Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Pat Motinha

Fogareiros... Qual comprar?

Posts Recomendados


Eu achei da hora o primeiro modelo, bem completinho mesmo. Eu investiria sem dó nem piedade!!!

O segundo item não estou abriu aqui, mas pelo que vc falou é a gasolina. Não sei como ele funciona (uma vez que gasolina produz resíduo que poderia contaminar o alimento/água), mas pessoalmente recomendo os que usam álcool/etanol. O etanol é mais barato, tem um risco baixíssimo de contaminação, e é ecologicamente correto. 

O terceiro é fogareiro mesmo ne. Eu recomendo que vc se atente ao detalhe que certos fogareiros a gás só aceitam tipo X de botijão de gás, podendo ficar entupidos ou mesmo quebrarem se vc não usar o tipo certo. Esse é um problema de alguns fogareiros a gás, que vc deve se atentar (principalmente se tratando de importado).

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@StanlleySantos muito obrigado, vou pensar mais nos a gás, o primeiro acho que vou comprar pelo conjunto.

Fiquei propenso ao multfuel pelo fato de futuramente fazer campings de moto e num momento de necessidade o combustível do fogareiro ou moto serem utilizados

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 13/12/2018 em 14:49, StanlleySantos disse:

Complementando os dois amigos, cara, espiriteira é uma mão na roda, digna de um artigo inteiro no mochileiros só falando dela. Economia na compra, no combustível, no espaço ocupado na bagagem, só vantagens! 

Tenho essa aqui que comprei num empório próximo do porto da minha cidade (a meu ver nesses armarinhos que vendem panelas + equipamento náutico fica mais fácil  achar), e sou bem feliz com ela. Uns 100, 200ml de etanol duram um bom tempo, suficiente para ferver água e fritar ovo, frios, preparar miojo, etc.

fogareiro-portatil-espiriteira-a-alcool-camping-camper-D_NQ_NP_364421-MLB20779171036_062016-F.jpg.09183dfb623d64b2e026dfa35ed4d426.jpg

 

esse modelinho custou 20 mangos na ocasião, e não ocupa muito espaço na mochila. Mas tem que ser o modelo específico pra uso de camping, aquelas espiriteiras de buffet, das que eu achei, são carinhas, e não achei "completas" para o uso. 

Salve!

Tenho uma espiriteira igual a esta, que usava bastante em camping estruturado. Ótima para cozinhar em panelas grandes - para 4 pessoas, por exemplo. Mas como ponto negativo dele, a corrosão, já que é fabricado em chapa metálica e apenas pintado. Em uso próximo ao mar (maresia) não dura muito. Também acho este modelo um pouco grande para trekkings mais minimalistas.

Em compensação essas duas que vou indicar abaixo considero mais práticas para utilização em trekking. Tenho a da Azteq (aço inox) e recomendo fortemente. A outra, da Nature Hike (ambas são chinesas) também é excelente, e tem como vantagem (na minha opinião) o fato de poder levar algum combustível dentro dela (tampa rosqueável.

Ambas possuem como vantagem o seu pequeno volume, permitindo serem guardadas, por exemplo, dentro da própria panela utilizada para acampamento, mesmo panelas de pequenas dimensões. Seu gasto de álcool - proporcionalmente, também é menor.

Seguem algumas imagens.

Saudações montanheiras!

 

Espiriteira Azteq 01.jpg

Espiriteira Nature Hike 01.jpg

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 17/12/2018 em 15:49, bruno.fabrício disse:

Então.. minhas considerações.

No que toca ao primeiro item, kit de panela, frigideira e espiriteira com aparador de vento: excelente para uso individual. Tenho um bem parecido e posso dizer que para uso minimalista é ótimo, mas muito pequeno já para cozinhar uma refeição decente em duas pessoas.

Lembrando ainda que espiriteira demora um pouco para aquecer o sistema e fazer pressão, não permitindo também a regulagem da potência da chama..

Quanto ao segundo item (igual ao terceiro link), fogareiro a gás e gasolina: atente que na descrição do produto o combustível líquido indicado é a gasolina branca (benzina), provavelmente não funcionará bem com a nossa gasolina chechelenta mistureba de álcool e água (vai corroer o sistema). Provavelmente será fonte de dores de cabeça a médio prazo, pois este tipo de fogareiro para funcionar bem depende muito da qualidade do combustível. 

Além disso, sua manutenção costuma incomodar (pequenas peças, especialmente da bomba de pressurização do líquido combustível que quebram), te deixa na mão de uma hora para outra, além de ser de manuseio um pouco mais complicado com gasolina, além de achá-lo pesado e volumoso como opção para uso em trekking nas nossas condições de clima com este combustível. A opção de ter uso duplo - gás (cartucho padrão Tekgás, de rosca) e gasolina, ainda o torna desengonçado para uso com cartucho de gás, apesar de oferecer uma base mais estável para cozinhar.

 Saudações montanheiras!

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 18/12/2018 em 10:00, StanlleySantos disse:

Eu achei da hora o primeiro modelo, bem completinho mesmo. Eu investiria sem dó nem piedade!!!

O segundo item não estou abriu aqui, mas pelo que vc falou é a gasolina. Não sei como ele funciona (uma vez que gasolina produz resíduo que poderia contaminar o alimento/água), mas pessoalmente recomendo os que usam álcool/etanol. O etanol é mais barato, tem um risco baixíssimo de contaminação, e é ecologicamente correto. 

O terceiro é fogareiro mesmo ne. Eu recomendo que vc se atente ao detalhe que certos fogareiros a gás só aceitam tipo X de botijão de gás, podendo ficar entupidos ou mesmo quebrarem se vc não usar o tipo certo. Esse é um problema de alguns fogareiros a gás, que vc deve se atentar (principalmente se tratando de importado).

A gasolina não chega a contaminar o alimento somente com sua queima não, especialmente se for a retificada (branca = benzina). O único risco é o vivente ficar cheirando e ficar doidão, ou derrubar gasolina na comida.. Daí lascou.

Risco maior é, no bombear para dar pressão no sistema, tornar o troço um lança-chamas, como já vi muitos fazerem, e tocar fogo em tudo à sua volta na hora de acender. Cuidado redobrado.

Mas como já mencionei, acho muito trambolho, especialmente pelo cuidado de manutenção que necessita. Para uso intensivo, em alta montanha ou regiões com pouco acesso a comércio, são muito bons, pois te permitem autonomia longa no suprimento de combustível (as suas costas são o limite). Para uso esporádico, como me parece ser o caso do Bruno, outro risco, grande, é na hora de viajar descobrir que o fogareiro emperrou (seus mecanismos de bombeamento precisam de lubrificação frequente) e não funciona.

Sds,

  • kkkkkkk 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, gvogetta disse:

Salve!

Tenho uma espiriteira igual a esta, que usava bastante em camping estruturado. Ótima para cozinhar em panelas grandes - para 4 pessoas, por exemplo. Mas como ponto negativo dele, a corrosão, já que é fabricado em chapa metálica e apenas pintado. Em uso próximo ao mar (maresia) não dura muito. Também acho este modelo um pouco grande para trekkings mais minimalistas.

Em compensação essas duas que vou indicar abaixo considero mais práticas para utilização em trekking. Tenho a da Azteq (aço inox) e recomendo fortemente. A outra, da Nature Hike (ambas são chinesas) também é excelente, e tem como vantagem (na minha opinião) o fato de poder levar algum combustível dentro dela (tampa rosqueável.

Ambas possuem como vantagem o seu pequeno volume, permitindo serem guardadas, por exemplo, dentro da própria panela utilizada para acampamento, mesmo panelas de pequenas dimensões. Seu gasto de álcool - proporcionalmente, também é menor.

Seguem algumas imagens.

Saudações montanheiras!

 

Espiriteira Azteq 01.jpg

Espiriteira Nature Hike 01.jpg

Sim, notei que o material dela favorece a corrosão, mas por incrível que pareça a minha está intacta (tirando a tinta que naturalmente desbotou na parte que queima), e olha que moro numa área com umidade alta o ano inteiro. Mas concordo com a possibilidade de vivência em maresia estragar a espiriteira. Aí vai do uso de cada um.

Acho muito válidos os modelos da azteq e naturehike, dou meu voto positivo também, principalmente pelo tamanho diminuto (comparado com o meu modelo). São marcas de excelência.

 

9 horas atrás, gvogetta disse:

Quanto ao segundo item (igual ao terceiro link), fogareiro a gás e gasolina: atente que na descrição do produto o combustível líquido indicado é a gasolina branca (benzina), provavelmente não funcionará bem com a nossa gasolina chechelenta mistureba de álcool e água (vai corroer o sistema). Provavelmente será fonte de dores de cabeça a médio prazo, pois este tipo de fogareiro para funcionar bem depende muito da qualidade do combustível. 

Eu evito fogareiro também por causa disso mesmo, a qualidade do combustível específico para o uso. São muitos contras (não que torne o bicho uma péssima opção).  

 

9 horas atrás, gvogetta disse:

A gasolina não chega a contaminar o alimento somente com sua queima não, especialmente se for a retificada (branca = benzina). O único risco é o vivente ficar cheirando e ficar doidão, ou derrubar gasolina na comida.. Daí lascou.

Eu ri oh ::lol4:: sobre o lance da contaminação, ainda fico com meu desconfiômetro ligado (uma vez que gasolina fica "impregnada" que uma beleza em várias superfícies, mas deve ser dos aditivos e só sabe Deus o que mais botam na nossa gasolina). 

 

Ótimas informações, como sempre, amigo! ::otemo::

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×