Ir para conteúdo

thiago_

Membros
  • Total de itens

    17
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre thiago_

  • Data de Nascimento 15-02-1988
  1. Vou reforçar o coro a favor da Finisterre. Comprei a minha a um ano, e já surrei bastante. Excelente bota! Combinando com uma boa meia então... Além de ser bonita.
  2. Muito estranho, acho que não procede não. O Super Pluma Inverno não é assim, e nem tem essas características. Resumindo esse anúncio acho que fica assim: a imagem é uma, a descrição é outra e o nome do produto é outro.
  3. Muito maneiro saber que a travessia já ta aberta de novo! Acrofales, tu lembra se dava pra ver influência do incêndio do ano passado na trilha da travessia? Ou não houve nenhuma mudança? (digo até a nível estético mesmo)
  4. Muito maneiro saber que a travessia já ta aberta de novo! Acrofales, tu lembra se dava pra ver influência do incêndio do ano passado na trilha da travessia? Ou não houve nenhuma mudança? (digo até a nível estético mesmo)
  5. Cara, acampar selvagem 15 dias, sozinho (com contato nenhum mesmo), não é uma brincadeira no parque. Sem ter experiência nenhuma então... nem se fala. Não se deixe levar pelos programas no Discovery, as coisas passam bem longe do que é mostrado ali (apesar de serem muito maneiros! hehe). Esse tipo de coisa é muito difícil, exige acima de tudo prática, muita prática e consequentemente experiência. Eu li os textos que já postou no blog e conheço muito bem o seu ponto, já fui entusiasta de McCandless e Ruess, e me sinto na obrigação de te alertar que a emoção não pode estar acima da razão nesse caso, por mais incrível que pareça. Determinadas falhas em determinados locais podem lhe custar a vida, e aí nem 10 horas de trabalho por dia, nem 10 incríveis lugares que você poderia ter conhecido durante a vida. Num quadro menos extremo, você falha em determinado ponto e acaba tendo que voltar mais cedo, tornando a sua trip um fiasco. Eu não vou saber responder a sua pergunta sobre aonde fazer isso. Sei que tem bons lugares aqui pelo Brasil, mas nesse nível de coisa confesso que não vou saber te indicar, espero que apareça alguém com essa resposta. Mas em resumo, te aconselho a usar esse tempo até lá pra criar experiência! Tentar acampar com alguém que entende do assunto é um ponto excelente, te ajuda a aprender e desenvolver técnicas que ajudam muito, porque não pode achar que vai montar acampamento, ficar lá cozinhando, tomando banho de rio e pensando na vida, porque não é assim que funciona, a natureza exige muita dedicação pra manter o acampamento em estado decente e garantir que você vai se sair bem. Se vc trabalha muito, tenta usar os feriadões pra ir fazendo algumas trips e tal, vai te ajudar muito
  6. Não, em Martim não tem aluguel de barraca nem quarto. E é impossível contatar seu Maneco. Aliás é impossível contatar qualquer pessoa lá, porque não tem sinal de nada. Depois de Martim eu não sei se rola, não lembro, mas acredito que não também. Essa travessia é super flexível, você pode pegar barco pra praticamente todas as praias que tem nesse trecho da costa, inclusive Martim de Sá.
  7. Não sei não ... esse último ataque via carrasqueira não coloca a trilha num patamar de alto nível técnico ? Já li muitos relatos de pessoas que morreram ou ficaram gravemente feridas. É, simples em termos, rs. Não é pra subestimar achando que é um passeio no bosque, mas se tem um mínimo de conhecimento de trilha acho que se torna tranquila. Esse lance de feridos e mortos, sinceramente, não sei se está tão associado a dificuldade não. Das inúmeras vezes que estive lá, vi gente abusando, descendo por lugares fora da via comum, tentando descer escorregando, pulando, entre várias outras bizarrices. É o que eu falei, tem que ter um mínimo de conhecimento, diferente da maioria das pessoas que se vê por lá ultimamente (gente que nunca fez uma trilha na vida), ter cuidado, calma e respeito, que não precisa de nenhum curso de escalada pra fazer
  8. A Pedra da Gávea é uma trilha relativamente simples, a nível técnico não haverão dificuldades. Mas existem relatos de assaltos por lá! Por ser uma trilha dentro de perímetro urbano está, infelizmente, sujeita a isso. Como o Marcus disse, fim de semana é super movimentada, então não deve ter tanto perigo. Dia de semana eu também não sei como fica, mas imagino que fique bem mais vazia, então é sempre bom ter cuidado.
  9. thiago_

    Mochilas QUECHUA

    Se bobear é a mochila mais comentada do mochileiros.com
  10. thiago_

    Mochilas QUECHUA

    Esse negócio de tamanho de mochila é complicado, porque depende da forma como cada um arruma, e depende mais ainda do quanto você é capaz de se virar com pouca coisa. Tem gente que precisa levar a casa junto, enquanto tem gente que se vira com um ou dois conjuntos de roupa e mais algumas poucas coisas. Mas independente disso, 50L. cabe bastante coisa sim, e de uma forma geral pra uma viagem de 15 dias acho suficiente (ainda mais que você deve ficar em hostel / hotel / pousada, o que facilita mais ainda). Mas não se apegue tanto ao conforto relacionado ao seu tamanho, porque essas mochilas tem ajuste de altura e mais uma outra série de ajustes nas alças, o que faz com que 60L. ou 50L. fiquem bem em você.
  11. Paraty, sem sombra de dúvidas. Ainda mais pra casal. Arraial é até legal, mas é bem mais muvucado. Paraty além de ter pousadas, hostels e campings pra todos os gostos e bolsos, é mais carregada de cultura. Mas praia por praia Arraial tem acessos bem mais fáceis.
  12. Uso uma Nepal 2 a uns 3 anos já, e recomendo. Só relevo como ponto negativo dela o fato de não ser auto portátil, o que exige que você fure os specs no chão pra montar ( a Minipack também é assim). Fora isso é uma excelente barraca. Se a Marmot é só o sobre teto como o Otávio disse eu também discartaria, principalmente pelos lugares que você pretende usar.
  13. Meu xará, eu estava planejando ir a Argentina em dezembro, meio loucamente, sem muita grana, sem prazo pra volta, já até conheço gente lá. E depois desse tópico acabo de incluir Ushuaia no meu roteiro (que eu nem tenho na verdade, mas eu vou em Ushuaia!). Viajar sozinho é sensacional por diversos aspectos, já tive a experiência de fazer isso (inclusive foi aonde conheci uma galera de BsAs que viraram amigos). Parabéns brother, excelente trip, excelente relato
  14. Bom saber; comprei o meu pela bivak mesmo. Aliás, todos os produtos Lafuma estão com excelente preço por causa desse lance aí. Comprei uma mochila 'Kailas 60+10' (não agora, já tem algum tempo) por 315 reais. Numa loja de caça e pesca no Centro do Rio.
  15. É, isso mesmo, recebi ontem um e-mail do próprio site 'bivak' dizendo que não tem mais Lafuma no Brasil. Tinha visto uma mochila Kailas 60+10 por atrativos 339 reais (ou algo próximo disso), só que tava 'sem estoque'. Mandei um e-mail pra eles perguntando pela disponibilidade do produto, e vi isso na minha caixa de entrada: "Bom dia Thiago, Infelizmente a marca Lafuma não virá mais para o Brasil, motivo pelo qual os produtos da marca estão em promoção de até 70% desconto. att Raime Atendimento Bivak" Logo depois, reparei que o link da mochila havia saído do ar (eles provavelmente esqueceram de tirar e foram alertados pelo meu e-mail). Ta confirmado então.
×
×
  • Criar Novo...