Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

27 dias pelo México, Guatemala e Panamá


Posts Recomendados

  • Colaboradores

Se você está pensando em fazer essa trip, prepare-se: com certeza você vai adorar! Os três países são completamente diferentes um do outro, e tem lugares imperdíveis pra conhecer. Então, bora lá! Aí estão as principais dicas – se quiser infos mais detalhadas, dá uma olhada no blog: http://www.mochilaotrips.com. Qualquer dúvida, diz aí!

 

 

MÉXICO

 

O México é um país bem grande, como o Brasil, então é bem difícil você conhecer todo ele. É legal reservar no mínimo uma semana (de preferência mais!) pra poder conhecer um pouco melhor. A região da Riviera Maia (principalmente Cancun, mas também Playa del Carmen e Tulum) é uma das mais visitadas. Realmente lá é lindo, o mar do Caribe é um show, mas não representa de verdade o México. Vale super a pena conhecer, mas o ideal é vc não deixar de ir para outras cidades também, como a Cidade do México, que tem milhões de coisas para se fazer, ou Guanajuato, colonial e charmosa, além de muitas outras (dependendo do tempo que você tem).

 

É necessário visto para entrar no México, mas os brasileiros tem uma alternativa mais prática: acessar o site http://www.inm.gob.mx/index.php/page/Inicio_Autorizacion_Electronica/pt-br.html e preencher a Autorização Eletrônica de Viagem. Depois é só imprimir e apresentar junto com o passaporte quando vc for entrar no país. Se vc tiver o visto para os States não precisa dessa autorização.

 

RIVIERA MAIA – PLAYA DEL CARMEN E TULUM

A cidade mais conhecida da Rivera Maia é Cancun, mas também é super turística e sempre cheia de gente. Se você quer conhecer aquele mar verdinho do Caribe, mas quer ter um pouco mais de espaço pra você, sugiro conhecer Playa del Carmen, que é super charmosa e também tem uma estrutura turística bem bacana (e fica a 60 km de Cancun).

 

Por lá é legal passear pela 5ª Avenida (rua principal, com vários bares, restaurantes e lojas), ir nos parques aquáticos (Xel-Ha, Xcaret e Xplor), ir à praia (linda!), além de ir nas baladinhas – La Bodeguita del Medio e Mandala são ótimas, a primeira é pra quem curte salsa, a segunda é de música eletrônica. Uma boa opção de hospedagem é o Hostel Rio Playa, bacana e super bem localizado.

 

Tulum é ali perto também e é um pico mega zen e lindo. A principal atração é a zona arqueológica – Ruínas Maias – é legal conhecer, mas não estão tão preservadas assim e sempre muito cheias de gente. Vale a pena você dormir em Tulum, em vez de ir apenas nas ruínas, e aproveitar pra conhecer outras atrações super bacanas, como as praias e os cenotes, que são cavernas subterrâneas cheias de água doce – o Gran Cenote é um espetáculo a parte! Pra se hospedar, recomendo o Mama’s Home, super confortável e com atendimento bem especial. Passei 2 dias em Tulum, coisas pra fazer é o que não faltam por lá.

 

CIDADE DO MÉXICO

A Cidade do México é uma das maiores cidades do mundo – lembra bastante São Paulo, tem muitas coisas bacanas pra fazer e lugares de todo tipo pra conhecer. Você encontra lugares que nem imagina que existem por lá, como a Veneza mexicana, vulcões e até pirâmides. Vale a pena reservar pelo menos 3 ou 4 dias pra conhecer o México DF!

 

Lugares bem bacanas pra conhecer são o Bosque de Chapultepec (gigante, atravessa o centro da cidade, é onde ficam vários museus importantes), a Avenida Paseo de La Reforma, o Zócalo (centro histórico), os bairros Condessa e Roma, a região de Coyoacán e a Casa Azul (onde moraram Frida Kahlo e Diego Rivera).

 

Nos arredores você também encontra lugares imperdíveis, como as Pirâmides de Teotihuacán, o antigo convento no Deserto de Los Leones, os vulcões, e a deliciosa Xochimilco, a Veneza mexicana, onde você aluga um barco por algumas horas e sai fazendo a festa!

 

GUANAJUATO

Se você quer conhecer uma cidadezinha colonial bem bacana, com cara de Ouro Preto, não perca Guanajuato. Uma outra opção legal, ali perto, é San Miguel Allende, que tem características parecidas. Guanajuato é uma cidade cheia de morros com casinhas coloridas, parece até cartão postal. Como é uma cidade histórica, é cheia de ruelas (callejones), e daí vem o nome de uma das atrações de lá: as callejoneadas, que são serenatas caminhando pelas ruas, o pessoal vai atrás curtindo as músicas e ouvindo histórias locais.

 

Outras atrações bem legais por lá são as antigas Minas, o Mirante Pípila (que tem uma vista bem legal da cidade), a Universidade de Guanajuato, o Museu das Múmias e o Museu Casa Diego Rivera (que foi marido da Frida Kahlo). Em outubro acontece o Festival Internacional Cervantino, o maior do México, com apresentações culturais de vários países, a cidade ferve nessa época, muito show. Pra se hospedar, a Casa de Dante é uma ótima opção.

 

 

GUATEMALA

 

A Guatemala é um país maravilhoso, cheio de cenários lindos, vulcões, lagos, sítios arqueológicos, cidades coloniais e modernas, e também muitos contrastes nas classes sociais, como no Brasil. O povo é muito receptivo, super atenciosos e simpáticos com os turistas. Por lá vc vê muitas cholas (guatemaltecas com aquelas roupas tradicionais), assim como na Bolívia, principalmente vendendo artesanato.

 

ANTIGUA

Antigua, a ex-capital da Guatemala, é deliciosa – uma cidade colonial ao pé de vulcões. É cheia de casas e construções históricas super preservadas, ruas de pedra e monumentos por todos os lados. Fica a 1h da capital, também conhecida como Guate.

 

Como passeios, sugiro o trekking no vulcão Pacaya, o convento Capucchinhas, o Parque Central e arredores, e o mirante do Cerro de La Cruz. O passeio do vulcão é ótimo, não tem mais lava lá em cima como antigamente, mas vale a pena (leva metade do dia, normalmente o passeio sai bem cedo, às 6h da matina). Lá tem vários cafés e barzinhos bacanas também, como o Café Condessa e o bar/restaurante Frida’s, e baladinhas como o Monoloco e o Gaya – o único ruim é que lá tem uma lei nacional que obriga todos os bares a fecharem a 1h da manhã...

 

Fiquei hospedada em uma casa de família lá, muito legal, eles fazem você se sentir em casa mesmo, e é esquema pensão completa com refeições super caseirinhas – pra quem quiser, passo o contato!

 

 

GUATE (CIDADE DA GUATEMALA)

A capital, conhecida como Guate, é bacana também (Antigua fica a 1h dali). A Zona 10, também conhecida como Zona Viva, é uma região super legal pra dar um rolê e fazer umas compras (os preços são bem legais na Guatemala). Por lá também tem vários restaurantes e bares. A Av. Reforma é uma rua bem legal pra caminhar também, praticamente cruza a cidade. Tem alguns bairros que são mais perigosos, como a Zona 1, é bom evitar.

 

Pra se hospedar, a maioria dos hostels fica na Zona 13, perto do aeroporto mas longe do restante da cidade. Fiquei no Xamanek, um dos únicos da Zona 10 (Zona Viva) e achei bem legal, confortável e bem localizado.

 

TIKAL / FLORES

Tikal, claro, é imperdível. Fica super mega afastada de tudo, no meio da selva. Vc pode ir de avião (tem algumas empresas pequenas que fazem o vôo) ou de busão, que é o mais comum - leva umas 8h de viagem, dá pra pegar um que viaja à noite e chega lá cedinho (em Flores). Em Flores fiquei hospedada no Hostel Los Amigos, bem bacana, atmosfera bem zen e roots! =)

 

O próprio hostel organiza vans que vão pra Tikal (1h de viagem). O parque de Tikal é um show à parte, ruínas maias super interessantes, vale bastante a pena conhecer. O parque em si é grande, mas o tempo que vc leva no passeio depende de qto vc quer conhecer. Para os principais templos e pirâmides, umas 3h são suficientes. Ah, e o bacana é que você pode subir em dois templos e ter uma vista bem legal das ruínas e da região!

 

LAGO ATITLÁN

Outro ponto espetacular da Guatemala é o Lago Atitlan, cenário de cinema. Tem vários povoados ao redor do lago, o principal é Panajachel (tb conhecido como Pana). Vale passar pelo menos um dia ali (fiquei no Mario´s Rooms, super recomendo, ...muito bacana!) e outros dias em outros povoados.

 

Além de Pana, os principais destinos de quem vai pra lá são San Pedro e San Marcos. O primeiro é mais conhecido pelas baladinhas (parece que até rolam umas raves por lá...). Já o segundo é um pico mega zen, um lugar lindo com uma energia muito doida... rs... Ah, em San Marcos tem um lugar bem bacana pra nadar no lado, tem até um "trampolim" (deck) com 7m de altura de onde vc salta, muito massa!

 

CHICHICASTENANGO

Também conhecida como Chichi, é uma cidadezinha bem pequeninha, conhecida pela sua feira de artesanato. A feira é bem grande, cheia de opções desde roupas, bolsas, acessórios, mantas, até comidas típicas. É um grande fervo, na verdade! A feira acontece às quintas e domingos, dá pra ir pra lá de shuttle (van) saindo de Guate ou Antigua. Dá pra percorrer tudo em 2h ou 3h, depois disso começa a ficar meio cansativo.

 

 

PANAMÁ

 

O Panamá é um país super interessante, com diversas opções de praias, tanto no Oceano Atlântico como no Pacífico, algumas bem isoladas e paradisíacas, onde vive a comunidade Kuna Yala, outras não tão isoladas mas tão bonitas quanto, como Bocas del Toro. A capital, Cidade do Panamá, é muito procurada para compras, já que é Zona Livre, e também oferece muitas coisas interessantes pra fazer. Os panamenhos são super simpáticos, só é um pouco difícil entender o espanhol deles no começo, é bem diferente do restante da América Central.

 

CIDADE DO PANAMÁ

Quando você pensa na Cidade do Panamá vem logo à cabeça o Canal do Panamá, certo? Mas a capital panamenha é muito mais que isso. É uma metrópole cosmopolita, cheia de arranha-céus, centros de compras, parques e cenários dos mais variados. Regiões históricas, como o Casco Viejo, contrastam com a modernidade de alguns bairros e das enormes construções que circundam a orla – na capital ficam alguns dos maiores edifícios da América Latina.

 

Lá você encontra uma variedade cultural muito grande, super legal. Tem várias opções de “antros” (baladas) e muitos lugares pra dançar salsa. Pra se hospedar, curti a Casa de Carmen, mas se preferir ficar no Centro Histórico, o Luna’s Castle é uma boa opção. Como passeios, o Canal do Panamá, claro, é imperdível, além do Casco Viejo (centro histórico), Calzada de Amador e as regiões de compras: os diversos malls (shoppings), como Albrook, Multiplaza e Metromall, e também a Zona Livre de Cólon, paraíso dos compradores, que fica a 45 minutos da capital.

 

SAN BLÁS

Sabe aquela ilha de desenho, pequeninha, com areia branca, alguns coqueiros e mar bem azul? Pois é, ela existe, e fica no Panamá! O arquipélago de San Blas é um lugar lindo, paradisíaco, perfeito pra quem gosta de curtir uma praia maravilhosa com muita paz e tranquilidade.

 

Quem vive lá são os Kuna Yala, povo indígena, e é nas cabanas deles que você se hospeda quando vai para uma das ilhas, com pé na areia e a alguns passos do mar, espetacular! O esquema é roots, bem pouco conforto, já que não tem luz elétrica nem banheiro – mas, sinceramente, num lugar desses isso é só um detalhe!

 

Você pode ir pra lá de avião ou de caminhonete, saindo da Cidade do Panamá. Pra ir por terra, você precisa fechar o passeio com alguma agência autorizada (pelo menos o transporte), pois a estrada não é liberada para todos. Dá umas 2h30 pra chegar até lá, e mais uma meia hora de barco até chegar nas ilhas. Quando você fecha com as agências, o pacote inclui o transporte (terra e barco) e a reserva de hospedagem nas ilhas (já fica tudo definido antes, mas você paga lá na hora para os próprios Kunas mesmo – o esquema sempre inclui todas as refeições).

 

As Ilhas são todas lindas, mas as que achei mais show foram a Isla Perro e a Diablo, que ficam uma em frente a outra. Mar verdinho e água transparente, um show! Pra quem tem um tempinho a mais, vale pegar um passeio para os Cayos Holandeses, que são mais longe mas são bem lindos também.

 

Quer saber mais detalhes dessa trip? Acessa aí: www.mochilaotrips.com.

Se tiver dúvidas ou quiser alguma info, é só perguntar!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 7 meses depois...
  • Membros

Oi Carol,

 

Tudo bem?

 

Vc já me ajudou bastante com esse relato e o blog uma vez, quando fui pra Guatemala, Belize e Mexico ano passado, agora o destino é Costa Rica, Panama e Cuba!

 

Estou fazendo o roteiro e precisarei ir de Costa Rica para o Panamá, mais especificamente San Blás mesmo, e depois voltar pra Costa Rica pra pegar um voo pra Cuba, como vc fez esse trajeto? Pois estava na Guatemala, que é mais longe do que Costa Rica, sei que tem o Tica Bus que faz de Guatemala ate Cidade do Panama, e também de San Jose pra Cidade do Panama, mas to com medo de perder muito tempo, por exemplo 1 dia pra chegar em cidade do panama, ai talvez não tenha horario pra ir direto pra san blas, que no seu blog vc disse que sao mais 2:30 de carro, e mais uns 45 min no mar, ai eu já perderia 2 dias, só pra ir!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

Oi Rafa, tudo bem?

 

Que legal que você vai fazer essa trip, é show! Desses só não conheço a Costa Rica ainda! =)

 

Então, se você for de busão pela Ticabus demora mesmo, porque o ônibus para de viajar durante a noite, então acaba levando mais tempo pra chegar nos lugares. Na viagem em que fui pro Panamá fui pra lá saindo da Guatemala, e acabei pegando um vôo pela Copa pra economizar tempo de viagem - se conseguir comprar com antecedência dá pra achar um valor ok de passagem.

 

Pra ir pra San Blas vc precisa estar na Cidade do Panamá - pra ir de caminhonete leva esse tempo todo mesmo, uma alternativa pra ganhar tempo é você pegar um vôo pra San Blas (é mais caro mas bem mais rápido).

 

Fui pra Cuba agora em novembro, é muito lindo também! Se quiser que te mande os roteiros das trips, manda aí teu email!

bj

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Oi, Tudo sim,

 

É já li quase tudo no seu blog, é muito bom! hehe

 

Estamos vendo mesmo de pegar um voo, pois vamos perder muito tempo entre um lugar e depois voltar pro mesmo :S, acho que vai rolar sim..

 

Opa, eu gostaria muito de ver os roteiros! meu e-mail [email protected]

 

Só estou com mais uma dúvida, em San Blas, vc diz no relato que ficou numas casinhas nas ilhas, tem ilhas com muitas casinhas?! porque estamos maracando de ir mais ou menos umas 8 pessoas, e não queriamos ficar em ilhas separadas.

 

Bjoo

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

Oi Rafa,

 

Beleza, acabei de te enviar os roteiros! =)

 

Em San Blas tem ilhas com várias cabanas sim, na que fiquei, por exemplo, tinha umas 6 - algumas eram pra duas pessoas, outras pra 4. Dá pra ficar todos em uma ilha só sim. A que fiquei (Robinson) não era tão legal assim (era a que tinha vaga disponível, pq fui numa data em que era feriadão no Panamá), mas tem várias legais e com espaço pra várias pessoas.

 

bj

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 meses depois...
  • Colaboradores

Oi Dâmaris, tudo bem?

 

Além de Tulum e Palenque, tem ruínas maias bem conhecidas em Chichen Itzá, no México, mas existem várias cidades onde dá pra você visitar ruínas em Quintana Roo e Yucatán. Tem um site com várias infos sobre as ruínas: http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/mexico/ruinas-maias.php

 

Da Guatemala pro México dá pra ir por terra, de ônibus ou van, ou de avião. Li em alguns lugares que a fronteira é um pouco perigosa, mas fui de avião, então não posso opinar a respeito...

 

bjs

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...