Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Mochilão Patagônia Argentina e Chilena - (24 dez - 7 jan 2011)


Posts Recomendados

  • Membros

Bom pessoal, pretendo colocar aqui um breve relato de viagem que fiz para a Patagônia argentina e chilena. O relato completo está no meu blog. Só clicar na imagem de assinatura.

 

1º Dia (24/12/2010) - Curitiba / Buenos Aires

 

Saí bem cedo de Jaraguá do Sul (norte de SC) para Curitiba, de onde parti pra Guarulhos. Em Guarulhos fiquei esperando duas horas até embarcar para Buenos Aires. Nunca tinha feito uma viagem internacional de avião, então imagine o nervosismo pra quem esta viajando sozinho. haha faz parte! (paguei R$ 770,00 reais pelo trecho Ctba-SP-BsAs-SP-Ctba, paguei caro, comprei com tres meses de antecedência)

 

Cheguei em Buenos Aires por volta das 15:30, horário local. Assim que cheguei, fiz câmbio no banco La Nación, conforme sugestão aqui do fórum. Troquei reais por pesos. Cotação 1 real = 2,27 pesos. Em seguida fui pegar taxi, queriam cobrar 150 pesos. Fiquei esperando até ver um homem deixando uma família no aeroporto. Não era nem taxi nem remis, era clandestino mesmo. Pedi a ele quanto me cobrava até o Hostel Suites Florida. Disse que faria por ARG 80,00. Topei.

 

Era um senhor gente fina, que na verdade nem sabia onde era o hostel, mas eu sabia que ficava perto da Av. Corrientes e da Calle Florida. Então ele me deixou no cruzamento delas. Logo em seguida encontrei o hostel, num mapinha que tinha feito.

 

No hostel fiz check-in, atendente brasileiro. Paguei algo como ARG 50 por uma noite. Logo depois de me ajeitar no quarto, apareceu o Guilherme, um mochileiro com quem tinha conversado pela net. Ele então comentou de uma ceia de natal que o hostel faria no bar do subsolo. Por 150 pesos. Caramba, eu não tinha pensado em gastar tanto já no primeiro dia com comida, mas aceitei.

A ceia foi legal, comida e bebida livre! Com direito a garçonete de sainha curtinha e tudo! rs.

Bebemos um monte, tava cheio de brazucas lá tbm. Recomendo o Hostel!

Fui dormir lá pelas 02:00.

 

Calle Florida

DSC07540.JPG

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

2º Dia (25/12/2010) - Buenos Aires / Ushuaia

 

Acordei as 06:30, de porre. Fui procurar taxi na rua e nao achava, por ser natal. Até que parou um taxista e pedi se ele me levaria por ARG 150,00 para o Ezeiza. Ele disse que sim, e eu embarquei. O cara era chato, andava lento, e ao chegar no aeroporto entro pelo lugar errado e acabamos tendo que passar por cima de um canteiro com o carro. Quando parou o carro, disse que custaria ARG 240,00. Disse a ele que estava abusando, que eu sabia que nao custava isso, que tinha pesquisado antes e não seria idiota de pagar aquele valor. Ele começou a falar alto, joguei ARG 150,00 no banco peguei a mochila e entrei no aeroporto. Ele veio atrás berrando e eu segui caminhando. Foi tenso! Não olhei para trás até que ele desistiu. Fiquem espertos!

Embarquei ruim de porre, não tinha comido nada. para minha desgraça, me mudaram de vôo, e peguei um que faria escala em El Calafate, e não em Rio Gallegos. Minha poltrono, acabou sendo uma das últimas, do lado da turbina. Um barulho enorme e vibração horrível. Para pousar em El Calafate foi bem tenso, o avião chacoalhou como absurdo. Minha bunda desgrudou do acento! Um berreiro só. (Paguei R$ 700,00 reais pelo trecho BsAs-Ush e ElCal-BsAs, pela Aerolineas, comprado pela submarino viagens)

De El Calafate foi sossegado. Com o avião quase vazio, sentei numa janela mais para a frente, e me livrei da turbina no ouvido.

Após 5 hores de vôo, cheguei em Ushuaia! Finalmente estava no "Fin del mundo"!

Fazia um frio de 4 graus. Chovia um pouco. Peguei o taxi para o Hostel Los Cormoranes, que tinha feito reserva. Paguei ARG 20,00 pelo trajeto.

O hostel eu tinha reservado por ARG 60,00 a diária. Não recomendo.

Deixei a mochila no hostel e fui bater perna na cidade. Acabei encontrando de novo o Guilherme, que tinha se hosedado no mesmo hostel que eu, pq eu tinha sugerido.

Demos uma caminhada pela avenida San Martin, a avenida de comércio em Ushuaia, comemos um cachorro quente (ARG 19,00) e fomos ao hostel, colocar mais roupa e seguir para o Cerro Martial.

Do hostel (que fica a algumas quadras subindo a montanha, pegamos um taxi até onde começa a trilha para a montanha, custou ARG 22,00. Ou seja, ARG 11,00 para cada um.

 

Tava chovendo, tempo fechado, frio. Mas sabíamos que não poderíamos esperar o tempo melhorar em Ushuaia. Começamos a subida, e muita gente vinha descendo. Estávamos desanimando já, mas nao desistimos. Quando chegamos bem lá em cima, o tempo abriu. Adorei a caminhada. É frio mas é gostoso. Pela primeira vez pisei, deitei, rolei no gelo. Foi legal Encontramos um pessoal da Colômbia e da França, franceses eram chatos como sempre, já os colombianos gente fina, humildes.

O pessoal não continuou a subir a montanha, eu queria testar a bota e continuei. E valeu a pena, a vista lá de cima é linda mesmo! Recomendo.

Voltamos com calma até o final da pista de esqui, sempre admirando a Cordilheira de Darwin, lindíssima. A primeira vez que vc esta de frente para uma montanha rochosa coberta de neve é inesquecível! Posso ainda hj lembrar do frio, do vento, dos sons e cheiros ao admirar aquela paisagem.

Para voltar para o hostel pegamos outro taxi, e paramos num mercadinho, para comprar comida para cozinhar.

A noite no albergue, banho frio! Tinha uns 4 chuveiros, mas se ligasse tres a agua ficava fria. Imagine a cena, a noite devia estar uns 2 graus, ja que de dia estava 4. Foi o banho mais sofrido da minha vida. Após esse aborrecimento, fomos cozinhar. Macarrão, com sardinhas e molho de tomate. Ficou ótimo!

 

BSAS+USH+041.JPG

 

BSAS+USH+052.JPG

 

BSAS+USH+040.JPG

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

3º Dia (26/12/2010) - Ushuaia - Passeio no Canal de Beagle e Praia Larga

 

Acordamos cedo e fomos fazer o passeio no canal de Beagle. Escolhemos a agência Tango Che. Custou ARG 180,00 + ARG 7,00 de taxa portuária. Nosso guia era o Pablo, gente finíssima. Fizamos um passeio tradicional, Isla de Los Lobos, Isla de Los Pássaros, Farol del Fin del Mundo, hiking numa ilha. Escolhemos essa agência por ter um barco pequeno, que tem a vantagem de chegar mais perto das ilhas e dos animais. Pablo explicava tudo muito bem, mostrando mapas e contando histórias de marinheiro. Um figura! E para completar, um cara que estava conosco era ornitólogo, então tudo o que o Pablo não conhecia muito a fundo, o cara complementava. Era um viciado em pássaros. Sabia de tudo, cada detalhe que eu nem imaginava destinguir uma ave de outra!

A caminhada na tal ilha era pra ser de meia hora, mas acabou durando 1h e meia! Pq tiveram q nos deixar na ilha e resolver um problema em Ushuaia. Caminhamos bastante, e vimos varias coisas legais. Pablo explicou as plantas, contou histórias dos índios chámanas, vimos tbm esqueletos de animais. Depois, ficamos numa prainha deitado sob o sol, esperando o barco chegar.

A tarde, depois de chegar no porto, fomos almoçar. Pedi um bife de chorizo, que custou ARG 40,00, mais um cafézinho, que custou ARG 8,00!

Depois do almoço, pegamos um ônibus coletivo, e seguimos em direção a saída da cidade. Descemos na rodovia mesmo, e seguimos caminhando por uma estrada de chao até a "Playa Larga". Lurgar bonito, não turístico. Lá os moradores de Ushuaia passam o final de semana. Muita gente acampando, fazendo piquinique, jogando futebol e soltando pipa. A praia é longa, vai beirando a estrada. As árvores são tortas pelo vento. Pra voltar tentamos carona, mas não rolou.Então pegamos mais um coletivo até o centro de Ushuiaia. O legal de pegar coletivo lá, é que vc vê outro lado de Ushuaia, um lado pobre, praticamente favela.

De volta ao hostel, conhecemos dois brazucas e um argentino, que era companheiro de quarto. O argentino tava com pouca grana, então resolvemos convidá-lo a comer o macarrão que tinhamos feito no dia anterior. Ótima maneira de fazer amizade.

Fui tomar banho mais cedo, e consegui chuveiro de água quente :).

 

Isla de Los Lobos

BSAS+USH+116.JPG

 

Na caminhada na ilha

BSAS+USH+138.JPG

 

Rua que dá acesso para a Playa Larga

BSAS+USH+155.JPG

 

Playa Larga

BSAS+USH+149.JPG

 

181665_500553980027_560105027_6332529_1969294_n.jpg

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

4º Dia (27/12/2010) - Ushuaia - Parque Nacional Tierra del Fuego

 

Acordamos um pouco mais tarde, 08:00. Nesse passeio iriam os dois brasileiros que tinhamos conhecido no dia anterior, eu, o Guilherme e tbm o Argentino Sergio. Antes de pegar van, fui atrás de uma calça impermeável. Depois de muita procura, encontrei uma com forro por ARG 100,00. Tbm comprei dois mosquetões, que usaria para canoagem aqui no Brasil, só por informação, paguei ARG 60,00 cada mosquetão de Black Diamond, não era daqueles de rosca, era daqueles de clipar rápido, só de travinha.

 

Pegamos (eu, Guilherme e Sergio, os outros dois brazucas desistiram) a van em frente ao canal de Beagle, por ARG 50,00 por cabeça. Tinha umas espanholas estranhas com a gente na van.

Ao chegar no parque, pagamos a entrada de ARG 60,00. Estava frio e chuviscando. Mas para nossa sorte, logo no começo da trilha parou de chover. Iniciamos pela Senda Costera, trilha bonita, que pssa por entre árvores e prainhas. Comi um marisco cru numa dessas prainhas lindas. O argentino por curiosidade comeu tbm. Depois de 8 km de caminhada, chegamos até o local perto do lago Rocca onde almoçamos. Demos umas voltas pelo margem do lago Rocca e seguimos pelas trilhas até a Baia Lapataia, no final da Ruta 3.

La encontrei outros brasileiros que tinha conhecido pela internet. Além de reencontrar um brasileiro que foi companheiro de quarto em Buenos Aires.

A noite, pedimos pizza no albergue. Era de um sabor meio estranho, mas era boa. Sergio estava passando mal, creio que ele tinha alergia a marisco e não sabia. Conhecemos ainda nessa noite uns 4 ou 5 mochileiros do RJ. Estavam hospedados no mesmo albergue que nós. Eram uns figuraças! Demos muitas risadas e bebemos muitas cervejas, fui dormir bêbado de novo :D.

 

DSC03896.JPG

 

Acho que essa foi a melhor foto de toda a viagem

DSC03921.JPG

 

Eu, Guilherme e Sergio

DSC03931.JPG

 

Lago Rocca

DSC03938.JPG

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Com a viagem fora as passagens, foi R$ 2.100,00. Algo em torno disso. Com roupas e calçado, foi R$ 115,00 camisa 2ª pelo Solo + R$ 115,00 calça 2ª pele Solo + R$ 420,00 bota Nômade Titã Kevlar, + R$ 25,00 par de meia de trekking Solo + R$ 50,00 calça impermevável marca chinesa + R$ 200,00 Parka impermeável respirável (um amigo trouxe dos EUA, por isso ficou barato.)

 

Não usei luvas, nem touca, nem cachecol.

 

É, na verdade no blog acabei vendo que nao coloquei muitos valores, pretendo discriminar melhor os valores no relato aqui no Mochileiros.com

 

Abraço

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • Membros

5º Dia (28/12/2010) - Ushuaia / Punta Arenas

 

Esse foi um dia só de viagem. Acordei cedo, 06:00 hrs, para pegar o ônibus para Punta Arenas. Eu e o Guilherme já tínhamos comprado as passagens no dia anterior, me desculpem, mas não lembro e nem tenho anotado o valor da passagem.

O ônibus que partiu de Ushuaia era de leito, muito confortável, de dois pisos. As duas primeiras horas de viagem é muito prazerosa, principalmente a saída de Ushuaia. A ônibus passa por uma estrada bastante sinuosa por entre as montanhas nevadas. Bate uma saudade de Ushuaia forte nesse momento. Prometi pra mim mesmo que voltaria um dia a Ushuaia, mas para passar uma temporada de uns seis meses. Foi uma cidade que gostei muito de conhecer, ao fundo as montanhas, na frente o Canal de Beagle. Fui bem recebido por todos. As casinhas coloridas em direção as montanhas são lindas. As diversas lojas de equipamentos técnicos, roupas de grife, chocolates deliciosos, restaurantes elegantes. Enfim, uma cidade de 70 mil habitantes que parece ser ainda maior em termos de atrações. E menor por sua calma e tranquilidade.

 

Com pouco mais de duas horas de viagem, chegamos em Río Grande. Então pagamos uma taxa de 7 pesos que não lembro pra que era. Se não me engano era o permisso de saída da Argentina. Nessa rodoviária, conhecemos a Fernanda. Uma brasileira de Campo Grande que estava viajando sozinha. O segundo ônibus que pegamos, não era de leito, e seria mais 10 horas de viagem. O trajeto de Río Grande Punta Arenas é desértico, nada interessante para ver. Somente a travassia do Estrecho de Magallanes que é legal. Vimos uns golfinhos orcas ao lado do ferry boat. Acompanharam-nos danos saltos exibindo-se.

 

Chegamos em Punta Arenas, eu estava com uma vontade imensa de já pegar o próximo ônibus para Puerto Natales. Sabia que em PA não tinha nada que me interessasse. Porém o Guilherme e a Fernando me convenceram a ficar aquela noite em PA e seguir com eles para PN na manhã seguinte.

Ali mesmo onde o bus nos deixou (na agencia de onibus, não é em rodoviária), pegamos uma van cheia de mochileiros para um hostel. Ficamos no Hostel Blue House (6000 pesos). Não gostei do hostel, era uma velha casa de madeira que rangia quando andava. Os banheiros era meio sujos e a água do chuveiro nem chegava a ser morna. Ainda nessa noite fomos comer em uma pizzaria. Custou mais ou menos 25 reais. Depois fomos para um barzinho, em frente a pizzaria, onde tocavam melosas canções em espanhol, e num karaokê todo mundo do bar acompanhava as letras e cantaca junto. O bar ficava num prédio muito antigo, e todos lá dentro fumavam. Desde os mais jovens até os coroas. Bebemos uma cerveja chamada Austral. Não gostei muito dessa cerveja, embora o rótulo seja bonito.

Depois do pub fomos passear durante a madrugada pela calles de PA. Passamos em um cassino, conhecemos praças até voltar ao hostel.

 

Desse hostel só lembro que a cama era confortável! O resto não gostei.

 

A grande dica desse post é, se vc tem um pouco de pressa, ao desembarcar em P.A, já pegue outro bus para Puerto Natales. Não vale a pena ficar em P.A. A não ser que queira muito ver os pingüins.

 

 

20110924202538.JPG

 

 

20110924203239.JPG

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 ano depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...