Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''trekking ausangate''.

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas Rápidas
    • Perguntas e Respostas & Roteiros
  • Relatos de Viagem
    • Relatos de Viagem
  • Companhia para Viajar
    • Companhia para Viajar
  • Trilhas e Travessias
    • Trilhas e Travessias
  • Equipamentos
    • Equipamentos
  • Nomadismo e Mochilão roots
    • Viajar sem dinheiro
    • Nomadismo Digital e Work Exchange
  • Volta ao Mundo e RTW
    • Volta ao Mundo
  • Outras Formas de Viajar
    • Viagem de carro
    • Viagem de moto
    • Outras Formas de Viajar
  • Outros Fóruns
    • Outros Fóruns

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Ocupação


Próximo Destino

Encontrado 3 registros

  1. Nevados Santa Catalina e Ausangate vistos da vila de Pacchanta O trekking Ausangate (em espanhol se pronuncia aussangáte), em sua forma clássica, contorna os nevados Ausangate e Santa Catalina, picos pertencentes à Cordilheira Vilcanota, a leste de Cusco, nas imediações da cidade de Tinke. Dura normalmente cinco dias, com quatro acampamentos, sendo três nas montanhas e o último na vila de Pacchanta. O sentido mais comum é o anti-horário, com início na cidade de Tinke ou no povoado de Upis e o final na própria cidade de Tinke. Com a "descoberta" recente da superbadalada Rainbow Mountain (ou
  2. Minha história com o trekking de Ausangate teve início em 2013, quando pesquisando sobre alguns circuitos de trekking em altitudes elevadas encontrei umas imagens que me deixaram impressionados pela beleza do lugar. Naquele ano falei com meu grande amigo Peter sobre o circuito e meu interesse em percorrê-lo, mas Peter sugeriu que fôssemos a Huayhuash e assim Ausangate ficou pra outra oportunidade. A ideia de percorrer aquelas paragens nunca saiu da cabeça e em novembro de 2014 durante uma trilha na Chapada dos Veadeiros, voltei a falar com Peter sobre esse projeto e ele topou. Devido à gravide
  3. Tudo começou quando lí um relato de uma jovem sobre sua aventura pelo Nevado Ausangate. Depois que vi suas fotos e li o texto muito bem descrito me apaixonei instantaneamente pela montanha. Mas como não tenho perfil de trilheira, tenho 56 anos e no máximo faço caminhada ao redor do parque vizinho á minha casa, logo concluí: esta montanha não é para mim... Sim, já fiz algumas trilhas como o Lago de Los Tres em El Chaltén e fiz também a Base das Torres em Torres del Paine e algumas outras trilhas. Mas eram só. Quando era mais jovem fiz várias trilhas mas nunca em altitude. Meu curric
×
×
  • Criar Novo...