Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

askon

Guia e Dicas sobre Moedas, Cartões e Gastos no Chile

Posts Recomendados

Não sou turista, sim morador, sei o que falo.

Qualquer shoping, ex, vai pagar 5000 no maximo., esse preco de 3000 que sempre falo é nos restaurante populares da avenida libertador, no centro.

Aqui se cobra por prato e tem milhões de opções de menu, que é consumido por todos os funcionários do comércio, bancos, etc...

Nem em swell ou vina é caro, basta procurar. Agora, brasileiro vem para cá e quer falar português, tem que cair na do chileno.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho notado que o Chile está sendo um destino para os que pela primeira vez estão viajando ao exterior.

Que bom que essas pessoas tenham escolhido o Chile.

Viajar ao exterior nos dá a chance de ver como outros países se organizam. Por mais distantes e diferentes entre si e a cidade em que moramos sejam Manaus, Macapá, Porto Alegre ou Belo Horizonte, estamos no mesmo país, na mesma cultura e principalmente falamos a mesma língua.

Viajar ao exterior é bom porque temos outra rotina, seja a língua diferente, passaporte e principalmente cãmbio.

Quem tem uma loja de câmbio, está acima de tudo querendo ganhar alí seu sustento. Não está preocupado em excesso com atrações turísticas. Como quem tem um açougue não está pensando muito em acabar com a fome do mundo. São empresários e ponto final.

Quando se fala que levar dólares para o Chile se faz dois câmbios é porque você vai numa loja aqui no Brasil e compra uma moeda estrangeira - o dólar americano - (na verdade comprando uma mercadoria), e depois no Chile troca o dólar por peso chileno. Paga-se por dois serviços. Tenha certeza que as duas lojas tiveram lucro nas operações.

E acima de tudo, o preço de cada moeda que se compra - a cotação -, não tem nada a ver com Obama, Dilma ou Bachelet. Preço quem faz é o dono da loja. Já comprei duas caixas de 1kg de sabão em pó por menos que pagaria por uma de 2kg. Normal.

Então não há uma ciência na cotação. Hoje de manhã pode ser melhor comprar Us$ no Brasil e trocar por peso no Chile, quanto de tarde ser o contrário. Como tem muito brasileiro indo ao Chile, imagino que tenha muitos reais por lá. Talvez as lojas não tenham mais cofre pra guardar tanto dinheiro. E resolvam pagar pouco. Talvez o dólar esteja bem contado por conta de alguma necessidade chilena de obter essa moeda. Não sei. Não existe resposta para isso com data de validade muito grande. Basta fazer as contas e a resposta aparece.

Mas, (sempre o mas) algumas coisas:

1) é muito mais seguro viajar com cartão, para situações como roubo, etc.;

2)cartão tem agregado na hora do pagamento em casa depois da viagem o IOF , as taxas bancárias (também altas) e principalmente a taxa do câmbio do cartão no dia da cobrança;

3)dinheiro tem uma grande vantagem de se poder barganhar o preço na compra, comprar em camelôs e outras pequenas coisas. E haja troco errado, engano com as cores das notas, tamanho das moedas...;

4)O dólar é uma moeda internacional, talvez seja mais vantajoso oferecer dolar que peso chileno ou real na hora do pagamento, de novo o imponderável.

Qual o melhor pra se levar numa viagem?

Pense bastante no assunto, não vá pelo primeiro impulso, faça as contas, tenha certeza de que os preços sejam aqueles mostrados na tabela. Sempre pode existir uma cobrança extra por conta de impostos, etc. Cotação de compra e venda significa COMPRA e VENDA pela LOJA, da moeda que vamos negociar.

E boa viagem, divirta-se. Pois esse é o objetivo principal numa viagem

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Não sou turista, sim morador, sei o que falo.

Qualquer shoping, ex, vai pagar 5000 no maximo., esse preco de 3000 que sempre falo é nos restaurante populares da avenida libertador, no centro.

Aqui se cobra por prato e tem milhões de opções de menu, que é consumido por todos os funcionários do comércio, bancos, etc...

Nem em swell ou vina é caro, basta procurar. Agora, brasileiro vem para cá e quer falar português, tem que cair na do chileno.

Viajar para outra cidade ou país, é basicamente a mesma coisa: paga-se mais nos restaurantes mais elegantes, nos turísticos, nos mais próximos de pontos turísticos. E menos no centro da cidade.

Antonio Bourdain, proprietário de um dos mais caros restaurantes de NYork, diz num programa de TV sobre comidas do mundo que em qualquer calçada onde tenha comida servida em mesinhas com toalha de plástico, ou mesmo sem toalha, mas que tenha muita gente comendo pode se juntar ao povo que a comida é boa.

Estive em Santiago em março/2015 e comia pollo a lo pobre, e talvez a cerveja fosse mais cara que a comida

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal viajando demais nos custos do Chile. No Atacama (que é caro), facilmente se comia um prato super servido para duas pessoas por 10.000 - 12.000. Em vários lugares comi por 3.000-3.500. Estive lá em dezembro de 2014 (alta temporada). Um dia fiz um luxo e paguei 40.000 em um jantar para duas pessoas, no entanto era um restaurante gourmet (o mais caro de San Pedro) e pedi o vinho mais caro do cardápio.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Não sou turista, sim morador, sei o que falo.

Qualquer shoping, ex, vai pagar 5000 no maximo., esse preco de 3000 que sempre falo é nos restaurante populares da avenida libertador, no centro.

Aqui se cobra por prato e tem milhões de opções de menu, que é consumido por todos os funcionários do comércio, bancos, etc...

Nem em swell ou vina é caro, basta procurar. Agora, brasileiro vem para cá e quer falar português, tem que cair na do chileno.

 

D Fabiano, obrigada pelos esclarecimentos.

Estou indo com meu companheiro pro Chile dia 13 e passaremos 6 meses em Isla Negra, prestando serviços num hostel. Mas de lá pretendemos ir no Atacama e em outros pontos do Chile para conhecer mais. Nosso objetivo é ficar em hostel e gastar o minimo possível com alimentação, mas já de cara temos um pequeno problema: Vamos de onibus (saindo de São Paulo), e chegaremos por volta de 11h da noite no Chile dia 15. Precisamos de um lugar bem barato (não me importo com glamour ou conforto) pra dormir. Tem alguma ideia de onde podemos conseguir? Pela internet tá dificil encontrar. Pensei em deixar a data se aproximar e pedir no CouchSurfing, mas se não conseguir, vamos dormir no terminal hahahaha.

 

PS: Chegaremos em Santiago. No dia seguinte, dia 16, vamos conhecer um pouco da cidade e então pegar carona pra Isla Negra (e em ultimo caso, pagar).

 

Obrigada!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa noite povo mochileiro!

Alguém pode informar quanto está mais ou menos o peso chileno naquelas casas da Agustinas? Estive lá há dois anos e obviamente que muita coisa mudou.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Boa noite povo mochileiro!

Alguém pode informar quanto está mais ou menos o peso chileno naquelas casas da Agustinas? Estive lá há dois anos e obviamente que muita coisa mudou.

 

Cara, fui em março e estava em torno de R$ 195 CLP, mas agora vi gente falando em torno de 180CLP. Como o dólar está aumentando muito, deve estar mais abaixo disso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então pessoal,

 

Vou dar um exemplo real de acordo com minha fatura de Abril/2015, fiz um saque de CLP$ 200.000,00. Só que apareceu na fatura o valor de CLP$ 204.738,00 ou US$ 326,05, além disso veio uma taxa de R$ 12,00 por retirada no exterior mais IOF de saque no exterior de US$ 20,80. A cotação do dólar no dia do fechamento da fatura foi de R$ 3,2754. Convertendo tudo para real e resumindo, para sacar R$ 1.000,00, tive um custo de R$ 103,81 (utilizei a cotação de R$ 0,005 para o peso chileno). Outra coisa, ainda há uma diferença cambial do fechamento da fatura para o pagamento da mesma, então no dia do pagamento se o dólar estiver maior do que no dia do fechamento da fatura, você vai pagar essa diferença na próxima fatura ou vice versa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Com a cotação oficial, 1 real vale 182 pesos chilenos. Mas se vc levar real ao invés de dólar deve estar por volta de uns 10% abaixo disso, ou uns 164.

 

Mas se vc trocar por dólar e depois trocar por peso chileno deve te custar uns 4 a 5% mais uns 2%, daí dar 1 real = 169 pesos chilenos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Psemple,

fiz a seguinte conta

Se eu comprar 100 USD no Brasil , eu gastaria R$400,00 (1 dolar --> RS4,00, ja contando o iof). Com estes 100 USD, trocando no chile eu teria 100 USD * 690 pch = 69.000 pch.

 

Se eu levar estes R$400,00 e trocar por peso chileno no Chile eu teria R$ 400,00 * 176 pch =70.400 pch

 

Estas cotacoes eu peguei do site http://www.cambiosantiago.cl/ , portanto hoje estaria valendo mais a pena levar o real e trocar em santiago,certo? E as cotacoes dos sites chilenos sao proximos ao que eles praticam na Agustinas?

 

Estou muito na duvida do que levar, dolar ou real para o chile. Pensei em levar peso chileno do Brasil, mas nao esta valendo a pena, com estes 400 reais eu teria 62.500 pch.

Eu vou para o Chile entre final de outubro e comeco de Novembro

 

Obrigada

Renata

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...