Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

RosanaSpider

África do Sul

Posts Recomendados

Salve salve !

 

Deixa eu ver se consigo ajudar em algo.

 

Tem uma cia aérea sul africana low cost cujo site é www.kulula.com (as explicações pré-vôo deles são fantásticas, só risada !) q acho q pode ajudar em alguma coisa. Numa dessas vc pode ir de avião e voltar de ônibus (q são muito bons mesmo), ou vice versa. Óbvio q vc não vai economizar dindin, mas vai economizar um tempão com certeza.

 

Não sei, mas como me parece q o nosso amigo (assim como todo mundo, eu creio ! rsrsrs) está com problemas de caixa (benvindo ao clube :-( ), acho mais jogo dá uma forçadinha e ir pro Krueger Park ou outro parque como foi bem colocado num artigo anterior porém, como vc vai passar um tempo na Tanzânia (a África real mesmo...Não perca a cratera Ngorongoro, o Serengueti, as tribos Masai e todo o resto !! Humn, não perca Zanzibar tbém se possível, sei q vc vai a trabalho mas nao custa tentar...) então ir pra Cidade do Cabo tbém não seria nenhuma perda de tempo. Ela é bonitona mesmo e tem uma "vibe" muito melhor do q JNB.

 

Mas acho q com apenas 4 dias, fazer um ida e volta JNB - CPT - JNB pode ficar um tanto corrido, vc não acha ? Mas se possível não fique esses 4 dias em JNB, não vale a pena.

 

Uma pergunta : quanto custou a psg para Tanzânia ? Tem alguma idéia ?

 

Ainda no capítulo passagens...

 

Artur, q papo é esse de 1.500 pra 6m e 900,00 pra um ? Q absurdo, puxa vida ! Sei não, se eu fosse vc daria uma pesquisada e verificava qto sai uma psg one way JNB - SPaulo. Numa dessas vc compra a de 900,00, perde a volta e depois compra uma one way de lá pra cá. Tenta ver pela net, mas busque numa agência de lá mesmo.

 

Lembro-me q o ticket ida e volta de lá pra cá custava mais ou menos um terço (pouco mais, mas ainda menos do q a metade) do q a gente pagava daqui pra lá, mas como a moeda deles valorizou muito, agora não sei. Boa sorte.

 

Um abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado, Zeba, pelas dicas!!

 

O que eu decidi fazer mesmo é fazer alguns safaris em parques privados, provavelmente no Kruger Park...

 

Quanto a ir até a cidade do cabo eu gastaria 1100 rands ida e volta (+ou- R$550) não sei se vale a pena! até porque já reservei um hostel em Jo'burg pelos 5 dias (mas acho que dá prá negociar com eles...)

 

Quanto a Tanzania eu não tenho idéia de quanto tempo livre eu terei, mas com certeza ficarei atento as possibilidades!

 

Viajo em 9 dias!

 

Um abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro hegon,

 

Q bacana, fico feliz por vc. Como disse anteriormente, CT tem uma vibe muito melhor do q JNB e já q é pra ficar um tempo, q seja em CT.

 

Não sei se já passei esse site mas senão, aí vai de novo : www.coastingafrica.com q é tbém um mini guia de bolso sobre a Af. do Sul q é uma mão na roda. Vc consegue ele de graça nos albergues.

 

Já q vc tá indo pra CT, vai uma dica q acho q não se encontra em guias nem revistas de viagens :

 

Seguinte... tem um show de "drums" onde todo mundo participa e por uma infelicidade danada, eu acabei perdendo. Me pareceu muito legal pois todos se juntam e tocam o instrumento fazendo um batuque daqueles, imagine q show, ainda mais na África, o continente dos ritmos ? Eu acho q era num bar ou restaurante, algo assim.

 

Se vc puder, não perca ! Eu perdi mas tô aqui te "cantando a bola". É só se informar no albergue. E depois conta pra gente !

 

Falando nisso, fiquei num na "long street", centro mesmo. Um pouco longe do Waterfront mas como eu adoro andar, sem problemas.

 

Ah, em CT rola um city tour bus q vai nos pontos principais da cidade. Eu quase congelei mas foi bem legal

 

um abraço e boa viagem.

 

ah, se vc não se importar, qual o preço da psg ? Acredito q pra Af do Sul fica em torno de 900 - 1200,00 US$ mas pra Tanzania, nao sei.

 

Fui

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estive na Africa do Sul ano passado e fiz um mochilão contornando o litoral de Cape Town até Durban

 

Os preços são tranquilos, mas barado que o Brasil

 

Em relação a segurança tem que ficar ligado, principalmente nas grandes cidadades ou no interior. Nas pequenas cidades ao longo da costa é mais tranquilo

 

O transporte coletivo não é bom é a melhor maneira de viajar é pelo BUZBUs, te pega e deixa na porta do albergue

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olà a todos, estou indo para Joanesburgo e em seguida para me instalar por algum tempo na Cidade do Cabo, jà conheço muito bem as manhas do pedaço. Adoro aquele pais. Se alguém esta indo no periodo de 10 de fev 2006 ou 10 de março, podemos ver-nos por là. Nada de sub-emprego, nao é a Inglaterra nem os EU. Temos possibilidade de investir em trabalho artistico como cabelereiro, maquiladores de TV ou moda, esteticismo, informatica consertos de PC etc. Um bom nivel de inglês é necessario para começar a trabalhar independente, para se falar ao telefone, boa educaçao e boa apresentaçao essenciais. No aeroporto a imigraçao pergunta quantos dias o visitante vai ficar, de acordo com o que você diz, por ex 23 dias, eles olham o bilhete de saida para confirmar e carimbam exatamente 23 dias no passaporte. Nao é nada como na Inglaterra onde se diz 23 dias e eles carimbam 6 meses diretos para todo mundo. O visto sul-africano dado à entrada é meio esquisito, com uma barra-codigo numa folhinha branca e ali estao todos os seus dados para serem escaneados à saida! Parece uma coisa meio Matrix, meio etiqueta de supermercado, em preto e branco, nada a ver com os vistos do Canada' e dos EU.

 

Joanesburgo é como Sao Paulo mas muito mais chic e "glitterati" mas a criminalidade é altissima, a cidade mais perigosa no mundo, a vida noturna nao tem nada a invejar à de Londres! A Cidade do Cabo, de origem holandesa e com lingua materna afrikaans é muito européia, artistica e turistica, parece o Rio de Janeiro civilizado, o povo é super-simpatico, nao se fica sozinho num clube de jeito nenhum, nada a ver com o ambiente europeu, sobretudo o londrino, com os "ingleses" frios, bébados e drogados. Pretendo passar anuncios para fazer maquilagem de moda, casamentos e festas (vi na net um instituto chic que cobra 22 euros para uma maquilagem no salao) com parceria de cabelereiro confirmado (traga seus apetrechos!), dar aulas de espanhol, francês e português. Tenho parceria com um amigo do pedaço que é estilista-modelista e conhece gente que trabalha no meio artistico. Capoeiristas também podem ser bons parceiros artisticos, no estrangeiro e sobretudo sem docs de residência, todos estamos no mesmo pé de igualdade e uma mao pode lavar a outra.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

As poucas montanhas que eu poderia ter visto, as Drakkenberg (montanhas do dragao)nao pude! Chegando à Durban vindo de Jo'burgo de carro alugado com uma amiga, caiu um tempral que eu nunca tinha visto na minha vida. Rodàvamos pelo meio da rodovia à beira dos precipicios seguindo o reflexo dos olhos de gato. Nao dava nem para parar o carro e esperar o fim da viagem porquê seria acidente na certa, abalroados pela traseira e talvez empurrados pelo precipicio afora e ser recolhidos com colher de chà. Depois viajamos de volta com mais no carro, éramos 3, na estrada esburacada sem luz nem de lua, contornando o Lesotho. Nem sabiamos que viajar à noite naquelas paragens corriamos risco de bandidos de estrada e de piratas. Nossa viagem poderia ter acabado por ali mesmo, na estrada esburacada. Tinhamos confiança somente no nosso Santo Celular,padroeiro dos mochileiros, que agora é um parceiro infalivel em viagens exoticas no mundo inteiro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

EASTERN CAPE

 

PORT ELIZABETH E A COSTA DO SOL

A cidade de Port Elizabeth conta com 40 quilômetros de magníficas praias, oferecendo ao visitante uma combinação perfeita de água quente, mar calmo e brisa agradável. É um dos melhores locais do mundo para a prática de navegação a vela, além de servir como pólo para todos os amantes da prática de esportes aquáticos e de areia.

 

JEFFREY´S BAY (Baia de Jeffrey)

Considerada a capital sul-africana do surf e um dos principais pontos de encontro de surfistas do mundo inteiro, é o local ideal para experimentar a "onda perfeita". Essa onda é tão conhecida que atrai gente de todos os continentes para surfá-la.

 

MUSEU NELSON MANDELA

A inauguração oficial desse museu aconteceu em 11 de fevereiro de 2000, coincidindo propositadamente com o décimo aniversário da libertação de Nelson Mandela (que saiu da prisão em 1990). O museu, que fica onde Mandela nasceu, está localizado em Qunu, cujo acesso pode ser feito pela auto-estrada N2, bem ao sul de Umtata.

 

PARQUE ADDO ELEPHANT

Localizado a 73 quilômetros da cidade de Port Elizabeth, em Eastern Cape, o parque é uma verdadeira aula de história. Seu sucesso se deve a esforços de conservação e preservação.

 

PARQUE NACIONAL TSITSIKAMMA

Também conhecido como "local de muita água", as grandes ondas do oceano Índico golpeiam sem parar e com bastante força as costas rochosas. As altas florestas temperadas e os chamados fynbos (flora indígena) se estendem até o mar. E os rios antigos talham seus caminhos por desfiladeiros rochosos, em direção ao oceano. O parque é um paraíso para os amantes de esportes de aventura.

 

O BUNGEE-JUMPING MAIS ALTO DO MUNDO

A ponte Blaauwkrans, no rio Storms, é a ponte mais alta do mundo para a prática de bungee-jumping. Somente os mais ousados, à procura de muita adrenalina, se aventuram em saltar dessa ponte, que proporciona uma estonteante queda livre de 180 metros e a 193 km/h, que leva exatamente 7 segundos - até o ricochete é lembrado como bem mais alto do que o de Victoria Falls.

 

Mais informações de Eastern Cape, acesse: www.ectourism.co.za

 

 

 

KWAZULU-NATAL

 

REINO DOS ZULUS

KwaZulu-Natal é conhecida como o reino dos zulus. Indo para o lado oeste das Game Reserves de Hluhluwe-Umfolozi (150 quilômetros ao norte de Ulundi), o turista pode visitar museus culturais que apresentam a história local. Próximo a Ondini, é possível conhecer a reconstrução do reino de Cetshwayo, o rei zulu. Em Eshowe, o visitante terá a oportunidade de conhecer o fascinante Museu Vukani Collection, que possui uma das melhores coleções de arte e cultura zulu do mundo

 

SHAKALAND VILLAGE AND HOTEL (Vilarejo Shakaland e Hotel)

Viva uma autêntica experiência zulu.

 

USHAKA MARINE WORLD (Mundo Marinho Ushaka)

É o maior aquário do mundo.

 

BAÍA DE SODWANA

Um dos melhores lugares do país para a prática de mergulho e de mergulho com snorkel é, sem dúvida, Sodwana. Essa baía é a meca dos aficionados de esportes submarinos. A região é também famosa por conta do big-game fishing.

 

BALEIAS

A melhor época para ver as baleias Southern Rights é entre junho e novembro, quando permanecem no litoral sul da região do Cabo, mas algumas já foram vistas mais ao norte, em KwaZulu-Natal. A reprodução se dá em julho e agosto, e é possível que aconteça também em setembro e outubro.

 

VALLEY OF A THOUSAND HILLS (Vale das Mil Colinas)

Um dos lugares mais fascinantes do mundo, a apenas 45 quilômetros ao norte de Durban, é o Vale das Mil Colinas. Foi aí que viveram os antepassados do povo zulu. As paisagens são de tirar o fôlego. É bom saboreá-las com bastante calma. Ainda hoje, na região, é possível visitar aldeias zulus e conhecer sua interessante cultura e estilo de vida.

 

MONTANHAS DRAKENSBERG

Em 2000, o Parque Ukhahlamba-Drakensberg foi declarado patrimônio mundial. Nesse grande parque nacional, encontra-se, na fronteira com Lesotho, a maior cordilheira da África do Sul, conhecida pelos zulus como "Barreira das lanças". Essas "Montanhas do Dragão", ou Drakensberg, são, de fato, espetaculares. A "Pequena Suíça" sul-africana tem diversas cachoeiras, picos e rochas adornadas com rock art San. É o lugar favorito para excursões a pé e para a pesca fly-fishing. Os principais locais para visitar incluem o Pico da Catedral, o Capuz do Monge, o Castelo de Champanhe, o Castelo do Gigante e o fenômeno geológico do Anfiteatro do Drakensberg, todos dispersos nesta cordilheira majestosa.

 

BATTLEFIELDS (Campos de Batalhas)

Os amantes de história não podem deixar de visitar os dramáticos cenários dos campos de batalhas, já que a província foi palco de uma das guerras mais turbulentas da África do Sul. No norte do rio Tugela, localiza-se o campo das pesadas batalhas travadas entre bôeres (descendentes de holandeses) e zulus, entre britânicos e zulus (que durou mais de um século), e, é claro, entre bôeres e britânicos.

 

Mais informações de KwaZulu-Natal, acesse: www.zulu.org.za

 

 

 

SÍTIOS DO PATRIMÔNIO CULTURAL DO MUNDO NA ÁFRICA DO SULid="size4">

 

O Berço da Humanidade

Uma boa opção é conhecer o Berço da Humanidade, em Sterkfontein. No famoso patrimônio cultural mundial World Heritage Site de Gauteng, as cavernas representam cerca da metade das descobertas mundiais de fósseis de hominídeo.

 

Robben Island

Fica no Oceano Atlântico uns 12 km de Cape Town, serviu como um local de isolamento e aprisionamento por mais de 400 anos. Durante os anos do apartheid, Robben Island ficou internacionalmente conhecida por sua brutalidade. Quando famosos sul-africanos ficaram presos, como por exemplo o Sr. Nelson Mandela e o Sr. Walter Sisulu.

 

 

SÍTIOS DO PATRIMÔNIO NATURAL DO MUNDO NA ÁFRICA DO SULid="size4">

 

Parque Greater St. Lucia Wetlands

Nesse "país das maravilhas" do ecoturismo, há lagos deslumbrantes, pântanos, florestas e charcos que cercam o estuário do lago St. Lucia. Deve ser o único lugar no globo terrestre onde vive o mais velho dos mamíferos (rinoceronte) e o maior mamífero terrestre (elefante), que convivem num mesmo ecossistema, juntamente com o mais velho peixe (coelacanth) e o maior mamífero marinho (baleia). "A conservação e o desenvolvimento do Parque Wetlands Greater St.Lucia é um exemplo holístico que a África do Sul está adotando" (Nelson Mandela - 2000).

 

Parque UKhahlamba Drakensberg

Cobrindo uma área de 240.000 hectares, o Parque Ukhahlamba Drakensberg é repleto de penhascos íngremes, depressões fortes nos vales e rios claros. Em 2000, foi declarado patrimônio mundial de beleza natural e de importância cultural.

 

Região Floral do Cabo

Fica na Província do Cabo, formado por 8 áreas protegidas e cobrindo 553.000 hectares. Em quase toda a África do Sul, os apreciadores de plantas deparam com experiências bastante gratificantes - como uma visita ao famoso Cape Floral Kingdom, que é considerado o único ecossistema intacto do mundo. Cerca de cinqüenta novas espécies de plantas são descobertas por ano na África do Sul. Os fynbos, que literalmente significam "bom mato", se orgulham de ostentar 9 mil espécies diferentes de plantas. Algo sem igual no mundo todo. Mas sempre é possível encontrar uma nova espécie.

 

Último Reino de Mapungubwe

Mapungubwe, um dos ícones de Limpopo, está localizado na confluência dos rios Sashi e Limpopo. As ruínas de Mapungubwe, no vale do rio Limpopo, exibem o que restou do primeiro e maior reino sul-africano de todos os tempos. Exibem também traços da ocupação humana por volta de 850 d.C., dois séculos e meio antes do Grande Zimbábue. Um dos objetos mais significativos encontrados em Mapungubwe foi o rinoceronte dourado, que remonta a 1200 d.C. Nessa região, os artefatos ilustram a existência de um comércio florescente e de um avançado sistema social realizado pelos reinos africanos no século XIII.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
África

Enviado em: 04 Mai 2008 16:35

por Maurocuritiba

 

Notei que vc já tem alguma experiência da África, estou interessado sobre a àfrica, será que vc podia abrir um s t´picos na África das cidades e o roteiro que vc passou.

 

Oi Maurocuritiba,

 

Final do ano passado fiquei um mês em cape Town . De CT peguei um avião para JoBurg e de lá fui para Maputo, Mozambique. Depois fui para a Praia do Tofo (Moz), fiquei +/- 1 semana mergulhando. Voltei para maputo e de lá fui para Nelspruit na Africa do Sul onde fiz safari no Kruger´s park em 4 dias. Exceto CT- JB (avião), fiz todo esse trajeto de ônibus.

Em Cape Town, tive bastante tempo para pesquisar roteiros pela áfrica do sul , Mozambique e Namíbia. Se precisar de alguma ajuda, terei o maior prazer em ajudar.

 

Abraços,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fiz minha viagem à Africa do Sul com a agência Drifters

 

http://www.drifters.co.za/

 

a unica coisa que me faltou foi de estar sempre na natureza (fantastico, no meio de nowhere) mas não consegui estar bastante nas cidades e poder encontrar pessoas.

 

senão, para natureza e os safaris, muito bom. (se você puder entender inglês falado por Afrikaner) e viajar unicamente com turistas do mundo anglo-saxão.

 

Vale ficar um pouco mais tempo em Cape Town, no final.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×
×
  • Criar Novo...