Ir para conteúdo

Isa Sousa

Membros
  • Total de itens

    9
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Isa Sousa

  • Data de Nascimento 24-04-1984

Bio

  • Ocupação
    Jornalista.

Outras informações

  1. SUDESTE ASIÁTICO! Gente, preciso de um help. Eu não uso cartão de crédito há anos e to preocupada com uma coisa no Sudeste Asiático, que vou em dezembro. Eu já vou ter uma grana pra levar, mas uma outra parte considerável vai sair uns 5 dias após minha ida. Vou dia 16/12 e devo receber dia 22/12 (salário e férias). Quando fiquei um mês em NY fazendo intercâmbio, aconteceu a mesma coisa, mas eu usei facilmente o Visa Travel Money (VTM) do Banco do Brasil. O dinheiro que caiu depois, eu transferi pro cartão via app e, em NY, ele é aceito em todos os lugares e também para saques. Enfim. Vocês sabem me dizer se tem muito caixa eletrônico com a bandeira "visa plus", que é a bandeira necessária pra sacar esses VTMs da vida? Ao menos nos grandes centros, tipo Bangkok, Hanói, etc? Se não, não sei o que fazer. PS: meu Visa Travel Money é em dólares. Sei que o Banco do Brasil tem a versão euro. Vocês acham que em dólar rola? Obrigada e desculpem a dúvida.
  2. Obrigada pela ajuda! Foi muito útil e já tirei lugares. Quanto o preço, diminuo um pouco as despesas por ter onde ficar em Londres e Amsterdam. Obrigada mesmo!
  3. Olá Pessoas! Preciso da ajuda de mochileiros mais experientes. Montei um roteiro e alguns amigos meus (um que fez mochilão pela europa recentemente) e outro que mora em Madri me disseram que o roteiro está apertado. E realmente está, mas queria dicas se consigo diminuir dias em Paris ou em Londres, por exemplo, pra conseguir visitar Roma, que quero muito. Segue abaixo o roteiro com as datas de partida e também uma média dos preços de trem, ônibus e avião. Chego em Madri no dia 4 de outubro. dia 05/10 - Madri - Paris - trem - 80 euros 08/10 - Paris - Londres - ônibus - 80 euros 12/10 - Londres - Amsterdam - avião - 35 libras 13/10 - Amsterdam - Roma - avião - 100 euros (o mais salgadinho, mas é que é super longe também... rs) 14/10 - Roma - Barcelona - avião - 36 euros 16/10 - Barcelona - Madri - ônibus - 70 euros 20/10 - Madri - Brasil Obrigada
  4. Mariiiiiiiiii! Não sei se vc já foi! Mas uma dica importantissíma: geralmente cartões dos bancos brasileiros dão problema no Peru se vc quiser sacar dinheiro! Estavamos eu e minha amiga em Aguas Calientes...ela foi sacar dinheiro (não me lembro se pra almoçarmos ou o que) daí em nenhum caixa eletronico (acho que Aguas tem dois) funcionou... a solução foi escolher o que comer, passar o cartão antes e, se não funcionasse, desistisse... aí funcinou. Mas enquanto ela tentava (e foram algumas boas vezes) a mocinha peruana disse que os brasileiros geralmente têm muitos problemas com seus cartões... tanto para o saque como para passa-lo. Na Bolívia esse problema não se repetiu... Quanto de dinheiro pra Machu Pichu? Bom, se vc já tiver pago tudo, não precisa levar mais do que suas refeições e uma emergencia pra agua, remédio, caso precise, enfim... mas em quantidade eu realmente não sei te dizer.
  5. Mari, faz tempo que não passo por aqui... mas enfim! Que bom que vai conseguir ir pra Machu Pichu, mas seguinte. Programe realmente a passagem de volta para Cusco. Por que? Porque Aguas Calientes é um lugar MUITO caro que não tem praticamente nada para se fazer... lá você só vai ficar gastando (digo quanto a alimentação e hospedagem mesmo, porque pra comprar La Paz realmente é o local mais indicado!!). Quanto a agencia, eu fiz pelo Brasil, com uma agencia brasileira, mas chegando em Cusco vc tem tanta opção... como eu fiz a trilha 2d/1n foi o seguinte comigo... eu fiz a trilha, cheguei por Intipuku, dei uma passadinha naquele mirante famoso de Machu Pichu (tipo, aquele lugar onde todo mundo tira foto...), aí desci pra Aguas Calientes, comi, conheci a noite de lá (sem graça) e dormi. No dia seguinte o guia foi comigo e minha amiga, mostrou Machu Pichu e falou sobre a cidade, as ruínas, tudo que os guias sempre falam. Aí descemos pra Aguas Calientes umas 3 da tarde e nosso trem estava marcado para as 6 da tarde. Chegamos em Cusco e aproveitamos a óóóóótima noite que a cidade tem! PS: tem micro onibus que de minuto a minuto (praticamente) sobe e desce Machu Pichu, na minha agencia eles não estavam inclusos... o preço em janeiro era de 7 dólares, então confirme se estarão inclusos com sua agencia ou se sai do seu bolso. Quanto ao passaporte... o que acontece é que ele não é necessário nos países do Mercosul e até onde sei Bolívia e Peru não fazem parte do Mercosul. Além disso, passaporte é essencial, já que é documento internacional... apesar do RG servir em alguns países o passaporte por si só dá uma carga mais importante e de mais respeito. Mas hoje é dia 26, vc já deve estar até de mochila pronta, né?! Enfim! Boa viagem!!!!!!!!!!!!!!
  6. Oi novamente! hehe Então, eu não fui pra San Pedro do Atacama não! Infelizmente... =/ Olha, sobre o Loki... ele tem várias opções de quartos, tipo, tem pra duas pessoas, pra oito, cinco e até mais, se não me engano. Eu fui só com uma amiga e nós ficamos em um quarto de oito pessoas. A Catarina, que aparece em algumas fotos, estava viajando sozinha, igual vc vai fazer. Eu e a Laíse, amiga que foi junto comigo, fizemos amizade com a Catarina no Loki. Lá é super movimentado, cheio de pessoas chegando e indo embora todo tempo. Eu saí do Brasil no dia 19 de dezembro de 2009 e voltei em 07 de janeiro. No Chacaltaya, se eu não me engano, eu subi no dia 25 de dezembro. Mas um carinha que cuidava de lá disse que nós tivemos muita sorte, porque na semana anterior o lugar tava sem neve nenhuma. Eu não sei agora, mas tudo que eu li sobre o Chacaltaya é que a melhor neve, por incrivel que pareça, é no verão (mas no lugar que eu li tbm falava em relação a neve pra esquiar, apesar da estação lá estar desativada). Então veja em alguns guias ou por aqui mesmo se tem neve essa epoca do ano. =) Esse passeio pro Chacaltaya é feito no mesmo dia que o passeio pro Vale da Lua e quando vc vai para o Chacaltaya vc passa por El Alto, acredito que seja comum com todas as agências parar naquele mirante que eu apareço, que dá pra ver La Paz. Olha, e fique ciente que esse passeio leva o dia inteiro, não é mega distante ir pro Chacaltaya, mas também não é rapidinho, é praticamente a manhã inteira e, em seguida, vc já vai pro Vale da Lua. Eu não sei vc, mas como tinhamos chegado no dia anterior a La Paz, nós e todo mundo que foi conosco pro Chacaltaya teve um pouquinho de soroche, afinal o lugar tá a 5.400 metros acima do nível do mar. Eu achava que era balela, mas tive um pouco de dor de cabeça. Eles recomendam adaptação de 7 dias pra subir lá, mas é um exagero tremendo. Fora isso nunca passei mais mal durante a viagem. Ah, ainda sobre o Loki, vc pode fazer reserva pela net, é super tranquilo e confiável. Quando chegamos lá nossos nomes estavam marcadinhos no quadro deles. Apesar de ter ficado num quarto de 8 pessoas eu mal vi meus companheiros de quarto, só no ultimo dia que descobri que haviam duas francesas, um inglês e um americano, o resto nem soube quem eram. Cada um faz seu roteiro, então acaba que há muitos desencontros. Mas se vc quer divertimento no mesmo local que vai dormir, o Loki é uma ótima pedida, afinal no último andar tem um pub super legal, com bastante tipos de cerveja e comida também (e são boas). Além disso, no Loki é gratuito o café da manhã (geralmente nem um Hostel tem isso), tudo bem que o "café da manhã" gratuito seja pão (opção de geleia ou margarina), leite e chás (inclusive de coca, que eu gostei), mas já é algo, né?! Eu te aconselharia a ficar num quarto de cinco pessoas e com banheiro. São quartos menores e mais aconchegantes...hehehe. Se tiver mais alguma dúvida me adiciona no orkut e daí te passo meu msn. Inté =D
  7. Oi Mariana, tudo bem? Seguinte, vc já sabe o que fazer em La Paz? É uma cidade muito grande e tem várias coisas pra se conhecer perto e tbm dentro da cidade. Mas, se vc não souber direitinho o que quer fazer lá, pegue uma mapa na Central de Informações (eu sei que tenha uma na rodoviária, certamente no aeroporto deve ter também), a moça que me atendeu foi super gentil e explicou direitinho sobre o que conhecer na cidade. Tiwanaku pode ser uma boa pedida (em dezembro do ano passado se eu não me engano estava 80 bolivianos pra ir - inclui ida e volta e a entrada). Além disso, tem o Chacaltaya (uma estação de esqui desativada) e o Vale de la Luna (que vale pelo preço (15 bolivianos) mas nem é assim tão interessante). La Paz tbm tem passeios de bicicleta e tantos outros a perder de vista. Ah! Uma dica legal é que em La Paz vc pode já contratar uma agência de turismo (a rua Sagarnaga é especializada em agências!) para fazer todos esses passeios e, inclusive, o do Salar. Lá com certeza eles te darão várias opções de dias e locais para conhecer. Eu confesso que não fui no Salar porque preferi ir em Machu Pichu, tinha 15 dias como vc, então optei por Machu Pichu (e não me arrependo nenhum pouco =)). Olha só, vc já vai chegar em La Paz de avião, certo? Sinceramente eu acredito que vc conseguiria chegar em Cuzco sim. Dá uma olhada no meu roteiro e nas horas de viagens que gastei nele: cáceres - san mathias 2 h san mathias - santa cruz 16 h santa cruz - cochabamba 8 h cochabamba - la paz 12 h la paz - copacabana 3 h copacabana - puno 3 h puno - cuzco 6 h Existem vários ônibus que fazem diretão La Paz - Cuzco. Mas eu não te aconselho muito, eles te enganam. Falam que o ônibus vai ser "bus cama" a viagem inteira, quando vc vê, passa a fronteira e vai em uma vanzinha que vou te conta...haha. Respondendo outras perguntas: Ahh,alguém sabe me informar sobre as tomadas da Bolívia e do Chile?é necessário levar adaptador? Precisava carregar minha câmera e meu celular (que não pegava, eu levei só para usar como despertador pra não acordar muito tarde) e não precisei de adaptador. No Hostel que eu fiquei em La Paz eles inclusive tem uns armarios que vc pode trancar e ficar com a chave que serve exatamente para carregar suas coisas (ou guarda-las). Não se esqueça de levar cadeados. Celular pega em La Paz,por exemplo ou é completamente inútil levar? Eu nao sei se o seu celular é pós pago, aliás, não sei se celulares pós pagos pegam facilmente. A questão é que o meu era um pré pago que (por ficar procurando sinal) acabava a bateria MUITO rápido. Se vc consegue acordar sozinha (e cedo, pra aproveitar a viagem) eu aconselho vc a nem levar. É fácil se comunicar com o Brasil?Telefones públicos? Olha, eu ligava pra minha família raramente. Não existe nem na Bolívia e nem no Peru os "orelhões", por isso mesmo em cada esquina vc encontra aquelas cabines telefônicas. Não é absurdamente caro ligar não, no meu caso ficava um pouco porque eu só liguei pra celulares. Olha, a Vivo era horrível, mas quando ligava pra Tim ou Claro a ligação era um pouco (bem pouco) boa. Ah, sobre a Isla de la Luna: não consigo me lembrar agora quanto tempo. Mas ela é uma ilha muito menor que a do Sol e vc nem desembarca nela, só a vê de perto. A Isla del Sol é certamente um dos lugares mais lindos que eu já conheci. (Ah, se vc for levar seu mochilão pra ilha, tem uns carregadores... afinal, são 200 malditos degraus que vc terá que subir pelo menos até chegar no começo dos hotéizinhos). Mariana, se vc tiver mais dúvidas é só perguntar. E se quiser dar uma olhada nas fotos que eu tirei nessa viagem é só ver aqui no meu orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=mp&uid=4022852291349904278 Espero ter ajudado ao menos um pouco! bj
×
×
  • Criar Novo...