Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Relato em construção: 3 continentes - Paris, Londres, St. Petersburgo, Dubai, Tunis e Djerba


Posts Recomendados

  • Colaboradores

 

Nossa viagem começou 1 ano antes do embarque, tudo surgiu de uma brincadeira onde cada um teria que escolher um destino que gostaria de conhecer no mundo. Eramos três, meu amigo Jan, minha prima Luana e eu. O único destino que já tinha na minha cabeça era Dubai, era louco para conhecer aquele hotel em forma de vela, o Burj Al Arab, os outros destinos cada um teria que escolher... A Luana queria assistir o Balé de Kirov no teatro Mariinsk em São Petersburgo na Rússia, o Jan queria conhecer Paris e eu conhecer o deserto do Saara na Tunísia. E foi num almoço de família que colocamos nossas ideías em prática.

 

20121118144842.jpg

 

20121118144314.JPG

 

Começamos a viagem comprando com 10 meses de antecedência as passagens no site submarino.com.br Destinos: São Paulo – Paris – St. Petersburgo – Dubai e Tunísia. Tinhamos exatos 20 dias para essa loucura, afinal seriam três continentes, mas mesmo sabendo das distâncias a vontade era maior. Como tínhamos 9 dias na França, resolvemos tirar 3 dias e conhecer Londres também.

 

As passagens aéreas nos custou R$ 4.200,00 parcelados em 10x no cartão submarino. Em outros cartões não conseguimos essa facilidade.

 

São Paulo – Paris

Paris – St. Petersburgo

St. Petersburgo – Dubai

Dubai - Tunísia

 

Compramos com antecedência a passagem de ônibus de ida e volta Paris para Londres por 60 euros (ida e volta). Confesso que ir de ônibus para Londres e vice e versa não seja o meio mais confortável para se viajar, mas queríamos economizar, mas isso será detalhado futuramente.

 

Tivemos que comprar também uma passagem de ônibus na Tunisia para ir da capital Tunis até a cidade de Djerba no sul do país que nos custou R$ 37 reais e também uma passagem aérea para voltar de Djerba para Tunis por 90 dólares.

 

Reservamos todos os hósteis também com antecedência pelo http://www.hihostels.com, exceto o de Paris http://www.aijparis.com/

 

Paris

19 euros a diária com café da manhã.

Nota para o hostel: 8 (É um bom hostel pois fica perto do metrô, mas o wc deixa a desejar)

 

Londres:

London - St Pauls YHA,

19 libras a diária sem café da manhã.

Nota para o hostel: 9 (Quarto um pouco apertado, mas ótimo)

 

St. Peterburgo

19 dólares sem café da manhã

Hostel St Petersburg - Friends Hostel

Nota para o hostel: 7 (Camas péssimas e sem café da manhã)

 

Dubai:

Hostel Dubai – A

80 dólares a diária com café da manhã

Nota para o hostel: 10 (Perfeito, ar condicionado, café da manhã, ao lado o metrô e supermercado)

 

Chegamos a reservar um hostel em Tunis, na Tunisia, mas todos os relatos sobre ele diziam que era péssimo e indicavam um hotel bem perto chamado Grand Hotel de France, tínhamos a reserva, mas fomos antes até o hotel e foi perfeito!

4 dias por 25 euros!

Esse hotel não faz reservas via email somente por telefone ou pessoalmente.

 

Precisamos de visto de trânsito em Dubai, ficamos 3 dias e nos custou 190 dólares cada um, pegamos diretamente no aeroporto de Dubai.

 

 

 

Paris - França

 

Paris – França

Dia 1

Era dia 11 de outubro, véspera de feriado, fui trabalhar já pensando na viagem que seria logo mais as 16 horas. Trabalhei até as 11 da manhã, por sorte tinha um bom banco de horas. A Luana nos buscou em Campinas e fomos até São Paulo na casa da mãe dela, onde já tinha um bom almoço nos esperando! Estávamos ansiosos, mal sabíamos as aventuras que nos esperava nessa viagem que na minha opinião foi perfeita!

 

Os pais da Luana (meus tios) nos levaram até o aeroporto. Alí no saguão estávamos empacotando com plástico filme nossas malas, queríamos economizar, então comprei um rolo que carrego sempre comigo na minha mala de mão. De repente quando estávamos alí trabalhando nas malas a gente ouve um grito “Luanaaaa!!!” demos um pulo de 3 metros... hahaha.. mas era a mãe dela que voltou no aeroporto dizendo que tinha esquecido de tirar nossa foto alí.... hahaha.. por conta disso a Luana foi motivo de piada a viagem toda, pois sempre que estávamos trabalhando em conjunto o Jan e eu ficávamos procurando a mãe dela que poderia aparecer alí para tirar uma foto nossa.. hahaha.

 

Chegamos em Paris as 06:25 no horário local, mas só chegamos ao albergue por volta de 10 horas da manhã.

Essa já era a quarta vez que ia à Paris, mas mesmo assim andar naqueles metrôs não era uma tarefa muito fácil! São labirintos infinitos sem escadas rolantes, um ponto muito negativo para mochileiros com bagagem pesada. Em Paris já fiquei uma vez no albergue Le Dartagnan e três veze no Albergue Internacional da Juventude (AIJ) esse último fica num ponto muito bom da cidade, já o Le Dartagnan num ponto muito afastado da cidade. Para se chegar ao hostel descendo na estação de metrô Ledru Rolin. Para se chegar a esse metrô pegamos um trem que parte direto do aeroporto Charles de Gaulle até Gare du Nord e ali dentro um metro até Ledru-Rollin. O custo foi de aproximadamente 9 euros.

 

20121118151726.jpg

 

Chegamos no hostel as 11, mas o check-in só poderia ser feito após as 15 horas, então, deixamos nossas malas e partimos para o almoço.

 

20121118175353.jpg

Distância do hostel ao albergue

 

20121119201419.JPG

Rua Ledru Rolin, pararela ao hostel.

 

Estávamos louco para comer um prato típico! Paramos em um restaurante e pedimos os pratos do dia, pois sempre tem sempre o menor preço. O prato é a base de batatas, ovo, carne... tudo o que a gente encontra no Brasil. Gastamos o equivalente a 12 euros cada um.

 

20121118174734.jpg

 

Partimos de metrô para o Museu do Louvre para aproveitar o tempo que tínhamos antes de ir para o hostel. O custo da entrada foi de 11 euros. Eu já tinha ido outras vezes ao Louvre, mas sempre existe algo novo para se ver, um amigo meu me disse que existe um passeio de três dias pelo Louvre com um guia. Sinceramento eu não sou fã de museus, mas não dá para ir a Paris e não ir até lá. Pegamos um guia na entrada e selecionamos as principais obras que queríamos ver e claro, que fomos direto para a Monalisa. Ficamos por volta de 3 horas no Louvre, para ser sincero eu nem sei os nomes das obras, logo abaixo coloquei um link das principais obras...

 

20121119201716.JPG

Fachada lateral do Louvre

 

Neste blog abaixo, tem as principais obras para se ver no Museu do Louvre

http://milhasapercorrer.blogspot.com.br/2011/02/as-principais-obras-no-museu-do-louvre.html

 

20121119202234.JPG

Louvre

 

20121119202708.JPG

 

20121119202724.JPG

 

20121119202743.JPG

 

20121119202937.JPG

 

20121119202952.JPG

 

20121119203026.JPG

 

20121119203041.JPG

 

20121119203056.JPG

 

20121119203111.JPG

 

 

 

Dentro do museu existem várias lojas como a Apple, Ladurée (a dos famosos macarons) que são imperdíveis provem o de pistache e o de Vanilla, custam 1,70 euros cada, Starbucks... Vale a pena dar uma passada, fica no mesmo local que está a pirâmide invertida!

 

20121119203128.JPG

 

20121120221837.JPG

 

Saimos andando pela cidade sem rumo encontramos a Academia Nacional de Música, a Galeria Lafayete e outras lojas... É muito fácil andar em Paris, pois o metrô chega a qualquer lugar! Não compramos o passe de uma semana pois ficaríamos somente quatro dias, compensava comprar o unitário.Já estava ficando tarde, resolvemos voltar para o hostel.

 

Para finalizar o dia paramos num Mc Donalds que ficava bem perto do hostel, gosto de provar lanches novos pelo mundo afora...

 

20121120222326.JPG

 

20121120222425.JPG

 

Dia 2 - Paris

 

Levantamos cedo, hoje o destino era a Torre Eiffel, Arco do Triunfo, Catedral de Notre Dame e voltar para a Torre a noite.

 

Começamos o dia com o café da manhã simples do hostel, pão com manteiga a vontade e um copo de leite com chocolate também a vontade... tudo muito simples, mas incluso no valor do hostel!

 

20121120222207.JPG

 

Saímos do hostel ainda não era 8 da manhã e nosso primeiro destino foi a Torre Eiffel...

 

20121120225512.JPG

 

20121120225620.JPG

 

O tempo estava frio, por volta de 15 graus, mas isso não atrapalhou a nossa alegria de ver a torre! Ainda dava frio na barriga! Embaixo dela estava tendo uma exposição de ursos pintados com temas de cada país... quando chegamos ao urso brasileiro ele estava vestido de índio... com desenhos que não representavam nosso país.. claro que nem tiramos fotos..

 

O tempo não ajudava muito, começou chover... ficamos um tempinho esperando a chuva passar, quando passou resolvemos comer um crepe de nutella! É bom, mas melhor mesmo é o waffle com nutella...

 

20121120225925.JPG

 

20121120223251.jpg

 

20121120225724.JPG

 

20121120230129.JPG

 

20121120230212.JPG

 

20121120230355.JPG

 

Matamos a vontade de ver a torre, então partimos com destino a Avenida Champs Elysée, 2 estações de metrô a frente... o tempo abriu um pouco, mas depois piorou de vez.. entravamos em todas as lojas até o tempo melhorar um pouco, é nessa grande avenida que estão as lojas mais chiques e caras do mundo, como Louis Vuitton, Cartier, Mont Blanc e algumas lojas com carros expostos. Foi andando por alí e com a chuva infernal que entramos num restaurante chamado Unisex e foi alí que aconteceu a minha experiência inesquecível de comer as famosas lesmas francesas chamadas de scargots... O prato nos custou 18 euros, bom, nem preciso dizer que tive nojo, que quase desisti de comer imaginando as lesminhas com suas casas nas costas, mas fui convencido pela minha prima que já havia experimentado... Coragem! Até que era bom... mas tá bom.. não preciso mais repetir.. esse restaurante foi a maior bola fora que demos gastamos uma boa grana e os pratos nem eram tão saborosos... teríamos que economizar a partir dalí... ::putz::

 

20121120230446.JPG

 

20121120230632.JPG

 

20121120230759.jpg

cardápio do restaurante Unisex.

 

20121120231929.jpg

 

20121120231430.jpg

 

Pegamos um metrô alí do lado mesmo com destino a île de la cité, onde nasceu a cidade de Paris e também onde fica a Catedral de Notre Dame... Tinhamos esperança de entrar lá, mas assim como nós todo mundo resolveu visitá-la também, não deu muito certo nossa ideia...

 

Não entramos, a ideia foi percorrer as lojinhas que ficam nas ruas laterais e depois comer umas das melhores sobremesas de Paris, o creme Brulee, o petit gateau.. Segundo minha prima, o ideal é assistir ao filme Melie Pulan que tem vários pontos turísticos da cidade...

 

 

 

 

Continua...

 

 

Enquanto não finalizo relato, vou postando os vídeos a medida que acabo...

 

Londres - Inglaterra

 

St. Petersburgo - Rússia!

 

 

Dubai - Emirados Árabes Unidos

 

 

Tunísia!

https://vimeo.com/59401857

 

Foi uma grande surpresa conhecer a Tunísia, foi o último país dessa viagem, já havíamos passado por Paris, Londres, St. Petersburgo e Dubai. Chegamos na cidade de Tunis, 8 horas de avião a partir de Dubai com escala em Paris. O aeroporto, apesar de pequeno, é bem organizado e foi muito fácil passar pela imigraçao. Brasileiros não precisam de visto. Quando vc sai tem milhares de taxistas de disputando, chega a dar um pouco de medo, mas tudo tranquilo e obvio que eles nos cobraram três vezes mais pela corrida. Fica a dica, quando sair pela imigraçao, suba as escadas e peguem um taxi que estiver deixando um passageiro e peça para usar o taximetro, uma corrida até o centro fica 10 reais aproximadamente.

 

Haviamos reservado um hostel dentro da medina, mas todos mundo falava muito mal dele, até que li um relato onde nos informaram que era muito melhor ficar num hotel chamado Grand hotel de France, bem ao lado do centro velho, a Medina. Infelizmente só se consegue reservar diretamente no hotel ou por telefone. Demos sorte, antes de ir para o hostel fomos ao hotel e pagamos por 4 dias 75 euros cada um, baratíssimo, como café da manhã simples, mas suficiente. Podem ficar sem medo!

 

http://www.tripadvisor.com.br/Hotel_Review-g293758-d1952711-Reviews-Grand_Hotel_de_France-Tunis_Tunis_Governorate.html

 

598d9e058a53b_lavaanoite.jpg.4533eff3ae833e77004bf75d58828c63.jpgDSC_5810.JPG[/attachment]

 

[attachment=2]DSC_5764.JPG[/attachment]

 

 

Paramos somente para tirar uma fotos num salar e a bela cidade de Chenini e para comer algo em locais pré determinados, já que faziam parte do pacote. Chegamos no Saara num Oásis muuuito organizado, com direito a dois tipo de tenda, uma com ar condicionado e outra sem... como pegamos o pacote mais barato, adivinhem? Ok, chão de areia, sem wc interno, camas de solteiro, o suficiente para dormir um dia!

 

[attachment=6]DSC_5832.JPG[/attachment]

 

Ok, largamos as coisas nas tendas e partimos para o ponto de encontro do Oásis, onde havia uma pequena piscina natural e restaurantes. O lugar estava cheio, estava tendo uma corrida pelo deserto e haviam muitos italianos hospedados por lá.

 

No mesmo dia aproveitamos para andar nos camelos, que tinha que ser pago a parte, mais ou menos 40 reais por pessoa por meia hora... Vimos um por do Sol que encheu os olhos, voltamos para o acampamento e fomos tomar banho no wc coletivo com água que cheira enxofre... mas era a única que tinha..

 

Comida nada demais... arroz, saladas, ovos e carne..

 

No outro dia acordamos cedo para voltar para a cidade de Djerba, paramos na volta na cidade de Matmatá, que era a cidade onde havia sido filmado o Star Wars 3... Visitamos esse hotel rapidamente e partimos.. Fomos em direção a uma moradia no meio do nada chamada Vila Troglodita, na minha opinião eram cigamos que moravam em cavernas.. o lugar era muito limpo, obviamente, tudo programado para receber os turistas... valeu a pena.. vc paga qto quiser para eles.. eu deixei 10 reais e achei bem pago...

 

[attachment=4]Tunisia Out 2012.jpg[/attachment]

 

[attachment=5]Tunisia Out 20121.jpg[/attachment]

 

Chegamos na Ilha de Djerba para finalizar nosso passeio, após esperar 1 hora e meia pela balsa. Almoçamos e conhecemos as praias da Ilha, nada de especial.

 

[attachment=3]DSC_6033.JPG[/attachment]

 

[attachment=1]20121103-2127102.jpg[/attachment]

 

Fomos também no Mini Souk, pequenos shoppings de artesanatos locais e conhecemos como eram feitos os tapetes a mão. Muito legal!

 

[attachment=0]DSC_6041.JPG[/attachment]

 

Nosso passeio foi muito curto pela cidade. Para voltar de Djerba para Tunis, pegamos um avião e 1 horas de turbulência dps estávamos na cidade. Acordamos cedo no outro dia para tentar fazer a Medina..

 

Em resumo, quem realmente quer ir para o deserto deve ir diretamente para a cidade de Djerba ou Tozeur.Tunis é pura perda de tempo...

 

[attachment=14]mapa-Tunísia.jpg[/attachment]

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 mês depois...
  • 1 mês depois...
  • Membros

Meu nome é Lian Tai, sou aluna de doutorado em Comunicação Social na Universidade Federal Fluminense. Minha pesquisa é sobre relatos de viagem na internet, o que inclui relatos em sites, blogs, redes sociais, enfim, os instrumentos na internet que cada um utiliza para compartilhar sua viagem. Trabalho com este tema inclusive porque também sou mochileira, blogueira e me interesso tanto por viajar quanto por compartilhar e entender esse fenômeno. Estou à procura de pessoas dispostas a contribuírem para minha pesquisa, tanto concedendo entrevista quanto permitindo que eu acompanhe seus relatos variados de viagem. Adoraria se você pudesse ajudar. Posso ser encontrada pelo e-mail [email protected] , ou pelo Facebook como “Lian Tai”, através do mesmo e-mail. Também tenho um blog, que, apesar de não ser específico sobre viagens, também uso para relatá-las: www.bolhinhasdalian.blogspot.com . Caso tenha interesse em contribuir ou queira mais informações sobre a pesquisa, por favor entre em contato pelo meu e-mail, com RELATOS DE VIAGEM como assunto, para que eu não confunda com o lixo eletrônico. Desde já agradeço! =)

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 4 semanas depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...