Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

iporanga


Visitante Dete

Posts Recomendados


  • Respostas 22
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

No feriado de 15/nov fui para Iporanga/SP, conhecer o Petar - Parque Estadual do Alto Ribeira, um complexo de mais de 200 cavernas, patrimonio da humanidade. Dando uma de Betuca, eu resolvi mandar um relato, até pq tem muita gente que nunca ouviu falar desse lugar, que já fica quase na divisa de SP com o Paraná.

 

Primeiro dia - acordamos cedo, café e fomos para o nucleo Santana, já com nosso guia. A primeira caverna foi a do Santana. Ela eh muito bonita, fácinha (o que eu só fui descobrir depois) e uma das mais limpas e claras. Estalactites e Estalacmites para todos os lados! Apesar de ser uma caverna "clara" minha lanterna não dava conta do recado muito bem não.

 

De lá, seguimos por uma trilha linda, atravessamos o riozinho (e a partir de entao caminhar com tenis molhado por 3 dias) e fizemos a caverna Agua Suja. Completamente diferente, mas tbm facil, na Agua suja vc vai caminhando sempre por dentro da agua. Alias, agua de caverna é gelada demais! Ao final, passando por uma passagem bem baixa, com agua por baixo e uma grande pedra em cima, apenas com espaço para passar a cabeça, a surpresa de uma cachoeira linda. Parada para banho na cachoeira dentro da caverna.

 

Saimos da caverna, e encontramos com varios grupos entrando, o parque estava ficando cheio. Parada para o lanche e fomos fazer a caverna Morro Preto (muito escorregadia e com o inicio de trechos onde vc tem que passar se "expremendo"). A esta altura do campeonato, ensopada da outra caverna e absorvendo barros e barros imaginem o estado desta pessoa. Alias, desta pessoa e do grupo todo!

 

O legal em Ouro Preto é a entrada dela, que vista de dentro pra fora é incrivel. Saimos de lá e fomos para Couto. Nessa altura do campeonato eu ja estava cansada dessa brincadeira. Ainda mais qdo o guia resolveu brincar de tirar nossas lanternas e nos fazer achar a saida no escuro. Segundo ele, para exercitar nosso espirito de trabalho em equipe. Após muitos tombos e mais muita sujeira, missao cumprida.

Final do primeiro dia: imunda, cansada, pernas dormentes, mas tendo visto coisas incriveis e feito novos amigos. Ainda sobrou energia pra comprar uma lanterna mais potente na lojinha pros dois dias que ainda estavam por vir.

 

Segundo dia: Com minha resistencia fisica de jogadora de baralho, sair da cama era uma missao quase impossivel as 7hs da manha. Como eu ja havia me informado, a primeira caverna deste dia seria Lage Branca, e requereria uma senhora trilha. Abortei essa parte da viagem pra curtir a cama um pouco mais e encontrei o grupo lá pelo meio dia e fomos fazer a caverna Alambari. Essa eh show. Alias, descobri que eu gosto mesmo eh de caverna com agua. Nessa tem um escorregadorzinho bem legal e depois fazemos uma travessia com agua no pescoço pra sair. suuuper.

 

De lá, fomos para a Caverna do Lago Suspenso. Linda! Bem, a abertura dessa eh dificil de ver... eh uma fenda na rocha, quase um buraco no chao.. pra entrar vc tem que fazer um rapelzinho basico.. com uma certa habilidade pra nao entalar na entrada da rocha... alias, minha primeira experiencia com aquela cadeirinha ate que foi legal.

 

Chegando la em baixo, um lago.. atravessa com agua no pescoço.... sobe um patamar e .. mais um lago, como que se estivesse num elevado, numa varanda, pois atravessando ele e observando por dentre as estalactites... vc enxerga uma grande galeria...com mais um lago lá em baixo.. mas um pé direito altissimo. Visual incrivel mesmo.

 

Hora de subir, degelar no sol e voltar para pousada. Alguns ainda foram para o boia-cross. Mas essa parte eu também pulei. Banho quente e janta eram as minhas principais necessidades naquele momento.

 

Alias, vale lembrar que a turma era muito legal e rendeu boas risadas e amizades. Mas por hora eu vou relatar só as cavernas, tá?.

 

Terceiro dia: acordar antes das sete mais uma vez... Petar é lugar de acordar cedo. Agora fomos para Ouro Grosso. Segundo os que já conheciam, é uma caverna dificil, por isso fica para o ultimo dia, mas muito bonita. Ainda segundo eles, nao eh para se assustar com o inicio dela, que causa uma má impressao. Inicio dela: imagine-se entrando numa gaiola para transportar gatos, com gradezinha na frente e tudo. Agora contemple que as paredes dessa gaiola de gatos sao de barro e rochas. Pronto! Agora descubra a melhor maneira de entrar nela. Pronto! Vc já tem uma ideia de como entrar nessa caverna.

Passar por fendas, buracos. Realmente eh uma caverna dificil. La dentro, agua gelada, muita agua. Cachoeiras e piscinas naturais. Realmente valeu a pena.

 

Final da cachoeira com uma leve trilha, caminhando com o pouco de pernas que ainda existiam. Voltar para pousada, desmontar tudo numa leve garoa. Saimos de lá depois do almoco, as 14h30. Paramos em Eldorado para visitar a caverna do Diabo. Ela eh muito bonita, mas como dizemos, dá pra entrar de smoking la dentro. Meteram tanta estrutura de visitacao nela que tem holofotes pra todos os lados, escadas, corrimoes, e até banquinhos. Vale a pena visitar, mas por favor, façam isso antes de ir para o Petar, e nao depois, senao, perde a graca, hehe.

A volta com chuva teve um engarrafamento incrivel, e a viagem que era pra ser de 4 horas levou 9! Mas isso eh outra história.

 

Mas fica a dica de um passeio muito legal. Mas tem que estar disposto a passar perrengue, a vencer medos, adquirir uns roxos e se sujar. Alem disso eh um lugar barato pra se visitar. E muito, muito bonito mesmo. Fica a dica pra todos.

Link para o post
  • Membros de Honra

Oi Claudia (alias vcs já perceberam quantas Claudias tem por aqui?)

 

adorei o relato, estou para ir em breve para o Petar e ja me imaginei paracendo um monstro de lama depois de cada trilha! Dizem que tem tanta caverna lá que não da pra escolher pra onde ir. Me responde uma coisa, gostaria de ir em uma época do ano em que não tivesse tanta gente, não fosse tao tumultuado, voce tem ideia de qual o melhor periodo?? VC acha um final de semana pouco?

 

Outra duvida: existe a possibilidade de agendar os passeios diretamente com os guias? Pq em muitos parques sai bem mais barato que via agencia...

 

Bj

 

Thiago de Sa

Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...