Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

gvogetta

Review: Mochila Cargueira Deuter Air Contact PRO 70+15

Posts Recomendados

Em 23/03/2018 em 01:19, gvogetta disse:

Olá Torvi!

Não cheguei a ver "ao vivo" este modelo, que na verdade é o 2017/2018, já que ele foi alterado ano passado, mas só agora começou a vir pro Brasil. Lembro ainda que a "versão" que tenho e que é avaliada neste tópico é uma 2010/2011 e houve uma versão intermediária (2014, acho) que já apresentava algumas alterações. No entanto, com base em imagens, alguns vídeos e num review alemão que mostra algumas das alterações, pode-se perceber que ocorreram mudanças significativas, algumas evidentes, outras nem tanto - e nem todas a meu ver para melhor.

Eis a "cara" da Air Contact PRO versão 2017/2018 (verde/azul) - em comparação com a versão 2010/2011 (preta/vermelha e cinza) - mais abaixo:

Imagem relacionada Imagem relacionadaResultado de imagem para aircontact pro 70+15  

 

A seguir comento as mudanças:

1. Mudou a grade de cores (estava na hora). Esta a mudança mais evidente. Questão de gosto.

2. Mudou a tampa superior, que tem design diferente, e  agora não vem mais com as alças para se transformar em pequena mochila de ataque (cujo uso prático era limitado).

3. Foram suprimidas as alças para fazer da tampa a sobredita mochilinha de ataque (pouco funcional) que  agora foi substituída por uma mochila de ataque ultracompacta que passa a acompanhar a mochila na versão 2017/2018 - também é um ponto que considero positivo.

4. O pequeno bolso plano de mapas/documentos na parte traseira foi substituído por um bolso bem mais amplo, de material elástico e respirável, com abertura em fita e fivela por cima, sobre a tampa do compartimento central com zíper em "U" invertido. Esse bolso já havia sido alterado no modelo apresentado em 2014, que naquele tempo não era elástico e era fechado com zíper. Essa mudança, a meu ver, que é neutra, pois depende do uso e conveniência de cada um.

5. Oferece agora (oficialmente) a capacidade para acoplar o acessório Helmet Holder (vendido separadamente) - para acoplar externamente um capacete de escalada, esqui ou similares. Na prática uma mudança que também não representa vantagem, eis que fora sacrificadas as Daisy Chain, que menciono a seguir, que também permitiam a fixação deste acessório, ainda que não fossem feitas para ele.

6. Foram subtraídas as duas fitas Daisy Chain verticais da porção traseira sobre a tampa do zíper em "U" invertido, que eram muito úteis para acoplar equipamentos externos. Em substituição vieram os 4 pequenos "loops" para fixar o Helmet Holder - esta uma mudança que considero negativa, pois apesar da mochila ficar com uma estética mais limpa, mais lisa, perdeu-se a possibilidade de fixar itens externos para pronto uso com mais liberdade.

7. Mudou a fixação da fita peitoral nas alças da mochila, que agora corre mais facilmente para regulagem, mas ficou bem mais frágil - outra mudança que considero negativa. Posso afirmar isso pois é um sistema já usado há tempos em outros modelos de mochilas da marca.

8. Mudaram os elásticos de fixação superior de acessórios como piolets e bastões de caminhada, que agora contam com gancho de engate rápido. A meu ver é uma mudança positiva sob o ponto de vista praticidade, mas pode significar maior facilidade de soltar o equipamento preso (o que é negativo), então só mesmo o uso é que vai responder.

9. Foi retirada uma das fitas de compressão laterais de cada lado e reposicionada a fita remanescente, o que para mim é negativo, pois as fitas em dupla, além de comprimir melhor a mochila, especialmente quando com pouco volume de bagagem, permitiam maior versatilidade de fixação de itens nos bolsos laterais inferiores, como varetas de barraca, tripé de fotografia e outros similares.

10. Foi alterada a fivela do dispositivo de regulagem de altura das alças da mochila (Variquick), que parece ter ficado mais leve e com operação mais fácil, o que é um ponto positivo em si, mas como é algo que o dono da cargueira mexe uma ou duas vezes na vida para alterar a regulagem de torso, acaba fazendo pouca diferença efetiva na prática

11. As alças tiveram algumas mudanças pequenas em detalhes, ficando mais "lisas" e agora apresentando fitas para passagem do tubo dos reservatórios de hidratação. Em termos estéticos melhoraram, mas na prática as fitas de nylon HD sobrepostas sobre o acolchoamento das alças permitia mais liberdade de regulagens para a fita peitoral e agregam uma resistência impressionante à tração, além de oferecer suporte para fixação de diversos equipamentos nas alças, o que eu particularmente uso bastante em trekkings (a exemplo de porta óculos, rádio HT, GPS, canivete, etc). A mudança neste item, na minha opinião, foi negativa.

12. O fecho do saco/tampa interna da mochila foi alterado, oferecendo agora uma pequena fivela de regulagem para o clássico sistema que usa a cordinha. Parece ter ficado mais prático o seu uso, mas dependeria de testar na prática. Por enquanto neutro

13. O peso da mochila foi reduzido algo em torno de 100g (modelo 70+15), o que não chega a ser substancial mas é positivo.

No resto não mudou nada, ou alguma coisinha muito imperceptível que nem chega a ser considerável.

Um dos vídeos em que me baseei na análise pode ser visto no link a seguir para o YOUTUBE

É isso. Espero ter ajudado. Abraços!

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em 23/03/2018 em 01:19, gvogetta disse:

Olá Torvi!

Não cheguei a ver "ao vivo" este modelo, que na verdade é o 2017/2018, já que ele foi alterado ano passado, mas só agora começou a vir pro Brasil. Lembro ainda que a "versão" que tenho e que é avaliada neste tópico é uma 2010/2011 e houve uma versão intermediária (2014, acho) que já apresentava algumas alterações. No entanto, com base em imagens, alguns vídeos e num review alemão que mostra algumas das alterações, pode-se perceber que ocorreram mudanças significativas, algumas evidentes, outras nem tanto - e nem todas a meu ver para melhor.

Eis a "cara" da Air Contact PRO versão 2017/2018 (verde/azul) - em comparação com a versão 2010/2011 (preta/vermelha e cinza) - mais abaixo:

Imagem relacionada Imagem relacionadaResultado de imagem para aircontact pro 70+15  

 

A seguir comento as mudanças:

1. Mudou a grade de cores (estava na hora). Esta a mudança mais evidente. Questão de gosto.

2. Mudou a tampa superior, que tem design diferente, e  agora não vem mais com as alças para se transformar em pequena mochila de ataque (cujo uso prático era limitado).

3. Foram suprimidas as alças para fazer da tampa a sobredita mochilinha de ataque (pouco funcional) que  agora foi substituída por uma mochila de ataque ultracompacta que passa a acompanhar a mochila na versão 2017/2018 - também é um ponto que considero positivo.

4. O pequeno bolso plano de mapas/documentos na parte traseira foi substituído por um bolso bem mais amplo, de material elástico e respirável, com abertura em fita e fivela por cima, sobre a tampa do compartimento central com zíper em "U" invertido. Esse bolso já havia sido alterado no modelo apresentado em 2014, que naquele tempo não era elástico e era fechado com zíper. Essa mudança, a meu ver, que é neutra, pois depende do uso e conveniência de cada um.

5. Oferece agora (oficialmente) a capacidade para acoplar o acessório Helmet Holder (vendido separadamente) - para acoplar externamente um capacete de escalada, esqui ou similares. Na prática uma mudança que também não representa vantagem, eis que fora sacrificadas as Daisy Chain, que menciono a seguir, que também permitiam a fixação deste acessório, ainda que não fossem feitas para ele.

6. Foram subtraídas as duas fitas Daisy Chain verticais da porção traseira sobre a tampa do zíper em "U" invertido, que eram muito úteis para acoplar equipamentos externos. Em substituição vieram os 4 pequenos "loops" para fixar o Helmet Holder - esta uma mudança que considero negativa, pois apesar da mochila ficar com uma estética mais limpa, mais lisa, perdeu-se a possibilidade de fixar itens externos para pronto uso com mais liberdade.

7. Mudou a fixação da fita peitoral nas alças da mochila, que agora corre mais facilmente para regulagem, mas ficou bem mais frágil - outra mudança que considero negativa. Posso afirmar isso pois é um sistema já usado há tempos em outros modelos de mochilas da marca.

8. Mudaram os elásticos de fixação superior de acessórios como piolets e bastões de caminhada, que agora contam com gancho de engate rápido. A meu ver é uma mudança positiva sob o ponto de vista praticidade, mas pode significar maior facilidade de soltar o equipamento preso (o que é negativo), então só mesmo o uso é que vai responder.

9. Foi retirada uma das fitas de compressão laterais de cada lado e reposicionada a fita remanescente, o que para mim é negativo, pois as fitas em dupla, além de comprimir melhor a mochila, especialmente quando com pouco volume de bagagem, permitiam maior versatilidade de fixação de itens nos bolsos laterais inferiores, como varetas de barraca, tripé de fotografia e outros similares.

10. Foi alterada a fivela do dispositivo de regulagem de altura das alças da mochila (Variquick), que parece ter ficado mais leve e com operação mais fácil, o que é um ponto positivo em si, mas como é algo que o dono da cargueira mexe uma ou duas vezes na vida para alterar a regulagem de torso, acaba fazendo pouca diferença efetiva na prática

11. As alças tiveram algumas mudanças pequenas em detalhes, ficando mais "lisas" e agora apresentando fitas para passagem do tubo dos reservatórios de hidratação. Em termos estéticos melhoraram, mas na prática as fitas de nylon HD sobrepostas sobre o acolchoamento das alças permitia mais liberdade de regulagens para a fita peitoral e agregam uma resistência impressionante à tração, além de oferecer suporte para fixação de diversos equipamentos nas alças, o que eu particularmente uso bastante em trekkings (a exemplo de porta óculos, rádio HT, GPS, canivete, etc). A mudança neste item, na minha opinião, foi negativa.

12. O fecho do saco/tampa interna da mochila foi alterado, oferecendo agora uma pequena fivela de regulagem para o clássico sistema que usa a cordinha. Parece ter ficado mais prático o seu uso, mas dependeria de testar na prática. Por enquanto neutro

13. O peso da mochila foi reduzido algo em torno de 100g (modelo 70+15), o que não chega a ser substancial mas é positivo.

No resto não mudou nada, ou alguma coisinha muito imperceptível que nem chega a ser considerável.

Um dos vídeos em que me baseei na análise pode ser visto no link a seguir para o YOUTUBE

É isso. Espero ter ajudado. Abraços!

Obrigado gvogetta

Ajudou bastante

Esse modelo novo da 70+15 vem nessa bicolor é só na cor azul. Acho q vou comprar uma dessas.abraco

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 24/03/2018 em 15:07, LaBrasil disse:

Blz man ? valeu pela resposta ....esta ai é o modelo antigo , modelo novo o cara não tem ...outra : veio com nota fiscal? porque sem nota , sem garantia .

Veio sim mano, nota fiscal, as etiquetas originais que vem com a mochila, tudo ok!

Então já saiu outro modelo depois desse? Nem sabia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Salve pessoal!

Como são mochilas mais caras, que não vendem "todo dia", vai demorar até o pessoal eliminar o "estoque" do modelo anterior. Mas como dito acima, pouca diferença efetiva entre os modelos. E pode ainda ser uma oportunidade de negociar, já que a tendência é o modelo antigo ficar mais em conta um pouco.  

Sds,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por YOB
      Galera, como a internet está meio falha de reviews vou falar rapido sobre o AZTEQ ZION ( pela Nautika: -4 conforto/-10 limite, por mim: +5 Conforto / 0 Limite)
      Esse saco de dormir sai por +-400 pelas promos na internet.
      as especificacoes tecnicas tem no site da Nautika ( https://www.nautikalazer.com.br/saco-de-dormir-zion-azteq-742310/p) , entao vou para a experiencia.
      Bom, primeiro ele nao vem com saco compressor, mas apertando ele, fica com  60-70% do tamanho que tem no saco... entao arrumando um saco compressor ele fica bem pequeno... e leve (1.1kg)!
      compramos ele, e fui para o Pico do Papagaio (dia 22/junho). Pegamos algo entre +2C e +5C de minima no pico, com vento e um chuvisco, e pegamos +5C minima no camping base (O Panoramico). Estava com uma barraca Naturehike cloud up 3 , e um isolante M50 (quechua, 0.5cm). 
      Nas duas noites, dormi com uma calça de moletom, meia (normal mesmo), camiseta, fleece e gorro. Fechei todo o Saco de Dormir, e coloquei o capuz dele.
      Dormi bem em ambas as noites. Mas senti que estava ja no limite do conforto... se fosse para 0C teria bastante desconforto.
      Na minha avaliacao está mais para  5C conforto /  0C Limite. Vou comprar um Liner e segunda pele. Com isso acho que daria para aguentar temperaturas ligeiramente negativas.
      Ele me pareceu muito bem construido, apesar do enchimento nao vir muito bem distribuido entre as regioes do saco de dormir. Dentre os sacos de dormir nessa faixa de preco, parece que é o que tem o menor peso e menor volume. um otimo CxB. Outros que eu considerei sao, ou mais pesados e maiores (Catskill) ou mais caros (Orbit e outros de pluma)
       
       
    • Por maiconrocha.expedicoes
      Olá, boa tarde!
      Estou em dúvidas entre 2 mochilas da Deuter. 
      A futura Vario 50+10 é mais cara que a ACT Lite 50+10 no mesmo vendedor, portanto ponto para a ACT.
      A Vario tem aquele sistema de Aircomfort Sensic (de telas), e como já tenho uma futura, sei que o sistema é bom. O sistema da lite é o Aircontact.
      A Vario tem os bolsos laterais expansíveis que aumenta a carga em mais 5 litros. Não sei se a ACT tem isso.
      Quanto ao tecido, acredito que seja o mesmo para as duas mochilas.
      Enfim, algum especialista na área, que conheça as duas mochilas poderia me ajudar?
       
       
      Desde já agradeço,
       
      Maicon
       
       
    • Por icaro_assis
      Olá pessoal! Bom dia, tudo bem?

      Estou buscando por uma mochila que eu consiga usar no meu dia a dia, para funcionalidades que para mim são básicas (faço faculdade e tenho uma moto para me locomover, então sempre ando com o notebook na mochila, capa de chuva para moto, cadernos e demais itens do meu dia a dia) e recentemente comprei uma Quechua NH 500 30l - Linha Escape e confesso que achei meio "limitada".

      Por que limitada?
      Me limito a dividir em ter 2 mochilas:
      1 - Para viagens mais longas, para fazer mochilões e levar bastante coisa mesmo;
      2 - Mochila para o dia a dia e, ponto importante, para usá-la em passeios e viagens menores, como acampamentos, trekking e travessias, onde eu vá levar menos coisas e ela me atenda. Neste caso, a Quechua NH 500 30l - Linha Escape não me deixou na mão, mas senti que precisava de mais espaço para levar minhas coisas, minha barraca por exemplo, eu não consegui levar na mochila e nem amarrar no lado externo desta mochila. Por exemplo, nesta viagem que a levei, fui ao Parque do Caparaó, por sinal muito despreparado, mas se eu tivesse levado mais equipamentos, como colchonete, saco de dormir, fogareiro, ela não daria conta.



      O que me atrai na Quechua NH 500 30l - Linha Escape é seu design e modelo que é mais voltado para uma mochila do dia a dia do que um mochião propriamente dito. 

      Sendo assim, procuro uma mochila que eu possa utilizar no dia a dia e também em viagens menores, para camping/trekking e afins .. Pensei em algo como 40 ou 50 litros, mas realmente não conheço nenhuma que me atenda. As da Quechua de 40 litros parecem ser mais voltadas para o lado do mochilão do que eu realmente procuro. 
      Procuro comprar uma mochila com estas características, que seja boa e durável, independente da marca. 
      Quais indicam? Opiniões, dicas, experiências e afins serão muito bem recebidos

      Desde já agradeço aos colaboradores. 
    • Por edu_sanzio
      Olá mochileiros!
      Comprei há um tempo a mochila Deuter Kid Comfort 3 para carregar meu filho, fizemos algumas trilhas e a mochila é excelente e posso atestar a qualidade da mesma, conforto para mim e para ele! Ultimamente não tenho tido a oportunidade de utilizá-la (e também ele cresceu e está bem mais pesado 😅), a última vez foi no Réveillon do ano passado, onde carregá-lo nessa mochila provou ser uma vantagem imensa em Copacabana, ele aproveitou bastante a queima de fogos em segurança e "de camarote".
      Abaixo seguem algumas images. Para alugar por um dia ou fim de semana é só entrar em contato comigo que conversamos: 21 99780-5858 (whatsapp)
       
       
       
       


    • Por Birovisky
      Review em vídeo na íntegra e como usar todas funções:
      Excelente cafeteira para levar em sua aventura caso seja um aficionado por acampar e café, assim com eu. Café no Camping é comigo mesmo!
      Motivação
      Praticidade para fazer um bom café em locais inóspitos (campings e ranchos da vida) e não depender nunca mais de coadores e aqueles filtros de papel, apenas de fogo.
      Independente de marca, seja Bialetti (as originais) ou qualquer uma paralela, o que importa é fazer o seu próprio e delicioso café.
      Preço
      Varia de marca e tamanho. Esta custou aproximadamente R$100,00.
      Pontos Positivos
      Prática em todos sentidos. Para fazer o café, portátil, fácil limpeza e material de boa qualidade.
      Pontos Negativos
      Não faz fogo sozinha (Brincadeira gente, ela é perfeita!).
      Resumo da Obra
      Se você não é preguiçoso e gosta de fazer o próprio café, desembolse e compre uma, independente se for a original ou não. Em um ano me fale se o CxB não compensou. Sem contar que pode levar para onde quiser.
      Siga-nos no WordPress – https://rezenhando.wordpress.com/
      Siga-nos no Twitter – https://twitter.com/Birovisky
      Siga-nos no Instagram – https://instagram.com/Birovisky
      Curta no Facebook – https://www.facebook.com/rezenhandoaculturapopaz/
      Inscreva-se no Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCCfmjZm3KuEE-XsNhfBnqvQ


×
×
  • Criar Novo...