Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Silnei

Como viajar de carona pelas estradas do Brasil

Posts Recomendados

Bom galera acredito que pegar carona não seja tão tensO assim como as pessoas acham.

Eu estudo em um colégio interno e assim como TODOS os meus 300 colegas de internato voltamos toda a semana para casa de carona que ficam em várias cidades daqui do RS, onde o colégio está localizado, SC e Paraná, e até hj e ninguém relatou nenhum incidente, como roubo, sequestro ou qualquer tipo de violência. Pegamos carona em trechos menores também a noite ( a qlqr hora da noite) em qlqr dia pois o colégio fica no meio do nada (próximo apenas da Br) e é inviavel irmos para as cidades próximas a pé e nunca nos sentimos ameaçados ( a não ser andando dentro da cidade).

Fazemos isso desde os 14 ou 15 anos( já é meu ultimo ano nesse colégio! :( São apenas 3 anos de curso!) e não somos nem um pouco enjoados pra carona...o q aparecer a gente embarca pode ser caminhão, carro, trator, escavadeira, já peguei carona com todo o tipo de veículos que usam rodas para se locomover e com pessoas de todo o país e muitas vezes sozinho.

Se você tomar os cuidados listados pelo Silnei nesse tópico você vai viajar de carona sem problema nenhum e enconomizar uma grana!!! Além de ser divertido!!!

 

Só uma dica se você for para algum lugar longe da sua casa e que vocÊ não conheça tenha sempre um mapa ou tenha na mente as cidades que vai passar para chegar ao seu destino, assim você irá perceber se estiverem te levando para outro lugar!!!

Abraço galera! Boa viagem pra todo mundo!

 

 

PS: Eu tenho uma dúvida, estou planejando uma viagem pela Argentina e Chile e ouvi falar que na Argentina ninguém tem o costume de dar carona de modo que viajar de carona por lá seja muuuuuuito difícil! Dá pra viajar pela Argentina de carona?????? Se alguém já viajou de carona pela Argentina ou conhece a cultura de lá e tiver a gentileza de me responder ficarei muito grato!!!

 

 

 

Site de parabéns muitas informações!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

opa !! peguei e dei muita carona em floripa, pra ir estudar, pra ir até a lagoinha do leste, até a lagoa, etc.....

mas tb fiz viagens mais longas utilizando caronas, como por exemplo, pelo interior de SC - saindo de Abelardo Luz e pelo litoral bahiano.

Sempre utilizei as placas para identificar os destinos (o mais proximo possivel e o final ou médio), por isso levo nas viagens uma caneta de quadro branco!!

agora, tem uma história inusitada de uns amigos q foram de Brasília para o fórum mundial social em porto alegre, em algum momento da viagem eles ñ conseguiam mais caronas então foram até um posto e passaram a lábia no caminhoneiro dizendo q um deles era australiano, o cara foi até lá enrolando no inglês e segurando pra ñ falar nada em português kkkkkkkkkkkkk

 

como foi comentado sobre caronas em outro paises da américa do sul, cito: http://www.autostopargentina.com.ar/?page_id=2 como uma ótima referencia, até para usar no Brasil

e conhecem essa: http://hitchwiki.org/ ???

 

boas trips !!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

bom, eu por ser mulher jamais pegaria carona sozinha, se estou com mais algum amigo tudo bem.

mas sozinha voces tem que concordar comigo que é extremamente perigoso...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pra quem mora aqui em São Paulo capital, tem o Hospital São Paulo que fica na Vila Clementino. Tem muitas ambulâncias e VANs que vem de outras cidades e até mesmo estados com MG, PR, trazer pacientes e ficam estacionadas nas ruas próximas.

 

Chegue em algum motorista e pergunta se ele poderia dar uma carona até tal cidade, ofereça um cafézinho, vai que cola. Eu vou viajar até Montevideo em maio, e vou tentar pegar uma carona até o sul do estado de SP. E vou pegar o máximo de caronas que conseguir.

 

 

Só um comentário, uma vez eu estava indo pra casa da minha ex-namorada que mora em Osasco, e eu peguei um onibus errado, aí pra chegar até a casa dela, eu teria que ir andando cerca de uns 2km. Enquanto eu estava caminhando, estava vindo um onibus guincho, não deu outra, dei sinal e por sorte o cara parou, eu perguntei se ele poderia me dar uma carona até tal ponto, ele deixou e eu fui. Cheguei na casa dela cheirando a graxa.....kkk......Mas foi legal, até fiz um pequeno conserto em um negócio que tava quebrado lá no busão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Galera, ouvin uns comentarios que algumas grandes empresas permitem que seus motoristas deem carona porem é necessario um cadastro com a empresa. E com isso já fica definido local de embarque e desembarque.

Falaram que fazem isso pois é melhor o motorista viajar com alguma CIA do que sozinho, correndo o risco de dormir.

Alguem já ouviu falar sobre isso?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Melhor jeito de se locomover é de carona;

 

Normalmente o povo é muito mais gente fina do que nós pensamos(homem, mulher, viado ou não) o pessoal te ajuda, não tem galho. Só tive boas experiências pegando carona, posso deixar algumas dicas que acredito serem úteis;

 

Não pegue carona a noite, é tão perigoso pra ti como para a pessoa que der carona ;

 

SEMPRE quando alguem perguntar - "Olha não vou até essa cidade, mas posso te deixar no caminho" AVALIE BEM, as vezes na ânsea de sair do local tu não pensa muito e passa um perrengue, como aconteceu comigo.Peguei carona com um ônibus de banda que ia até uma cidade próxima, pelos meus calculos dava de boa pra chegar lá antes de anoitecer, só que não contava que o ônibus não passava dos 50km/h e começou uma chuva torrencial, resultado lá estava eu em um trevo super perigoso a noite e na chuva com uns dez "amigo" querendo me roubar ::otemo:: , sorte que um santo conseguiu ver minha plaquinha e me deixou na porta da casa de um amigo.

Não se preocupe em rachar o pedágio ou gasolina se tiveres pegando carona na estrada, pois se tu estás pedindo carona é por que não tens ou quer economizar grana.

 

Enquanto pegar carona pela américa latina, no Uruguai o pessoal é super legal, e tem vários camioneiros Brasileiros que passam por essas estradas e acredito que na Argentina não seja diferente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Respondendo ao primeiro tópico da comunidade, não concordo...

Sou mulher, viajei sozinha do Acre ao Rio Grande do Sul, 5 dias de viagem, 11 caronas diferentes, e naaaaaada de caminhoneiro com gracinha.

A postura define tuudo!

Melhor experiencia da minha vida.. tinha 20 anos.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Viajo de carona pelo Sul do Brasil... até então só peguei duas caronas ruins, mas muitas outras boas .. mas sempre fico pensando qual desculpa usar pra se livrar de uma carona ruim na tranquilidade, ou seja com segurança,rs... que tática vocês usam? procuro apontar na placa por caronas com trajeto de 1 hora e também só dizer meu destino final, quando adquiro certa confiança, bem, tem dado certo.

Sou mulher as vezes vou sozinha, outras acompanhada de uma amiga mochileira, moro em SC e por aqui carona sempre foi fácil, cheguei a fazer 800km em um dia.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Por Don_
      Olá, pessoal!
       
      Recentemente fiz uma viagem pelo Brasil. Moro em Fortaleza, mas sou gaúcho. Como muitos sabem, a BR 116 começa em Fortaleza mesmo, Ceará, e termina em Jaguarão, Rio Grande do Sul, já na divisa com Uruguai. A idéia inicial era percorrer todos os quase 4500 quilômetros da BR pegando carona na estrada.
       
      Pois bem. Estudante de jornalismo quase formado, aproveitei a oportunidade da viagem para escrever um livro sobre o percurso, suas belezas e dificuldades. Ele ainda está sendo escrito em detalhes. Foram 18 dias na estrada, pegando carona, conversando com pessoas, conhecendo algumas cidades. Passei por Minas maravilhado com tantas belezas naturais. O mesmo aconteceu em Teresópolis, RJ.
       
      Foram tantas as histórias! Só para citar uma, peguei carona com uma ambulância, lá em Feira de Santana. O carinha era da região da Chapada da Diamantina e havia parado no posto na vinda de Salvador, onde deixou uma criança no hospital. Conversamos e acertamos uma carona até outro posto mais seguro e mais perto. Foram 80 quilômetros de intensa emoção. A ambulância com a sirene ligada e tudo e o carinha rodando a mais de 140 por hora, ultrapassando os caminhões de dois em três de uma vez só. As carretas pareciam estar paradas no acostamento (risos).
       
      A crise financeira afetou todos os setores, sobretudo os transportes (caminhoneiros). Cheguei em SP e a confusão tava formada. Aproximadamente 2 mil caminhões esperavam por carga lá e, sendo assim, eu também não conseguia mais continuar a viagem. Ainda fiquei 3 dias e nada de ajuda. A partir de SP, continuei a aventura de ônibus mesmo, mas não sem antes passar sufoco em Curitiba. Fiquei três dias e duas noites lá, tentando continuar a viagem de carona e nada, num frio medonho.
       
      Chegar no final da viagem foi emocionante!
      Espero que tenham gostado.
      Alguém já fez uma aventura similar?
       
      Abraço!
      Don


×