Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Arquivo - Cidadania Italiana - Procedimentos


Posts Recomendados

  • Respostas 1,5k
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Posted Images

  • Membros de Honra
quote:Originally posted by Flama

 

Olá! Voc sabe me dizer se estando matriculado em um curso (mestrado, doutorado, etc) não fica mais fácil de alugar um imóvel? Pretendo estudar enquanto eu estiver lá, mas não sei se vou conseguir sair daqui empregada. Muito provavelmente não...

 

 

 

Cara, tome cuidado com esta de reunir uma galera e vir para alugar um apto aqui, è muito dificil conseguir alugar algum apto para quem nao tem um permesso valido para trabalho e ao menos um contrato de trabalho .... aqui para alugar nao basta so o dinheiro para entrar no apto (3 meses adiantados, mais o mes, mais um mes para a agencia, mais 100 para instalar agua, 100 para luz, 150 de telefone) e se nao for totalmente arredato (mobiliado) vc tera que comprar camas, panelas, pratos, geladeira, etc ... se nao o Vigili nao da a residencia pq nao tera condiçoes de "viver"!

 

Achar um lugar aqui na Italia para fixar residencia para um so ja è dificil (sem pagar nada para nenhum "agente"), achar para mais de um na mesma casa è quase impossivel!!

 

Mas, como vc disse, quem sabe nesta sua Aventura vc's consigam!!

 

Abraços e Boa Sorte!!!


id="quote">
id="quote">

 

Ateh da para vc alugar sim, vai depender da Agencia pois o permesso de estudo è para no minimo um ano, mas nao sei te dizer o que vao pedir de garantia (dinheiro, calçao, algo assim)

Link para o post
  • Membros

Questão de trentino é diferente da questão de trento!

Como consta no site do consulado de sp sobre a questão trentina

apenas os comunes de Trento, Bolzano e Gorizia seguem o limite até fim do ano.

Para o caso de Trento só há problema se o imigrante emigrou antes de 1866, ver nota da embaixada: http://www.famiglia.carrara.pop.com.br/encartecidadania.pdf

Isso é lógico, porque a região de Trento já tinha sido tornada parte da recém criada Itália de Garibaldi em 1866, diferente da região trentina.

Portanto, províncias como Vicenza, que é o meu caso, entram no caso de Trento.

Link para o post
  • Membros

Salve! Gostaria de saber se o processo na cidade de Padova e enrolado e tambem gostaria de saber se alguem sabe o q se deve fazer prara esperar a conclusao do processo no Brasil, devo ir ao Comune e dizer que volto pra la ou nao? A verdade e q todo munod diz que se pode esperar no Brasil mas se vou embora perco a residencia e ai o Comune para de trabalhar com a minha cidadania, nao?

Obrigada a todos que possam me a judar a esclarecer essas duvidas.

Link para o post
  • Membros
quote:Originally posted by ledomingos

 

Olá, nunca ouvi dizer que pode esperar o processo no Brasil


id="quote">
id="quote">

 

 

pois é - é ridiculo ficar prisioneiro na italia sem nem poder trabalhar - mas eu vim para o brasil - e os vigiles resolveram passar na minha casa de novo - acho que foi porque mudou de vigile - e agora ele diz que quer me ver e que o processo ficará parado.

maledeto!

Link para o post
  • Membros de Honra
quote:Originally posted by Fabi26

 

Salve! Gostaria de saber se o processo na cidade de Padova e enrolado e tambem gostaria de saber se alguem sabe o q se deve fazer prara esperar a conclusao do processo no Brasil, devo ir ao Comune e dizer que volto pra la ou nao? A verdade e q todo munod diz que se pode esperar no Brasil mas se vou embora perco a residencia e ai o Comune para de trabalhar com a minha cidadania, nao?

Obrigada a todos que possam me a judar a esclarecer essas duvidas.


id="quote">
id="quote">

 

Vc pode voltar para o Brasil sim ... Nao precisa ficar aqui na italia como "prisioneiro" ...

Mas, para isto vc tem que tomar alguns cuidados ... Ex.: Deixar claro para a pessoa que te deu a residencia que vc nao esta indo embora, para que se o Vigile passar novamente as pessoas dizerem que vc esta viajando. Se nao, eles param mesmo a pratica!! Deixe seu nome no campanelo, ou na caixa de correio. Se chegar correspondencia da comune alguem tem que te avisar para vc responder rapidamente!!!

 

Abraços!!

Link para o post
  • Membros

Wagner, o italiano na minha descendencia provem do meu tataravô do qual meus primos (segundo grau) são bisnetos. To pretendendo entrar com o processo na Itália e tenho que obter os documentos do meu tataravô e do meu bisavô que estão no consulado em POA, pois foram utilizados para a obtenção da cidadania (em POA) de tais primos. Possuo os documentos a partir do meu avô e penso que so necessito dos doc. do meu bisavô e meu tataravô. Estou certo? Obrigado pela atenção, Alexandre

quote:Originally posted by wagner_rio

 

Resposta de AGORA:

 

Alexandre,

 

você me confundiu: É para eu te orientar quanto à prática num consulado brasileiro ou você vai fazer na IT mesmo?

 

Me diga quais são os PARENTES em comum com esses primos: só o tataravô?, o bisavô também?, porque há documentos de seu avô em POA?

 

Entre em contato com seus primos, veja em que ano a cidadania deles foi reconhecida e qual o Comune de origem de vocês.

 

Quanto à recomendação sobre qual consulado é melhor para legalizar, não sei dizer.

 

O que digo é que você tem que ficar atento ao que é RESIDÊNCIA. Não é apenas mudar de casa, 6 meses por não te dar residência em SP e assim você pode não ser atendido.

 

Veja no site de SP, Roteiro de Cidadania > documentos que comprovam a residÊncia em SP (Inscrição na Receita Federal, Declaração do Tribunal Eleitoral confirmando seu domicílio eleitoral: onde você vota, etc etc)

 

Wagner Maiolino, Rio de Janeiro.

 

quote:Originally posted by Alexandre Cordeiro

 

Caro Wagner, meinha descêndia provém do meu tataravô, tenho dois primos de segundo grau que possuem a cidadania. Meus pais não a possuem, estou com os documentos apartir do meu avô, ja que acreditava que, estando os doc. em POA, esses eu não precisaria apresentar. Minha itenção era dar entrada em Curitiba, moro em Floripa, e acreditava que tal consulado entrasse em contato com POA e requeresse tais doc. ou copias reconhecidas. Em relação aos doc. que possuo, falta legalizar mas não apresentam qualquer erro de grafia e de sobrenomes. Vou passar 6 meses em MS, lá responde por SP, e de lá pretenderia seguir para a Europa, por isso a dúvida de onde legalizar e dar entrada nos papéis. Daria pra fazer em SP? Este é mais eficiente que o cons. de Curitiba?? Fico muito grato pela importantes informações me fornecida, abraço Alexandre

quote:Originally posted by wagner_rio

 

quote:Originally posted by Alexandre Cordeiro

 

Obrigado Wagner pela resposta e atenção. Pensei que poderia requerer os doc. no consulado ja que estes foram usados para o processo de cidadania de alguns parentes que, aliás ja a obtiveram.


id="quote">
id="quote">

 

Nesse caso, se você for der entrada no mesmo consulado que seus parentes, o que muda é que você efetivamente não precisa apresentar novamente as certidões de ANCESTRAIS EM COMUM. Veja no roteiro de cidadania de seu consulado que haverá essa informação.

 

Verifique que parentes que reconheceram antes de você e que documentos apresentados são comuns à sua lista de documentos.

 

Peça informações sobre o número da pasta deles também.

 

Seu processo será um novo processo, nao muda nada no tempo de espera e o consulado não devolver certidões, apenas você é que não precisrá reapresentar as certidões que estão lá.

 

Seus pais já são italianos reconhecidos?

 

Quem é o ialiano em questão no seu caso e que ascendentes seus já são italianos (vivos ou mortos: avô, avó...) e onde você mora?

 

Wagner, Rio de Janeiro.


id="quote">
id="quote">


id="quote">
id="quote">


id="quote">
id="quote">
Link para o post
  • Membros de Honra
Originally posted by Alexandre Cordeiro

 

Wagner, o italiano na minha descendencia provem do meu tataravô do qual meus primos (segundo grau) são bisnetos. To pretendendo entrar com o processo na Itália e tenho que obter os documentos do meu tataravô e do meu bisavô que estão no consulado em POA, pois foram utilizados para a obtenção da cidadania (em POA) de tais primos. Possuo os documentos a partir do meu avô e penso que so necessito dos doc. do meu bisavô e meu tataravô. Estou certo? Obrigado pela atenção, Alexandre

Originally posted by wagner_rio

 

Resposta de AGORA:

 

Alexandre,

 

A existência desse processo anterior ao seu em POA não muda em NADA em relação ao seu na IT.

 

Você deverá apresentar TODOS os documentos necessários desde o tataravô (incluindo a Negativa de Naturalização) até você.

 

Negativa de Naturalização: Faça um pedido ao Ministério da Justiça conforme eles recomendam ANEXANDO uma cópia da certidão Negativa que seus parentes devem possuir.

 

Assim o MJ saberá que não é para fazer nova pesquisa, mas apenas para emitir nova certidão. O tempo na fila não muda, mas o processamento do seu pedido quando chegar sua vez será mais rápido que o dos outros.

 

O consulado de POA não pode te DEVOLVER documento nenhum de seu trisavô (nome correto para tataravô) nem de seu bisavô.

 

Você está tendo uma desinformação comum aos brasileiros:

Veja: certidões são apenas papelzinhos assinados que COMPROVAM que existe um registro (de nasc, casamento, óbito) num livro no cartório em questão.

 

Desse livro, o cartório pode extrair tantas certidões quantas forem necessárias A QUALQUER TEMPO.

 

Então, localize com seus parente em que cartório estão esses registros e peça novas certidões.

 

Wagner Maiolino, Rio de Janeiro.

Link para o post
  • Membros de Honra
quote:Originally posted by Rod.Mar

 

quote:Originally posted by Fabi26

 

Salve! Gostaria de saber se o processo na cidade de Padova e enrolado e tambem gostaria de saber se alguem sabe o q se deve fazer prara esperar a conclusao do processo no Brasil, devo ir ao Comune e dizer que volto pra la ou nao? A verdade e q todo munod diz que se pode esperar no Brasil mas se vou embora perco a residencia e ai o Comune para de trabalhar com a minha cidadania, nao?

Obrigada a todos que possam me a judar a esclarecer essas duvidas.


id="quote">
id="quote">

 

Vc pode voltar para o Brasil sim ... Nao precisa ficar aqui na italia como "prisioneiro" ...

Mas, para isto vc tem que tomar alguns cuidados ... Ex.: Deixar claro para a pessoa que te deu a residencia que vc nao esta indo embora, para que se o Vigile passar novamente as pessoas dizerem que vc esta viajando. Se nao, eles param mesmo a pratica!! Deixe seu nome no campanelo, ou na caixa de correio. Se chegar correspondencia da comune alguem tem que te avisar para vc responder rapidamente!!!

 

Abraços!!


id="quote">
id="quote">

 

- Os Comunes Italianos só PODEM atender aos RESIDENTES no Comune.

 

- Ninguém fica prisioneiro na IT.

O que se tem como praxe é que o descendente pode, SE NECESSÀRIO, dar um pulinho POR POUCO TEMPO apenas para o seu PAÍS DE ORIGEM enquanto espera a cidadania tramitar.

 

- Recomendação: Faça isso só se for MUIIIIITO necessário.

 

- Se não, a pessoa DEVE permanecer no Comune e o VIGILE PODE fazer tantas visitas quantas forem necessárias para comprovar a permanência da pessoa no endereço que ela DECLAROU ao Comune como sendo sua RESIDÊNCIA.

 

- Se o Vigile constatar abandono de residência, o Comune pode, COM TODO DIREITO, CANCELAR o seu processo.

 

AINDA MAIS EM TREVISO, sinônimo de COMPLICAÇÂO e RIGOR!!!!

 

Wagner Maiolino, RJ

(Desculpe o tom, mas temos que ser conscientes das coisas para não botar a culpa sempre nos outros)

Link para o post
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.

×
×
  • Criar Novo...