para isso basta clicar no Botão Responder![/info] [linkbox]Guia de Buenos Aires por Mochileiros.com Escreva seu Relato sobre Buenos Aires Procurando companhia para viajar para Buenos Aires? Crie seu Tópico aqui! Buenos Aires - Tópico de Perguntas e Respostas Troque informações sobre Hospedagem em Buenos Aires Troque informações sobre Alimentação em Buenos Aires Troque informações sobre Baladas e Noitadas em Buenos Aires Relatos sobre Buenos Aires: Relato sobre viagem de quinze dias à Argentina, incluindo Buenos Aires pelo mochileiro Leo Caetano Relato sobre viagem de carro à Argentina, incluindo Buenos Aires pelo mochileiro Lelê Floripa Relato sobre viagem de ônibus à Argentina, incluindo Buenos Aires pelo mochileiro Robson Cesar Relato sobre viagem à Argentina, incluindo Buenos Aires pelo mochileiro Leandro Moção Relato sobre viagem à Argentina, incluindo Buenos Aires pelos mochileiros Isângelo & Lili Relato sobre viagem de 3 semanas à Argentina, incluindo Buenos Aires pelo mochileiro Celso Relato sobre viagem de ônibus à Argentina, incluindo Buenos Aires pelo mochileiro Cazu99 Relato sobre viagem de 22 dias à Argentina, incluindo Buenos Aires pelo mochileiro Rafael Xavier Relato sobre viagem à Argentina, incluindo Buenos Aires pelo mochileiro PNTRS Relato sobre viagem à Argentina, incluindo Buenos Aires pela mochileira Aline Relato sobre viagem à Argentina, incluindo Buenos Aires pelo mochileiro Alex Melo[/linkbox]
×
×
  • Criar Novo...