Ir para conteúdo

Posts Recomendados

  • Membros

Fiz meu próprio isolante térmico com emborrachado EVA (mesmo material dos isolantes tradicionais) que comprei numa loja de plásticos e emborrachados. Segui a idéia de alguém do fórum, usando caixas de leite coladas como isolante (Uma caixa de leite é composta por quatro camadas de polietileno, uma de papelão e uma de alumínio) que por si só ja era o sufuciente, uso a borracha eva só pra ficar mais macio na hora de por o saco de dormir em cima.

Para quem tiver curiosidade, tá aqui a matéria: http://www.inova.unicamp.br/inventabrasil/iso.htm

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 140
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

ISOLANTE   Fiz meu próprio isolante, utilizando ETAFLOM e ficou (modéstia à parte) muito melhor e mais leve do que os de EVA.   Para fazê-lo é muito simples :   1 Comprar dois metros de comprime

[t1]Repelente de Animais Peçonhentos[/t1]   Talvez não seja uma invenção, mas é um BISU legal....   Geralmente nas áreas de camping tem grama nos locais reservados para as barracas, locais ótimos

Sobre as Pedras de Carbureto x Animais Peçonhentos   A preocupação com o plástico é importante. Uma solução pra isso é enrolar as pedras com algumas voltas de corda de sisal fina, que são biodegradá

  • Membros de Honra

Pinot-Rj, e como ficam o peso e o volume?

Minha namorada usava esses isolantes da conquista e cia(que eu uso)...comprou um curtlo que possui um volume maior e um conforto superior também.Dormi um dia desses aqui em casa com ele e achei show(claro, aqui em casa é plano), só que o volume não me atenta.O meu é aquele fininho de 6mm.

Abraço

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • Membros

olha, se vc só comprar o EVA na minha opinião fica melhor até do que a idéia antiga... o q eu fiz foi comprar um rolo desse de EVA ja pronto embalado só que de 1,90x90 e como era fino e largo, td que fiz foi dobrar ele ao meio e colar com cola de contato. fico só com 5 cm a menos de largura dos que se compra em loja, alem de MUUITO mais confortavel já que são 2 camadas. O peso não fez tanta diferença, pra ser sincero acho que nem 100g a mais do que os normais de 6mm, sendo q esse fico com +- 8mm. A altura tbm é a mesma (1,90) dos da T&R por exemplo, só na hora de enrolar q fica um poco mais gordinho, diferença que quase não se nota (princpalmente se vc carrega ele em cima da mochila)

 

Ps.> Não, ele não descola depois de seco, até porque a cola de contato tem uma certa flexibildade e não marca depois de enrola. Só é "esquisito" de fazer isso a primeira vez.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 6 meses depois...
  • Membros

Olá pessoal, como vão?

Estou deixando esse post para começar uma discussão sobre a possibilidade de se fazer isolantes recheado com MICROPÉROLAS DE POLIESTIRENO ou EPS. Essa é a matéria prima dos travisseiros da FOM, como na figura a baixo:

fom_p_gde.jpg

Quem não conhece pode saber mais a respeito no site da marca (http://www.fom.com.br).

Esses são aqueles travesseiros e bichinhos bem macios vendidos nas lojas acessorize aqui em Sampa e em ontros lugares no Brasil.

Mas minha ideia não é fazer merchand da marca, e sim criar um isolante térmico baseado na matéria prima desses travesseiros.

O EPS, ou MICROPÉROLA DE POLIESTIRENO é um material leve, macio e super isolante (conhecido também como ISOPOR), porém aqui são bolinhas que não passam de 1,4 mm de diâmetro.

Ele já é utilizado para se fazer pequenos colchonetes como esse da própria marca FOM:

61_1_med.jpg

A questão é que essa beleza ai de cima custa quase R$400,00 e tem só 1,60mX0,60m inútil para se usar como colchonete em viagens.

Bem a minha idéia é a seguinte: comprando a matéria prima, que é a preço de banana, vou tentar montar um colchonete desses costurado em forma de zig-zag, para as bolinhas não espalharem com o peso do corpo distribuído, e para poderem ser reunidas, quando guardado, no fundo da "capa" que assim pode ser enrolada ocupando menos espaço.

E ai pessoal, o que vocês acham? será que vai dar certo? Vale a pena tentar?

Abraços aguardo opiniões.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

Em relação ao fechamento das mochilas q só possuem aqueles cordões, afim de despachá-las por avião, bolei algo mais prático, a meu ver, q o cabo de aço...

A minha, uma Trilhas de Rumos 75, salvo engano, possue 2 buracos protegidos por arruelas metálicas, por onde passa o cordão q, ao ser puxado, fecha a boca dela.

Pedi a um sapateiro de confiança q fizesse mais 2 furos iguais e opostos, e a boca da mochila ficou então com 4 furos reforçados com arruelas metálicas (ilhoses, né? Nem sei o nome....).

Numa analogia com um relógio, as posições dos furos seriam às 12, às 3, às 6 e às 9h.

Se vc não encher a mochila demais, consegue aproximar os furos o bastante para colocar um cadeado de tamanho não muito grande, e se preferir mais segurança, pode colocar um cadeado um pouco maior e mais resistente, sem q se permita uma abertura maior q 1 ou 2 dedos apenas.

Fui com essa mochila pro Atacama sem nenhum problema, e antes disso meu irmão passou 2 meses viajando pela Europa, igualmente tranquilo.

No final das contas, ainda se pode, numa viagem de avião, plastificar a mochila, mas se os caras cismarem com sua bagagem, não tem jeito....eles abrem MESMO, infelizmente.

Isso é relativamente comum, por exemplo, em vôos para Noronha, onde se costuma carregar na bagagem reguladores de mergulho, q são equipamentos bastante caros.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

IVAN

Fiquei pensando nesse esquema com isopor. Será não ficaria expesso demais?

E qual material você usaria pra confeccionar a "bolsa"?

 

Eu uso um isolante de EVA, que comprei numa casa de couro.

Paguei R$8.00 numa chapa de 2m x 1.8m x 0.6mm. Dá pra duas pessoas ou uma pessoa + equipos (caso queria).

 

 

MAURÍCIO

Bastante interessante essa idéia heim! Já ajuda a previnir pequenos ladrõezinhos e/ou incomodos nos transportes.

E quanto a ferrugem desses ilhoses? Será que tem problemas?

 

 

 

Abraços

Link para o post
Compartilhar em outros sites
[t1]Repelente de Animais Peçonhentos[/t1]

 

Talvez não seja uma invenção, mas é um BISU legal....

 

Geralmente nas áreas de camping tem grama nos locais reservados para as barracas, locais ótimos para a Aranha-Marrom, cuja picada alem de estragar suas férias pode matar, em camping selvagem os locais escolhidos são clareiras entre as arvores, local onde cobras costumam tomar sol. Alem deles, há escorpiões, lacraias, toda uma gama de aranhas, etc. Quando eu acampo, sempre levo algumas pedras de CARBURETO, esta pedra é usada em lanternas dos mineiros e exploradores de cavernas, quando ela é molhada solta um gás inflamável, se não me engano o gás é o acetileno...

 

1) Enterre as pedras de carbureto perto da barraca, junto da entrada e nos cantos, com a umidade do solo elas vão derretendo aos poucos e soltando o gás;

2) Se o solo estiver muito molhado, enrole-as em plástico e faço uns furinhos.

 

Os animais PEÇONHENTOS (que produzem veneno, incluindo as sogras e as tias solteironas) geralmente têm um olfato muitíssimo apurado, eles sentem o cheiro do gás e fogem como o diabo da cruz, assim eu evito surpresas dentro da barraca e nas imediações, é ecológico, pois eu não mato só espanto, esses animais são essenciais na natureza, não há o perigo de explodir pois o gás não esta confinado e como vai soltando devagar não tem o perigo de pegar fogo também.

 

Eu compro CARBURETO em lojas de equipamento de solda.

 

P.S.: se usar plástico para retardar o derretimento das pedras, não esqueça de desenterrar e leva-lo embora. NÃO DEIXE O PLÁSTICO NA NATUREZA!

 

Oi Ricardo,

 

Que dica bacana essa! Vou testar na minha próxima aventura.

 

Na última, na serra do mar paranaense, finalzinho da tarde, achei uma clareira e quando fui montar minha barraca, vi uma aranha grande passeando tranquilamente. Esperei ela passar e logo encontrei mais quatro! Depois que me deram espaço, comecei a esticar a barraca e vi duas já subindo na lona. Peguei um galho e fui tirando as peludinhas e colocando as em outro lugar mais distante.

Cara, parecia filme de terror! o lugar estava infestado de aranhas. ::hein: Tudo quanto é tamanho, mas aparentemente somente de uma espécie.

Ainda bem que fingi não ter medo :shock: e acabei por montar o acampamento tomando cuidado para deixar tudo fechado, mochila, sacos, e a própria barraca o tempo todo.

Na volta tomei o cuidado para chacoalhar bem a barraca e equipamentos, principalmente as botas, para não levar nenhuma de lembrança...

 

Abraço a todos,

 

siltka

Link para o post
Compartilhar em outros sites

ício

IVAN

Fiquei pensando nesse esquema com isopor. Será não ficaria expesso demais?

E qual material você usaria pra confeccionar a "bolsa"?

 

Eu uso um isolante de EVA, que comprei numa casa de couro.

Paguei R$8.00 numa chapa de 2m x 1.8m x 0.6mm. Dá pra duas pessoas ou uma pessoa + equipos (caso queria).

 

 

MAURÍCIO

Bastante interessante essa idéia heim! Já ajuda a previnir pequenos ladrõezinhos e/ou incomodos nos transportes.

E quanto a ferrugem desses ilhoses? Será que tem problemas?

 

 

 

Abraços

 

Fala Danilo!!!

Não atentei para isso, até pq como ia pro Atacama, ferrugem não seria problema....lá praticamente não há umidade!

Mas creio q existam ilhoses de material nao oxifdável. É até também por esse motivo q o melhor é ir num sapateiro de confiança, apesar de ser um serviço feito em menos de 1 minuto.

Esta semana mesmo mandei uma bota minha no sapateiro.....o último passador de uma bota Hi-Tec q eu tenho soltou....ele trocou por outro, mas não preto como os outros....botou um prateado.....apesar de ser totalmente diferente, mal se nota.......e o sapateiro comentou q esse não enferruja.

É questão de dar uma pesquisada nos materiais q o sapateiro disponha!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
IVAN

Fiquei pensando nesse esquema com isopor. Será não ficaria expesso demais?

E qual material você usaria pra confeccionar a "bolsa"?

 

Eu uso um isolante de EVA, que comprei numa casa de couro.

Paguei R$8.00 numa chapa de 2m x 1.8m x 0.6mm. Dá pra duas pessoas ou uma pessoa + equipos (caso queria).

 

 

MAURÍCIO

Bastante interessante essa idéia heim! Já ajuda a previnir pequenos ladrõezinhos e/ou incomodos nos transportes.

E quanto a ferrugem desses ilhoses? Será que tem problemas?

 

 

 

Abraços

 

Oi Danilo. Então, a idéia seria utilizar essa costura em zigzag para distribuir o material ao longo do "colchão" e não deixar que ele se espalhe com o peso na hora de dormir. Como são pequenas bolinhas de EPS, o material ficaria solto dentro do saco. Ao levantar o saco, as bolinhas poderão ser arrastadas pelo zigzag para a parte de baixo, onde o saco poderá ser enrolado. Na hora de dormir, o saco é desenrolado e as bolinhas são arrastadas pelo zigzag com a mão.

A respeito do material eu pensei em algo com pouca elasticidade, como um nylon ou polyester mais encorpado.

Fiz uma pesquisa do custo dessa peça e o valor ficou por volta de R$50,00, quando feito em nylon. Vou tentar confeccionar uma peça ainda esse mês. Assim que estiver pronto eu tiro umas fotos. Abraços.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...