Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Salar de Uyuni - Agências, alojamentos e preços


Posts Recomendados

  • Colaboradores
Olá pessoal...vou para o Uyuni em maio e já rodei os sites tentando tirar uma dúvida e até agora nada. Será que alguém aqui poderia me ajudar? É o seguinte...gostaria de fazer o tour de 3 dias pelo Salar, porém queria ficar hospedada em algum hotel de sal. É possível? Vejo em todos os lugares que através das agências, ficamos em abrigos, mas os hotéis de sal tb não oferecem esses tours mais completos. E agora? Tenho que escolher entre um e outro? Desde já agradeço a ajuda de algum viajante mais experiente no assunto! :wink:

 

Olá Bruna,

Até aonde eu sei o primeiro dia de abrigo seria em hostel de sal. Independente de qual seja a agência que escolher, a vários hostel de sal espalhado pelo salar, no qual se dividi por agências. Mais para garantir, antes de fechar o tour pergunte.

 

Enquanto ao tour, seria em um Hostel de sal no qual seria somente para exibição com detalhes adicionais.. é claro que o hostel no qual irá passar a noite será bem mais básico;

 

Abraços,

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 622
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Olá pessoal! Tudo bem?   Nesse link tem dicas de viagem, agência, preços e várias fotos pra ajudar a planejar a viagem pelo deserto de sal de uyuni > http://instintoviajante.com/deserto-de-sal-s

Posted Images

  • Membros

Eu fui entre 31 dezembro 2012 e 02 janeiro 2013, e na primeira noite o alojamento que ficamos era de sal, as camas, as mesas, as cadeiras, o solo era puro sal grosso. Terminamos nesse porque todos os outros estavam lotados. Nota que nenhuma das agências de Uyuni ou San Pedro fazem reserva antecipada, até porque os turistas fecham de última hora, um dia antes ou até a mesma manhã, minutos antes. Então se quiser ficar nesse hotelzinho de sal, é bom perguntar à agência que vc quer ficar nele e se isso é possivel.

 

HOSPEDAJE VIRGEM CANDELARIA DEL SALAR - PUERTO CHUBICA

Telefone: 73887136 Raul E. García Medina

caso esse telefone esteja fora do ar

Telefone reserva: 73336090 Maribel Dominguez

 

Os alojamentos normalmente são para seis pessoas, ou seja, todos os integrantes do jeep dormem no mesmo quarto. O diferencial desse acima, é que os quartos são duplos, ou seja um casal ou dois amigos, banheiros com vaso sanitário COM descarga e limpinhos, ducha de água quente a 10 bolivianos, mas é quente mesmo. E essa noite vc vai querer tirar todo o sal do dia, vai por mim, paga a ducha que vale. Não sei qual a altitude deste local, mas às 04:30hs a temperatura no quarto era de 21 graus, do lado de fora estava frio, mas não deveria estar negativo.

 

O alojamento na Laguna Colorada é pra lá de simples, banheiro nem pensar, se puder controlar as necessidades fisiológicas por esse dia seria ótimo, ducha nem pensar. temperatura no quarto às 04:30hs 16 graus, fora -5 graus!!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Dae mochileirada!!

 

Em dezembro agora tbm fiz o tour de 3 dias pelo Salar com chegada em San Pedro. Vou tecer meus comentários e tbm ajudar o pessoal ai que tá meio perdido através da minha experiência no local.

 

Pra começo de conversa, como minha viagem era em pico de temporada, estávamos em 4 pessoas, achamos por bem reservar antecipado. Pode sair mais caro? Com toda certeza, mas era uma garantia que eu precisava. Então em outubro comecei a disparar e-mails para várias agências comentadas aqui, sendo que no fim das contas, quem me respondeu mesmo foram: Cordillera Travel, Colque Tours e Uyuni Tours.

 

Destas três, que passaram valores parecidos (USD 150 por cabeça pelo tour compartido), a única que me deu uma atenção diferenciada foi a Uyuni Tours, que é tbm a mais antiga de todas. Pediram depósito via Western Union de 50% e o resto acertava lá. Como já tinha experiências anteriores com Bolívia, sabia que surpresas sempre acontecem, mas fiquei tranquilo e confiante.

 

Meio que em cima da hora, o 4º passageiro desistiu da viagem. Ao tentar negociar com eles, foram categóricos que já estava em cima da hora e não tinha como cancelar, que o máximo que podiam fazer é me voltar USD 50. Fiquei puto, disse q não era justo, já que era certeza que conseguiriam um passageiro novo. Mesmo assim, não teve conversa, era pegar ou largar. Como já tava fudido mesmo, pra não me ferrarem ainda mais, aceitei, puto, mas aceitei...

 

Qdo já estava na Bolívia, mais precisamente em Tupiza, o pessoal do hotel que eu estava (La Torre, recomendo) me ofereceu um tour de 3 dias pro Salar, saindo e voltando de Tupiza, mas como já tinha o tour, agradeci a oferta e disse q tinha comprado bem antes, me deixando em San Pedro Atacama. Pra minha surpresa, a mocinha do La Torre me disse que a fronteira estava FECHADA e nenhum tour estava vindo pra SPA. Já comecei a ficar puto de novo e imediatamente liguei para o agente que me vendeu, Daniel. O rapaz é simpático e ágil nas respostas. Realmente a fronteira sul estava fechada, devido a uma briga entre os locais, por isso nem o acesso a Laguna Verde estava rolando, em contrapartida, estavam fazendo um caminho mais longo (englobando outras lagoas) e saindo por Avaroa, entrando no Chile por Ollagüe e que não era pra eu me preocupar. OK, fazer o que, vamos por lá mesmo.... nesta mesma ligação, pedi ajuda com hospedagem em Uyuni, já que não tinha reservado nada. Ele me disse que a secretária deles, Antônia, me aguardaria na estação de trem e me levaria para algum lugar barato.

 

Assim foi... embarquei no trem em Tupiza e, por volta de meia-noite, chegamos em Uyuni. Eu já achava que ia tomar um balão, no fim, a tal de Antônia estava lá realmente! É uma senhora super simpática e atenciosa. Nos levou até o Hotel Avenida, bem na frente da estação e ao lado do escritório deles. A noite custaria 30 bolivianos per capta, o que achei justo pro muquifo que é o hotel, que estava bem lotado, maioria europeus e asiáticos. Me cobrou os outros 50% e disse que de manhã nos buscaria para o café-da-manhã na própria agência, que estava incluso no preço. Até aqui, tudo bem.

 

Amanheceu, a Antônia nos buscou e levou para a agência, que funciona junto a um barzinho simpático. Serviu um café-da-manhã mto saboroso, limpo e sem um tostão além do que já havia pago. Neste momento nos apresentaram nossos companheiros de viagem, um casal do Equador e uma peruana, e iniciou-se um breafing. Ai veio o primeiro facão: ela falou que no hotel de sal, tinham conseguido quartos para o casal, para nós 3 e um pra peruana sozinha... e com banheiro!! Achei legal o upgrade, mas não botei fé (verão mais adiante). Tudo bem, e avisou que a segunda noite, esta sim seria tenebrosa , gelada e dormindo do jeito que desse, e recomendou alugar sacos de dormir pra quem não tinha por um valor pequeno. Alguns alugaram, eu tinha o meu e realmente, é um frio do cacete, não dá pra ir sem (fica a dica!!). Nesta hora, Antônia nos chamou e explicou da nossa ida a San Pedro Atacama, contou o mesmo que o Daniel explicou e avisou que, no ultimo dia, voltaria a Avaroa pra deixar a gente e, após cruzar a fronteira, em Ollaguë, um outro carro, chileno, nos esperaria, mas a viagem seria 6h mais longa. OK, não tinha pressa e sabia que a rota era bonita, mas ai veio outra surpresa... a diferença de distancia eu teria que pagar, deu mais USD 80 para os três para o transfer até a cidade chilena. Porra, custava avisar ANTES que a fronteira estava fechada? E se eu não tivesse grana? Aliás, em nenhum momento ela falou que o banheiro era pago, e se não tivesse mais pesos bolivianos? Unica coisa que avisou foi da entrada da ilha que teria q pagar. Enfim, tá no inferno, abraça o diabo, afinal ainda estamos na Bolivia, onde tudo pode acontecer... A jogada é boa, não avisa e na hora, acuado, sem opção, em cima da hora, acaba pagando, sem dar margem de achar outra alternativa.

 

Nosso motorista era o Edgar, um senhor meio quieto mas sempre sorridente, se apresentou e carregou nossas bagagens em sua poderosa Land Cruiser, que nada difere das demais Land Cruisers velhas e podres das demais agências, sem cinto e sem segurança alguma, com as comidas, um botijão de gás, frutas e água a vontade para todos.

 

A rota de TODAS as agências é exatamente a mesma, então não tem surpresa. É cemitério de trens, ai vai pro salar, ai come no meio do nada usando um fogareiro na Land Cruiser mesmo, vai pra ilha de Incahuasi (dos cactos) e vai pro tal hotel de sal. Ai que vem o galope... Prestem atenção como é a coisa: NENHUMA, sim, NENHUMA agência reserva NADA!!!! Os carros vão chegando no local onde estão os hotéis e começa uma briga de foice entre os motoristas para alojar os passageiros. Pra vcs terem idéia, fomos a três hotéis diferentes e sempre a mesma coisa. Chegava, descia do carro, o motorista corria q nem louco, entrava num quarto e segurava as vagas. Logicamente que aquele "upgrade" da Antônia era puro papo, não tinha nada disso. O pessoal que tava com a gente ficou puto, falou um monte pro motorista, ele disse q não tinha nada disso, q ninguem falou nada e tinha q ser do jeito dele ou dormir no relento. No terceiro hotel, finalmente conseguimos vaga. Nós 3 ficamos juntos, o casal idem e a moça sozinha ficou num quarto com um outro mochileiro perdido. Banheiro, como já comentaram, paga-se 10 bolivianos pra usar, mas a água era quente, limpeza, nem tanto... A cama em si era boa, dormi super bem e não passei frio, a roupa de cama e edredons estavam limpos e relativamente novos. O jantar foi no hotel mesmo, assim como o café, não posso reclamar, estava legal.

 

A outra noite foi a mesma coisa. Ao chegar no final do passeio, na Laguna Colorada, um frio desgraçado, bate em dois hotéis, nada... (aliás, a Colque Tours tem um q é cativo deles, mas é o pior, pelo menos visualmente, de todos) no terceiro hotel, enfim, conseguimos vaga num quarto para 7 pessoas. Alguns passaram mal por causa da altitude, o banheiro, que se pagava só para tomar banho, desta vez 15 bolivianos, estava imundo de tanta gente vomitando por não estar aclimatados com a altitude, nojento. Além do frio absurdo, era quase impossivel dormir por causa deste problema, entra-e-sai de nego vomitando e passando mal. Enfim, quem conseguir dormir sem se congelar e sem ser acordado pelos vomitadores, é um ser feliz!!

 

Agora era hora de ir embora. O pessoal que estava conosco retornaria a Uyuni mas nos deixaria no caminho. A volta foi pelo mesmo caminho do dia anterior. Chegamos a Avaroa, no meio do nada com coisa nenhuma, novo golpe, a imigração cobra 15 bolivianos por pessoa para carimbar o passaporte (vez passada tbm tivemos que dar 'cafezinho' pro corrupto de plantão). Percebi que a tal propina é rateada entre os oficiais e os motoristas... Ok, me desfiz daquela bosta de dinheiro deles e cruzamos, até um local, no meio do deserto, 1km da imigração da Bolivia e 1km da imigração chilena, onde tem um marco, que é a linha imaginária de fronteira. Nosso carro não cruza a tal linha e nem os chilenos. A galera que segue pro Chile espera ali até chegar o transporte. O nosso demorou uns 25 minutos, mas, pra minha surpresa, veio uma van Hyundai novinha, só pra gente, com ar-condicionado e rock-n-roll no radio, show! O caminho é longo, demorou umas 8h e não 6h como a Antônia falou, mas vale a pena, a estrada margeia a ferrovia que vai até Antofagasta, cruza vários salares e vulcões ativos, até chegar a Calama e, de lá, finalmente San Pedro Atacama, onde nos deixaram em frente ao BackPackers San Pedro, nosso hostel.

 

Moral da história: recomendo a Uyuni Tours? Sabendo que os passeios são EXATAMENTE OS MESMOS em qquer agência, nas MESMÍSSIMAS CONDIÇÕES, se não for alta temporada, vá na louca e compre por lá, negociando bem, vai pagar bem menos. Se for pico e quiser reservar antes, eles são confiáveis. Tem página no facebook tbm, não me pareceram ser picaretas, mas é aquele esquema, é Bolivia, então se prepare para te tirarem uma graninha extra por fora e surpresas. Em tempos, em San Pedro Atacama contratei a Colque Tours para os passeios locais, e foram MUITO bem e barateiros, recomendo, agora pro Salar, já não sei, tinha gente q conheci que reclamou, mas acho que é tudo a mesma coisa...

 

Não deixem de ir pro Salar e, se der, conheçam tbm Potosí (mesmo sendo assaltado lá, me levaram a cãmera, adorei a cidade) e Tupiza, ainda pouco explorada pelos brasileiros, mas que vale mto a pena.

 

Abs!!!!!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 semanas depois...
  • Membros
Olá pessoal...vou para o Uyuni em maio e já rodei os sites tentando tirar uma dúvida e até agora nada. Será que alguém aqui poderia me ajudar? É o seguinte...gostaria de fazer o tour de 3 dias pelo Salar, porém queria ficar hospedada em algum hotel de sal. É possível? Vejo em todos os lugares que através das agências, ficamos em abrigos, mas os hotéis de sal tb não oferecem esses tours mais completos. E agora? Tenho que escolher entre um e outro? Desde já agradeço a ajuda de algum viajante mais experiente no assunto! :wink:

 

Bruna

 

pelo o que sei o hotel de sal é exclusividade da cordillera traveller. Eu fiz pela Oasis Tour (desconhecida mas super recomendada) e na primeira noite fiquei em um alojamento em uma cidadezinha chamada San Juan de Rosario..."banheiro" com água quente por 10 BOL. Na 2ª noite ficamos no alojamento da Laguna Colorada, onde cada agência ficava em 1 quarto....tinha banheiro único para todos os 5, 6 quartos...ou seja, pela manhã o banheiro estava em estado bem precário.....enfim, tudo faz parte da aventura.

 

Valeu

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 semanas depois...
  • Membros

Rafaelkalinowski

 

Bacana seu relato (quanto as furadas.... faz parte né?)....

 

Será que se encontra saídas diárias para o Salar? Peguei uma promo da TAM ida e volta (São Paulo x Calama x São Paulo, conexões em Santiago) então quero fazer o Salar via SPA e retorno para SPA ou Calama.

 

SPA já conheço, estou indo especificamente para fazer o Salar. Chego dia 06/04 em SPA e tenho exatamente entre o dia 07/04 ao dia 12/04 para fazer a trip. Dia 13 pela manhã tenho de estar em Calama. Daí o dilema: Reservar daqui do Brasil ou reservar lá......

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Macatao, voce vai chegar em SPA mas soh vai poder fazer o passeio no dia seguinte... eu acredito que sejam diarias.

Eu reservei daqui do Brasil, saiu 482 reais pois paguei com tipo um pay pal e tinha o iof e coisa e tal, caro... mas fiquei com receio de chegar la e nao ter vaga... é com a Cordillera Traveller, dizem ser uma das melhores.. veremos hehehe

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Jamie tudo certo?

 

Quando você estará por lá?

 

Então justamente eu ouvi falar bem desta Cordillera e de uma chamada Atacama Mística (Das que saem de SPA). Você pode me dar mais dicas de como fez a reserva?

 

Em muitos relatos dos amigos aqui do Fórum consta que o que faz a diferença é o Motorista que atua como guia também (e claro o grupo que você tá compartindo)!

 

Abraaaazzzzz

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...