Ir para conteúdo

Zeba

Membros de Honra
  • Total de itens

    110
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

4 Neutra

Bio

  • Ocupação
    Economista
  1. Mihaelo meu caro, não mande os gringos (os hipócritas, não só europeus mas todos os outros da "golden bubble". Obviamente tbém estou me referindo aos falsos idealistas) pro inferno q vai q eles aportem por aqui !! Acho q iam gostar pq além de hipócritas, nazis e falsos moralistas, não vivem sem o turismo sexual e o Brasil é um prato cheio... Dri Parra minha cara, tudo bem ? Qto tempo !! Então quer dizer q desde o advento do euro os europeus ficaram "menos ricos", é isso ? Não entendo como as coisas podem ser tão caras qdo se ganha bem e qdo existem várias formas de crédito mais a mão do governo pra dar uma forcinha. Um amigo meu me disse q na terra dele (Londres) estão cobrando GDP 111,00 pra coletarem o lixo !!! . Isso me lembrou seus exemplos de como as coisas andam subindo mas convenhamos, renda, crédito e governo estão sempre ali pra dar uma força. Se ultimamente sa infinitas facilidades estão diminuindo um pouco (chega de mamata, né ? []) é pq o mundo tá mudando e o q vemos são aqueles q desconheciam o significado da palavra "privação" ficarem receosos. A vista pra quem sempre esteve e viveu na "penthouse" é muito boa mesmo. Sim, nada de generalizações, sabemos q eles tbém ralam bastante (gringo é um rico q trabalha) mas pelo menos não sobra mês no salário só q "tidi nada" o seu amigo advogado q ganha menos do q caixa de supermercado, tem algo errado aí. Não entendo muito bem essas contas de "por hora" mas pelos meus cálculos isso deu pouco mais de 350 euros mensais e, me desculpa, "duvideodó" (rsrsrs) q alguém ganhe isso na europa, a não ser um ou outro imigrante enxotado de seu país em busca de uma vida melhor e q deve tá comendo - no "mundo civilizado" - o pão q o diabo amassou ... Não posso me despedir sem entrar no mundo dos números, então lá vai. Vc terminou um post perguntando sobre de quem é a culpa naquele exemplo da câmera e concordo plenamente contigo. Acho q a culpa é de tudo menos dos States (olha eu aí defendendo os terroristas...) nem do fabricante da câmera (rsrs). Particularmente eu ficaria muito p. da vida se soubesse q tem gente ganhando 2, 3 ou mais vezes mais sobre um produto q eu desenvolvi a muito custo mas a vida é assim. Só q agora eu é q pergunto uma coisa : Cinema a 6-8 euros é caro ? Putz, vai ser barato assim lá na Europa (rsrs). Vc saberia dizer se tem alguma espécie de subsídio (os gringos são bons nisso) quem sabe do sindicato dos atores, produtores, algum fundo com contribuições generosas de Nicole Kidman ou, quem sabe, do próprio Gollum ? Digo isso pq (usando ainda o exemplo da caixa de supermercado), se esta quiser levar a familia todo fim de semana ao cinema - ou, quem sabe, semana sim e semana não - ela vai poder e ainda sobra pra pipoca e ainda pra todo o resto. Agora se a caixa brasileira (a dos 450,00) quiser fazer o mesmo, vai deixar metade do salário na bilheteria e vai ter q se virar pra ficar comendo pipoca 3x ao dia... E olha q foi o exemplo do cinema, mas poderia ser do mac donalds, laptop, supermercado, aluguel, estudo (ops, esse é de graça). Eta vida dura... Beijos, se cuida. Zeba id="navy">id="size3">id="Times New Roman">
  2. Oi Mihaelo, Valeu pelo seu relato, fazia tempo q nao lia algo interessante aqui no site. Adorei o título !! Não sei, mexeram no site e acho q não ficou muito legal, o q acabou me afastando um pouco. Acho q nao foi só eu mas deixa quieto. Já q é pra mexer, q seja pra melhor mas infelizmente nao é todo mundo q pensa assim. Nada contra a terra da Björk mas realmente precisa de um fórum exclusivo ? Já q é assim, kd o fórum de Togo ? [] Enfim... Então quer dizer q alguns na gringolândia continuam fazendo pouco caso daqueles q não pertencem a panelinha "golden bubble" ? Q ridiculo ! Xenofobia pouca é bobagem... Dentre outras coisas, achei interessantes essas "espertezas" na Italia pra arrancar dinheiro das pessoas. Digo isso pq viajando pra paises subdesenvolvidos ou em desenvolvimento o q vc mais vê são os gringos sempre reclamando dizendo q as pessoas acham q eles sao "dólares ambulantes" e os locais estao sempre querendo lhes passar a perna. Sendo assim, ficam pechinchando ferozmente por horas (segundo eles, "questao de principios". Engraçado, isso não rola qdo o assunto é droga ou álcool...) por causa de valores q, colocando na moeda deles, são ínfimos (muitas vezes não dá nem escala...) mas q para o comerciante local seria um prato (ou dois) a mais de comida na mesa (NR.: claro q sem exagerar, ninguém gosta de pagar a mais mas, convenhamos, US$ 0,50 - 1,00 não deixa ninguém mais pobre, principalmente um gringo rico (desculpa a redundância...). Pôxa, esse seu exemplo da lavanderia é prova de q no tal 1o. mundo tá cheio de safadezas tbém. E as coisas por lá cada vez mais baratas (dada a renda...) ?!?! Confesso q nem me surpreendeu tanto afinal pra quem entra numa agência de turismo munido de um salário minimo e sai de lá com um ticket volta ao mundo e, pasme, ainda sobra um TROCO (?!?!?!?!?) ou, num outro exemplo, economizando menos de dois anos de salário "linha da pobreza" dá pra comprar uma singela BMW, nem preciso falar mais nada... E muitos ainda reclamam q as coisas sao caras. Imagina se fossem baratas. Dia desses vi uma maq. fotográfica q custava 11.000,00 reais aqui enqto nos States nao passava de US$ 1.000,00. Faça as contas. Esse comentário me remete àquele forum antigo onde conheci um monte de gente legal, mesmo com opiniões contrárias as minhas. Não sei, mas nada me tira da cabeça q gringo (sem generalizar) sofre da "sindrome do filhinho rico" afinal tudo é simples, fácil, barato ou acessível, guardadas as devidas proporções. Bom pra eles. Uma pena q vc nao conseguiu entrar na terra da rainha (acho q o Lulla tá lá) e dos comedores do insosso fish and chips (nao me entendam mal, adoro Londres !!). O q vc fez com o curso, já tinha pago ? Uma pena, concordo com a Dri, realmente nao existe um critério. Acho q é de lua mesmo... [] Fica pra próxima. Mas confesso q acho estranho o fato de eles nao começarem a pedir visto para nós brasileiros, será q vai perdurar ? As autoridades americanas (tinha q ser os malditos) andam trocando figurinhas com as inglesas sobre o fluxo de potenciais imigrantes ilegais brasucas... Espero q nao façam como o puxa-saco do México pois este já voltou a pedir visto pra brasuca. Falta de soberania é uma desgraça mesmo... Falando em terra da rainha, imagina se o coitado do Jean (o brasuca executado no metrô londrino) fosse gringo. Acho q o Tony "teflon" Blair estaria em Guantanamo numa hora dessas juntamente com os executores do rapaz. Como o cara era brasileiro, um pedido de desculpas atrasado e férias no tahiti (as so speak...) pros policiais q estavam "executando" (desculpa o trocadilho) seu trabalho. Ok, já falei demais. Um abraço, Zeba id="Verdana">
  3. Diga lá Edurra, tudo bem ? Pôxa, a galera deu uma sumida mas é sempre assim. Vc q vai casar (tá ferrado [8] ? rsrs) e eu q sou engraçado ? rsrsrs. Mas sei lá, pra conhecer a namorada bem mesmo só casando ! rsrs Brincadeiras á parte, desejo tudo de bom. Parabéns ! Brother, acho q vc não tá meio paranóico não...tá inteiro mesmo ! rsrs Mas não custa se informar, né ? Eu acho q as coisas já estão voltando ao normal aos poucos e até Outubro vai estar melhor do q está hoje, por exemplo. Mas ainda tem muita coisa pra fazer pois a tragédia foi grande. A tailândia vive de turismo então ninguem mais do q eles mesmos pra tentar arrumar logo as coisas. Logo após o Tsunami, lembro das noticias sobre doenças, contaminação, etc mas isso foi logo após o triste evento e ali o q não faltavam eram cadáveres e o risco de contaminação era grande. Pelo q sei houve uma certa inflacionada de preços no outro lado do país, ilhas como Koh Tao, Koh Samui, etc q não foram atingidas pelo Tsunami mas como o q não falta é opção, tudo bem. Outra coisa, como a Tailandia é, digamos assim, exótica e como vc vai de lua de mel e provavelmente com tudo acertado de antemão provavelmente pra Phuket, a mais famosa) então cuidado pra não deixar as coisas muito...ahn...tipo assim..."exóticas" demais. Explico : Geralmente a mulherada pode não curtir certos lugares principalmente na tão esperada lua de mel e como ali rola o tal "choque cultural", cuidado pra não despertar a fúria (vc sabe, a mulherada tem dessas coisas ! rsrs) dela. Phuket é a ilha mais famosa e tem de tudo, desde praias até a coisa mais grotesca do mundo (não contando Bush, Lulla, etc); um bando de tiozinhos EUROPEUS e NORTE-AMERICANOS (q fique bem claro) indo e vindo com garota(o)s se esbaldando no turismo sexual (sei lá, parece Fortaleza e outras capitais daqui, só q pior...). Então acho legal programar bem, quem sabe escolhendo outras praias maravilhosas pq ali é o q não falta. Ouvi dizer q Krabi, ali pertinho, tbém é bacana. Phi Phi é imperdível mas vi uma foto antes e depois do tsunami e o baque foi de chorar e só não o fiz pq homem não chora !! Mas convenhamos, quem é q sai pra Lua de Mel pensando em passear ? Boa sorte Abraços, Fui Zeba id="Verdana">
  4. Oi Apnama, já q vc curte (cheers !) então... q venham os pergaminhos ! rsrs Sussu sobre as cidades para a sua pesquisa, pulei algumas desinteressantes e uma ou outra interessante tbém e se depois (tá muito no começo ainda...) vc quiser uma geral preto no branco com o q REALMENTE vale a pena, please let me know. Claro q gosto é gosto mas como sou exigente nos meus, acho q poderia ajudar. Creio q isso poderá te ajudar tbém a "equacionar" (gostou da palavra ? rsrs) sua trip afinal tem o lance do tempo/duração q sempre dá uma complicada, daí um bom planejamento sem perder tempo com o q não vale. Humn, ou quem sabe trazer novas dúvidas o q no caso de viagens interessantes, é sempre bacana...[] Betones, desculpe a nossa falha... oops. Tava relendo meu post e acho q ficou faltando um parágrafo. Lembrei-me q qdo estava redigindo deu um "pau" no site/micro (ambos ?) e fiquei com dificuldades, quase perdi o texto todo. Na ocasião tive q apelar à padroeira dos ignorantes em computação (como esse q vos escreve...): "Nossa Sra do CTRL ALD DEL" e numa dessas foi tudo pro saco, ou quase. Não vou reescrever aqui pq numa hora dessas vc deve estar longe mas só pra ter uma idéia, contava algo sobre o sentido horário/anti-horário e tinha uma idéia de roteiro bacana dentro da China, depois indo pro Tibet num vôo de US$ 245,00 (já contando a permissão) e voltando pra Tailândia, do Nepal, num acessível vôo de US$ 170,00 (descobri isso quase sem querer na semana passada...). Mas tudo bem, Tibet e adjacências me parece q vão ficar pra próxima então ´xaquieto... Humn, mas dependendo da época acho q trocaria Tibet pelas Maldivas sem ter q precisar vender um rim...chato, né ? rsrsrs Ah lembrei, vc vai assistir o mundial ? Será q vai dar pros bambis ? hehe (na boa, meu irmão é São Paulino ..) O lance do sentido (anti)-horário não faz muita diferença. Tem muita gente q faz o sentido horário mas isso vai de cada um, não pega nada. No meu caso eu fiz o anti-horário pq queria cruzar a fronteira logo e se fosse via norte da tailândia iria ficar muito ansioso com a viagem pro Camboja e aí ficaria "pensando no amanhã e não curtindo o hoje" (clichê...). Se eu fosse fazer de novo (acho q até vou...), seguiria o mesmo sentido anti-horário, eu gostei. Mas caso eu pulasse um país, digamos, o Vietnam , eu faria duas trips diferentes, tbém por terra/água, mas dessa vez mais simples : 1a trip Bkk - (bus ou trem ou avião, o mais barato) norte da Tai - fronteira Laos - speed boat pra Luang Prabang - bus para Vang Vieng - caiaque pra Vientiane (a trip de caiaque termina antes então a parte final seria por terra) - bus pra fronteira e bkk. 2a trip Bkk - Siem reap - Pohn Pehn - Sihanoukville - barco pra fronteira -bus pra Bkk ou para a ilha Koh Chang, provavelmente seria bkk mesmo pq gosto da "vibe" daquela cidade... (poderia fazer no sentido inverso tbem, dependeria se eu quisesse terminar minha trip no cambodia numa praia (Sihanoukville) ou nos templos de angkor wat (siem reap)). Falando em praia, o negócio é não perder muito tempo com as 'meia-bocas" e se mandar pras praias tailandesas pois essas valem a pena... tem tbém umas ilhas na Malásia com boas praias mas aí já é outro roteiro. Mais ou menos isso, Pra vc q já tà à caminho, tenha uma ótima trip e não se esqueça dos relatos, dicas, comentários mais recentes, ok ? Fui Zeba id="navy">id="Verdana">
  5. Diga lá folks ! Oi Apnama, pois é, foi um roteiro meio sussu pra dar uma idéia mas não se esqueça q não está completo e tem q levar em consideração certas coisas como tempo de deslocamento, disponibilidade, etc senão vira uma maratona. Pra evitar isso, faz-se necessário cortar algumas coisas, no Vietnam tem bastante coisa legal mas muita coisa pode ser cortada ou deixada pra uma outra vez...Eu particularmente gosto do recheio, da cobertura e da cereja e se sobrar tempo/grana eu como o bolo... E mais, as praias/ilhas tailandesas valem ficar um tempão pulando de uma pra outra e pode levar um tempo, vicia...rsrs. Só um toque. E tem ainda toda aquela coisa de conhecer a moçada pois a região é ponto de encontro de pessoas de todo o mundo. Betones meu caro, apavorei... eu ? Q nada, apavorado eu fico qdo vejo o tamanho dos meus posts, parecem verdadeiros pergaminhos... Desconheço transporte ferroviário no Camboja, o do Vietnã acho q dá pra encarar mas me parece meio lento e tem todo o perrengue de ir de/para estação, segurança, encheção de saco. Rolam vôos tbém, obviamente. Já q vc tem mais tempo, acho q dá pra fazer a China numa boa fazendo as atrações mais importantes, ainda mais pra vc q tá entrando na Ásia via HKG . Não sei qto ao Tibet por causa da estação, mas q deve valer a pena, isso sim. Mais uma vez, o mesmo toque : viaja relax senão vira uma maratona. De repente, se vc colocar Tibet agora vai entrar Nepal tbém, o schedule fica apertado, o custo aumenta e por aí vai... Qto ao gasto, isso é muito pessoal mas acho q fazendo como os gringos e gastando entre U$ 12,00/ U$ 25,00 dá e sobra mas lembre-se q isso varia muito e tem muitos fatores envolvidos como estilo de viagem, "IFA" (indice q eu inventei, deve tá em algum outro post por aí...) , conforto, presentes, enganações, época do ano, transporte, passeios, tours, etc. Camboja dá uma beliscada por ser em U$ e tem angkor wat. Vietnã rola umas máfias brabas q pode ser dificil de evitar, tem os tours imperdíveis, etc. Se não tomar cuidado vc dança. Além disso tem toda aquela coisa de "não basta cobrar muito mais caro, tem q sacanear tbém" então "stay tunned". Ainda no capítulo custos, cuidado pra não estourar pq senão vc concorre a medalha de prata pq a de ouro...ah, deixa pra lá ! rs OBVIAMENTE sempre levando em consideração certas coisas q comentei no parágrafo anterior e estilo de viagem da pessoa afinal "cada um é cada um". Oi Patbanner, tudo bem ? Saco cheio de Dublin, cansou ? Acho q o clima no inverno não deve ajudar e ainda piora mais as coisas, certo ? Me pareceu q seu lance é mais "desestressar" mesmo então umas semanas na Tailândia vai ter fazer bem. Não sei se vc está a fim mesmo de fazer o looping então pode fazer parte dele tbém. Já vou falando q Camboja é imperdível mas rola um certo perrengue pra chegar/sair lá. Não se se vc já viu esse site q foi recomendado em outro forum www.talesofasia.com e se não viu, acessa lá e procura "cambodia-overland" q vc vai ter uma idéia mas sei lá, como vc tá sussu qqr coisa faça algum trecho de avião mesmo, na boa. Altas promoções saindo de BKK... pode cortar uns países tbém e ficar de boa nas ilhsa tailandesas mas se por ventura vc estiver de saco cheio de UK´ers...humn, prepare-se. rsrs Acho q vc pegou bem o q eu quis dizer qdo comentou sobre "misturar tudo" mas no seu caso querendo visitar apenas Beijing, uns 4 dias em já estaria de bom tamanho, deixando o resto pra uma outra oportunidade afinal saindo da Europa, com menos da metade de um salário mínimo deles voa-se pra Asia, dependendo apenas da época. Mas lembre-se q vai dar uma paulada no custo das psgs pq Beijing e Bkk ficam di$tante$ uma da outra então tem q ver qual o destino de ticket q melhor se adaptaria a sua trip, digamos assim. Sem problemas qto ao lance de grana, barato (ou acessível) até pra brasuca, psg aérea a parte praqueles q saem daqui do Brasil. Qqr coisa, estamos aí. Cheers ! Zeba id="navy"> id="Verdana">
  6. quem é vivo... diga lá brother, tudo bem ? Então quer dizer q tá curtindo ? Bom saber. Qdo puder manda uns relatos irados, preços, barbadas, perrengues, roteiros, etc !!! "Tidi nada" esse lance de India sussu !!! Já foi pra Agra, Delhi, etc ? Nada de 300 riquixás te pentelhando ? Imundície, miséria, clutura milenar mais os "rip-off artists"... Kd as hienas ? Meu caro, ainda vou checar isso "in locco", pode deixar. rsrs Viu algo sobre o Tibet ? Se cuida, abração e... NAMASTE ! id="Verdana">
  7. hehe, Obrigado meu caro Kaoru, bom saber q tem gente q curte meus posts...vc sabe...gosto de dar uma ajudinha para as pessoas legais salvando-as de certas "pearls" q a gente vê por aí. Continue curtindo. Apnama, mandou bem de novo. Continuo naquela minha idéia de q "China é na outra margem" afinal uma "coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa". A não ser, é claro, q tenha tempo de sobra. Fiquei de dar uma idéia de roteiro, vai meio "de cabeça" mas pelo menos já é "something to start with" : Bkk (bus) => Siem Reap/angkor wat (speed boat, simplesmente inesquecivel, dificil explicar !) => Pohn Penh (adoro esse nome principalmente qdo falado com forte sotaque britânico !) bus => HCM no Vietnam (open tour bus) até Hanoi, parando (só uma idéia) em algumas cidades pelo caminho como Nha Trang, Hoi An, Hue, Hanoi + tour em Halong Bay. Quem sabe esticar até as montanhas de Sapa. No Vietnam, uma vez nesse open bus ticket viajar é bem sussu além se ser bom pra conhecer outros mochileiros. Cuidado com os tours pq Vietnam é [email protected], fazem de tudo pra arrancar teu dinheiro e muitas vezes sem tour não dá pra viajar, rola uma máfia braba mesmo. Depois, bus (ou avião, eu fui de buzun mesmo) para Vientiane (laos) bus => Vang Vieng (não perca o passeio de caiaque e a flutuação numa câmara de pneu, vc vai ver qdo chegar lá. Mas certifique-se qto a segurança (colete salva-vidas, qualidade do equip, etc) pq já morreu gente. Ah, e cuidado pra não passar direto no ponto de chegada. É uma curva q vc faz remando com as mãos, girando, sentado na tal "bóia" e tem q chegar uma praiazinha meio escondida. Nossa, q piada ! Rolam umas cavernas subterraneas tbem mas depois de encarar umas na NZelândia percebi q não é muito a minha a não ser, é claro, q fosse como as de Cancun (pois é, já tive meu momento "turista"...rsrs). Depois bus => Luang Prabang (a cachoeira mais bonita q já vi na vida. E a cidadezinha é não sei o q lá da Unesco, algo assim). Aí, barco (melhor dar uma olhadinha antes de encarar, outra piada...infelizmente não peguei o tal barquinho por causa das chuvas) pra fronteira com a Tailandia e bus => para Chiang Mai e bus ou trem ou avião => Bkk. Sim, tem outras coisas/lugares mas como eu disse foi só pra se ter uma idéia. Espero q ajude. Claro q não citei as praias, etc mas aí já é outra história. Pois bem, deixa eu ir lá no fórum africa pq tem gente mais perdida do que cachorro-cego-e-manco-que-caiu-do-caminhão-de-mudança-em-dia-de-chuva-no-meio-de-tiroteio-na-saída-de-cidade-grande-em-véspera-de-feriado-prolongado. Abraços, id="Verdana">
  8. Oi Apnama, Sim, é um post q fala sobre o Nepal, Anapurna, essas coisas. Tava lendo de novo e caí na risada, inacreditável como eu me empolgo com essas coisas... Qto a esse negócio de "pensar assim", vc não é a única ! Eu sigo a mesma linha pra um monte de países. Vc acredita q visitei a Espanha a contragosto por causa disso ? Mas depois de Barcelona, não tem como não gostar, né ? Portugal é outro q continua na minha lista não muito simpática mas tenho certeza q assim q pôr os pés na "terrinha" sabe-se lá qdo, vou curtir. Bom saber q vc já está se informando. Qto a lista de lugares a serem visitados, depois te mando uma idéia de roteiro (e mais uma surpresa legal, essa vai antes...) aí pra vc "conect the dots" mas para tal seria umas saber pra q lado vc tá indo e por quanto tempo... Com ou sem China ? Ambos ? Me dê um toque qdo puder. Já q vc ama história de guerras, espere chegar até o Vietnam... Falando em tragédias, espere chegar ao Camboja... vide "khmer rouge", Pol Pot e outras mais... take care, nos falamos. Zeba id="Verdana">
  9. Pois é, o "problema" (se é q podemos chamar isso de problema) é q quanto mais lugares conhecemos, mais lugares queremos conhecer e isso não termina nunca...ainda bem ! Sim, de HKG para BKK dá pra fazer por terra e água. Não é um roteiro muito comum (a galera prefere fazer esse trecho por outros meios mais simples, fáceis e rápidos a não ser, é claro, qdo tem tempo) e acho q a gigante China deve ter alguma coisa a ver com isso. Além do mais, HKG é muito bem servida pelas principais linhas aéreas e funciona mais como "stopover" entre um destino e outro do q necessariamente um destino "itself". Mas sei lá, desde q se tome algumas precauções em relação à certas "pérola$" de (e no) roteiro, não é nenhum bicho de sete cabeças mas obviamente tem q pesar certos perrengues como visto, transporte interno, conciliação de horários, fronteiras, perda de tempo, burocracia, demora, etc Coloquei alguns posts em outro forum, procure por Androc. Lá deve ter algumas dicas. abraços, id="Verdana">
  10. Ok Pedro, blz então. Apnama, esqueci de falar. Vc comentou algo de ir via Am do Sul. A Malaysian Air voa de Buenos Aires para Kuala Lumpur mas não sei se compensaria o preço. Como essa cia vai via Africa, acho q daria na mesma. Uma vez achei esse vôo por um preço incrível mas foi golpe de sorte mesmo. Não acredito, porém, q seja melhor do q a SAA (acertei agora !) tbém voando via Africa. Obviamente estou falando pra outros lugares na Ásia q não seja Beijing. Para esse, o preço da KLM deve ser o melhor mesmo. Independente do roteiro, ticket, gastos, etc, boa viagem à todos ! id="Verdana">
  11. Oi Apnama, curtindo meus posts mesmo ? "wicked", fico contente. É q às vezes eu me empolgo e dá nisso... rsrs Dei uma mexida no post anterior pra consertar algumas coisas. Acho q mais pra frente vou escrever um livro, site, sei lá (já era pra ter feito por sinal...) então já estou treinando (sim, tenho muito q melhorar...). [] Ficando apenas no campo de viagens, acho q a galera precisa urgentemente mudar certos paradigmas e assim poderão viajar mais e descobrir o mundo. Numa dessas contribui-se para uma próxima geração mais pensante afinal tem escola de vida melhor do q viajar pra fora ? Pronto, meu momento filosófico já acabou. Voltando às viagens afinal é pra isso q estamos aqui ! rsrs Pois é, tinha minhas dúvidas qto a encontrar boas ofertas de vôos baratos na China (lembro q até comentei algo sobre a falta de cia low budget) mas acho q é uma questão de tempo afinal a China tá com a bola toda, daqui a pouco tem olimpíadas e se até a India (e Brasil !!!) têm cias low cost, já já pinta alguma na China tbém. Sei q a galera viaja bastante por trem em trips "overnite" pra economizar tempo e dindin mas as distâncias são grandes... Sim, dei uma olhada no seu relato, não li todo ainda mas vou fazê-lo. Pareceu uma bela trip mas bem $$$, imagino a mordida no bolso. Legal q vc possa fazer pelo menos uma trip gringa legal por ano, parabéns ! Questão de planejamento e economia braba durante o ano, né ? rsrs Qto ao ticket da Air France, achei o preço muito bom e acho q menos do q isso não existe. Só q com as taxas deve dar uma bela paulada pra cima então dá-lhe pesquisa pra ver se compensa mesmo. Sim, a Air France é uma daquelas q permitem aquele lance de entrar por uma cidade e sair por outra só q no caso da Ásia e, principalmente, pros destinos q vc está paquerando, tem q verificar afinal Europa/States são sussu mas Ásia, não sei como funciona pra algumas cias. A British é boa nisso tbém e ela cobre praticamente o mundo inteiro. Pelo q vi, o roteiro entrando por bangkok e saindo por singapura (v.v.), por exemplo, é normal pra elas agora beijing e bangkok, realmente não sei dizer. Sobre as linhas aereas do oriente médio, vc pode aproveitar aquilo q seria um simples "stop-over" pra conhecer algumas maravilhas da antiguidade como Petra, por exemplo. Sim, rolou um atentado pesado na capital Aman (a cia aérea deles costuma ter ótimos preços. "stay tunned" []) dia desses (malditos States !), a região é conturbada (oriente médio, sempre foi e sempre será. Uma pena pois naquela região tbém "tem um algo a mais". Humn, mais uma das minhas favoritas) mas se ficarmos pensando em perigo, não saimos de casa nunca. Se quiser esticar um pouquinho mais, pode visitar a fantástica Jerusalém (cidade velha) tbém e depois passar um estresse danado e dar uma checada nas pirâmides do egito (pois é, só coisa "básica" mesmo...rsrs). Viu ? O q poderia ser uma simples paradinha entre um destino e outro para reabastecer vc pode aproveitar e dar um belo de um upgrade na sua trip . Pense nisso. É uma dica mais ou menos q parecida com a q comentei pro nosso caro amigo Pedro, só q em regiões diferentes, of course... Conheço sim a tribo à qual vc se refere, acho q foi eu quem respondeu aquele post... Ela fica perto da triplice fronteira entre Myanmar (outro país q os gringos idealistas pentelhos - os mesmos q falei anteriormente ! [8D] - ficam fazendo onda, falando um monte, isso e aquilo, como se eles estivessem realmente interessados na população sofrida e bastante necessitada dos dólares dos turistas...), Laos e Tailândia e eu fiz um passeio até lá saindo de Chiang Mai. Apesar da sensação "zôo humano", vale muito a pena. Visto pro Vietnam (sim, conheço até bem o vietnam), como todos os outros, tirando em bangkok sem burocracia, exigências, tickets, pentelhação. Nem precisa esquentar a cabeça. Ok, já escrevi demais, de novo... Keep traveling id="Verdana">
  12. Apnama, bom saber q vc gostou dos sites e olha q esses eu nem consulto com frequência, apenas qdo se trata de China mesmo. Imagina os meus favoritos...Pena q ainda estou recuperando-os (pelo menos tentando) depois de perder mais de 200 págs. de dicas e sites como esses devido à uma formatação de HD fora de hora... O preço do ticket tá bom mesmo (pra mim nenhuma novidade pq sempre cruzo com preços assim) mas cuidado com as taxas. Acho q "bateria na trave" dos US$ 600,00. Uma vez ouvi dizer de um vôo pra China (ou seria Japão ?) saindo do Brasil por mais ou menos US$ 1.600,00 / U$ 1.800,00 (varig ??) e numa dessas valeria comprar aqui mesmo afinal o total seria praticamente o mesmo, com a vantagem do parcelamento pois "tem coisas q o dinheiro não compra, para todas as outras existe o parcelamento". Qto ao lance da China, não sei pois no meu entender a China está "do outro lado, na outra margem" e por isso seria uma trip diferente. Eu combinaria ela mais com Hong Kong (qqr coisa nem q seja apenas pra tirar o visto Chinês, dar um rolê pelo aeroporto "Blade Runner", tirar umas fotos da baía de HK, ver uns arranhas-céu e almoçar no restaurante flutuante...), Tibet, tour overland básico pro Nepal e de lá, vôo barato para Bkk. Cuidado q aí teriam 2 vôos "básicos" (pelo menos até inaugurarem a nova ferrovia. E China se viaja por trem, mais um ou outro vôo providencial aqui e ali) q somando os preços não ficariam tão básicos assim... China com Sudeste Asiático acho q fica meio esquisito pra quem tá sem tempo, sei lá, algo como Europa básica com Rússia (e olha q adoro as diferenças, daí meu "xodó" por viagens volta ao mundo...) mas às vezes nao combina, a não ser como vc fêz colocando Escandinávia (europa do norte e não a central) com Rússia, aí sim. E nessa tem sim os contraste gritantes mas é diferente. Digo isso pq vai ter q pular muita coisa legal e vai ficar um buraco na trip, a China é muito grande e tem muita coisa pra ver. Prefiro Tailândia + Indochina, acho q faz mais sentido. Se fôr colocar China no meio (obviamente estou falando de viagem sem muito tempo), vai ter q pegar uns vôos básicos aqui e ali ($$$) e numa dessas vai perder coisas imperdíveis e coisas imperdíveis não se pode perder !! Ah, e claro q não tô falando pra não ir pra China (seria um absurdo), só estou dizendo pra tomar cuidado na combinação dos destinos e não nos destinos em si. Tailândia + Indochina é uma trip, China + Tibet ("as so speak" afinal o Tibet pertence a China. Engraçado, kd esses gringos babacas idealistas cheios de querer salvar o mundo ? A China invadiu, matou zebalhões [] de inocentes e a comunidade internacional ficou olhando, morrendo de medo afinal quem encararia o poderoso exercito chinês ? mais fácil encarar um exercito falido como iraquiano...) + etc é outra. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. E mais, ano q vem inaugura a ferrovia pro Tibet... Tava lendo sobre uma trip por terra Beijing - Bangkok passando pelo Laos (só alguns pouquissimos dias) onde o casal deixou um monte de coisas legais de fora e achei q a trip ficou banguela. Acho q isso pode acontecer na trip do nosso caro amigo Pedro, por isso comentei q achei esquisita (volto nisso depois). Vc perguntou sobre os vistos, eu tirei tudo em Bangkok mesmo, sem neuras nem stress. Eqto meu passaporte estava passeando pelos consulados asiáticos da vida eu tava curtindo em ilhas/praias lindissimas. Dependendo da fronteira, alguns países vc tira na entrada mas outros não. Vietnam é um deles. China tem q tirar com antecedência tbém. Esse lance de entrar por um país e sair por outro depende muito. Obvio q vc pode fazer mas em alguns terá pagar (muito) mais por isso, vide o caso do Pedro. E tem q tomar cuidado com o lance do "onward ticket". Já tive q desembolsar mais de U$ 700,00 por um ticket q nao usei (consegui reembolso depois mas ainda morreram uns U$ 60,00, fora o stress). Saiba q o pessoal do "golden bubble world" muitas vezes passam batido nesse lance de ter q mostrar ticket de sadia mas nós ("the real world"), não necessariamente. É uma regra das cias aereas, não necessariamente de imigração mas melhor atentar pra esses detalhes. Oi meu caro Pedro, Essa sua pergunta vou ficar devendo mas acho q a Apnama já respondeu. Não sei se vc é bom de conta mas vamos lá : Imagina todas as cias aéreas européias q vc conhece, eleve o total por aquelas q vc não conhece (ué, se vc nao conhece como vai saber ? Chute algumas centenas...). Agora faça a mesma coisa com as cias do Oriente médio e da ásia. Coloque algumas da Oceania, some tudo e depois tire uns 25% do total e por aí vc terá uma idéia APENAS das cias q fazem euro - asia (Não tô contando com as desconhecidas de CHARTER). Viu como o q não falta é opção ? E nem contei aquelas com as quais eu não viajo (americanas + indianas + egipcias) nao por questões de segurança mas por principios mesmo a não ser q seja um vôo interno mas aí já são outros quinhentos. Mas tem um montão, as do oriente médio costumam ter os melhores preços e são excelentes. Uma vez estava pesquisando um vôo barato para Bangkok saindo da Europa e trombei com uma cia q nunca tinha ouvido falar e cujo nome não vou dizer. Dei uma pesquisada pra saber quem era e descobri q ela era uma das q encomendaram aquele airbus gigante então já deu pra sentir q a cia era das boas. Eu aprendi isso com uma francesa charmosíssima (francesa charmosa ? desculpem-me a redundância) q conheci no aeroporto de Bangladesh (ela tava vindo da India e eu do Nepal). Ficamos trocando ideias e depois descobri q ela ia voltar pra casa, saindo de Bangkok, voando de IRAN AIR. Achei o máximo ! E nem sabia q existia essa cia aerea. Algumas cias podem ser desconhecidas mas nao tô descuidando do quesito segurança e as cias a q eu me refiro (vide o exemplo do AIRBUS) são ótimas, nada de "kombi com asas" ! [] Qto ao seu ticket e roteiro, o preço de U$ 1.850,00ish acho q estaria no preço (voando com um ticket apenas, saindo do Brasil e coisa e tal) mas aí teve toda aquela coisa de datas, disponibilidade, etc e numa dessas acabou aumentando bastante pra vc só q aumentou demais !! Eu me referi seu roteiro como "esquisito" pq acho q vc está começando pela cidade errada (nada contra HCM !! Não se esqueça de visitar o museu e os túneis de cu chin, vai ter uma ótima ideia da guerra vista pelo lado vencedor e nao dos "Rambonecas" americanos da vida). E mais, HCM é uma ótima pedida pra constar no roteiro de qqr pessoa q vá praqueles lados mas é uma pedida pra mais ou menos no meio do rolê, e não no começo. Se vc equacionar melhor sua trip, não perderá lugares legais e provavelmente não teria q desembolsar ainda mais em vôos q poderiam ser evitados. A última (desculpem-me o post longo !!), vc já viu um ticket pra Bkk apenas pela South African Air ? Ou vc quer porque quer ir via Europa ? Numa dessas, pode pagar menos (eu acho, dá uma olhada) e se bobear, com a grana q sobra (talvez mais um pouquinho mas é só uma idéia) daria pra fazer um passeio rápido no pais mais desenvolvido (af. do Sul) do mais fascinante continente da terra. Passeio bem "básico" mesmo : tubarão branco, pára-quedismo (ainda no cap. alta (sem trocadilho) aventura, pode ser um bungee jumping básico mesmo. O mais alto - há controvérsias - comercialmente falando está lá) e uns dias no Krueger Park. Se acatar, depois não me culpe de ser o responsável pelo bug africano q vc vai ficar afinal "you can leave africa but africa can never leaves you". humn, África do sul ainda não é a África real (africa real não pode ser racista) mas já é um bom começo. Seria uma maneira legal de aproveitar melhor o ticket e conhecer outros lugares legais, enriquecendo tua experiência. Um belo jeito de aproveitar o q seria uma simples conexão. Se bem q vc tá fazendo o mesmo, só q na Europa... Abraços, (caramba, esse post virou um pergaminho...sorry !) id="navy">id="size3">id="Times New Roman">
  13. Apnama, acho q troquei os sites. Dá uma olhada nesse aqui então www.elong.net Olá meu caro amigo Pedro, tudo bem ? Espero q sim. Agradeço pela resposta, como disse vc vai curtir bastante. E não, não me referi a nenhum "exagero de economia" no seu relato (por isso q vc não encontrou, simplesmente não tinha) e foi justamente o contrário, no q tive a liberdade de comentar : " (...) Acho q com alguns pequenos ajustes vc poderia economizar algo em torno de 700,00 a 900,00 DÓLARES (...) ", portanto... Puxa, interessante o vôo sem escala de Munique para HCM (acho q devo ter confundido com HANOI...). Da Europa, destinos como Bangkok saem quase de graça ("as so speak") por isso achava q teria uma conexão lá. Melhor pra vc, pior pro seu bolso (sim, aqui é site de mochileiros então "bolso" é importante, certo ? E perrengue/imprevistos - conforme vc bem mostrou no seu exemplo - faz parte da aventura tbém afinal do q seria uma trip bacana sem eles ?). Qto ao seu roteiro, já q vc tá pesquisando há tempo, boa sorte então ! Além do mais, com o LP em mãos vc vai estar bem acompanhado... Abraços, id="Verdana">
  14. Digam lá !! Nossa, como o tempo passa rápido mesmo ! Como diz aquele ditado : "life is short, take big slices". Androc do didgeredoo [], o lance da "bribe" no consulado foi duca mesmo mas tem tudo a ver numa viagem por lugares "exóticos", vai se acostumando. Lembra das hienas (sem querer ofendê-las...) ? Pois é... Falando nisso, nosso amigo Hendrik (hendrik meu caro, espero q vc esteja curtindo sua tão sonhada trip ! Muito choque cultural ?) parece q já tá tendo q lidar com algumas delas mas em alguns lugares esse tipo de coisa vem antes da placa de "WELCOME". Já vi/passei cada coisa q nem te conto... Eu não sou patriota (credo !) mas cheguei a conclusão q se aqui é ruim, comparando com certas regiões mundo afora o Brasil pode ser considerado uma Suíça...sem querer ofender a Suiça, obviamente. Qto as suas perguntas (pode perguntar a vontade), vamos lá ; - sim, as fotos eram pro visto nepales mas vc vai precisa-las pra tirar outros vistos tbém. - eu levei umas camisetas com tecido "cheio de 9 horas" (rsrsrs) e apesar de serem boas depois de um tempo ficaram mais encardidas do q a toalha do Hendrik pendurada na mochila durante trekking nos Pirineus (rsrsrs) então acho meio frescura mesmo. E são muito caras ! O lance da meia sintética eu NUNCA OUVI FALAR !! Brother, quer uma dica ? "keep it simple"... - esse lance de "toiletries" eu levava comigo SEMPRE (item de 1a. necessidade na Ásia e oriente médio) mas nunca tive problemas em encontrá-los nos mercadinhos locais. Leve alguma coisa para os primeiros dias e qdo acabar, compra lá mesmo. - dindin, docs, etc SEMPRE colado ao corpo. Eu nunca deixo nos cofres dos hoteis simplesmente pq nao confio neles. Ah, deixei uma vez sim em Nairobi (Quênia) e acho q foi só. As vezes eu deixo escondido na MOCHILONA no quarto mas depende onde estou hospedado. Vai de bom senso mesmo. Deixar na mochilinha (daypack) é vacilo de principiante pq se tem uma coisa fácil de ser roubada, esquecida, perdida (criança em praia não conta) é daypack. Já tive a minha roubada em Lima (Peru) e por uma [email protected] sorte não perdi todos os documentos e dindin, q estavam comigos e não na mochilinha. É lugar comum deixar aquelas bolsinhas com docs e dindin na mochilinha e os larápios sabem disso. Agora pra fazer o treking é q são elas afinal nunca se sabe qto vai gastar (acho q o Stinkfoot falou algo de pedágio de 70 doletas mas isso pra quem tava fazendo o EBC.). Mais ou menos isso, Abração Zeba id="navy">id="size3">id="Times New Roman">
  15. Diga lá, Androc ! [email protected] cara, q loucura !! Fico feliz por vc mas a "bribe" pra descolar o visto foi engraçada, não acredito !! Na cara dura mesmo, aí no consulado ? hehehe Um perrengue a menos... E esse papo de indiano ser igual a brasileiro, brother, tá longe ainda por incrível q pareça e espero q fique assim... Ainda bem. E olha q de santo não temos nada... Visto nepalês, na fronteira e um abraço. Se liga nas fotografias, melhor pegar info antes. O lance da bota já dei um toque, acho melhor sim bota do q tênis, mesmo a primeira sendo mais pesada mas mais segura tbém (se livra de uma torção no tornozelo pois o terreno no trekking é bem acidentado, escorregadio nas avalanches, etc mas se o s/lance for tênis, vai nessa pois "cada um cada um"). No resto da Ásia, descola uma sandália tipo papete e um abraço, tem altas aí na austrália. E não se esqueça das sempre benvindas e indispensáveis hawaianas... E acho mais esquema comprar na Australia mesmo, concordo com o LP falando dos calçados disponíveis no Nepal, bem "nascô". O resto (blusa, casacos, etc) pode deixar pra comprar lá mas calçados não acho uma boa. é isso, boa sorte. Depois conta mais desse show irado de didgeredoo na Opera House por 2 doletas !!! Pra salvar a cultura ? Sei não, viajando mais no norte os aborígenes estão meio abandonados (essa briga vem de longe, o governo fêz uma [email protected] zona e estão tentando consertar) mas pelo menos ele tem tentado ajudar do jeito dele (do governo...) mas já é alguma coisa, melhor do q nada. Já a minha favorita "Kiwiland" manda muito bem (como sempre...) com os maoris (obviamente sempre falta alguma coisa mas não a ponto de comprometer), mas lá o caso é mais tranquilo como tudo naquele belíssimo país. Pois é, cuidam dos nativos igualzinho ao Brasil cuida dos s/índios...e do resto da população, banqueiros à parte. Eta paisinho periferia... Cheers, mate ! Zeba "Ô CRIDE, FALA PRA MÃE..." id="Verdana">
×
×
  • Criar Novo...