Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Treeking Plaza Francia - Aconcagua


Posts Recomendados

  • Colaboradores

Dia 21/11/11

 

O dia começou bem cedo. As 5h da manha já estava em pé, pois precisava tomar o onibus de Mendoza até Los Penitentes, local de encontro com o guia que me levaria até ao Parque Provincial do Aconcagua.

Este trekking foi planejado e desejado como uma forma de descansar a cabeça da vida cotidiana, estando da maneira mais rustica possivel ligada à natureza.

Adianto que foi sem duvida o ponto mais alto que meus pés me levaram na vida...

Voltando ao relato da viagem entre Mendoza e a Cordilheira dos Andes: uma viagem tranquila e linda, tendo a pré cordilheira e a propria cordilheira como companhia constante durante o percurso até Los Penitentes.

Chegando ao local, o guia já me esperava no ponto de encontro marcado. Conheci meus outros companheiros de aventura. Um espanhol , um argentino, um russo e um frances. O mundo quer conquistar o Aconcagua, a sentinela de pedra das Americas. Não sei porque...

 

20120525231828.png

 

Neste primeiro dia, nosso objetivo era o acampanhamento de Confluencia, que fica a 3.400m de altitude. Da entrada do Parque Provincial do Aconcagua já estamos a 2.600m.

Já encontramos logo nos primeiros minutos de caminhada a Laguna de Horcones (2950m de altitude), um lugar lindo, com uma vista de contrastes: uma agua verde turqueza, cercada de serros com vegetaçao tipica de deserto, algumas flores e ao fundo serros cobertos de neve. E um ceu azul tao azul que doi no olho. É incrivel como os contrastes combinam tao bem. Ficaria ali sentada o dia inteiro, mais tinhamos aproximadamente 3h de caminhada até Confluencia, logo pé na estrada...

 

20120525232318.png

 

 

O grau de dificuldade foi baixo neste primeiro dia. Precisamos de uma boa bota para trekking, um protetor solar, um bone e oculos escuros. Nesta epoca do ano nao fazia um frio muito grande, logo um casaquinho leve foi mais suficiente para esta caminhada. É importante reidratar de tempos em tempos e nao esquecer tambem um protetor labial.

Já percebi que a melhor companhia para mim neste trekking seria eu mesma. Vou dizer porque: durante a caminhada, se o trecho está tranquilo, dá para conversar e até fazer piada com os companheiros de caminhada. Porem, ao encontrar uma subida ingrime, a melhor companhia para conversa são seus proprios pensamentos. Isto nao gasta oxigenio...

Ao final das 3h de trekking, fizemos uma parada tecnica para reidração e lanche (com comidas que nos forneçam energia de forma rapida, como doce, chocolate e barra de cereal). E finalmente avistamos Confluencia, que seria minha casa nas proximas duas noites.

Cheguei bem, sem sentir nenhum mal estar por conta da altitude (o que depois foi confirmado pelo medico que fica no acampamento). Dai foi descansar, me instalar na minha barraca e fazer um reconhecimento de area nas proximidades. A vista já era encantadora!

 

22/11/11

 

Como faz frio numa barraca em pleno Aconcagua. O saco de dormir que aluguei foi perfeito, o problema é que por mais que nos abriguemos com roupas, fica uma parte exposta: o rosto. Amanheci com o nariz entupido por conta do frio da madrugada (-4 graus), mas nada que atrapalhasse meus planos para o segundo dia de trekking.

Outro detalhe que percebi é que o orvalho da madrugada virou gelo em torno da barraca, logo quando abri o ziper para sair da barraca caia pequenos pedaços de gelo.

O dia estava perfeito, quando vi o sol logo cedo sabia que o dia seria otimo para a caminhada.

Percebi mais um contraste gritante na alta montanha: quando o sol incide sobre um local, rapidamente seu corpo fica numa situação agradavel de temperatura. Porem basta que voce saia do sol para sentir um frio intenso pelo corpo. Para mim, brasileira nao acostumada ao frio foi rapidamente perceptivel.

 

 

Tomamos café da manha reforçado e partimos para Plazia Francia, um ponto perto dos 4.000m de altitude. Esta caminhada demorou umas 4h para ir, umas 2,5h para voltar. Porem com a mochila mais leve, pois voltaria a dormir em Confluencia e nao precisaria levar o saco de dormir, o trekking ficou mais agradavel.

O caminho ao nosso destino de hoje foi mais arguo, com subidas mais inclinadas e mais caminhos com pedras. Para mim o grau de dificuldade subiu, mesmo adorando caminhar, subir uma rampa de pedra é bem mais dificil. E com a altitude tudo fica mais pesado.

 

20120525232711.png

 

A paisagem ajudava muito. Ficava pensando como a natureza é perfeita, e como é possivel estar conectada a ela de forma tao simples. Em alguns momentos pensei: será quanto falta para chegar ao nosso destino? Porem, parei de fazer esta pergunta e decidi pensar que faltaria somente um passo. E quando dava este passo, pensava que faltava mais um. Assim criei meu mantra: somente mais um passo. E assim segui.

Vi gelo nas encontras das montanhas. Gelo que mesmo exposto ao sol nao derretia. Uma coisa linda de se ver.

Gelo do lado da terra seca. Mais um contraste. Será que a vida é feita de contrastes e precisei viajar até o Aconcagua para descobrir isto?

 

 

 

Depois de aproximadamente 4h de caminhada mais pesada, fui agraciada com uma visao perfeita: estar proximo da base do cerro principal do Aconcagua, que é o destino dos meus demais companheiros.

Foi o mais alto que meus pés me levaram até hoje e onde pude estar mergulhada nos meus pensamentos. Na correria cotiadiana esquecemos de ouvir mais os sons a nossa volta e num lugar deste até o vento tem um som diferente. Fiquei sentada numa pedra, onde muita gente antes de mim deve ter feito o mesmo.

Pensar na vida, na razao da nossa existencia, em coisas triviais... Pensar nas pessoas importantes, na familia. Enfim, um lugar para fazer uma faxina da alma e agradecer pela oportunidade e saude para estar ali.

Posso dizer que foi um combustivel para a alma.

Depois de uma 1h, voltamos a Confluencia. Para o grupo que iria ao cume, uma aclimatação importante para a altitude que eles iriam enfrentar.

Para mim, a oportunidade de estar mais perto do ceu.

 

 

23/11/11

 

Dia de desejar sorte aos garotos. Eles seguiriam para Plazia de Mulas. Eu voltaria dali.

Cada um com seu sonho, desejo e preocupação com os dias que seguiriam. Sorte e força pessoal!

Depois do cafe da manha nos despedimos e eles seguiram. Teriam uma caminhada bem longa (estimada em 9h).

Eu teria umas 2h de descida até a entrada do parque. Muita descida neste percurso, os joelhos sofrem um pouco.

Novamente tudo tranquilo, dia lindo sem muito vento. Caminhada perfeita.

Mais um presente durante a volta: vi um unico animal (que nao fosse as Mulas). Um coelho pulando sobre a vegetação rasteira da montanha.

Falando em Mulas, elas sao um show a parte. Sao as encarregadas de subir com cargas pesadas para os acampamentos. Sao muito espertas, sabem o caminho e levam o peso numa boa. Peças fundamentais nesta aventura e no abastecimento dos acompamentos.

Pessoal, para quem gosta de caminhar e da natureza é uma experiencia unica. Para mim foi. Pretendo voltar, para quem sabe (e a Montanha permitir) tentar o cume.

A vida é curta e precisa ser vivida. Vi uma frase no acampamento que sintetiza o que vivi nestes 3 dias: “No es la montana a la que conquistamos, sino a nosotros mismos”.

Até a proxima Aconcagua!!!

 

 

20120525230656.png

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 meses depois...

  • Colaboradores

Oi Roberta,

 

Que legal que tenha gostado! Pois é, usei uma empresa de Mendoza chamada Inka Expediciones e recomendo a mesma. Tanto que já estou me esquematizando para em Fev/2013 voltar e tentar o cume... :)

 

Quanto a locação, acho interessante visto que no Brasil não temos onde usar saco de dormir para baixas temperaturas. Só aluguel o saco mesmo - loja Chamomix (e aluguei em Mendoza pra nao carregar peso), visto que barraca e cochonete a Inka fornece.

 

Bastoes para auxiliar na caminhada não alugeul, e em alguns pontos senti falta.

 

Vai curtir a viagem, fiz a mesma sozinha e não me arrependi!

 

Links:

 

www.chamonix-outdoor.com.ar

www.inka.com.ar

 

Caso tenha mais alguma duvida, certamente lhe ajudo.

 

Regina

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 ano depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...