Ir para conteúdo

Guia e Dicas sobre Moedas, Cartões e Gastos no Chile


askon

Posts Recomendados

  • Respostas 1,4k
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

Boa tarde, pessoal

 

 

Bem, já vi que é mais vantajoso levar dolares para o Chile, dei uma pesquisada na net e vi que em média as casas de câmbio em Santiago estão pagando 240 pesos por real e em média 500 pesos por dólares. Mesmo comprando o dólar aqui no Brasil com a taxa de dólar turismo, no final das contas a gente sai ganhando mesmo.

Mas, a pergunta minha é se é possível trocar dinheiro na fronteira da Argentina com o Chile, já que eu devo sair de Mendoza em direção a Santiago e devo fazer esta travessia durante a noite.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Colaboradores

Cara,ou você troca em Mendoza ou troca em Santiago.

O mais aconselhável é trocar em Santiago,pois vai encontrar uma cotação melhor para o peso chileno do que em Mendoza.

Caso prefira,compre uma pequena quantidade em Mendoza,somente pro dia da chegada,táxi e tal..E depois troca o resto em Santiago.

 

Abs,

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Oi, pessoal!

 

Organizando as despesas, eu pergunto: R$ 150,00 por dia para um casal é o suficiente para as refeições, passeios (entradas de museu, parques...) e transporte (metrô/ônibus/táxi)? As cidades serão Santiago e Pucón e não vamos esquiar (não vai ter neve).

Vamos procurar restaurantes com preços mais razoáveis e/ou optar pelo "menu do dia", nada de extravagâncias gastronômicas! ::xiu::

Também vamos tentar utilizar o metrô e deixar o táxi como última opção.

Não entram nessa "cota" acomodações e passagens.

 

Obrigada!

 

Att. Alessandra.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros de Honra

Em Pucón e Santiago se come razoavelmente bem com 4.000 a 5.000 por pessoa a cada refeição. 5.000 pesos equivalem a uma média de R$ 20,00 se usar a cotação real daqui.

 

Transporte em Metro e bus não são caros. Em média R$ 2,60 por pessoa cada viagem.

 

Passeios... Não há como dizer, pois existem inúmeros, mas em princípio dá sim.

 

Uma dica importante é fazer comida pelo menos uma refeição ao dia, ou almoçar na rua e lanchar a noite no hostel, pois a comida aqui é ruim e bem cara.

 

Abraço,

Leo

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Realmente existe uma absurda diferença!

Mas... a pergunta é: Será que no momento do voo não vão verificar se é de fato cidadão chileno?

Isso acontece na Argentina tb, e até onde eu sei eles identificam que o passageiro não é nativo e aí... a situação complica.

 

Acho muito interessante "investigar" isso antes.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membros
Realmente existe uma absurda diferença!

Mas... a pergunta é: Será que no momento do voo não vão verificar se é de fato cidadão chileno?

Isso acontece na Argentina tb, e até onde eu sei eles identificam que o passageiro não é nativo e aí... a situação complica.

 

Acho muito interessante "investigar" isso antes.

 

Olá!!

Pergunta interessante, mas eu já tirei a prova. Fiquei em um hostel e brasileiros e outros gringos compraram lá no Chile pelo preço que está aí mesmo! O barato!

 

Aliás, quando comentei com a recepcionista, ela me disse que já sabia e dá essa dica à todos.

 

Mas se mesmo assim, ainda ficar na dúvida, vale a pena comprar lá inloco, e não comprar pela internet aqui.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...