Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Parque Estadual do Espinilho - Perguntas e Respostas


Posts Recomendados

  • Membros

[align=][t1]Parque Estadual do Espinilho[/t1][/align]

 

[align=justify]O Parque Estadual do Espinilho (PEE) é unidade de conservação (UC) situada no município de Barra do Quaraí, extremo sudoeste, na divisa entre o RS do Uruguai e Argentina. UC criada em 1975, pelo Decreto Estadual nº 23.798, com área inicial de 276 hectares e ampliada em 2002 para 1.617,14 hectares.

 

O nome da UA é devido ao Espinilho, vegetal arbóreo com dimensões que podem alcançar três metros de altura, espinhento e que produz uma pequena cápsula de um centímetro onde estão as sementes. 3 espécies deste vegetão são encontrados na UC. Esta vegetação ocorre nos rios Espinilho, Mourões, Quaraí Mirim e, depois, rio Quaraí, onde está localizado o parque. Está localizado no início da confluência dos rios, na região anteriormente designada Campo Osório, onde ocorreu e se desfez a revolução de 1893, culminando com a morte de Saldanha da Gama.

 

Dentre as espécies da fauna e flora, muitas são restritas à região. Dentre as espécies predominantes da fauna, temos: vegetação do tipo Savana Parque, típica do PESP, são as Prosopis nigra e Prosopis affinis, algarrobo e inhanduvay respectivamente, bem como alguns exemplares de quebracho blanco. Dentre os animais, podemos observar o Cardeal amarelo que é endêmico ao Parque, bem como os formigueiros gigantes de formigas da espécie Atta vollenweideri. A fauna e a flora são exuberantes, uma vez que são encontrados bandos de capivaras, alguns cervos galhados, veado virá, graxains, pacas, lontras, jaguatiricas, socós, taxans, colhereiros e uma infinidade de pássaros menores.

 

Conforme reportagem do Jornal Zero Hora, de 26 de março de 2010, o Parque do Espinilho recebeu investimento de R$ 6 milhões das iniciativas pública e privada, e será aberto ao público a partir de primeiro de abril de 2010. Foram feitas cercas em 23 mil metros, ajudando a previnir a ação de invasores. O Estado adquiriu parte das terras de fazendeiros e até então, um terçio do projeto inicial foi realizado. A UC abriu ao público com sede administrativa, banehrios, sala de educação ambiental, sala de reuniões e apartamentos para dois guardas florestais.

 

3806195.jpg

 

 

7952757.jpg

A unidade de conservação abriga um trecho do Arroio Quaraí-Chico, que desemboca no Rio Uruguai

 

 

7952758.jpg

Várias espécies de aves habitam o parque, que foi criado em 1975

 

 

7952759.jpg

Ecossistema do local, único

 

7952760.jpg

Flora diversificada espalha-se pelos 1,6 mil hectares que compõem a reserva estadual

 

7952761.jpg

O parque abriga três espécies de espinilho, uma árvore típica da região

 

32219275.jpg

 

parque-do-espinilho-01.jpg

 

parque-do-espinilho-02.jpg

 

Cina-cina%20%28Parkinsonia%20aculeata%29.jpg

 

DSC00734.jpg

 

Espinilho.JPG

 

espinilho.jpg

 

1.JPG[/align]

 

 

[creditos]Fontes textuais: Parque Estadual do Espinilho, Instituto Pampa Brasil, Zero Hora, click RBS

Imagens:Zero Hora, click RBS, Google, Br. virtual[/creditos]

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 semanas depois...
  • Membros

Entrei em contato com a SEMA e eles me informaram que atualmente o parque esta fechado pra visitaçao por falta de pessoal, mas me passaram o telefone da responsavel pelo parque e disseram que entrando em contato com ela talvez desse pra conseguir uma licensa pra visitar. Ainda nao entrei em contato com ela, mas assim que conseguir mais informaçoes eu posto aqui.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 4 meses depois...
  • Membros

No ultimo Globo Reporter (Nos ceus do Brasil - Pampa) eles visitaram o Parque do Espinilho, nao mostraram muito, mas fizeram umas imagens bem legais.

 

Quem quiser pode ver aqui a partir dos 28:35

http://www.youtube.com/watch?v=l9SP-eLMgb8

 

 

 

 

Tatiane Uchoa fala sobre espécies que só existem no Parque Estadual do Espinilho:

http://g1.globo.com/globo-reporter/videos/t/edicoes/v/tatiane-uchoa-fala-sobre-especies-que-so-existem-no-parque-estadual-do-espinilho/2008120/

 

 

 

 

Confira os contados do Globo Repórter nos Céus do Brasil: Pampa

Programa desta sexta (22) sobrevoou o mais novo bioma brasileiro.

 

Terceiro Bloco:

 

A chamada Savana Brasileira, lar das formigas gigantes, na verdade é uma extensão do charco argentino. Mas ela é conhecida popularmente como savana mesmo. A região está localizada na fronteira com o Uruguai, no município de Barra do Quaraí. O especialista em Savana é o professor José Marchiori, da Universidade Federal de Santa Maria.

Contato: [email protected]

 

Os formigueiros gigantes representam o dolorido objeto de estudo do professor Vicente Simas, que pesquisa o assunto há mais de 20 anos. Ele é o defensor das formigas no Espinilho e maratonista também.

Contato: [email protected] ( 55) 3412-9345.

 

Este elo perdido no sul do país, conhecido como Parque Estadual do Espinilho, lembra a África e está muito distante dos grandes centros. A unidade de conservação abriga o que restou da chamada savana em solo brasileiro.

Mais info sobre o Parque Estadual do Espinilho: http://www.sema.rs.gov.br

[email protected] ( Tatiane Uchoa - Gestora do Parque Estadual do Espinilho )

http://g1.globo.com/globo-reporter/noticia/2012/06/confira-os-contados-do-globo-reporter-nos-ceus-do-brasil-pampa.html

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Video meio tosco do Youtube sobre o Parque do Espinilho.... :lol:

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...