Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''apicum açu''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Mochileiros.com

  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas Rápidas
    • Perguntas e Respostas & Roteiros
    • Cupons de Desconto
  • Relatos de Viagem
    • Relatos de Viagem
  • Companhia para Viajar
  • Equipamentos
  • Trilhas e Travessias
  • Nomadismo e Mochilão roots
  • Outras Formas de Viajar
  • Outros Fóruns

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Ocupação


Próximo Destino

Encontrado 1 registro

  1. Localização: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ilha_dos_Lençóis Fala pessoal, tudo bem? Vou descrever um pouco sobre a minha aventura até a ilha dos lençóis que fiz agora em julho de 2019. A ilha pertente ao município de Cururupu-MA, porém seu acesso se dar pelo municio de Apicum Açu- MA. Eu moro em São Luís -MA, e já tinha um tempo que queria conhecer a ilha, estava recebendo um rapaz do couch surfing na minha casa ele tinha planos de ir até a ilha, então aproveitei a oportunidade. Dia 01 Saímos de São Luís as 05:00 até anel viário ( local que tem várias vans para o interior do estado) e pegamos uma van fomos para o ferry boat e atravessamos a baia de são marcos depois fomo para o município de Pinheiro- Ma, chegando no terminal rodoviário pegamos uma outra van até o município de Cururupu- Ma, por volta das 09:00 e fui procurar transporte para Apicum açu, fui informado que só teria o ônibus da viação Araújo que passaria por volta das 10:00, então resolvi pegar um transporte alternativo( um carro) até o município de Baruri- Ma depois mais um carro até a tão sonhada cidade de Apicum açu. O objetivo de fazer o trajeto picado, foi simplesmente na esperança de chegar cedo para pegar um barco para ilha, coisa que não aconteceu. kkkk. Eu sugiro pegar o ônibus da viação Araújo que parte do terminal rodoviário de SLZ todos os dias as 20:30, a passagem custa R$ 89,00 horário de chegada é por volta das 11:00. Ao chegar na cidade eu fui direto para o cais onde os barcos partem e é a parada final do ônibus que vem de SLZ, lá tem vários restaurante e bares, aproveitei para almoçar um PF de R$ 10, 00. Os barcos para ilha dos lençóis partem pela manhã, então vai ser preciso reservar um dia para dormir em Apicum Açu, fiquei na pousada zero grau em um quarto duplo com ar condicionado, TV e Café da manhã, pagando R$80,00. Na cidade tem três pousadas: 1 fica no cais 2 na entrada da cidade Eu optei pela entrada da cidade pois era mais moderna, e ficava mais perto do monumento que tem os guaras, a cidade é bem pequena, então dá para fazer tudo caminhando, ou você pode chamar um moto taxi. A noite fomos procurar um lugar para jantar e encontramos uma senhora que vendia lanche em uma praça, pagamos R$5,00 em um espetinho (carne, arroz e farofa), lá conhecemos um cara que ganhou apelido de Japa, pelo fato da descendência japonesa. Ele comentou que também iria para a ilha dos lençóis. DIA 2 Acordamos cedo tomamos café e fomos direto para o cais, procurar um barco, o senhor Hélio (dono da pousada) me falou que o Nango (dono de um barco) iria fazer viagem, então fomos procurar ele e encontramos também o japa. Aproveitamos para comprar umas frutas água e biscoitos para comer durante esses dias. O barco demorou sair então aproveitamos para almoçar as 11:30 o barco saiu com destino a ilha dos lençóis, no início a viagem e tranquila, porem ao chegar em alto mar as ondas são maiores balança muito, o barco do Nango tem um local coberto, esse não molha, porém tem esta fora chega lá completamente molhado. Por volta das 15:30 chegamos à ilha e já fomos logo para a casa do seu Hélio deixar as mochilas e bater perna. A ilha possui energia elétrica, o sinal de telefone só funciona para quem possui uma antena, ´porem se você for na duna mais alta é possível fazer ligações ou acessar a internet se sua operadora for a Claro. As casas são todas de madeira as ruas de areia, estão boa parte do tempo você vai andar descalço, entra as 12:00 e as 15:00 faz muito calor, muito calor então sugiro compra uma água de coco em um senhor que mora ao lado do restaurante da dona Laura, E sentar embaixo de uma das arvores por lá. A noite as ruas são iluminadas até as 23:00 depois tudo é apagado, lá eles tem vários painéis solares e umas duas turbinas eólicas, A dona Laura, possui um restaurante, então você pode ir la e pedir com antecedência para ela preparar a sua refeição, ou você pode negociar com o dono da pousada que você vai ficar. Refeição com frango custou R$15,00 e uma refeição com camarão R$20,00, ela também possui internet via satélite e vende o acesso a R$10,00 a hora, eu preferi subir a duna e usar gratuitamente, só não pode se mexer depois de encontrar o sinal kkkk, ah 4G tá, kkkk. A dona Laura possui um comercio e o seu marido tem um barco que faz viagens para a cidade de Apicum Açu. O Nango possui uma pousada na ilha, além disso também tem a pousada do senhor Hélio que foi onde eu fiquei, um cara super gente boa, muito gentil e simpático. Detalhe não esperem luxo, pois não encontrarão, lá é uma ilha de pescadores um pessoal super humilde e muito acolhedor, vocês irão se apaixonar por esse povo. Lá a noite e possível ver as crianças brincado na rua, a tarde tem uns rapazes jogando futebol em um campo de areia. A cidade não possui água encanada, a água usada para tomar banho vem de um poço no quintal de algumas casas que é retirada através de uma bomba que enche a caixa da água. A água usada para beber vem de uns poços cavado nas dunas, que tem uma profundidade de um metro, tipo a água mina, segundo eles a água é quase mineral, eu bebi desta água é muito boa, mais se você tiver frescura com isso sugiro compra sua água na cidade de Apicum e levar. É possível dá uma volta na ilha, as praias são lidas tem várias dunas de areias e lagoas de água doce. tem outras ilhas lá próximo, que é a ilha de bate vento, dá pra ir até lá, só precisa falar com alguém que tenha um barco. A tarde tem a revoada dos guaras, não cheguei a ver, pois perdi o horário. Ah sabe o japa que falei? ele levou uma barraca e ficou acampado no meio das dunas, embaixo de um pé de caju que estava quase coberto de areia. kkkk Ele virou notícia na ilha, as pessoas comentavam tem um japonês morando no meio das dunas, as crianças comentavam que ele comia carne de cachorro. foi hilário e durante todos os dias eu e meu amigo iriamos pra o local onde ele estava juntávamos lenha e fazíamos uma fogueira a noite colocávamos uma canga no chão e nos deitávamos para ver as estrelas ouvindo o barulho das ondas do mar e sentindo a brisa. E la ficávamos até umas 23:00, na volta o medo era grande de topar com o touro encantando, uma lenda local, rsrsr. Dia 03 Por volta de umas 10 da manhã pegamos o barco com o filho do seu Hélio e voltamos para Apicum chegamos por volta das 13:00, fomos almoçar nos restaurantes próximos do cais e depois compra passagem de volta para SLZ. Eu aproveitei e fui comprar um cobertor pois faria muito frio a noite devido ao ar condicionado do ônibus. Saímos de Apicum Açu as 16:00 e chegamos em SLZ as 06:00. Pousada do Nango Telefone:98 98407-4256 / 8460-7579 (WhatsApp) Barco R$ 25, 00 por pessoa (ida para ilha) A pousada do seu Hélio. Pousada do Hélio Telefone: 98 98481-4249 (WhatsApp) R$ 40,00 por pessoa (quarto duplo, com café da manhã) Barco: R$15,00, por pessoa. (volta para Apicum) Restaurante da Laura Telefone: 98 98416-0312 (WhatsApp)
×
×
  • Criar Novo...