Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Entre para seguir isso  
mcm

Um fim de semana em Brasília

Posts Recomendados

Aproveitando os preços baixos da webjet (R$ 100!!) -- desde que comprados com muita antecedência --, programamos uma viagem de fim de semana a Brasília para maio deste ano (2011). É pena que a webjet tenha encarecido tanto do ano passado para cá, mas acho que aproveitamos o quanto pudemos (Porto Alegre 2x, Curitiba, Brasília...).

 

O relato da Katia, com enfoque maior em arquitetura, design e obras de arte, e cheio de fotos, está aqui.

 

Ficamos hospedados no Brasília Palace, que também fiz reserva com grande antecedência pelo booking.com -- e pagamos menos da metade do preço de balcão! O Brasília Palace foi originalmente projetado pelo Oscar Niemayer, mas pegou fogo e ficou anos fechado. Foi recuperado e reaberto há algum tempo.

 

Conforme pesquisas que tinha feito antes, em Brasília você tem que circular de carro. A cidade foi feita para isso, então -- embora eu sempre evite -- alugamos um, o que foi, de fato, uma ótima idéia para circular por lá (e viva o GPS!). Chegamos em Brasília na sexta à noite (27/05/2011) e nos dirigimos ao hotel. Deixamos as coisas lá e saímos para comer uma pizza pela cidade, além de dar uma olhada geral nos monumentos iluminados à noite.

 

Dia seguinte, sábado, foi o dia de visitar a cidade. Começamos pelo Palácio Alvorada, que fica bem próximo do hotel. Não pode entrar, só pode olhar à distância. De lá, passamos pelo Palácio Buriti, mas também não pode visitar. Fomos então para o que se chama de Cabine do piloto + 1ª classe do Plano Piloto.

 

Largamos o carro entre a Praça os Três Poderes e a Esplanada dos Ministérios e fomos passear. O primeiro lugar, claro, tinha de ser o cartão postal de Brasília, o Congresso Nacional. Mas antes de descer lá, passamos pelo Palácio da Justiça, que fica logo ao lado. A seguir, tiramos as tradicionais fotos do Congresso a partir da Alameda dos Estados, e descemos para conhecer o coração do Poder Legislativo brasileiro. Lá dentro fizemos um tour de cerca de 1 hora -- muito bom --, em que pudemos até entrar no gabinete do presidente da Câmara, além do plenário da Câmara. O plenário do Senado estava em obras e infelizmente não pudemos entrar. Acho que, se você for durante a semana, não deve poder entrar nesses lugares.

 

DSC08302_thumb.jpg?imgmax=800

Congresso Nacional

 

Depois do Congresso, fomos ao Palácio do Itamaraty, onde também entramos num tour guiado. Também muito interessante, sobretudo o hall central. Lá você não pode tirar fotos do mezanino (questões de segurança !!?).

 

DSC08240_thumb.jpg?imgmax=800

O sensacional hall do Palácio do Itamaraty

 

Dali descemos para a Praça dos Três Poderes. O STF e o Palácio do Planalto estavam fechados para vistas, então apenas admiramos os arredores. O panteão está em obras, mas a bandeira está lá, assim como a maquete de Brasília. E, claro, as obras de arte – a justiça cega, os candangos...

 

DSC08271_thumb.jpg?imgmax=800

A Praça dos Três Poderes

 

Pegamos o carro e tentamos ir para a Catedral. A área da Esplanada dos Ministérios estava complicada porque haveria mais tarde um grande evento de motocross, então havia ruas fechadas e muita gente andando até o evento. Foi complicado parar arranjar um lugar para parar o carro, mas conseguimos. Fomos rapidamente na área do motocross (bem no meio da Esplanada) conferir, mas não era nossa praia.

 

Voltamos e fomos para a Catedral, que, uma pena!, estava fechada para obras. Acho que era o principal lugar que eu queria entrar, por todo aquele barato arquitetônico do Niemayer, mas paciência, fica para uma próxima vez. Ali perto havia uma grande praça, onde fica o museu de arte e a biblioteca. Demos uma passada pelo museu nacional, mais para curtir o interior daquele lugar do que pelo conteúdo – ainda que tenha sido interessante.

 

Partimos para o Memorial JK, passando antes pelo Cruzeiro, que marca o ponto mais alto de Brasília. Ficamos um tempo no Memorial -- é muito bacana, mas eu achava que era maior, não sei pq! –, depois visitamos rapidamente o Memorial aos Povos Indígenas e pegamos o carro para rodear o Parque da Cidade. Trata-se de um enorme parque no meio da cidade, com diversas entradas e atrações. Mas apenas circundamos, esperando o sol se pôr. A ideia era subir na Torre de TV para assistir ao pôr do Sol, e assim fizemos. Demos ainda um tempo numa feirinha recém organizada que fica logo à frente da Torre, e no chafariz, que fica do outro lado. Depois de uma pequena fila, lá chegamos, bem a tempo de curtir um pouco antes de admirar a plenitude do Sol se pondo ao Oeste do Planalto Central.

 

DSC08335_thumb%25255B1%25255D.jpg?imgmax=800

Vista da Torre de TV

 

No domingo fomos conhecer a Ponte JK e depois seguimos para o parque Ermida Dom Bosco admirar um visual do outro lado do lago Paranoá. De lá seguimos para o Parque Nacional de Brasília, onde passeamos um pouco e fizemos algumas trilhas rápidas. Voltamos ao Plano Piloto, passando pelo QG do Exército -- geralmente relegado, mas um projeto arquitetônico muito bacana. E ainda tem um belo jardim do Burle Marx do outro lado da rua.

 

DSC08432_thumb.jpg?imgmax=800

O belo QG do Exército, no Setor Militar Urbano

 

De lá voltamos ao chafariz da Torre de TV (no dia anterior estava com uma parte desligada, no domingo estava tudo ok). Fizemos finalmente o tour guiado pelo Palácio do Planalto -- com direito a entrar numa parte do Gabinete Presidencial.

 

DSC08477_thumb.jpg?imgmax=800

Palácio do Planalto

 

Infelizmente o STF seguia sem tour organizado. Visitamos o famoso Pontão, que me pareceu meio que um centro gastronômico da elite brasiliense. Lugar bem agradável, com bela vista do lago. Ainda fomos no prédio da Assembleia Legislativa (Distrital?) e depois passeamos por algumas superquadras pré-selecionadas antes de encerrar a visita.

 

DSC08483_thumb.jpg?imgmax=800

Pontão do Lago Sul

 

Fim de festa, ainda demos um tempo num café antes de voltar ao Aeroporto pra pegar o último vôo do dia para o Santos Dumont.

 

Dicas gerais

Quanto custa?

Somente pagamos para entrar no Memorial JK (R$ 6,00) e no Parque Nacional de Brasília (R$ 6,50). Todas as demais atrações eram grátis.

 

Circulando?

Se você estiver de carro (e sugiro que esteja), relaxe porque tem estacionamento tranqüilo em tudo quanto é lugar (ao menos no fim de semana foi assim). Só vi flanelinhas em áreas de restaurantes -- ainda assim, à moda antiga (carioca), ou seja, sem estabelecer valor nem cobrar antecipado. A faixa de pedestres é quase sempre respeitada -- a preferência é, naturalmente, dos pedestres. Fique atento, ainda que geralmente os pedestres sinalizem que vão atravessar (geralmente indicam balançando o braço).

 

O eixo monumental é... monumental. É lá que está concentrada a maior parte das atrações da cidade. É até possível que você vá andando da Praça dos Três Poderes até o Memorial JK, por exemplo. Mas é uma looonga caminhada, e não necessariamente interessante. Poupe-se e vá de ponto a ponto de carro, ônibus comum ou no ônibus turístico (lá tem!). Sair do eixo a pé eu acho ainda mais complicado -- Brasília definitivamente não me parece ter sido projetada para se caminhar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu pelo relato MCM.. estou pensando em ir pra Brasília em novembro no fim de semana que antecede o feriado do dia 15. Que bom que dá pra conhecer quase tudo em 2 dias..

 

só algumas dúvidas: quanto custou o aluguel do carro? e questão de hospedagem e alimentação, foi muito caro?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi, Keka.

 

O aluguel do carro sai na faixa de R$ 150 para 2 dias pela Unidas (procure via Inet pelo pacote de fim de semana).

 

Hospedagem eu consegui por 150/dia no "hotel do Niemayer", mas reservei com muuuuita antecedência via booking.com -- atualmente a tarifa me parece estar bem maior. Mas isso foi pq eu quis ficar lá -- se vc ficar no setor hoteleiro da cidade, consegue melhores preços.

 

Alimentação vai de cada um, depende do que e de onde vc quer comer. :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom relato, só deu o azar de visitar na época das reformas.

 

Se alguém tiver duvida da cidade, estou apto para auxiliar, já que moro há 12 anos no DF.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Entre para seguir isso  



×
×
  • Criar Novo...