Ir para conteúdo

Júnia Pimenta

Membros de Honra
  • Total de itens

    601
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Júnia Pimenta postou

  1. Crista , MUITO bom esse seu tópico!!! O pessoal só pensa nos equipos e passeios e esquece umas regrinhas básicas de sobrevivência em países que não levam o saneamento básico muito a sério ( vide Peru e Bolívia). Àgua só engarrafada ou com purificante ( CLORIN), sempre! Sabe aquele milho lindo, enoooorme, que só vende nos Andes? Pois bem....deve conter centenas de milhares ( ou bilhares) de coliformes fecais... Salada crua ? Tô fora! Restaurante de aspecto duvidoso? Tô fora! ( se bem que bom aspecto vizual não significa higiene, né?) Chincha Morada? aff....sem chances...só de lembrar daquelas Cholas com umas unhas enormes e sujas junto ao tacho de Chincha já me dá nojo. Levem sempre Atroveram ( pras cólicas intestinais), e IMOSEC pra possíveis diarréias... O resto é contar com a sorte. p.s: um amigo nosso aqui do site, que tbem é editor( mas não posso falar o nome...rsss) perdeu 11 kg devido a uma intoxicação alimentar na trip Peru;Bolivia....até hoje ele tem trauma dessa viagem..rss..
  2. Aff.....eu não me canso de olhar essas fotos! Absurdamente lindas! Acho que já vim aqui umas 15 vezes....rssss Ei...bem que podia rolar um livreto de imagens, heim???
  3. Eu não sei de preços pois estava com carro próprio, mas caso não estivesse eu alugaria um....os passeios vão abarrotados de turistas barulhentos...os passeios chegam tarde nos locais e partem cedo. Não sei qual é o esquema da sua viagem, mas vc poderia alugar um carro em PMadryn e a partir de então ir a Puerto Pirâmides e a Punta Tombo...a independência nesses lugares é tudo! Vá bem cedo a Punta Tombo... Lembre-se que no verão 5 AM já amanheceu...e até quase 22 horas ainda tem claridade...
  4. Tartaruga...não posso afirmar com 100% de certeza, mas acredito que tudo funcione normalmente. Estivem em P. Madryn dia 26 de dezembro e pra eles isso é o auge do verão ( sim...havia centenas de pessoas tomando banho de mar com um frio de 13 graus)...a cidade é o Balneário de quase todos naquela região...a cidade está bem cheia e movimentada...
  5. Ela fecha das 22:00 á 8:00...isso no verão.
  6. Huacachina é como se fosse um bairro de Ica, e deve ter o máximo uns 300 moradores,se tanto.
  7. Não preciso nem comentar que a viagem de vcs foi mais que demais!!!!!!!!!! As fotos são absurdamente LINDAS!!!!!!!!!! Fiquei feliz em saber que ocorreu tudo bem....vc nunca mais voltou ao tópico "Ushuaia verão 2009" e eu pensei que vcs houvessem desistido.... De uma coisa pode ter certeza....pode não ser sua primeira e não será sua última trip longa, mas será a mais emocionante!!!!!!! Acho que nem vc esperava tanta emoção, né? Putz....nem gosto de lembrar daqueles kilometros no meio do nada entre Puerto Madryn e Caleta Olivia.... Mais uma vez...parabéns pela trip! ( não suma do Mochileiros, tá????????????????) Kisses. JP
  8. Rosi...vá sem medo! Meu inglês na época em que viajei era BBBEEEEMMMM basico e sobrevivi sem traumas na França ( com um francês tão ruim qto o inglês), na Itália e na região da Suíça onde só se fala Alemão. Comprei um dicionario para viajantes da mesma editora que faz o guia visual da Folha de SP e nesse guia vem a grafia e fonética de várias frases para restaurantes, compras, aduanas, aeroportos, estações de trem, hospedagens e afins ( tem umas 7 linguas inclusa no mesmo livreto). Resumindo. Sobreviví! O Guia que usei!
  9. Respondendo a todos.... Em Garopaba não há uma regra na questão de hospedagem...nem segredos....depende mais da sorte. Dá pra alugar casa de pescadores a bons preços...achar pechinchas ótimas nas váaaaarias pousadas...só não vale chegar lá dia 31 procurando vagas. Sobre se virar sem carro é tranquilo...todo mundo dá carona de um lado pro outro...
  10. Fui obrigada a rir e escrever...não podia deixar passar batido. Fui pedida em casamento em Garopaba...numa manhã ensolarada de domingo há 13 anos atrás...hauahahua...comendo açaí e tomando mate no 'Gelomel"...hauauahuaua....
  11. Garoto!!!!!!!! Muito bacana seu relato. Na hora que lí o título do post pensei...quem é o doido que sai de Floripa pra ir a Ourinhos???hauahuahauhaua....mas na verdade eu passei os melhores momentos da minha adolescencia nessa cidade de barro vermelho e povo gente boa que é Ourinhos....
  12. [info]Este tópico reunirá as informações sobre esse interessante e ainda pouco conhecido destino na costa Uruguaia. Se vc já conhece,aproveite pra deixar aqui suas dicas...caso contrário, peça ajuda ! Enjoy!!!![/info] [linkbox]Leia tbem... cabo-polonio-onde-ficar-t35678.html uruguai-de-colonia-a-cabo-polonio-e-bs-as-53-fotos-t29793.html costa-uruguaia-t31700-15.html dicas-uruguaias-t9212-90.html[/linkbox] Cabo Polonio Cabo Polonio é um lugar muito bonito. Surgiu com a construção de um farol que não lograva evitar naufrágios. Seu nome nasceu devido a um naufrágio, em 1700, de um navio proveniente de Cádiz, Espanha - o Cabo Polonio. Embora o acesso seja relativamente fácil, Cabo Polônio é provavelmente o lugar mais inóspito do Uruguai,a cerca de 300 Km de Montevidéu e 600 Km de Porto Alegre. Aproximadamente 40 famílias moram no Cabo, em casinhas bem simples, construídas ao redor de um farol que orienta os navegadores da região e levando a vida sem itens básicos, como água encanada e luz elétrica. A pesca, e mais recentemente o turismo, são a forma de sustento dos habitantes locais. Cabo Polônio, cujo nome homenageia Joseph Polioni, capitão de um barco que naufragou naquela costa, no século 18, está ligado ao continente por um estreito de areia rodeado de dunas, que, por sua vez, estão cercadas pelo mar. A peculiar geografia é o segredo que garante a preservação da natureza, além de embalar a vida dos moradores. Muitos viajantes chegam diariamente - ativando o comércio local, concentrado basicamente na única rua do povoado -, atraídos pelos 300 mil lobos marinhos que formam uma das maiores colônias desses animais no mundo. Com a proibição da caça aos bichos, em 1991, os lobos hoje vivem tranqüilamente esparramados nas rochas que circundam o farol. Na rua que cruza o lugarejo, há pequenos estabelecimentos que vendem comida e algumas lanchonetes. Mas não espere por uma oferta variada de alimentos. Para passar um ou poucos dias, melhor levar o seu próprio rango trazido de alguma cidade do meio do caminho. Existem algumas poucas pousadas. As melhores são La Peria, fone (598) 470. 5125, e Mariemar, fone (598) 470.5164, ambas com preços variáveis e negociáveis, o que pode ser, para duas pessoas, de US$20 a US$70, com café da manhã. Uma alternativa legal é alugar uma cabana de pescador, normalmente mais barata que uma pousada, a partir de US$10. Do Brasil, de carro, pega-se a BR-116 até Pelotas, no Rio Grande do Sul, seguindo pela BR-471 até a fronteira, Chui. A estrada ao cruzar a divisa é a Ruta 9, que vai até a cidade de Castillos, onde se deve entrar à esquerda na Ruta 16. No cruzamento para Aguas Dulces, cidade 11 Km a sudeste de Castillos, entra-se na Ruta 10. Para ira Cabo Polônio é preciso chegar no Krn 264 desta rodovia. Ali na beira da estrada, estão os veículos 4x4 da empresa El Francês, responsável pelo traslado de 20 minutos até o vilarejo, a cerca de US$6 por pessoa, ida e volta. Só tente ir por conta própria se o seu veículo for adequado para dunas de areia. Caso contrário, deixe-o na beira da estrada, num campinho de grama que faz o papel de estacionamento, e siga com as excursões organizadas. http://www.colegiosaofrancisco.com.br/alfa/uruguai/cabo-polonio.php Fotos by Júnia Pimenta
  13. Excelente texto!!!! È ótimo encontrar mais um entusiasta desse povo tão interessante e sofrido... Parabéns! :'> :'> :'>
  14. Não me lembro do valor,mas algo em torno de uns U$ 10,oo....( há descontos para moradores do Mercosul) Leve água e protetor solar. Boa trip!
  15. Há uma taxa no valor de U$ 18,00 que dever ser paga no próprio aeroporto na hora do embarque para o Brasil. Acho improvável ( porém não impossível) que essa taxa já esteja imbutida no valor da passagem.Vale a pena deixar um $$ reservado pra isso. []s.JP
  16. Gente,desculpe me meter com atraso... A taxa de embarque ( U$ 18,00 no caso da Argentina) NEM SEMPRE está inclusa....tem que verificar na hora da compra. A do Brasil ( para o exterior) está sempre inclusa....a taxa de retorno é geralmente paga no próprio aeroporto antes do embarque de retorno ao Brasil. []s.JP
  17. Sim, é mais facil e mais barato em Ushuaia...as opções são muitas...e a quantidade de boas marcas e bons produtos tbem, mas....acho imprescindível levar ao menor um bom casaco daqui, pra qdo chegar lá e precisar dar umas voltas pra encontrar os seus novos produtos. O fato de ser dezembro/janeiro engana pq vc pensa: ' é verão..não estará tão frio assim'....mas venta pacas...e eu acabava só tirando a parka ( anorak) qdo entrava em ambientes fechados ou após aquecer o corpo com alguns kms andados ( p.s: eu tbem fui em dezembro/janeiro 09). []s.JP
  18. Olha, nem eletrônico vale à pena, nem perfume. Mesmo na Cordoba, roupas femininas não achei muita vantagem. Só as lojas esportivas têm alguns artigos que compensam (Fila,Adidas...) Mas eletrônicos e perfumes, tudo praticamente o mesmo preço, quando não mais caros, até. off topic. O freeshop de BsAs vale muito a pena na parte de cosméticos ( no Free saindo de BAires voltando pro Brasil!). Só pra ter uma idéia ( coisas de mulher...rsss..o s garotos não vão entender)...Rímel Lancôme Amplicils U$ 18,00..aqui na minha cidade custa R$ 140,00.
  19. Não...estive apenas em Punta Tombo....e duvido que haja outra melhor! Eu estava lá dia 27 de dezembro de 2008 e havia em média 500.000 pingüins ( isso mesmo...meio milhão !). Mas já que vc vai até Ushuaia, por onde pretende passar. Não vai descer a ruta 3....Punta Tombo fica no caminho....
  20. Rodrigo...qtos dias vc tem pra fazer essa viagem? Eu achei P.Valdez e Punta Tombo imperdíveis...vale a pena encaixar....
  21. É verdade...caríssimo!!!! Cuzco ( e MP ) representou quase 50% das minhas despesas em TODA A VIAGEM...
  22. Mas era a bota que voce ja tinha a cinco anos??? Sei lá, voces me deixaram com medo hehehe preferi ir de quechua mesmo... e seja o que deus quiser hahaha Não né!!!!!!!! rrsss...... Aquela 'morreu'....essa tinha pouco mais de 1 ano....mas não havia sido muito usada... Eu ainda acho a Bull terrier a mais leve e confortável de todas que eu já usei e/ou provei, mas não dá pra confiar na colagem da sola...sei lá...
  23. Pra usar como motorista sim...pra entrar no país, não!!! ( pra entrar na Argentina só com RG em bom estado ou passaporte).
  24. Sim! Abaixo de Puerto Madryn abasteça SEMPRE que vc encontrar um posto de combustível, independente de ter meio tanque cheio ou não. Eu encontrei 2 postos fechados no caminho e quase fiquei sem combustível por 2 vezes. Melhor não bobear. enjoy. JP
  25. Eu não reservei nada...e tbem não tive grandes problemas . Um ótimo site pra traçar as rotas abaixo de Chuí é: http://www.ruta0.com Eu havia comprado um Guia 4 Rodas Mercosul mas foi inútil. As marcações dos postos de combustíveis estavam erradas ( várias delas)...e outros erros , como pavimentação de rutas. Sugiro que assim que vcs estiverem em território Argentino, compre um guia em qquer posto de lá. JP
×
×
  • Criar Novo...