Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

NOVA YORK - 16 DIAS - MAIO-JUNHO/2012 - EM CONSTRUÇÃO


Posts Recomendados

  • Membros

OLÁ PESSOAL!!!

Após planejar por 5 meses, finalmente o dia da minha viagem está chegando. Embarco no próximo dia 29/05 - GALEÃO x JFK voo continental operado pela TAM.

A passagem comprei numa ótima oferta anunciada pelo http://www.melhoresdestinos.com.br/ em dezembro passado. R$ 2.914,22 ida e volta para 2 pessoas (R$ 1.200,00 p/pessoa s/ taxas). Retorno no dia 15/06.

Após muito pesquisar, inclusive com uma pessoa daqui do mochileiros, fiz reserva numa casa pelo http://www.airbnb.com. Para os meus padrões o melhor preço que poderia encontrar. Se atenderá às minhas expectativas, ainda não sei, mas em poucos dias poderei informar aqui.

O cadastro no site, o sistema de reserva e a resposta que obtive, até agora, foi tudo muito organizado e satisfatório.

Ficarei no Brooklyn. Muitas pessoas têm me achado louca por não estar em Manhattan. Consideram minha hospedagem muito distante etc.

Bem, para mim o deslocamento não é problema e o melhor preço era o diferencial, sobretudo, considerando que em NY a hospedagem É MUITO CARA!!! E considerando que as fotografias do local me agradaram.

A questão do "distante" também é relativa, sobretudo, porque no Brooklyn há muito para se ver. E como terei tempo acho ótimo poder sair do lugar comum, digamos assim.

Como estou mega-ansiosa para a viagem resolvi começar o meu relato antes mesmo de partir, afinal o planejamento também faz parte da viagem né??.....rssss....

Por ora, portanto, deixarei registrado o meu planejamento até aqui, mas pretendo relatar minha viagem, na medida do possível, dia a dia, quase em tempo real que é para não esquecer de nenhum detalhe......rssss......

Meu planejamento é o seguinte:

 

Eu não sei se alguém segue à risca um roteiro traçado para NY. Eu não consegui, talvez pelo fato de nunca ter estado em NY, sei lá... Sem contar que andei MUUUUIIIIIITO!!! E em razão da falta de preparo físico fiquei MUIIIITO cansada, o que também acabou por prejudicar meu planejamento, mas mesmo assim AMEI a viagem!!

Vou manter o planejamento que deixei há alguns meses e escreverei logo a seguir do planejamento o que, efetivamente, consegui fazer ok??

 

1º DIA - 30/05/2012 - 4ª feira

ERA PARA SER ASSIM: CHEGADA pela manhã cedinho

PEGAR O AIRTRAIN até a estação HOWARD BEACH (linha azul), COMPRAR o METROCARD para 14 dias e de lá seguir até a estação HIGHT STREET.

Fazer hora lá pelas bandas da DUMBO, BROOKLYN HEIGHTS até o horário do check in. Seguir até a estação KINGSTON - LINHA A ou C e caminhar algumas quadras até minha casinha em NY....rsss...

Me instalar e de lá sair para bater perna.

METRO DA KINGSTON - LINHA A ou C até a estação FULTON STREET - trocar p/ linha verde sentido UPTOWN até GRAND CENTRAL

Conhecer a GRAND CENTRAL, a PUBLIC LIBRARY (5ª between 40 and 42TH STREET), Descer a 5ª até a 34th virando para Oeste para encontrar o EMPIRE STATE BUILDING. Dali seguir até a 6ª com a Broadway e dar uma passadinha na MACYS. Descer a 6ª até a 32th e ir apreciando as lojas pelo caminho, pois segundo informações do blog http://www.maosdevaca.com/ há várias lojas interessantes neste trecho, como a JC PENNEY e STRAWBERRY

Daí seguirei pela 32 oeste até a JACK'S, loja que segundo li em vários lugares é imperdível.

Continuarei seguindo até contornar o MADISON SQUARE GARDEN e subirei a rua 33 até a 9ª para dar uma espiada na B&H PHOTO

Voltarei pela rua 34 seguindo para leste para dar uma espiada na CONWAY, VICTORIA SECRET

Voltarei pela rua 34 sentido oeste até PENN STATION para pegar a linha azul (downton) para casa

Não sei se conseguirei seguir a risca, mas é o que está programado, tendo em vista que será um dia para me situar, me localizar na cidade, por isso, inclusive, resolvi começar por uma região de interesse da minha filha.

No fim do dia, passar num supermercado e comprar algumas comidinhas.

 

MAS FOI ASSIM:

A CHEGADA: Foi prejudicada pelo atraso na saída do voo do Rio. Ao invés de sairmos às 23:05, saímos quase 3 da manhã. O avião apresentou um problema no gerador e tivemos que aguardar o reparo. Depois de horas esperando dentro do avião, o duro foi ter que decolar e passar 10 horas lá dentro me perguntando se o reparo tinha sido feito direitinho. Passei muito medo....afff.....Foi uma viagem horrível, mas por conta do meu psicológico.

Chegamos por volta da uma da tarde no JFK. Ficamos uma hora na fila da imigração e finalmente ganhamos o mundo, ops, Nova York.

Uma observação quanto à imigração: foi tranquílissima!! O oficial da imigração não me fez nenhuma pergunta. Coletou as digitais, fez a foto, desejou boa viagem e só.

Localizar a mala na esteira foi tranquilo também, sobretudo, porque a esteira ficava em frente aos guichês da imigração e a nossa mala era a única lá.

Facilmente localizamos o local para pegar o AIRTRAIN (é gratuito) que nos levou até a estação do metrô.

Tive um pouco de dificuldades de comprar meu primeiro METROCARD com o cartão de crédito (coisa de principiante...rsss....), mas o fato é que não consegui comprá-lo para mim e para a minha filha com o mesmo cartão de crédito, e tampouco, com o golden travel (cartão de débito que fiz no banco itáu e que foi muito útil). O jeito foi comprar um com um cartão e o outro em dinheiro.

No dia seguinte quando estava mais familiarizada com a máquina comprei o METROCARD ilimitado para a semana (U$ 29,00), pois vale muito à pena, mas sempre usando um cartão de crédito para cada metrocard, sabe-se lá porquê. O METROCARD serve para o metrô, para o ônibus e para o bondinho que vai para a roosevelt island.

Bem, eu tinha estudado direitinho o mapa do metrô, portanto, sabia bem onde descer só não sabia que na minha estação só parava o trem C durante o dia.

Pois bem, por um descuido peguei o trem A e ia feliz e faceira sentido Manhattan, acompanhando as estações e o mapa do metrô que eu levara comigo daqui e qual não foi minha surpresa ao ver passar minha estação (KINGSTON) sem que o trem parasse, mas não me apavorei. Pessoa prática e aventureira que sou, desci logo na estação seguinte (NOSTRAND) e, diga-se, a distância entre elas nem era grande, o que me fez concluir que não teria maiores problemas para voltar para onde precisava.

Desembarquei e de cara percebi o grande erro que cometi ao levar uma mala pesando 19 Kg (e olha que falaram para eu levar a mala vazia...rsss...), simplesmente, não havia um elevador, escada rolante ou algo do gênero para que eu não precisasse morrer carregando minha mala escadas acima.....Affff..... E lá fui eu. Ao sair da estação me deparei com uma avenida típica do Brooklyn e com a seguinte pergunta em mente: e agora, para que lado eu vou?? Sorte que de cara encontramos uma policial e com a ajuda da minha filha que domina o inglês pedimos informação de como chegar na rua em que ficaríamos hospedadas.

A policial, muito gentil, disse para pegarmos um ônibus, anotou o número e tudo no meu mapinha – nosso primeiro contato com uma pessoa muito educada e disposta a ajudar.

Arrastei minha mala poucos metros até o ponto de ônibus. Não aguardamos muito e logo pude experimentar a maravilha dos ônibus de NY. Você entra neles tranquilamente com mala, andador, cadeira de rodas, sem qualquer problema.

Os ônibus além de serem baixos, não possuem escada para acessá-lo e além disso, abaixam a tração dianteira para ficar, praticamente, no nível da calçada. Achei fantástico!!

Ah, os ônibus além do metrocard, aceitam o pagamento da passagem em moedas. Somente moedas.

O motorista nos deixou no início da Putnam Avenue. E eu pensei "beleza, só temos que andar até o 528. Vai ser mole..." A verdade é que andamos MUIIIITO!!!!! E arrastando a mala de 19 Kg... Sorte que as calçadas eram boas e com pouca irregularidade. Mas mesmo assim, e mesmo revezando com a minha filha o arrastar da mala, foi cruel. O braço ficou um caco, sem contar as pernas que já estavam um caco pelo tanto de horas sentadas no avião.

Lá pelas 4 e tanto da tarde chegamos em nossa hospedagem. E mais uma vez tive que arrastar a bendita mala escada acima, pois a nossa suíte ficava no andar superior de um daqueles sobrados típicos do Brooklyn.

Eu, que aquela altura, não aguentava mais andar e, muito menos carregar a mala, tive que subir, sei lá quantos degraus com ela.

Instalamos-nos, tomamos um banho para recuperarmos as forças e mesmo exaustas saímos rumo à Manhattan.

Pelo horário, já quase seis da tarde, selecionei uma estação qualquer do metrô, para bater perna sem rumo mesmo, nem lembro qual o critério que utilizei para escolher, pois a programação do 1º dia já estava furada mesmo, mas fato é que descemos na Chambers. E ao sair da estação, mais uma vez a pergunta que fiz quase todos os dias: E agora para que lado??

Olhamos para um lado, olhamos para o outro e eis que do meu lado direto visualizei, a uns 100, 200 metros, o new world trade Center e para aquele lado que fomos. Aliás o new World trade Center é um excelente ponto de referência já que podemos vê-lo de vários pontos da cidade.

Tiramos algumas fotografias que nem ficaram tão boas, pois a luz já não estava legal aquela hora e aproveitamos que a Century 21 fica logo em frente e fomos fazer uma verificação do local....rssss...... ADOREI A LOJA!!! Ficamos lá até fechar (9 da noite) só namorando a loja.

Saímos de lá e fomos procurar um local para fazermos nossa primeira refeição e o que comemos?? Uma deliciosa salada orgânica, acompanhada de suco orgânico. Sim, existe comida natural em NY, só que é bem cara.

Comemos, pegamos o metrô de volta e chegamos em nossa casinha sem maiores problemas.

E assim foi nosso primeiro dia em NY totalmente diferente do planejado por conta do atraso no voo.

DICA DO DIA: Century 21 - a loja tem preços incríveis

 

20120922173325.JPG

Putnam Avenue. Logo ali em frente onde estão as árvores, do lado direito, fica o prédio onde nos hospedamos.

20120922174625.JPG

New world trade center

20120922175336.JPG

Nosso primeiro jantar em Nova York - pena que não lembro o nome do restaurante, mas fica na avenida logo assim que sai da estação Chambers.

 

2º DIA - 31/05/2012 - 5ª feira

ERA PARA SER ASSIM: CAFÉ DA MANHÃ na TIFFANY (727, 5ª AV 57 street), tal qual como no filme Bonequinha de Luxo. Minha filha não abre mão disso....rssss....

Bondinho para ROOSEVELT ISLAND, não para conhecer a ilha, mas para ver Manhattan de outro ângulo.

METROPOLITAN MUSEUM

CENTRAL PARK

TIMES SQUARE

 

MAS FOI ASSIM:

Acordamos tarde. Saímos quase meio-dia rumo à 5ª avenida para que minha filha pudesse tomar seu famoso café em frente à Tifany.

Como o nosso caminho era o da linha azul optamos por descer na estação da 50 St. Hoje percebo que a escolha não era a mais adequada para o planejado.

Ao sair na rua, de novo a pergunta que nos perseguiu durante toda a viagem: para qual lado?? Atravessamos a oitava avenida indo no sentido errado, mas para nossa sorte andamos pouca coisa até perceber o erro.

Bem, tomamos o rumo certo seguindo pela 50 St sentido east side para chegar à 5ª avenida, no entanto, na altura da 7ª avenida, minha filha olhou para a direita e fez a seguinte pergunta: “mãe o que estamos fazendo na Times square??” Daí eu disse: “eu não sei, mas é aqui que vamos ficar”....rssss.....

E assim mudamos, pela primeira vez, nosso planejamento e passamos o dia todo na Times Square, entrando e saindo de loja e observando as figuras típicas do local como, por exemplo, o cowboy de cueca.

20120922190437.JPG

A maravilhosa forever 21 e o cowboy de cueca (igualmente maravilhoso....rssss....)

 

Eu, que não tinha o menor interesse pela Times square, adorei!! Ah, tampouco, tinha interesse nas compras, mas me deliciei entrando e saindo das lojas. Só agora, enquanto escrevo, é que me dei conta do tanto de lojas que entramos naquele dia. Sério, nem tinha percebido. Tá aí porque ficamos tão exaustas.

20120922194324.JPG

 

Entramos na Sephora, na MAC, na Swatch, na Disney store e na Toys ‘R’ us, estas duas amei e são o paraíso para as crianças e olha que a minha filha não é mais criança....rsss...

Fomos também numa loja meio antiga de discos e o curioso é que estava tocando música brasileira quando entramos. Ah, teve também uma loja de souvenirs, a Aeropostale, a Duane Reade (rede de farmácias que as pessoas dizem que tem preço bom e que eu achei muito cara) e, por fim, entramos na loja que foi nossa perdição – Forever 21. Pessoal, que loja ENOOORME!! O piso que fica no nível da rua é até pequeno, mas conforme você vai descendo para o subsolo descobre que ela tem 3 pisos para baixo. Ficamos acabadas lá e tão traumatizadas que não entramos em mais nenhuma Forever 21 pelo resto da viagem....rssss......

Mas a loja é boa e tem bons preços. As adolescentes adoram. A única coisa ruim, além desta loja da Times square ser MUITO grande é a música muito alta que toca no primeiro piso. Ficar na fila aguardando para pagar, depois de horas dentro da loja e com aquela música altíssima é um horror!!!! Mas mesmo assim recomendo. Vale à pena!!

Saímos da loja e já passava das nove da noite e além de apreciar os letreiros iluminados à noite, pudemos constatar o quanto fica apinhado de gente de toda parte do mundo. É fascinante!!!! Adorei!!

 

20120922194911.JPG

Disney store

 

20120922200152.JPG

Toys R us

 

20120922200850.JPG

Forever 21

 

20120922201523.JPG

 

Jantamos no mesmo local do almoço SBARRO (701, 7ª avenida). É um restaurante italiano com Buffet a quilo. Comida muito boa e com preço bom. E o melhor de tudo não precisamos nos render ao fast food... (por enquanto...rsss...)

Ah, já ia me esquecendo de comentar... à tarde, fizemos uma boquinha no maravilhoso restaurante Bubba Gump (http://www.bubbagump.com/locations/new-york-city/). Que lugar!!! Que atendimento maravilhoso!!!! Que comida maravilhosa!!!! Gostamos tanto que fomos lá 3 vezes. Para quem gosta de camarão é parada obrigatória.

20120922192231.JPG

Bubba gump

 

No retorno para casa, lá pelas 11 da noite, cometemos o segundo erro no metrô (o primeiro foi ter saído da estação Nostrand no dia anterior, mas depois explico isso). Nosso erro neste dia foi ter entrado no mesmo buraco do metrô do qual tínhamos saído.

Em se tratando de metrô em NY você deve sempre observar o sentido para o qual está indo. Nós, por exemplo, quando íamos para casa tinhamos que tomar o sentido downtown. Bem, só que não observei isso e só percebi que tinha entrado no buraco errado depois que passamos pela catraca.... Affff... Cansadas e ainda tínhamos que procurar o “buraco” certo do metrô....rsss.....

Mas não foi difícil encontrá-lo. Bastou atravessarmos a oitava avenida e logo encontramos a entrada.

Mas eis que surge um outro problema que acontece com muitas pessoas em NY. Como tínhamos passado nosso metrocard na outra estação e não tinha transcorrido o tempo para que ele pudesse ser utilizado novamente, ficamos ali na catraca tentando passá-lo em vão.

Como não estava disposta a esperar para que pudesse usar o cartão novamente, me dirigi ao guichê para comprar a passagem, no entanto, o atendente perguntou o que tinha acontecido e a minha filha, brilhantemente, explicou. E qual não foi minha surpresa quando o atendente disse que podíamos passar sem pagar. Acreditam nisso?? Eu já tinha lido no blog de Nova York para mãos de vaca que isso às vezes acontece, mas fiquei surpresa do moço acreditar em nós e nos deixar passar.

Ah, mas claro que isso foi graças à minha filha que explicou bem, pois se dependesse do meu inglês ia estar até hoje lá....rsss......

DICA DO DIA: A Times Square além de todos aqueles letreiros luminosos e dos teatros, também é o paraíso das compras. Dá para passar o dia lá, tranquilamente, sem nem ver a hora passar. E gostamos tanto que voltamos lá mais 2 vezes.

Restaurantes: BUBBA GUMP e SBARROS

Lojas imperdíveis: Toys 'R' us e Forever 21

 

 

3º DIA - 01/06/2012 - 6ª feira

ERA PARA SER ASSIM: Compras no JERSEY GARDEN

 

MAS FOI ASSIM:

Neste dia não pudemos sair cedo, pois eu tinha que terminar um trabalho para enviar para o Brasil, mas mesmo tendo saído tarde andamos MUIIIIIITO!!!!!

Saímos do Brooklyn em direção à GRAND CENTRAL TERMINAL, estação de metrô linda, enorme e famosa!!! Todo mundo já a viu pelo menos uma vez num filme ou até mesmo no desenho Madagáscar 1.

20120922224954.JPG

 

20120922232951.JPG

 

20120922233904.JPG

 

Claro que quando saímos da Grand Central, na rua, fizemos aquela pergunta de sempre, a esta altura você já sabe qual é....rsss..... Neste dia a minha filha até brincou que além do mapa do metrô e do guia da cidade devíamos carregar uma bússola....rsss......Ah, já que estamos no século XXI um GPS ajudaria....rssss......Tá aí uma boa dica: o GPS. Não que a cidade seja difícil de andar, pois não é, mas é só para poder se situar quando sair de uma estação de metrô pela primeira vez.

Antes de seguirmos pela 42 St sentido West até a 5ª avenida aproveitamos para fotografar o Chrysler Building que fica bem ali pertinho, na 405 Lexington Avenue.

No cruzamento da 42 St com a 5ª avenida encontramos o maravilhoso prédio da Library Public. Linda construção!!! Pena que não deu para entrar nela, pois chegamos lá no horário que estava fechando e num outro dia que passamos por lá também não deu para entrar. Vê-la por dentro ficou para a próxima.

20120922234605.JPG

Library Public

 

Atrás da Biblioteca tem um restaurante que estava lotado e o Bryant Park. Nesta época do ano (primavera/verão), as pessoas aproveitam para sentar no gramado e curtir o fim da tarde/início da noite, sobretudo, porque só estava escurecendo por volta das nove da noite.

As fotos que fiz eram por volta das sete da noite e podem perceber que ainda estava bem claro.

No inverno este parque se transforma numa pista de patinação no gelo.

 

EDITANDO...

Dali seguimos pela 5ª Avenida até o Empite State Building (oito quadras – da 42 a 33 St). Neste dia não subimos no prédio, mas aproveitamos para tomar nosso primeiro café no Starbucks que acabei apelidando de “bosta bucks”. Pessoal, que café horroroso!!! Aliás, uma das coisas que detestei nos Estados Unidos foi o café. Não sei como eles podem gostar tanto de um café tão ruim!! O espresso e o capuccino são horríveis!!! O único que ainda dá para tomar é o machiatto. Ah, o bolo de limão de lá também é bom..

Bem, mas no fim das contas o melhor do “bostabucks” é a internet grátis mesmo.....rssss....

Seguimos pela 34 St. sentido Penn Station.

Neste trecho tem várias lojas, várias... rsss.....mas juro que só entrei em uma, na GAP. Aliás, esta GAP fica no que eu chamo de “triângulo da perdição”. De um lado tem a GAP, do outro a Victoria’s secret e do outro (na ponta do triângulo), a MACY’S. Se o sujeito for consumista se endivida...rsss.....

Passamos pelo Madison Square Garden, demos a volta nele todo e tomamos o Metrô de volta para o Brooklyn na Penn Station já quase dez da noite.

Ufa, pode não parecer, mas a caminhada foi grande!!!! Minhas dores musculares estavam prestes a começar.

Este percurso, inclusive, é indicado no blog Nova York para mãos de vaca e foi nele que me inspirei para a caminhada.....affffffff..... Foi muito bom, mas nem gosto de lembrar do tanto que caminhei.

DICA DO DIA: Grand Central Terminal, Library Public, Bryant Park, Empire State Building

 

 

 

 

4º DIA - 02/06/2012 - Sábado

JARDIM BOTÂNICO DO BROOKLYN - chegada prevista para às 10:00, pois neste dia, entre dez e meio-dia NÃO PAGA.

Após, caminhar pelo PROSPECT PARK, pois segundo li é bem bonito.

Dali seguir para o PIER 17 e procurar algum lugar para almoçar por lá e quem sabe conseguir comprar ingresso para um musical no guichê na TKTS que tem por lá.

Pegar o FERRY para STATEN ISLAND que é de graça

5º DIA - 03/06/2012 - Domingo

MISSA GOSPEL NO BROOKLYN na THE BROOKLYN TABERNACLE onde, segundo apurei, tem um Côro que ganhou vários Grammys.

Se o dia estiver bom, após a missa pegarei o metrô (linha azul) até a 190 St para conhecer o THE CLOISTERS - museu medieval.

No fim do dia (lá pelas 17:30) pegarei o ônibus M4 e seguirei até onde for possível.

É que como gostaria de conhecer o Harlem, mas todos os tours para lá estavam muito caros, me indicaram pegar este ônibus, pois ele corta o Harlem.

6º DIA - 04/06/2012 - 2ª feira

Compras em WOODBURY

7º DIA - 05/06/2012 - 3ª feira

Utilizar o NY PASS para conhecer o INTREPID SEA, AIR AND SPACE MUSEUM, o CARNEGIE HALL, MADISON SQUARE GARDEN, o museu de cera de MADAME TUSSAUD e o TOP OF THE ROCK, não necessariamente nesta ordem.......rssss.......

8º DIA - 06/06/2012 - 4ª feira

ZOOLÓGICO DO BRONX - Este dia foi escolhido em razão de nas quartas-feiras a entrada ser sugerida

9º DIA - 07/06/2012 - 5ª feira

Ir a CARLOS BAKERY em HOBBOKEN

MUSEU DE HISTÓRIA NATURAL

CENTRAL PARK

10º DIA - 08/06/2012 - 6ª feira

Se o tempo estiver bom, ir para o CONEY ISLAND e passar umas horas no LUNA PARK.

11º DIA - 09/06/2012 - SÁBADO

Ainda não planejado

12º DIA - 10/06/2012 - DOMINGO

Ainda não planejado

13º DIA - 11/06/2012 - 2ª feira

Ainda não planejado

14º DIA - 12/06/2012 - 3ª feira

IDA A WASHINGTON DC

15º DIA - 13/06/2012 - 4ª feira

RETORNO DE WASHINGTON DC no fim do dia

16º DIA -14/06/2012 - 5ª feira

Último dia em NY. Aproveitar para fazer as últimas comprinhas, uma última olhada pela cidade e arrumar as malas.

17º DIA - 15/06/2012 - 6ª feira

TAXI DO BROOKLYN até o JFK. RETORNO AO BRASIL NO VOO DAS 10:25.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 5 semanas depois...

  • 2 meses depois...
  • 4 semanas depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...