Ir para conteúdo

Europa Dez/11-Jan/12 - Londres/Edimburgo/Londres/Paris/Bruxelas/Amsterdam/Lisboa


Posts Recomendados

  • Respostas 39
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros
Ahhh blz!

Outra coisa: o ticket do trem precisa ser com a data do mesmo dia em que você vai utilizá-lo nas atrações 2 for 1?

 

Então... eu li e reli essas informações e acabei tendo dúvidas tb... aí decidi tentar lá. ::dãã2::ãã2::'>

Só sei que os meus tickets tinham data 22/12 (Londres-Edinburgh) e 24/12 (Edinburgh-Londres).

Dia 21/12 consegui usar na London eye e dia 28/12 tb consegui usar no Madame Tussauds, ou seja, acho q não importa, o que importa é ter o nome Londres no bilhete e as flechinhas da empresa. ::cool:::'>

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Décimo primeiro dia – Paris

 

Dia de voltar a ser criança, dia de ir a Disneyland! ::otemo::

 

Sim, eu sei, muita gente acha uma idéia idiota tirar 1 dia de Paris para ir a Disney, ainda mais pra quem já conheceu a de Orlando. Quer saber minha opinião? Eu teria tirado 1 dia de Londres Tb só pra passar 2 dias na Eurodisney ::lol4:: Sim, eu já fui a Disney de Orlando – 3 vezes! Mas pra mim aquilo ali é mundo de magia, eu amei e não me arrependo nem um pouco. Obviamente que eu faria coisas diferentes:

1- compraria o passe fura fila ao invés de me garantir com os fast pass dos brinquedos

2- compraria capa de chuva

3- iria com um tênis mais confortável

 

Combinei com minha família de nos encontrarmos na plataforma onde pegaríamos o RER A4. Deu tudo certinho, nos encontramos bem fácil. A minha dúvida que ainda persistia é que eu tinha colocado na cabeça que o bilhete do RER era diferente do metro, mas conseguimos entrar no RER com o mesmo passe. Ah, lembrei de 1 detalhe... depois que vc passar na catraca do metro, não jogue o papel fora, pois para sair de algumas estações, vc precisa enfiar o papel em outra catraca... fiquem espertos e não façam como eu que tive que apanhar uns papeis do chão pra conseguir sair ::lol3::

 

Ao chegar à estação Marne-la-Vallée – Chessy foi bem fácil chegar ao mundo mágico, tem muitas plaquinhas. Compramos o passe de 1 dia 2 parques pela internet, chegando lá mostramos o bilhete impresso e alguma identificação. Pra entrar no outro parque vc terá que fazer o mesmo processo, então cuide bem do papel.

 

Brincamos sem parar das 9 da manhã até 8 da noite... depois disso vimos a parada e fomos quase que nos arrastando pra estação. Chegando lá coloquei meu passe de metro na catraca e deu erro, aí meu namorado colocou e Tb deu erro ::ahhhh:: , então achamos que era problema na catraca... qnd vimos, o bilhete de nenhuma das pessoas estava funcionando, daí daqui a pouco um bilhete funcionava e 5 pessoas entravam pregadas umas nas outras. O meu bilhete funcionou e minha tia empurrou meu primo de 6 anos atrás de mim... e assim todos conseguiram passar pregados com os poucos cujo ticket funcionava. Foi engraçado pq é como se as maquinas tivessem dado pane, elas ficavam apitando e piscando uma luz vermelha.

Pegamos o RER e chegamos felizes da vida no hotel. Excelente dia!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Décimo segundo dia – Paris

 

Tentamos acordar cedo, mas acabamos nos atrasando mais do que gostaríamos. Enfim, conseguimos chegar a Catedral de Notre Dame e por sorte achamos minha família. Todos juntos fomos enfrentar a fila para subir a maior escadaria da minha vida.

Pagamos os devidos eurinhos para subir e começou o meu calvário... Gente, sério, precisei parar umas 10x pra poder chegar ao topo. Meu primo de 6 anos descia e me empurrava p ver se eu desencalhava. ::mmm: Mas depois que se chega lá, é uma maravilha! Vale cada centavo e cada dorzinha sentida. Ah, para entrar na Catedral em si é de graça, mas cheguem cedo pq as filas são gigantes.

 

De lá seguimos para Basílica do Sagrado Coração – belíssima! Subimos usando o funicular e descemos em frente a uma deliciosa feirinha. Matamos a fome por lá mesmo, apreciando a vista... e entramos na basílica. Aquilo ali é um espetáculo... só tomem cuidado pq é proibido foto e tem um carinha que fica lá dentro gritando: “no photo”. Se ele te pega, ele te expulsa... e o caba é grosso que nem papel de enrolar prego. ::bruuu::

Descemos e fomos em direção às lojinhas para comprar souvenir... realmente os preços são bem mais baratos, mas em compensação o bairro é bem mais barra pesada, cheio de gente querendo prender as pulseirinhas no seu braço e aqueles apostadores de meio de rua... mas não tivemos nenhum problema.

Seguimos em direção ao Carrefour para fazer nossas compras para o ano novo. Tudo devidamente comprado seguimos para o hotel da minha tia, que dava p ver a torre da varanda. Detalhe, o metro é de graça a partir das 17h... então já viu que o negócio não é fácil né? :shock:

Comemos, descansamos e às 23h45min estávamos em baixo da torre. Infelizmente não houve fogos... mas estava lotado e a torre piscou bastante quando o ano novo chegou. Assim que terminamos os abraços, nos despedimos e seguimos para pegar o metro e ir ao nosso hotel... vamos fazer as contas:

12:15 estávamos perto da estação Bir-Hakeim... Após 30min espremidos na multidão, decidimos sair e foi aí que vimos a multidão de fato. Estava cheio de marginal pulando o alambrado do metro. ::toma::

12:45 seguimos caminhando para estação seguinte Dupleix. Ficamos 30min espremidos no meio da multidão, todo mundo trêbado! ::putz::

1:30 conseguimos entrar no metro em direção a Charles de Gaulle – Etoile. :cry:

2:10 conseguimos baldear para ir até a estação Gallieni ::hein:

2:55 chegamos ao nosso hotel :o

 

Juro por Deus como eu olhava p cara do meu namorado e ria, pensando: Cadê o ‘grâmur’? Pois é, foi barra pesada. Maaaaas, viramos o ano em Paris.

 

Décimo terceiro dia - Paris

 

As 3h tomamos banho, arrumamos a mala e colocamos o despertador para 4:45 pois tínhamos que estar na Gare Du Nord antes das 6h pq nosso trem iria sair as 6:05 para Bruxelas. Eu já sabia que o metro só iria abrir as 5:30, então não teríamos tempo de chegar na estação, por isso, solicitamos um táxi. O recepcionista disse q tudo bem. As 5:10 descemos e nada do taxi, aí fui falar com o recepcionista e o FDP disse q a empresa de táxi não estava atendendo, que deveria ser por causa do ano novo. Eu engoli o choro e toda raiva q senti e saímos correndo feito loucos para estação de metro. ::Ksimno::

Em cada estação que a gente parava, tinha um bêbado que ficava segurando a porra da porta e gritando “Bonne Année”. Caralhooooo, Bonne Année uma merdaaaa! ::carai:: Só sei que chegamos esbaforidos a gare Du Nord exatamente as 06h07min e a mocinha do Thalys disse: o trem acabou de sair. Ahhhh meu amigos, aí não teve outra, desatei a chorar, pedi mil desculpas ao meu namorado pq escolhi um trem tão cedo, fiquei maldizendo o novo ano que tinha acabado de chegar e blá blá blá. :cry: Mas vcs tem que concordar que o ano começou de uma péssima forma né? Só sei que tivemos que desembolsar 180.00 e fomos no trem das 6:25.

 

Conclusão do fim de Paris: Só se comprometam com trechos de transporte se for às 8h ou 9h... ou então a noite depois das 19h. São os melhores horários – fato!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
Priscila, aproveitando que vc acabou de chegar da Europa, vou aproveitar pra tirar todas as dúvidas!!

Vc tomou alguma vacina pra ir pra lá? É obrigatório tomar? Precisa apresentar carteira de vacinação na imigração??

Valeu de novo!

Aline

 

Não precisa de nenhuma vacina especial, sendo assim não precisa levar carteira de vacinação.

Leve o seguro saúde junto com o passaporte, reservas de hotel e ticket aéreo... isso será mais do que suficiente para imigração!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Olá, Priscila.

 

Parabéns pelo seu relato. É ótimo! Certamente acompanharei.

 

Planejo quatro dias em Londres na minha Eurotrip. Tinha dúvidas sobre Edimburgo e seu relato me deu muita vontade de ir lá.

 

Na França, planejo dez dias, dos quais sete serão em Paris. Minha viagem terá em orno de 50 dias.

 

Aguardo a continuação.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Décimo terceiro dia – Bruxelas

 

O objetivo de pegar um trem às 6 da manhã era que poderíamos aproveitar mais ainda Bruxelas, mas a realidade é bem diferente do lindo planejamento. ::bad::

Como falei anteriormente, fomos cochilar às 3 da manhã e acordamos as 04h45min. Perdemos o trem das 6h e fomos no das 6:25 e chegamos em Bruxelas as 8h mais ou menos. Quando pisamos no solo da Bélgica estávamos mortos de cansaço, todo mundo estressado pq não tinha dormido bem. Bom, saímos do trem e seguimos em direção ao guichê do Thalys para saber como poderíamos ir a Gare Central, já que o trem parava na Gare Du Midi. Ele nos informou a plataforma e o horário. Pegamos um trem as 08h20min – sem pagar nada mais por isso. Muito rápido o trem chegou na estação central. Tentamos nos virar com as placas para entender por onde seria o nosso hotel... o jeito foi pedir informação. Chegamos então ao ibis off Grand Place. Excelente localização e atendimento. ::cool:::'>

- Hotel: Padrão ibis, quartos limpos e atendimento bom. Café da manhã não incluso, mas era um café da manhã dos deuses.

Deixamos nossas malas na recepção do hotel, pois os quartos só seriam liberados as 11h. Perguntamos qt custava o café da manhã e nos informaram que seriam 14 euros. Achamos caro e seguimos para rua em busca de algo. O grande problema é que era domingo e dia 1°, ou seja, muita coisa fechada. Como não achamos nada que nos agradasse, decidimos pagar pelo café no hotel mesmo... e não nos arrependemos! Fazia tempo que não via tanta fartura... comi uns 5 pratos abarrotados de comida. ::lol4:: Depois do banquete nos sentimos ainda mais cansados e decidimos ficar esperando o quarto ser liberado. As 11:30 subimos para o quarto e decidimos tomar banho e tirar um cochilo, sendo assim, saímos do hotel apenas as 14h... reparem que seria muito melhor ter deixado para pegar um trem num horário mais tarde. Poderia ter pego um trem as 9h e tudo seria bem mais simples – serviu de lição! ::putz::

Meu primo e meu namorado alugaram uma bicicleta para rodar pela cidade, nós fomos a pé mesmo. Obviamente que fomos andando e seguindo em direção ao Manneken PIS... a cidade em si estava meio deserta, acho q a festa de ano novo foi grande por lá! Mas qnd chegamos perto da estátua, estava bem lotado e as lojas abertas... E haja chocolate e waffle. Tiramos fotos e comemos na Godiva... Decidimos deixar o waffle para depois.

20120117171617.JPG

Seguimos então para Grand Place, e a chuva seguiu atrás da gente. Tiramos mais fotos, olhamos tudo ao redor, e seguimos andando sem destino, só apreciando a cidade, e fomos voltando para o hotel. As 18h fomos para o Delirium Café. Bem perto do hotel... e a essa altura as ruas estavam lotadas de pessoas passeando, gostei muito do clima. Chegando lá o cheiro de cerveja já se destacava... sentamos mas nos disseram que para comer e beber teríamos que ir para o andar de baixo, então meu namorado foi na frente para ver se tinha mesa. Nas escadas ele levou uma queda fenomenal, que lhe rendeu uma mancha roxa enorme no pé, na perna e na buzanfa. ::hahaha::

Depois disso ele se irritou e fomos para outro restaurante ao lado. Pedimos moules frites e cervejas belgas. Tava tudo muito bom, mas o garçom era extremamente mal educado, teve uma hora que puxou o menu da mão do meu namorado que eu vi a hora de sair porrada. ::toma::

Depois de comermos, bebermos e conversarmos... fomos comer os famosos waffles. Geeente, que perdição!!! Lambuzamos-nos que nem criança. Aí já viu né? Hora de ir pro hotel, descansar o esqueleto, pois às 10h iríamos para Amsterdam.

Conclusão de Bruxelas: Eu daria mais um dia para Bruxelas me encantar, acho q o cansaço não me permitiu aproveitar tanto. Mas um dia eu volto e visito novamente... e de quebra vou a Brugges.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
Olá, Priscila.

 

Parabéns pelo seu relato. É ótimo! Certamente acompanharei.

 

Planejo quatro dias em Londres na minha Eurotrip. Tinha dúvidas sobre Edimburgo e seu relato me deu muita vontade de ir lá.

 

Na França, planejo dez dias, dos quais sete serão em Paris. Minha viagem terá em orno de 50 dias.

 

Aguardo a continuação.

 

Visite Edimburgo... é linda demais! ::otemo::

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...