Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Africa- 22 dias sozinha pela Afrika. Egito.


Posts Recomendados

  • Colaboradores

20121023002011.jpg

 

Welcome to Cairo,um caos que funciona.

 

Ola Mochileiros,este eh meu segundo relato do quase terminado projeto Meu Mundo de Mochila.

 

Data da viagem- 14/09 a 09/10/12.

Passagem- Zurich/Cairo 198.00 Euros,Lufthansa.

Eu estava ansiosa para conhecer a Africa,mesmo depois de passar alguns dias internada por problemas de saúde eu não desistir.

Cheguei em Cairo as 10 da manha,num voo um pouco tenso pela onda de protesto que tomava Cairo deste o lançamento de um filme nos EUA.

O aeroporto:

Ele eh novo,estava um clima tenso pela situação politica do pais, não tinha muitas pessoas e o processo para tirar o visto eh simples.

Vai ate a alfandega,numa janela você paga 15 dólares,noutra esta o pessoal para verificar seu passaporte e te dar o selo de entrada ha também um lugar para trocar dinheiro,tudo muito [des]organizado.

Uma vez do outro lado peguei minha mochila que estava rodando la maior tempo,procurava alguém com a placa com meu nome ou o nome do hostel onde me hospedei,procurei por alguns minutos e encontrei Ahmed,um egípcio bem humorado e que fala pelos cotovelos,alem de esta sempre querendo me vender um tuor.

Logo que sair do aeroporto percebi que ali era provavelmente o lugar com mais pedintes que já vi na vida.

Nos entramos num táxi que começou a perambular pelas ruas de Cairo e eu estava pensando que era meu fim, não existe semáforos,eu não sei como eles dirigem naquilo,mais sei que do aeroporto ate o hostel gastamos cerca de 30 minutos.

O hostel fica num casarão antigo,eu não sabia oque esperar dali,mais me tive uma surpresa quando entrei no meu quarto,limpo e super grande.

Logo depois de um bom banho era hora de enfrentar a verdade,sair para ir ao International Medical Center,o pessoal na recepção assustou quando perguntei como chegaria la,tipo,essa ai mal chegou e já esta morrendo? O hospital fica a 40 KM da Praca Tahrir,gentilmente o pessoal da recepção ofereceu um táxi do hostel para me levar ate la. Na medida que o carro ia afastando eu pensava o quanto difícil era tudo aquilo e que divertido,porque seria mais fácil organizar aquela bagunça e acabar de vez com todo o caos,as vezes o obvio não parece interessante.

Notei que saímos de Cairo e nada de hospital,depois de alguns minutos apareceu um complexo de prédios,novos,organizados e muito modernos. Pois e,cheguei onde poucos egípcios chegam.

Para entrar precisei mostrar uma ficha de encaminhamento do Instituto Americano,um formulário fornecido pela embaixada americana,foram quase 30 minutos,foi mas fácil entrar no pais que no hospital... :?

Passei o resto do dia andando pelos jardins,todos muito bem cuidados era um lugar realmente bonito,mesmo para um hospital,era ótimo esta ali... não pelos pingos de ouro,mas pelo silencio,calma,coisa que ate então pensava não existir em Cairo.

Passei a noite la,no outro dia fui para o hostel de manha,estava decidida a ir as Piramides e depois voltaria a Cairo e ia descobrir lugares não turísticos para ir.

 

2* dia em Cairo.

Eu estava farta de tuors,pessoas querendo me vender isso e aquilo,decidir que já que estava no Egito de mochila,iria ser mochileira,me acostumei rápido com os olhares estranhos por esta sem véu,homens e mulheres me mirava,mas era mais miradas de curiosidade que de ameaça.

Como tinha passado o primeiro dia andando de táxi, resolvi pega dicas de como sobreviver no Egito.

Se eu estivesse com um cara,eu pegaria um ônibus,mais como estava sozinha,eu andei a pé mesmo.

Nao peca infos de onde ir a taxistas,eles sempre vão te levar para alguma loja de conhecido ou uma bem longe para cobrar mais pela viagem.

Eu estava caminhando distraída,quando um cara me abordou,eu tenho medo de abordagens de pessoas,ele disse que tinha um amigo na Inglaterra,que queria enviar um postal,mais que nao sabia escrever em inglês. Me pediu ajuda,eu ajudei e ele agradeceu e disse que me levaria a um lugar onde iria me presentear com um papiro. Chegando na loja,com inúmeras pinturas em papiro,ele me apresentou sua irma e seu irmão,disse que a irma iria casar no dia seguinte e que era para mim abencoar o matrimonio dela..o cara começou a escrever algo no papiro [falso],dava para notar que ele não tinha a menor capacidade para fazer as pinturas que estava na loja.

Andei um pouco olhando os objetos e escutei o cara pedindo para turistas escrever cartas em inglês para seu amigo inglês. Eu sai de fininho e me livrei de pagar qualquer centavo pelo desenho na folha de bananeira.

Eu não tinha muita ideia de onde estava,mais seguir em frente em linha reta,ate que cheguei numa estação de Metro,eu já sabia mais ou menos como funcionava metro em países árabes por causa da minha estadia em Dubai,comprei um passagem,custa 20 centavos de dólares. Eu era a unica turista ali e entrei num vagão que estava lotado de meninas de colégio [o primeiro vagão são para mulheres,apenas] Elas me encheram de perguntas,foi uma viagem agradável,elas foram a primeiras pessoas a conversar comigo sem interesse em vender um tuor,saltei junto com as meninas na estacão da Universidade de Cairo,eu queria conhecer a universidade,mais nao deu. Peguei o trem de volta,elas me aconselharam a ir no bairro Zamalek,para conhecer a Cairo Moderna :D

 

20121023173215.jpg

 

Peguei o metro de volta,de novo 1 LE, de novo primeiro vagao,descir na Gezira Opera,realmente o bairro eh outro lugar. Muito bonito com praças enormes e restaurantes com comidas europeias. Fast food e lojas muitas lojas com roupas europeias,passei cerca de 2 horas andando pelo bairro,tem muitas arvores o clima eh agradavel e parece que ali as coisas sao diferentes,ha muitas mulheres sem véu,por exemplo.

20121023182531.jpg

 

Voltei para o hostel morta,tomei banho e fui jantar com alguns mochileiros do hostel no Hard Rock Cafe,indico o Hard Rock para quem quer algo normal num lugar diferente,pagamos 78 LE para um prato com asas de frango, purê de batata e salada.

Mais a comida somado ao calor não me fez bem,tanto que metade do meu terceiro dia em Cairo ficou na Terapia Intravenosa ::bad::

Na outra metade do dia...eu tentei andar um pouco,mais estava terrível,falta de ar,dor.. não era meu dia.

Porem eu ja me acostumei com isso,estava disposta a conhecer algo mais de Cairo antes de ir para o tradicional turismo,peguei o metro e olhei uma estacao para descer,escolhi a estacao de Attaba,descir e comecei a andar,notei que nao tinha ninguem turista alem de mim,depois que passei a ponte de AlAzhar,caminhei por uma rua muito bonita,Abdel Aziz,eh uma rua com prédios antigos,nao que eu entenda muito de arquitetura mas eles são um estilo de contrucao art deco,tambem tem muitas pessoas e comercio popular,eh um bom lugar para comprar as coisas,comprei frutas num mercadinho e foi o primeiro lugar onde nao tentaram me roubar. As pessoas me olhava como sempre,mas sempre muito calmos.

Depois que passei por esta rua,resolvi conhecer o bairro Garden City ou Paris Along The Nile,que as meninas havia indicado no papo de meninas no Metro.

Mais o bairro estava tomado por protestos por causa da embaixada Americana que fica nas proximidades,ainda sim eu fui visitar o predio da Pilares Cinzas,onde os britanicos ficaram para planejar os ataques contra o Egito durante o confronto entre eles.Mas o predio estava fechado,porem recomendo muito ir visitar essa regiao de Cairo,nao eh turistica como as outras,esta perto do Centro e pode ir de metro.

E so descer na estacao Sayada Zeinab e caminhar entre as muitas ruas com prédios interessantes.

Voltei ao hostel e fui para o Khan El Khalil,o maior mercado de Cairo,mais um lugar muito caro,por sorte eu e os meninos nos perdemos e saímos do outro lado do mercado,onde tem uma grande mesquista,depois desta mesquista tem um mercadinho pequeno,onde vende tudo que tem no outro mercado,mais bem barato.

Se continuar ate o final da rua,pode encontrar um portao enorme e antigo onde tem a muralha que foi construída para proteger a cidade dos inimigos. Foi ate o mercado de taxi,assim nao sei dizer como faz para chegar de metro ou ônibus.

Quando voltamos para o hostel,resolvemos ir ver Cairo a noite deste um casino que tem uma vista muito bonita do Rio Nilo e da Torres de Cairo.

 

20121023195212.jpg

 

No quarto dia foi as piramides no esquema quase independente,tomei o metro no centro e fui ate a estacao de Giza,la peguei um taxi para as piramides. Ao tudo gastei 4 dolares.Tem que acordar o preco com o cara antes de entrar no taxi. Ele queria me cobrar 30 LE,depois que negociei ficou em 17.

 

Ao chegar,pedir para ele me deixar na Esfinge que o lugar mais perto da grande piramide,nao demorou um minuto e fui cercada por pessoas vendendo passeios em camelo,olhei para aqueles animais e pensei como pode um ser humano deixar aqueles bichos chegarem a condicao de ter apenas pele sobre os ossos e pior ainda sao os turistas que pagam para continuar a maltratar,pobres seres.

Eles se ofendem se voce fala nao,mais eu nao ligo. Esta entendendo porque deixei as Piramides por ultimo? Eu odeio lugares turisticos,mais era meu sonho conhecer as Piramides, então eu fui.

Terminada a visita voltei para Cairo e fui direto a estação de ônibus para ir a Alexandria.

 

20121023201506.jpg

 

Alexandria!

 

Se tem uma cidade no Egito que sonhava em conhecer era ALEXANDRIA,eu sei tudo sobre Alexandria,estudei a historia da cidade para uma exposicao sobre Egito que teve na minha escola a varios anos atras,eu tirei 10 pontos pelo trabalho,passei de ano e fiquei levemente agradecida.

Eu nao via a hora de chegar e conhecer os templos e principalmente a BIBLIOTECA.

A viagem de Cairo durou cerca de 4 horas e eu dormi durante toda a viagem,quando cheguei em Alex,como eh chamada,minha sogra esperava por mim,ela e a filha iriam ficar 23 dias no Egito]

Fui para um hotel que elas estavam,tudo muito chique,mais eu ja estava acostumada com meu lado mochileiro e preferir procurar um hostel pra mim.

Reservei um noite no Dina's Hostel,fica no centro da cidade e custa 20 dolares para quartos privados.

Tive que fazer mesmo esquema de Cairo,primeiro dia era ir no hospital e dormi.

Mais ai aconteceu o inesperado,o resultado do check up deu muito errado e fiquei 2 dias no hospital,3 dias em Alexandria,2 no hospital ::putz::

No ultimo dia,eu estava pensando...oque irei fazer hoje? Eu iria ficar mais 1 dia la,mais eu precisava ir embora tambem.

Entao,eu fiquei no hostel mesmo ate a hora de ir embora.

Nao conheci nada de Alexandria...... :( Mais irei voltar em breve e passar muitos dias la.

Voltei para Cairo e depois seguir para Chade... Próximo relato.

 

 

Fotos de rua de Alexandria,nao gosto de fotografar pessoas,mais esse casal me chamou a atenção.

20121023204336.jpg

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...