Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Guia e Dicas sobre Moedas, Cartões e Gastos no Chile


Posts Recomendados


  • Respostas 1,4k
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros
Júlia

 

Dá uma lida nessa página do tópico pelo menos.

 

O que não entender, formula uma pergunta específica.

 

Abraço,

Leo

 

Leo,

 

Só para enriquecer o seu detalhamento e complementar a sua informação:

 

Cartão de débito:

 

O saque ocorre em pesos chilenos e incide uma taxa de IOF de 0,38% para o saque e não de 2,38% (essa taxa era para compra na função crédito, no entanto, na tentativa de desacelerar os gastos de brasileiros no exterior, o governo aumentou para 6,38%), mais uma taxa de 2.500 pesos cobrados pelos bancos locais e a taxa de saque no exterior cobrada pelo Banco do qual cada um é cliente (R$ 12,00 no caso do Banco do Brasil e não 10% do valor como fora dito anteriormente). Qualquer pessoa que possua um cartão de débito internacional, ou seja, que no verso do cartão contenha escrito as marcas PLUS ou CIRRUS, conseguem efetuar o saque desde que desbloqueados previamente em seus Bancos.

 

Cartão de crédito

 

As taxas de saque só incidirão nesta modalidade se for efetuado o saque na função de crédito. Por isso é importante observar na hora do saque qual opção irá escolher, "Credit account "- No caso de saque no cartão de crédito ou "Checking account" - para saques na função débito.

 

Por último só gostaria de agradecer todas as suas contribuições no Mochileiros.com pois as mesmas tornaram "possíveis" muitas das minhas viagens... valeu cara!!!

 

Espero ter contribuido

 

Abraço

 

Talles

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Talles

 

Legal suas observações !!

 

Realmente confundi o IOF, pois o praticado em saques em conta corrente é 0.38%.

 

Agora só restou um problema.

 

Os caixas aqui no Chile, mesmo com as bandeira Cirrus e Plus (usando cartões anteriormente desbloqueados para saque direto na conta corrente), não funcionam aqui no Chile.

 

Os caixas eletrônicos boicotam literalmente o saque no débito. Vc entra em contato com seu cartão e eles nem conseguem visualizar uma tentativa de saque.

 

Meus cartões fazem isso e de 98% de pessoas também, pois vou várias vezes na semana em um hostel de um amigo e fico em contato direto com brasileiros com o mesmo problema.

 

O que eu alerto aqui é que cartão de crédito deve ser usado para compras, mas nunca para saque. O mesmo para o de débito, que é mais problemático ainda.

 

Esse problema é exclusivo do Chile, já que todos os cartões funcionam perfeitamente nos demais países da América do Sul.

 

O saque no crédito costuma funcionar, mas nunca é vantajoso se comparado com usar dólar em espécie.

 

Aqui existe uma legislação forte contra lavagem de dinheiro e evasão de divisas por parte de estrangeiros, então eles praticamente aboliram os saques em conta. No caso do saque no crédito, eles deixam rolar, pois é uma brecha na rigorosa legislação.

 

Eu penei muito pra conseguir trazer dinheiro para cá, mesmo sendo investidor no país e tendo identidade chilena.

 

Então fica o alerta:

 

Não viagem se fiando em cartões !!

 

Abraço,

Leo

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Talles

 

Legal suas observações !!

 

Realmente confundi o IOF, pois o praticado em saques em conta corrente é 0.38%.

 

Agora só restou um problema.

 

Os caixas aqui no Chile, mesmo com as bandeira Cirrus e Plus (usando cartões anteriormente desbloqueados para saque direto na conta corrente), não funcionam aqui no Chile.

 

Os caixas eletrônicos boicotam literalmente o saque no débito. Vc entra em contato com seu cartão e eles nem conseguem visualizar uma tentativa de saque.

 

Meus cartões fazem isso e de 98% de pessoas também, pois vou várias vezes na semana em um hostel de um amigo e fico em contato direto com brasileiros com o mesmo problema.

 

O que eu alerto aqui é que cartão de crédito deve ser usado para compras, mas nunca para saque. O mesmo para o de débito, que é mais problemático ainda.

 

Esse problema é exclusivo do Chile, já que todos os cartões funcionam perfeitamente nos demais países da América do Sul.

 

Então fica o alerta:

 

Não viagem se fiando em cartões !!

 

Abraço,

Leo

 

 

Leo,

 

Passei 11 dias no Chile e consegui efetuar saques na função débito normalmente, embora não tenha conseguido na minha primeira tentativa e vou explicar o por quê: Logo após colocarmos o cartão aparece um campo específico para saques debitando em conta e, se o marcarmos, não conseguiremos efetuar o saque pois essa opção é apenas para cartões emitidos no Chile... no entanto, se verifircarmos as outras opções, nota-se que tem uma opção que se não me engano é " Clientes estrangeiros", ao clicar nessa opção aparece 3 opções para efetuarmos o saque (credit account - cartão de crédito, checking account - saque no débito e a terceira opção não me lembro, mas nesse caso é irrelevante) e é aí que efetivamente conseguimos efetuar o saque em conta. Não sei se o problema que vc ou os demais tem encontrado está contido na explicação acima, mas posso afirmar que tanto eu qto minha namorada que esteve comigo no Chile conseguimos sacar normalmente de nossa conta-corrente.

 

abraço

 

Talles

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Talles

 

Eu moro aqui e pode ter certeza que eu sei como se saca com cartões estrangeiros.

 

Possuo cartão de 3 bancos e só um funciona. Amigos que vieram aqui tiveram o mesmo problema, clientes do hostel Ventana Sur também.

 

Se o seu cartão funcionou, foi sorte sua, pois a gigante maioria não funciona. E não funciona, não por culpa do usuário ou do banco no Brasil, mas pelos bancos chilenos.

 

O alerta feito aqui é porque o problema existe e não podemos ignorá-lo e colocar em risco a viagem dos usuários.

 

Se quiser, peço pra outras pessoas que tiveram o mesmo problema para postar seu relato aqui. E esses problemas, foram exatamente iguais.

 

- Banco ciente que o cliente iria sacar no exterior

- Cartão não funcionar sacando corretamente como estrangeiro

- Em contato com o banco no Brasil, o mesmo não consegue visualizar nenhuma tentativa de saque

 

Não tenha dúvidas que essas pessoas tentaram de tudo, pois ficaram presas sem dinheiro e acabaram dependendo de outras, pois nem os bancos brasileiros nem os chilenos resolveram o problema.

 

Abraço,

Leo

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Talles

 

Por acaso seu cartão é do banco Real ou atual Santander ??

 

Abraço,

Leo

 

Leo,

 

Meu cartão é do Banco do Brasil e, o meu relato é da minha experiência com saques aí no Chile com o cartão do BB. Como tive a dificuldade inicial para efetuar os saques, postei a minha experiência pq acreditei que poderia ser o mesmo problema da maioria. Agora, pelos seus relatos, vejo que os problemas são diferentes e existem sim essa dificuldade para saques no Chile (embora eu particularmente não tenha encontrado dificuldades). De qualquer forma, essas discussões aqui no Mochileiros.com só enriquecem o próprio site em matéria de conteúdo.

Ahh, todos os saques que efetuei foram nos caixas eletrônicos do Banco Santander.

 

abraço

 

Talles

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Talles

 

Eu moro aqui e pode ter certeza que eu sei como se saca com cartões estrangeiros.

 

Possuo cartão de 3 bancos e só um funciona. Amigos que vieram aqui tiveram o mesmo problema, clientes do hostel Ventana Sur também.

 

Se o seu cartão funcionou, foi sorte sua, pois a gigante maioria não funciona. E não funciona, não por culpa do usuário ou do banco no Brasil, mas pelos bancos chilenos.

 

O alerta feito aqui é porque o problema existe e não podemos ignorá-lo e colocar em risco a viagem dos usuários.

 

Se quiser, peço pra outras pessoas que tiveram o mesmo problema para postar seu relato aqui. E esses problemas, foram exatamente iguais.

 

- Banco ciente que o cliente iria sacar no exterior

- Cartão não funcionar sacando corretamente como estrangeiro

- Em contato com o banco no Brasil, o mesmo não consegue visualizar nenhuma tentativa de saque

 

Não tenha dúvidas que essas pessoas tentaram de tudo, pois ficaram presas sem dinheiro e acabaram dependendo de outras, pois nem os bancos brasileiros nem os chilenos resolveram o problema.

 

Abraço,

Leo

 

 

Leo,

 

Tô aqui agradecendo a Deus por ter dado tudo certo com os saques, pois optei por sacar lá, não levando dinheiro do Brasil... De qualquer forma o alerta está dado e, eu próprio, seguirei seus conselhos nas minhas próximas viagens!

 

grande abraço

 

Talles

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Entendi. Legal que tenha sacado no Santander, pois tanto eles como o Scotiabank cobram somente 2.500 pesos pelo saque, já os outros, quase em totalidade cobram 3.500.

 

O fórum é de debate mesmo. Se não expormos nossas experiência, as informações não fluem.

 

Quem sabe, todos os cartões de debito do BB funcionem sem problemas. Saberemos a medida que outros usuários postem como foram seus saques.

 

Os meus do Bradesco e Citibank não funcionam. Já o do Santander sim.

 

Itaú eu presenciei muitas pessoas sem conseguir sacar, mesmo tentando no próprio Itaú chileno.

 

Tomara que outros postem se conseguiram ou não sacar, pois assim, as informações ficarão mais amplas.

 

Grande Abraço,

Leo

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Boa noite colegas

 

Eu acompanho há anos este fórum tirando várias dúvidas de minhas viagens e percebi neste tópico segurança para poder responder e ajudar os outros viajantes. Eu sou filho de chilenos e para Santiago vou em média 1 vez por ano para visitar meus familiares.

Eu tenho conta no Banco do Brasil e nos últimos 3 anos tenho usado o saque direto de conta corrente nas viagens pro Chile. Antes de viajar tem que ser feito o desbloqueio para uso no exterior seja pelo portal da internet ou nas agências do BB. Não compre peso chileno aqui no Brasil , as cotações beiram a extorsão , uma total falta de respeito. Estando no aeroporto do Chile troque quantidades de reais o suficiente para o seu deslocamento e se tiver mais reais em espécie deixe para trocar em uma das várias casas de câmbio na calle Agustinas (rua que cerca o palácio La Moneda) pois a cotação são mais atrativas para o turista.

Caso queira usar conta corrente do BB use o RedBank ( equivalente o Caixa 24 horas daqui) administrado pelo Banco Caja Estado e será isento da tarifa de saque deles de 2500 a 3500 pesos ( cobrados pelos RedBank administrado pelo Santander,Banco do Chile, Itau-BankBoston ,BBVA). Agora soube quem é correntista do Itau não paga essa mesma taxa se usar o RedBank do Itau-bank Boston, não posso afirmar. Não confundir esta tarifa com o do BB, que cobrará automaticamente independente do valor e do local do saque fora do país que se não me engano é de $2,50 dolares + IOF de 0,38% ( se usar saque da conta do cartão de crédito o IOF será de 6,38%).

Por fim , em minha opinião no momento e devido a atual cotação e situação do dolar este tem sido a melhor e a mais segura forma de se manter financeiramente no Chile, lembrando que lá ainda existe e MUITO os mãos leves de punguistas que se usam dos metrôs e ônibus lotados para fazerem seus furtos e conheço muitos conterrâneos que já perderam quantidades significativas com isso. De resto , o Chile é sensacional , quem vai uma vez quer voltar sempre.

 

Sds e boas viagens colegas.

 

P.S.: Em qualquer RedBank tem colocar o cartão e usar a ultima opção "Extranjeros-Foreigners" e daí aparecerá os sub-menus ( conta debito, conta credito e conta ahorro(poupança)).

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...