Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Diário de uma viagem: Áustria, Alemanha (Baviera) e Suiça - com fotos


Posts Recomendados

  • Membros

Dia 04

 

Acordamos as 6h da manhã pois nosso trem saía as 8:14. Não sabendo exatamente como seria, chegamos na estação Westbahnhof com 50 min de antecedência. Não foi necessário validar as passagens compradas pela internet (EUR 69,50 as duas, classe econômica). Simplesmente subimos no trem, que era bonito e supermoderno.

O trem partiu exatamente 8h14min, e a viagem foi agradável e com lindas paisagens. O trem atingiu várias vezes 200 km/h.

DSC05347.jpg

 

Chegando em Munique só precisamos pegar um metro até o hotel. No metro de Munique comprei um ticket familiar (2-5 pessoas + 2 crianças) válido durante 72 horas por EUR 23,00. Mais vantanjoso do que comprar passes individuais.

 

Rapidamente chegamos no hotel, e para nossa felicidade, era bem na frente do hotel (Sheraton Westpark) ! Acho que uns 10-15 metros da porta. E que hotel !!

 

Minha reserva não incluía café da manhã, e por pessoa custava a bagatela de EUR 22,00. Lógico que preferimos nossas comidinhas do mercado !! rsrs

 

Depois de um banho fomos conhecer a famosa Marienplatz, no centro de Munique, onde está localizada a Rathaus (prefeitura), construída entre 1868 - 1908, em estilo neogótico. Linda !! Uma atração a parte é o relógio (Glockenspiel), famoso carrilhão da cidade, Pontualmente às 11, 12 e 17 horas seus 43 sinos tocam e os bonecos de madeira se movem. Não aguardamos para assitir.

 

DSC05375.jpg

 

DSC05405.jpg

 

Na Marienplatz comemos o tradicional bratwurst (pão com salsicha). Simples, mas gostoso. EUR 3,00 cada um.

 

Passeamos pela Neuhauser Strasse e fizemos algumas comprinhas (roupas de frio em promoção). Fomos até a Karlsplatz, apelidada de Stachus. Pelo jeito é ponto de encontro, pois havia muita gente sentada numas pedras, conversando ou lanchando.

Jantamos por ali, em um restaurante chinês (EUR 6,80 por pessoa, self service, incluído um copo de cerveja). Melhor custo benefício impossível !!

 

Depois de jantarmos passamos em um supermercado (rede Tengelmann) presente na estação de metrô Karlsplatz, e fizemos uma comprinha: cerveja, água, iogurte e chocolates.

 

À noite no hotel, que piada !! Estava assistindo um campeonato de Muay Thai, quando de repente surge um lutador com cara de malvado, e assim que apresentado começa tocar a música do Michel Teló e o cara começa fazer a dançinho do "ai se eu te pego". Caí na gargalhada !!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 53
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

...continuação Dia 9 Jungfrau   O visual é incrível e o frio é real (estava - 7ºC) mas como ventava pouco, não era tão sofrido.       Caminhamos na neve, conhecemos o platô (Glacier Plat

...continuação dia 11 - Berna O Hotel e o Bebê   Tivemos muita dificuldade para encontrar o hotel ou o apartamento, que ficava longe do centro da cidade. No GPS não havia a tal rua, mas enco

Dia 12 Genebra   Acordamos as 8:30, tomamos café no quarto com coisas que compramos no mercado, nos despedimos do Oliver e nos despedimos da capital Suiça, rumo a Lausanne e Genebra.   Lausanne f

  • Membros

Dia 5

 

Acordamos e tomamo café no quarto...coisas de mercado, lógico !! Leite com achocolatado e rocambole de morango.

Fomos conhecer o Allianz Arena, estádio do Bayern de Munique. Lindo estádio, porém os souvenirs da lojinha eram muito caros e acabamos nem comprando nada ! Conhecemos um casal de brasileiros bacana, que vinham de Paris, mas depois seguimos lados diferentes.

 

DSC05382.jpg

 

DSC05383-1.jpg

 

DSC05385.jpg

 

Na volta, descemos na Odeonplatz, em frente a Theatinekirche Sta Kajetan (1688), muito bonita por dentro.

DSC05388.jpg

 

DSC05401.jpg

 

E também estava localizada em frente ao Residenz, palácio que era residência oficial dos duques e reis da Baviera.

DSC05392.jpg

 

DSC05393-1.jpg

 

DSC05394-1.jpg

 

Caminhamos bastante na região, e como era hora do almoço fomos ao famoso Virtualienmarkt, uma espécie de mercadão municipal ao ar livre, com muita gente comendo e tomando cerveja.

DSC05409-1.jpg

 

DSC05414-1.jpg

 

Comemos um bretzel (pão com formato esquisito e sabor daquele palito japonês da Elma Chips), peixe frito com batata frita e cerveja (da boa !!)

DSC05413-1.jpg

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

...continuação dia 05

 

Depois de almoçar bateu aquela preguiça, mas tínhamos muita coisa para conhecer. Seguimos andando rumo ao rio Isar, que corta Munique.

Uma paradinha em uma loja de artigos relacionados a esporte radicais. Entrei para dar uma espiada nos caiaques, um dos meus hobbies.

DSC05419.jpg

 

DSC05421.jpg

 

Por coincidência, na sua margem estava o Deutches Museum, que estava em nosso roteiro.

Fizemos uma visita de +- 2 horas neste museu dedicado às ciências e à aviação. Até que gostei embora estivéssemos bastante cansados.

Entrada: EUR 8,50 por pessoa.

 

DSC05424.jpg

 

DSC05426.jpg

 

DSC05430.jpg

 

DSC05431.jpg

 

DSC05433.jpg

 

Depois de mais uma passada no mercado, retornamos ao hotel. Uma cervejinha, banho, uma cochilada (no meu caso) e saímos para procurar uma boa cervejaria.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

...continuação dia 05

 

Depois de umas voltas no centro, resolvemos ir na cervejaria preferida dos muniquenses: a Augustiner Brau Munchen. Lugar bem agradável, ficamos em uma mesa do lado de fora, e do outro lado da rua havia uma pequena orquestra tocando música classica, muito legal !

 

DSC05441.jpg

 

Levei um dicionário para entender o cardápio, pois havia a possibilidade de estar tudo em alemão. Chegamos, e havia 3 cardápios em cima da mesa, eu peguei um e a Tati o outro. Não entendíamos bulhufas.

Resolvi pegar o dicionário para uma ajudinha básica ! Putsss notei que havia pegado o dicionário errado, não era o alemão-português ! Levei uma bronca da Tati !!

Chamei o garçom assim mesmo e falei que queria comer wurst (salsicha) e tomar cerveja, mas eu não entendia o cardápio. Pois então o garçom mostrou o terceiro cardápio que havia ficado em cima da mesa, que era em vários idiomas (francês, inglês, espanhol, italiano e russo). Demos muita risada !!

 

O garçom sugerium um misto de salsichas, com salsicha Augustiner, salsicha de Frankfurt e salsicha suína, todas muito bem temperadas e saborosas. Como acompanhamento vieram o legítimo chucrute, purê, 2 almôndegas, cebola frita e 1 bretzel. Tomamos 1caneca de cerveja da Augustiner. Deliciosa !!

Conta: EUR 16,00 + gorjeta.

 

Voltamos para o hotel satisfeitos e ansiosos para comer chocolates de sobremesa !

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Dia 6

 

Fomos conhecer Dachau, que fica um pouco mais afastado da cidade. Durante o percurso de trem perguntei a 2 funcionários que estavam no trem se o ticket que tínhamos era válido até Dachau. Nos informaram que não. Para não correr risco de sermos fiscalizados e levar uma multa pesada, paramos na próxima estação e compramos em uma máquina.

Compramos um ticket familiar que podia ser utilizado por 24 horas, por EUR 13,00. Saía mais barato do que comprar 2 tickets individuais de ida e volta.

Chegando lá, tivemos ainda que pegar um ônibus que já estava incluído no ticket do trem.

 

Dachau é emocionante, do começo ao fim. E o melhor, é gratuito !!

Logo na entrada, no portão escrito "Arbeit Macht Frei", traduzido como "O trabalho liberta". Filhos da p. mesmo !

 

DSC05451.jpg

 

O tom de cor do local já dá um tom sombrio ao local

DSC05452.jpg

 

Foi um dos primeiros campos de concentração, inaugurado em 1933, onde passaram mais de 200 mil prisioneiros. Grande parte deles mortos, executados, por doenças ou suiçídio, e até em pesquisas médicas.

DSC05457.jpg

 

Alguns objetos e roupas usados pelos prisioneiros

DSC05460.jpg

 

DSC05459.jpg

 

Muitas fotos impressionantes, relatos de prisioneiros, história pura

DSC05469.jpg

 

A prisão

DSC05470.jpg

 

DSC05471.jpg

 

O alojamento

DSC05475.jpg

 

DSC05476.jpg

 

Banheiro coletivo

DSC05477.jpg

 

O local mais impressionante de Dachau: câmara de gás e crematório.

Os prisioneiros eram levados até uma antesala achando que iriam tomar banho. Ficavam nus e entravam em uma sala, que era a câmara de gás. Na sala ao lado os corpos eram cremados.

DSC05485.jpg

 

DSC05486.jpg

 

DSC05484.jpg

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Após Dachau, voltamos para Munique e fomos conhecer o English Garten, um lindo parque urbano de Munique. Neste parque está localizada a Torre Chinesa, com um biergarten bem legal, que vende cerveja e coisas para comer. Quando chegamos havia uma banda típica alemã tocando.

Não tivemos muito tempo para aproveitar pois uma nuvem escura subiu rapidamente e começou a chover. Tivemos que ir embora.

 

DSC05500.jpg

 

DSC05511.jpg

 

Torre Chinesa

DSC05513.jpg

 

A noite fomos fazer compras pois no dia seguinte pegaríamos o carro e partiríamos de Munique. Fomos até a estação de metrô Karlsplatz, onde existe um supermercado Tengelman. Tudo estava fechado ! Em Munique, e em vários países da Europa, tudo fecha até as 20 horas.

Passamos em uma padaria e compramos pães, sonhos, bretzel e croassaint. Foi nosso jantar e nosso café da manhã seguinte.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • Membros

Dia 7 O drama do carro

Que dia !!

Com as malas prontas, acordamos e fomos à estação Haptobanhoff, até a loja da AVIS para pegar o carro. Deixamos as malas no hotel para posteriormente voltar com o carro e pegá-las.

Chegamos na AVIS, o atendente era português. Que maravilha !! - pensamos.

 

O portuga veio com uma proposta interessante: propôs de pegarmos uma carro suiço que ele tinha, e na devolução não teríamos que pagar a taxa de devolução (EUR 150,00). Era uma boa economia mas o carro não possuía GPS, e ele não tinha GPS para alugar. Então era só comprar um...pagaria uns 100 euros e depois ainda ficava para mim...mas era domingo e tudo estava fechado.

 

Acabei recusando a proposta e ele me disse que o carro que eu havia alugado também não possuía GPS. Fiquei puto !! Os atendentes da Autoeurope garantiram que teria GPS imbutido no carro.

 

O portuga insistiu para eu pegar o carro suiço e comprar um mapa e no dia seguinte compraria um GPS. Como já estavávamos com hotel reservado em Lindau e a viagem programada, insisti em não aceitar.

 

Então ele cedeu ! O carro que eu reservara estava lá e com GPS. Que alívio ! O portuga queria me empurrar outro ! Igual balconista de farmácia querendo empurrar remédio pra gripe.

Tudo ok, nos entregou o documento, chaves e ensinou onde estaria o carro. Encontramos facilmente, uns 200 metros da estação Haptobahnhoff.

 

Chegamos lá não acreditávamos. Era um KUGA Ford (nova SUV ainda não disponível no Brasil), 2012, 2000 km rodados, automático, banco de couros e GPS. Lindíssimo !!

 

Mas essa história ainda não havia terminado ! Depois de superar o portuga ainda tínhamos que entender o GPS, em Alemão !!

Não entendíamos nada, não encontrávamos local para mudar o idioma ! Quase choramos ! E o português ainda tinha falado que não garantia o idioma do GPS.

 

Meio que por tentativas conseguimos colocar o endereço do hotel. Ainda bem que era domingo e havia poucos carros na rua. Seguindo o sentido das setas, chegamos até o hotel.

 

Fizemos o check-out, carregamos o carro e fui buscar socorro. Tentei pedir ajuda para outro hóspede do hotel, mas o cara era norueguês e também não entendia alemão.

Voltamos para o carro, depois de muitos botões apertados e uma consulta no dicionário consegui mudar o idioma para português. Que alegria foi aquela !! Nos abraçávamos no carro, muitas risadas !! Que alívio !!

 

Daí em diante foi tudo beleza, saímos de Munique e seguimos para Fussen.

DSC05522.jpg

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

...continuação dia 7

 

Estrada tranquila, vários carrões e lindas paisagens no caminho. Chegamos na região do castelo de Neuschwanstein.

Estacionamento: EUR 5,00

Tickets para o castelo: EUR 12,00 por pessoa

 

DSC05546.jpg

 

DSC05560.jpg

 

Ali foi nosso primeiro contato com a neve.

DSC05554.jpg

 

Comemos fritas com salsicha em um restaurante e uma cerveja para hidratar. EUR 12,00.

 

Um passeio nas redondezas, conhecemos por fora o Castelo de Hohenschwangau (vizinho) e o lago Alpsee

 

DSC05581.jpg

 

DSC05576.jpg

 

Pode-se subir a pé, charrete ou ônibus. Fomos de ônibus. EUR 1,80 por pessoa, apesar de achar que o cobrador me passou a perna cobrando a mais.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

... continuação dia 7

 

O castelo é lindo, mas deve ser ainda mais quando as árvores estiverem cheias de verde.

Quando resolvemos entrar no castelo, observamos no relógio deles que o horário do nosso ticket já havia passado. Não foi por descuido não, naquela noite havia começado o horário de verão dos europeus, e os relógios foram adiantados em 1 hora.

 

Tentei explicar o ocorrido para um funcionário e pela expressão facial dele, isso havia ocorrido com várias pessoas. Gentilmente ele nos deixou entrar.

A visita era guiada, em inglês. A guia falava pausadamente e conseguíamos entender muitoas coisas.

 

É longe de ser Versailles, mas era uma castelo e não um palácio. Foi bem legal a visita ! Gostamos muito !

A melhor visão do castelo é da Marienbrucke (ponte próxima que é ponto turístico pela a linda paisagem que nos proporciona)

 

Marienbrucke, vista do Castelo

DSC05596.jpg

 

Castelo de Neuschwanstein, visto da Marienbruck

DSC05618.jpg

 

Maquete do castelo

DSC05606.jpg

 

Acabamos o passeio, programei o GPS para Lindau, onde iríamos pernoitar. Chegamos facilmente, 1h30min de viagem e paisagens belíssimas dos Alpes durante o percurso.

 

Chegamos no Hotel Schongarten e fomos muito bem recepcionados pelo staff, que nos deu boas vindas e nos entregou um mapinha da cidade.

Resolvemos conhecer Lindau (Ilha) ainda no final da tarde. Péssima idéia !!!

Não tivemos forças, e logo que chegamos na Ilha resolvemos voltar. Ja havia escurecido e muito frio. O pior que nos perdemos no retorno, e o que era para ser um passeio de fim de tarde virou um pesadelo. Quase uma hora para encontrar o hotel, e com mapa na mão.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...