Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Bolívia e Peru Abril/2012


Posts Recomendados

  • Membros
OPA, grato galera!!

 

ENTÂO, meu roteiro JÁ era . .rs..

Como minhas ferias foram marcadas mais ou menos no seguinte modo:

 

" Tire ferias, já esta para vencer a 2ª!!"

 

Então nem consegui montar um..

Vai na base do Crtl+C Ctrl+V . .

 

MAS Objetivo Salares e MP. . .

 

Abcs!

 

Deco,

Escolhe ai o teu roteiro e embarca também! :D

Qualquer coisa, eu ainda estou disposto a mudar meu roteiro, só faço questão de San Pedro e do Titicaca.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 55
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros
Matheus

 

Pelas data vamos cruzar en San Pedro.

Que passeios pretende fazer por lá?

Um abraço,

 

Marcio

 

Márcio,

 

Chegando lá é que vou escolher e comprar os pacotes de passeios, mas quero ir ao máximo de lugar possíveis. San Pedro é minha prioridade na viagem. Planejo fazer Laguna Cejar, se possível ver o por-do-sol lá, Ojos de atacama, Valles de la luna e de la Muerte, geisers el tatio, fazer a observação astronomica e, talvez alugar uma bike pra andar sem rumo por lá, mas vai depender dos pacotes disponíveis e dos horários...

 

e tu? Qualquer coisa, pode add no msn e pra combinarmos juntos algum passeio mais facilmente. Entro toda noite.

 

vlw.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

emanoelle,

 

Tô pensando em ficar no pirwa, mas acho que não vou reservar porque sempre pedem o número do passaporte e eu não tenho. kkkk

Ia até comprar a passagem pela aerosur santa cruz - sucre mas não vai rolar porque só aceitam com o número do passaporte...Agora é torcer para o preço não aumentar muito comprando na hora, senão vou acabar indo de busão msm! hehe

 

Tui,

 

Talvez a gente se bata em MP, faz teu roteiro ai que se rolar combinamos alguma coisa.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Eai galera blz?

Estou com minahs férias pra Abril e to afim de ir conhcer Bolívia e Peru como vocês hehe, vi que você MatheusCM vai sair de Natal, eu sou de Recife derrepente conseguimos já partir juntos mano q c axa?, acontece que acabei de voltar da argentina passei uma semana lá e to economizando, não tenho nem idéia de quanto ia sair o passeio. da um xute ae

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Eai galera blz?

Estou com minahs férias pra Abril e to afim de ir conhcer Bolívia e Peru como vocês hehe, vi que você MatheusCM vai sair de Natal, eu sou de Recife derrepente conseguimos já partir juntos mano q c axa?, acontece que acabei de voltar da argentina passei uma semana lá e to economizando, não tenho nem idéia de quanto ia sair o passeio. da um xute ae

 

Fala Neto,

 

Por mim tudo bem se fizermos o roteiro inteiro juntos. Meu voo de ida já tá comprado, pela GOL. Olha o itinerário ai abaixo, qqr coisa voce pode entrar no voo de Guarulhos para Santa Cruz. Meu roteiro tá em algum post anterior ai, só ver se tu curte e ir tbm!

 

Sobre os preços. eu tenho como meta gastar R$ 3.000, porque ano passado o pessoal tava gastando uns 2.500 com o roteiro parecido, jogando a inflação pra cima...Isso fora as passagens, que eu troquei pelos pontos.

 

Valeu!

 

 

11 ABR NAT GRU

voo G3-1903 Natal SP-Guarulhos

11/04 15:30 11/04 19:10

 

 

11 ABR GRU VVI

voo G3-7460 SP-Guarulhos Sta Cruz de la Sierra

11/04 22:10 12/04 01:20

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • Membros

Olá, essa é pra quem quer economizar, o site é legal e tem um monte de dicas

 

Chegar a Machu Picchu com 65 reais

 

 

Tivemos a sorte de chegar em Cusco as 5h30 da manha, quando todas as agencias de turismo estao fechadas. Mas é impossivel passar pela Plaza de Armas durante o dia – e boa parte da noite – sem que ninguém te ofereça um tour a Machu Picchu, uma viagem de rafting ou uma massagem. E quem quiser visitar a mais famosa ciudadela inca através de uma agencia tem que estar disposto a gastar no mínimo 120 dólares. Há pacotes para todos os gostos e preparos físicos: de carro, caminhando pelo nevado Salkantay, atravessando a selva por Santa Maria ou pelo famoso Caminho Inca.

E há as alternativas compartilhadas com outros viajantes em rodas de mate, musica ou baseado. Nessas conversas vimos que o jeito mais fácil é ir andando pelos trilhos do trem que vai de Cusco a Águas Calientes, a cidade mais próxima de Machu Picchu. O mais barato é sair de Ollantaytambo, cidade a 2h30 de Cusco – primeiro é necessário pegar um ônibus até Urubamba (2 horas; 3,50 soles, sai do terminal da Av. Grau) e dali uma van até Ollantaytambo (1,30 sol). Ou dá pra pegar um táxi, que sai uns 10 soles.

A caminhada não começa exatamente em Ollantaytambo, mas do km 82 dos trilhos do trem. Os taxistas pediam 30 soles para levar nosso grupo de 5 amigos; mas por 2 soles a cabeça entramos no caminhão do pessoal que trabalha no Caminho Inca. Esses caminhões saem bem cedo da praça central de Ollantaytambo, então é uma boa idéia dormir por aí – há bons hostels por 15 soles, é só ir perguntando e pechichando.

No percurso até o 82, com o nevado Verônica ao nosso lado, fui conversando com os trabalhadores do Caminho Inca, os porteadores. Toda a infra-estrutura para receber os turistas durante a trilha – equipamento de camping e de cozinha, comida e o que seja necessário para seu conforto – é carregado por estes rapazes, que levam mochilas de 20 (vinte!!!) kilos por 6 ou 7 horas. E eu com uma mochilinha só com uma muda de roupa, algo para comer, câmera, água e protetor solar. Não tive cara dura para perguntar o quanto eles ganhavam, mas alguns amigos guias me disseram que seu salário não deve passar de 35 soles ao dia (cerca de 20 reais). Além de estar economizando a minha grana, fiquei feliz de não estar dentro de uma trilha que explora tanto assim a mao-de-obra.

A partir do km 82 não tem erro: é só seguir os trilhos do trem – com os ouvidos bem abertos, principalmente nas curvas e túneis. Há partes do caminho – que é todo plano, bem tranqüilo - com uma trilhazinha paralela, que é mais confortável para caminhar por não ter tantas pedras. São 28km de percurso, que num ritmo moderado e com algumas paradas leva umas 7 ou 8 horas, por isso é preciso dormir em Águas Calientes. A paisagem tira qualquer chance de reclamação de cansaço, fome ou calor: vales verdes, cascatas, ruínas incas incrustadas nas montanhas, o agitado rio Urubamba ao lado. Mais próximo de Águas Calientes o clima é bem mais quente e úmido que em Cusco, já que aí estamos uns 1300m mais abaixo, dá pra matar a saudade do calorzinho brasileiro.

Chegar em Águas Calientes depois de tratar os olhos tão bem é um pouco decepcionante. A cidade tem aquele ar feio de lugar que cresceu demais em pouco tempo. Perguntando e pechinchando dá pra encontrar hostels a 15 soles, até com cozinha. Água, frutas e snacks são obviamente mais caros aí, por isso já havíamos nos abastecido em Cusco.

Na foto que todos conhecemos de Machu Picchu há aquela linda montanha ao fundo. No topo dela há mais ruínas, que constituem Wayna Picchu. Só as primeiras 400 pessoas ao entrar no parque podem subir aí, por isso tivemos que sair as 5h da manha, pois os portões abrem as 6h e a essa hora já há ônibus chegando com um monte de turistas. Com Chico Science no IPod e muita força nas canelas, subimos os 400m de escada em 40 minutos e sim, conseguimos um lugar para subir a Wayna Picchu.

Mas quando aquele cartão postal maravilhoso se escancarou diante de nossos olhos, não conseguíamos pensar em seguir caminhando. Foram mais alguns momentos para ter certeza de que Machu Picchu não é papo de revista de turismo, é lindo mesmo!

Quanto custa chegar à Machu Picchu – sem pular a cerca para entrar no parque?

- Entrada a Machu Picchu = 63 SOLES (com carteira de estudante, dá para conseguir uma em agências perto da Plaza de Armas)

- Bus Cusco – Urubamba = 3,50 soles

- Bus Urubamba – Ollataytambo = 1,30 soles

- Ollataytambo – Km 82 = 2 soles

- 3 noites em Hostel = 45 soles

Total = 115 soles ou cerca de 65 reais.

Atravessar o lindo vale do rio Urubamba, passando por ruínas incas e cascatas: não tem preço!

 

 

Fonte: http://oviajante.uol.com.br/index.php?pag=5&id=&tipo=1&regiao=6&sub_regiao=46&pagina=2

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...