Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Furnas: rapel nas águas do mar de Minas!! (com fotos)


Posts Recomendados

  • Membros

*Para informações sobre o lugar, mais fotos e vídeo, acesse o blog, por aqui demora muito :( (http://www.sementesnamochila.blogspot.com.br)

 

 

No feriado do dia 07 de Setembro, combinei com uma galera mineira de conhecer Furnas, ficarmos num camping e fazermos rapel por lá. Combinei com mais três amigos, dividimos a gasolina e encontramos o pessoal lá.

 

Primeiro dia (sexta feira, 07 de setembro):

Saímos na sexta, no dia 07 de Setembro, pela manhã, e chegamos lá de tardezinha já, pois fizemos várias paradas. O sol na estrada estava escaldante, então foi realmente cansativo. Chegamos, montamos a barraca, e o pessoal que tinha chegado na quinta a noite estava voltando de um rapel numa das cachoeiras, e o lugar é realmente muito lindo. A noite um churrasco, uma roda e um lual sobre as estrelas , tocando um som num violão (os mineiros tocam muuuuito). A lua estava linda, e o típico céu brilhante de Minas que NÃO EXISTE em São Paulo.

 

Adoradores da lua...

20121024065707.jpg

 

Segundo dia (Sábado, 08 de Setembro):

No município de Capitólio (município onde a hidrelétrica está localizada) existem lindíssimas piscinas naturais, de água verdinha e transparente, e saímos depois do café pra fazer uma trilha por elas. Levamos coisas pra comer e passamos o dia curtindo a natureza, parando pelos locais, nadando, etc. A maioria das trilhas tinha que passar por dentro das piscinas naturais andando ou a nado pela água geladassa, mas como o dia estava quente, foi uma delícia!

O dia que eu quase morri afogada: Numa das piscinas naturais que paramos, resolvemos tirar umas fotos embaixo da água. Eu não nado bem, apenas “me viro”, aí atravessei o laguinho a nado e perguntei se onde eles estavam dava pé. Mas quando tentei colocar o pé no chão, nao dava, tinha um buracão bem embaixo de mim! Comecei a afundar, olhei pra cima e vi a claridade do dia sumindo, sumindo na superfície... Sabe aquela história de ver sua vida passando em segundos na sua frente? Eu realmente vi isso, vi cenas da minha infância que não tinha mais nenhuma lembrança. Vi uma cena de quando eu devia ter uns dois anos de idade e estava num rodeio com meu pai e os touros se soltaram e as pessoas começaram a correr e meu pai começou a correr também comigo no ombro e meu irmão no braço. Me vi na escola no meu primeiro dia de aula, vi as tias da creche me fazendo comer umas verduras, revi cenas de quando eu era casada (hilario rs) coisas muuuuito antigas mesmo! Quando voltei liguei pro meu pai e perguntei dessa cena do rodeio, e ele disse que isso aconteceu. Surreal. Mas aí alguém me puxou pra cima e ficou tudo bem. Ufa! Tirei a foto e saí rapidinho com medo de cair no buraco de novo rs.

 

20121024070344.jpg

Lavando a alma:

20121024070530.JPG

 

 

A noite, macarronada e outro lual, e quase fomos expulsos do camping por causa do barulho. Vieram dizer que ou parávamos ou era pra nos retirarmos. Aí procuramos um lugar bem afastado pra continuar, tudo escuro, ligamos as lanternas e continuamos a cantar. Tem que ter pique!

Momentos felizesantes da ameaça de expulsão :(

20121024070201.jpg

 

Terceiro dia (Domingo, 09 de Setembro)

O dia do rapel: fomos até uma fenda que tinha numa rocha com uma altura de uns 70 metros. Aí depois de descer um pouco as rochas acabavam e a descida era livre, e aparecia a vista magnífica da represa de Furnas, com uma cachoeira LINDA no fundo (a cachoeira que o pessoal fez rapel na sexta, mas não fiz pq chegamos muito tarde). Eu nunca tinha feito rapel, e confesso que na hora que botei as pernas no paredão rochoso pra começar a descer pensei em desistir, com medo da corda soltar e cair de uma vez, mas é pq era a primeira vez, e tinha que descer sozinha. Depois que peguei o jeito de ir soltando a corda aos poucos pra descer, foi tranqüilo. Pretendo fazer outras vezes. Voltamos pro camping de barco, pq o lugar só tinha acesso pra entrar e sair de barco, e como entramos por cima descendo os cânions de rapel tivemos que voltar de barco.

Chegando no camping, foi desmontar a barraca, refazer a mochila e voltar Pra Sp. Buááááá. Deprê pós viagem, fazer o quê?

 

20121024070909.jpg

 

Lugar feio, não?

20121024071036.JPG

 

20121024071147.jpg

 

O rapel que eu nao fiz na sexta, porque cheguei tarde (só pra ficar na vontade...)

20121024071332.jpg

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 9 meses depois...

  • 9 meses depois...
  • Membros

Há campings na região .. Se você for de carro, há várias opções. Quebra-anzol, Paraíso Perdido, Pousada do Turvo (todos esses possuem área de camping) o mais em conta é o Quebra-anzol (cerca de 20, 30 reais a diária), Paraíso Perdido deve estar em torno de 50,00 a diária. A Pousada do Turvo deve estar mais ou menos uns 40,00 .. Seguem os sites.

 

http://www.pousadadorioturvo.com.br/

http://www.paraisoperdido.com.br/

http://www.craffurnas.com.br/quebraanzol.html

 

há ainda, algumas pousadas .. umas mais em conta, outras mais caras um pouco .. a que recomento é a Pousada do Turvo, boa localização e preço mais acessível.

A Pousada Trilha do Sol fica perto também, mas to por fora de preço.

 

Tudo isso que falei fica perto da Usina Hidrelétrica de Furnas (porém na rodovia, as margens do lago de Furnas). Na cidade de Capitólio e na vila de Furnas (município de São José da Barra-MG) tem ainda várias opções de pousadas, hotéis e campings.

Como falei, visitar tudo a pé é complicado.. mas não é impossível.

Não deixe de fazer o passeio de lancha nos cânions do lago (50,00), com a chalana sai por 40 adulto e 30 criança.

Mas com a lancha é mais interessante e chega a lugares que a chalana não chega.

http://www.portaldachalana.com.br/home

http://furnasaventura.blogspot.com.br/

http://www.pousadadorioturvo.com.br/

nesses sites, você encontra informações.

 

Para os mais aventureiros, dá pra fazer um camping selvagem .. Já acampei no "meio do mato" lá e não tive problemas. Passamos a noite bebendo e conversando, acordamos cedo e tomamos um belo banho de cachoeira .. Acampei no topo de uma serra (um frio da po**a), o pessoal da região chama de VHF. Vindo de Passos, passando pela vila de Furnas, quando chega na barragem, ao invés de atravessá-la, vire a direita e pegue uma estrada de terra (em alguns pontos ela é concretada), vá reto até um torre de telefonia ... de lá é possível ver várias cidades durante a noite, e o lago durante o dia .. é sensacional.

Há ainda a cachoeira da Filó e a cascata, na beira da rodovia, e a cascatinha, bem ao lado do vertedouro da usina.

Lugara fantástico.

Qualquer dúvida me manda um email, que te passo informações precisas e específicas.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...