Tailandia + Singapura + Malasia (com Stopover em Dubai e Abu Dhabi) --- Planilha de custos $$$ (Abril 2016)

Relatos de viagens pelos países do Sudeste Asiático: Tailândia, Vietnã, Timor-Leste, Singapura, Mianmar, Malásia, Laos, Indonésia, Filipinas, Brunei e Camboja
Avatar
Tanaguchi
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 233
Registrado em: 21 Jan 2013, 21:50

08 Set 2016, 17:39  

paulorco escreveu:Por falar em elefantes, quando fui não tinha nada reservado antes e acabei indo no Baanchang Elephant Park. Dentre as possibilidades, achei que estava indo num lugar bacana porque não tinha o tal banquinho em cima do bicho, se montava no bicho sem sela e etc. Chegando lá não gostei muito do que vi pois deu para ver os estábulos onde eles dormem e os bichos ficam lá com uma perna amarrada na corrente, além de ser um espaço pequeno para eles ficarem, proporcionalmente ao tamanho do bicho, era como se fosse uma casinha de cachorro. No início da atividade quando a gente ia dar comida para os elefantes, eles também estavam amarrados na corrente. Não gostei disso, minha amiga que foi comigo até preferiu nem montar porque se sentiu mal. Não sei como é no Patara, por lá os bichos ficam acorrentados também?


No Patara não, com quem eu conversei em nenhum momento viram os bichos presos por correntes. No Ran-Tong tinha uma parte com os elefantes que haviam chegado a pouco tempo, eles ficavam separados e tanto pra dormir quanto pra passar parte do dia eles ficavam com uma corrente na pata. A guia disse que era por um periodo de adaptação... mesmo assim é ruim de ver.
Muita gente fica deslumbrada com esse tipo de role e muitas vezes não se liga nos pontos negativos. Mais o Patara realmente parece ser uma exceção a parte, tudo parece otimo... foi realmente uma pena não ter conseguido ir.

Avatar
Tanaguchi
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 233
Registrado em: 21 Jan 2013, 21:50

08 Set 2016, 17:41  

marquesbella escreveu:Muito bom o relato! O mais sincero e divertido que já li. Quero ir pra lá em Abril/2017 e essas informações vão ser muito preciosas para montar o meu roteiro :) Continueee!


Obrigado!! Valeu mesmo por acompanhar!! Eu quero voltar em 2017 pra fazer outro roteiro por lá, apesar do calorzão estou pensando em voltar em Abril tbm, quem sabe não nós cruzamos por Bangkok? rs
Abraço!

Avatar
paulorco
Membro de Honra
Membro de Honra
Mensagens: 1179
Registrado em: 24 Set 2009, 15:54
Localização: Belo Horizonte

08 Set 2016, 18:11  

Valeu, Tanaguchi!

Avatar
RoSousaAlenc
Mensagens: 5
Registrado em: 01 Jul 2015, 00:51

12 Set 2016, 00:22  

Fiquei curioso com sua planilha: aquele valor total (incluindo o que foi pago antes) foi para o casal ou por pessoa?

Avatar
Tanaguchi
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 233
Registrado em: 21 Jan 2013, 21:50

12 Set 2016, 19:51  

RoSousaAlenc escreveu:Fiquei curioso com sua planilha: aquele valor total (incluindo o que foi pago antes) foi para o casal ou por pessoa?


Opa, blz?
Então todos os valores da planilha são individuais.
Posso garantir que dá pra fazer essa trip com bem menos... agora com a queda do dolár tem aparecido promoções de passagens aereas pra Bangkok por 2k (com as taxas)...

Passagem aerea acaba pesando muito... Dubai e Singapura tbm acresceram bastante no valor final.
Hoteis tbm eu não economizei tanto, dá pra achar hospedagens ainda mais baratas em todas as cidades... muitos hoteis eu queria com piscina, muitos deles nós acabamos nem usufruindo

Apesar de ser mão de vaca pra vários aspectos nós não nos seguramos muito não. Se a gente queria fazer algo e achava o valor justo, a gente ia e fazia, pro nosso padrão devo reconhecer que demos uma estourada hehehe

Com tudo tudo tudo ficou 7,5k por pessoa.
E como eu disse no começo do relato, da mesma forma que vc consegue fazer essa trip com bem menos, esse valor pode aumentar bastante tbm se vc cochilar

Avatar
RoSousaAlenc
Mensagens: 5
Registrado em: 01 Jul 2015, 00:51

12 Set 2016, 23:59  

Tanaguchi escreveu:
RoSousaAlenc escreveu:Fiquei curioso com sua planilha: aquele valor total (incluindo o que foi pago antes) foi para o casal ou por pessoa?


Opa, blz?
Então todos os valores da planilha são individuais.
Posso garantir que dá pra fazer essa trip com bem menos... agora com a queda do dolár tem aparecido promoções de passagens aereas pra Bangkok por 2k (com as taxas)...

Passagem aerea acaba pesando muito... Dubai e Singapura tbm acresceram bastante no valor final.
Hoteis tbm eu não economizei tanto, dá pra achar hospedagens ainda mais baratas em todas as cidades... muitos hoteis eu queria com piscina, muitos deles nós acabamos nem usufruindo

Apesar de ser mão de vaca pra vários aspectos nós não nos seguramos muito não. Se a gente queria fazer algo e achava o valor justo, a gente ia e fazia, pro nosso padrão devo reconhecer que demos uma estourada hehehe

Com tudo tudo tudo ficou 7,5k por pessoa.
E como eu disse no começo do relato, da mesma forma que vc consegue fazer essa trip com bem menos, esse valor pode aumentar bastante tbm se vc cochilar

Entendi. Mas ainda assim, 7.5k por pessoa, numa viagem de quase 1 mês, pro outro lado do mundo, eu achei bem acessível, dado tudo que vocês fizeram.

Avatar
Tanaguchi
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 233
Registrado em: 21 Jan 2013, 21:50

15 Set 2016, 19:37  

Dia 10 - Partida para o litoral - Ao Nang / Krabi
Acordamos sem pressa, nosso voo para Krabi era só no inicio da tarde. Esse foi o dia de fazer tudo com calma S2

O Songkran tava fervendo na rua, optamos por ficar na piscina do hostel de boa, já tivemos nossa dose de água nos dias anteriores, estávamos satisfeitos rs

Tem um restaurante muito bom pertinho do hostel, uns 200m de distancia. Mas mesmo pra ir até lá não tem como escapar das insasiaveis arminhas de água.
Imagem
Ultimo almoço em Chiang Mai – almoçamos uns dois dias nesse lugar, muito bom == Dailycious Café -- 77/3 Amphur Chang Klan, Kotchasarn Rd Lane 3, Chiang Mai 50100, Tailândia


Pra ir do hostel ao aeroporto mesmo no Songkran só de taxi, tuk-tuk nem pensar, é pedir pra ser molhado.
O motorista foi desviando de várias vias principais e ai não ficamos presos no transito. O motorista tinha um tique nervoso que a cada 10 segundos ele dava uma girada de cabeça violenta, foi assustador no começo, parecia que ele ia bater o carro a qualquer momento... depois achei graça *humor negro on*
Imagem
Chiang Mai Airport


Foi nosso primeiro voo lowcost, estávamos com as mochilas bem compactas pra não precisar despachar e não pagar as taxas adicionais. Estávamos bem preucupados com isso, mas para nossa surpresa várias pessoas estavam embarcando com bagagens que visivelmente ultrapassavam o limite pré-estabelecido. Essas pessoas não tiveram nenhum problema pra embarcar.

A dica que eu deixo pra vc que pretende fazer o mesmo é embarcar o quanto antes e não ficar no final da fila. Os compartimentos pra bagagem embarcada acima dos bancos é bem pequeno, e o pessoal abusa... então um monte de gente ficou sem lugar pra colocar a bagagem que não despachou... dai tiveram que ficar implorando pra aeromoça ajudar a achar um lugar... por exemplo, vc que estava sentado no fundo tinha sua mala alojada lá na frente do avião... uma bosta. Isso se repetiu nos demais voos lowcost que pegamos... não chegou a acontecer com a gente, mais sempre ficava o pessoal que entrava por ultimo apanhando pra conseguir lugar pras malas.

Quanto ao avião eu esperava algo bem precário, nada a ver. Os aviões da AirAsia são muito parecidos com os que encontramos no Brasil em companhias aéreas como Gol e Azul, mesmo padrão... pra voos curtos é super tranquilo.

A compra das passagens foi feita toda de forma antecipada enquanto ainda estavamos no Brasil. Eu pesquisava os valores pelo google flights e pelo skyscanner e quando ele chegava num valor bacana eu comprava. acabei comprando todos os voos internos pela AirAsia, em alguns momentos outras companhias aereas ofereciam valores melhores, porem eu li alguns relatos de problemas com essas companhias aleatorias, então resolvi não arriscar e ir de AirAsia mesmo, pq entre as lowcost é a com mais renome.
Pra fazer a compra pelo site é bem tranquilo, igual a qualquer outra compra online de passagens aereas.
Imagem
Rumo a Krabi


Chegando em Krabi, como não havíamos despachados as malas o processo de desembarqu foi muito tranquilo. Realmente ali tivemos a comprovação que fazer voos internos é muito pratico.
Dentro do aeroporto proximo da saída principal tem uns guichês com serviço de vans/micro ônibus. Você passa o nome ou endereço do seu hostel e dai o ônibus leva vc até lá. É a forma mais barata de ir do aeroporto pro centro da cidade (que fica longe do aeroporto), é muito barato mesmo. O mais impressionante é que vc vê aquele ônibus cheio e começa a duvidar que ele vai te deixar no lugar certo, conforme o pessoal foi descendo e ele ficando vazio eu já comecei a ir lá perguntar pro motorista se ele não tinha esquecido da gente e talz hehehe mais foi tranquilo mesmo, fiquei impressionado dele não ter furado com nenhuma das pessoas... como fomos quase os últimos a descer pudemos comprovar que o negocio funciona bem.

Uma coisa interessante é que em Krabi e Ao Nang tinha pouquissimas pessoas curtindo o Songkran. Lá realmente nós notamos que tem uma diferença muito grande nas proporções em que o festival é celebrado em cada parte do pais.


Bem agora vou começar a explicar onde fiquei hospedado no litoral e o por que das minhas escolhas.


Optamos por ficar em Krabi, na área de Ao Nang Beach
Passamos todo nosso período pelo litoral da Tailandia hospedados nesse mesmo lugar.
Escolhi Ao Nang por algumas razões especificas que se confirmaram enquanto estivermos por lá.

1-Ao Nang é perto de tudo, vc sai do seu hostel e dá de cara com trocentos restaurantes, agencias de turismo, Seven Eleven, Mc Donalds, muitas lojinhas, etc etc. Não falta nada, comodidade total.
Imagem
Centro de Ao Nang



2-Por não estar hospedado em uma das Ilhas paradisicas (como Phi-Phi) todos esses locais que citei acima trabalham com valores bem em conta. Nas ilhas tudo é muito mais caro. Hospedagem, passeios e alimentação... tudo ficou bem em conta... falando em alimentação: na rua principal que ficava de frente pro nosso hostel tem um restaurante melhor que o outro: comida típica, italiana, mexicana, frutos do mar, indiana e o caralho todo!! Tudo muito em conta, a hora de sair pra jantar era só alegria... alias foi muito deprimente escrever essa parte do relato e rever as fotos dos restaurantes!!! Que saudades de comer bem e barato T_T

3- Apesar de ter amado o Songkran eu não estava a fim de encarar o clima festeiro das ilhas, nada de gringo bêbado tirando a roupa, som alto, bagunça, etc... queria um lugar com um clima mais tranquilo, pra poder dar aquela relaxada, ficar em paz de boas.. E pra curtir com a esposa foi perfeito... agora se vc tá solteiro e está a fim de ferver na noite, ou se simplesmente vcs são um casal que gosta de um clima de balada, Ao Nang não é o ideal pra vcs

Como nem tudo é perfeito...

O grande ponto negativo é que ao contrario de Phi-Phi e de outros lugares paradisíacos a praia de Ao Nang é bem sem graça, não tem nada demais. Sempre no final da tarde íamos pra lá tirar um lazer , era gostosinho e talz, mais definitivamente não chega nem aos pés das mais famosas.
Imagem
Ao Nang Beach


Eu optei por não passar nenhuma noite em Phi-Phi pq durante o planejamento eu tive a sensação que seria algo que iria demandar planejando, que seria complicado, que fosse rolar stress de “entra e sai” de hostel... mais lá deu pra ver que é sussa alinhar isso, então eu me arrependo de não ter passado pelo menos uma noite lá... uma noite em Phi-Phi PRA MIM seria o suficiente... então pra vc que está montando seu roteiro eu aconselho sim passar uma noite lá e aproveitar mais o lugar, pq é realmente muito foda.

Fora isso meu outro arrependimento em relação ao litoral é só ter fechado um dia de passeio em barco individual. Mais isso eu explico em outro post

As praias lá são insanamente bonitas, é tudo incrível mesmo... nada que eu tinha visto antes no Brasil se compara... posso garantir que não sou vidrado em praias, nem de longe esse era o foco da viagem. Se vc REALMENTE gosta de praias e esse é o foco da sua viagem eu aconselho buscar outros tópicos, pq eu fiz o esquema mais preguiçoso possível, tudo pra evitar transtornos e dores de cabeça, então não tem nada mirabolante nessa parte do relato

Nossa chegada em Ao Nang se deu no inicio da noite, deixamos as coisas no hostel e saímos pra jantar, já aproveitando pra fechar o passeio para as 4 Ilhas para o dia seguinte.
Imagem
Caranguejão Tailandes S2


Ahhhh, gostamos muito desse Hostel que ficamos, muito bom. Essa foi a ultima hospedagem bacana que pegamos... Em Singapura e na Malasia não tivemos tanta sorte >_<
Editado pela última vez por Tanaguchi em 11 Dez 2016, 14:05, em um total de 1 vez.

Avatar
Tanaguchi
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 233
Registrado em: 21 Jan 2013, 21:50

20 Set 2016, 22:30  

Dia 11 - 4 Island

4 Islands é o nome de um dos tours mais manjados da região. Em toda agencia de turismo vc vai encontrar anúncios, banners e panfletos oferecendo esse passeio.

Como o nome diz, o passeio consiste na visitação a 4 ilhas. A sequencia da visitação muda de o acordo com a equipe que organiza os tours.

Phra Nang Cave Beach
Chicken Island
Tup Island
Poda Island


Apesar de constar no cronograma vc não chega a desembarcar na Chicken Island. Ela está inclusa no passeio pois está situada num ponto muito bom pra snorkel.

Imagem
Imagem
Chicken Island


Escolhendo com que agencia fazer o passeio & valores

Não importa em qual agencia vc fechar o passeio, são apenas algumas poucas empresas que operam os passeios. Então independente de vc fechar o passeio com a agencia 1 ou com a agencia 2, quem vai operar o passeio no dia seguinte vai ser a mesma empresa. Apesar de serem poucas empresas que operam os passeios e vc fazer sempre com as mesmas; os valores são diferenciados. Então sempre negocie.

Nós notamos que tanto os preços iniciais quanto os valores dos descontos cedidos eram sempre os mesmos. Então o choro por desconto tem limites, chega num determinado valor que ninguém faz por menos. E em Ao Nang eles não demoravam a dar o desconto, a negociação era mais rápida, vc não precisava chorar ao extremo... e das vezes que eu fiz isso não adiantou, como eu disse eles tem um “teto” de desconto.

Outro fator que determina o valor é se vc escolhe em fazer o passeio em lancha (barco rápido) ou em um longtail (aqueles barcos clássicos da Tailandia que vemos em todas as fotos).
A lancha é mais caro, em compensação chega mais rápido nos lugares e consequentemente vc tem mais tempo pra aproveitar o passeio, apesar de ir com mais gente a bordo é mais confortável.
Já o outro é mais barato porem é mais lento e menos confortável. Por ser mais lento isso acarreta menos tempo nas atrações. Ah, tem alguns pontos que só ele pode adentrar, então vc vai poder aproveitar uma ou outra parada que não rola pra lancha.

Imagem
Phra Nang Cave Beach

Imagem
Phra Nang Cave Beach - As manjubas da prosperidade/fertilidade


Fechamos esse passeio na noite anterior, logo que chegamos na cidade. No outro dia pela manhã passaram pra nos buscar no hostel. Ai rola o mesmo esquema de sempre, eles vão passando em hotel por hotel, então pode ser que passem pra te buscar no horário ou pode ser que atrasem bastante. Como nosso hostel acabava sendo o ultimo da rota sempre passavam pra nos buscar com bastante atraso.

Assim que eles passam vc embarca num caminhão todo zuado ou em um micro ônibus todo torto tbm. O mais comum era o caminhão estilo pau de arara hehehehe
Esse transporte serve pra levar vc até um ponto da praia de Ao Nang de onde partem os barcos/lanchas. O trajeto é bem curto, então não pega nada ir no caminhão.
O pessoal chama de porto, mais de porto não tem nada, é uma das extremidades da praia onde se tem uma certa profundidade e o mar sem ondas... o suficiente pros barcos estacionarem.

Imagem
Imagem
Tup Island


Da descida do caminhão até o barco o guia vai explicando algumas regras do passeio, nada relevante... sempre com aquele inglês sofrível de sempre.
Nesse ponto é importante vc memorizar o número do seu barco ou algum outro detalhe para que vc possa diferencia-lo, pois conforme vc chega nas Ilhas tem trocentos outros barcos idênticos ao seu, e acredite, isso pode causar dores de cabeça, como no exemplo a seguir:

Chegamos a primeira ilha. Um pouco antes de desembarcar o guia anuncia a todos quanto tempo teríamos... porem devido ao inglês dele ser horrível e pelo fato de estarmos totalmente empolgados com nossa primeira ilha nós acabamos entendendo mal a instrução de que hora deveríamos voltar pra lancha... e pra ajudar ainda ficamos apanhando pra encontrar nossa lancha.

Resultado: nós voltamos pra lancha com uns 15 minutos de atraso... e se vc considerar que uma parada dessa levou aproximadamente 40 minutos, vcs já devem imaginar a cara de bunda de todos a bordo quando chegamos... tomamos o maior esporro do guia e ainda tivemos que encarrar o mau humor do pessoal... e obviamente não tiramos nem 1% da razão deles, pisamos feio na bola... e nós demos sorte, pq antes de descer ele disse que caso alguém não estivesse de volta na lancha numa tolerância de 5 minutos ele deixaria na ilha e só buscaria de volta no final do passeio.
Mais deu pra concluir que não passou de ameaça hehehe... mas eu me senti muito mal com isso, odeio ser aquele turista que fode o role, sempre tem um...

Depois disso a cada parada nós sempre voltávamos pra lancha com antecedência XD
O guia percebeu que eu ficamos meio amoados e depois começou a ser mo amigão... e os tailandeses do barco tbm, ficavam nos oferecendo quitutes e sempre puxavam assunto... pro pessoal do barco era bem exótico ter brasileiros a bordo hehe

Nesse dia em especifico a maioria absoluta das pessoas do nosso barco eram tailandeses, o que é mega raro em qualquer passeio por lá, normalmente vc ve gente de todo canto do mundo turistando na Tailandia, menos os próprios tailandeses.
Acho que isso aconteceu por estarmos na semana do Songkran, ai o pessoal aproveita o feriado de 3 dias já emenda com o fds e vai passear.

E mesmo com essa mancada, passado um tempinho o e pessoal nos tratou super bem e não podemos reclamar de nada


Imagem

Imagem
Poda Island
Editado pela última vez por Tanaguchi em 11 Dez 2016, 14:27, em um total de 1 vez.

Avatar
leonardo.lopes1
Mensagens: 7
Registrado em: 19 Jul 2016, 02:14
Contato:

23 Set 2016, 13:17  

Olá, continuo acompanhando seu relato e anotando as dicas. As fotos estão ótimas e no momento estou com uma grande dúvida entre me hospedar em Railey west e Ao nang :(
Estou no aguardo dos próximos capitulos.
“Once the travel bug bites there is no known antidote,
and I know that I shall be happily infected until the end of my life”
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem ImagemImagem Imagem ImagemImagem ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Avatar
Tanaguchi
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 233
Registrado em: 21 Jan 2013, 21:50

24 Set 2016, 14:50  

leonardo.lopes1 escreveu:Olá, continuo acompanhando seu relato e anotando as dicas. As fotos estão ótimas e no momento estou com uma grande dúvida entre me hospedar em Railey west e Ao nang :(
Estou no aguardo dos próximos capitulos.


Valeu por continuar acompanhando brother!! Mo orgulho saber que eu posso ajudar alguem que tem o triplo de bandeirinhas do que eu kkkkkk é nois!!

Esse lance de escolher onde me hospedar gerou MUITA duvida, pois principalmente nos blogs as pessoas tem o péssimo habito de dizer:"tal local é muito melhor que o outro", sendo que se hospedou apenas em um dos lugares!!! Eu por exemplo não tenho como dizer pra vc qual dos dois que vc citou é o melhor. O cara que faz isso é imprudente. Ainda falando em blog li relato de gente falando que Abril era epoca de chuvas. MANO DO CÉU!!! BAGUIO NÂO TEM NUVEM NESSA EPOCA CALOR ABSURDO!!!!

O que eu quero dizer é que quando pintar suas duvidas consulta o que os caras fizeram e a epoca em que eles fizeram... se eles dizem algo de lugares que não foram ou de periodos em qu não estiveram, ignora. Eu quase tomei varias decisões bisonhas por causa desse tipo de leitura.

Minha experiencia com hospedagem é essa: Ao Nang com trocentas opções de hospedagem e comercios de grande porte (Seven Eleven, Familiy Smart, Burguer King, Mac Donalds, etc) e tudo com valor mais em conta que nos outros lugares.

Tem alguns bares com musica ao vivo e mais animadinhos, mais nada comparado com o fervo que deve rolar em outros pontos. A noite o que domina é ambiente mais familia/casal.

A vantagem de Railey west sem duvida deve ser a beleza do lugar, pelo jeito as praias são anos luz superior as de Ao Nang... que alias não tem nada de especial, as praias de Ao Nang não tem aquela aparencia mirabolante, são parecidas com o que encontramos no nosso litoral...

Rail West parece ser mais foda se vc pretende ficar em um resort um num hotel mais top tbm. Os resorts de lá parecem humilhar.

Ah, essas praias dos roles da Ilha eu acho que esqueci de enfatizar, mais o visual delas é alucinante, vc chega e fica pasmo... pelo menos eu que nunca tinha visto uma água daquela cor com uma temperatura tão boa, a água é morna, quase quente =^^=

Abraços!



  •   Informação
  • Quem está online

    Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante