Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

DE CARRO: Itália - Áustria - Rota Romântica - Luxemburgo - Estrasburgo - Suíça - Paris. COM FOTOS.


Posts Recomendados

  • Membros

19/09/12 – Val d’Orcia

 

Não conseguimos sair tão cedo do hotel. Estávamos de ressaca de San Gimignano – sua beleza nos embriagou. Chovia fino pela manhã – o que nos desanimou um pouco. Enfim, chegamos a Montalcino às 11:30h. A cidade é linda, mas pra quem esteve alucinado no dia anterior, não nos empolgou. Tudo arrumadinho e bem enfeitado. De qualquer forma, percorremos tudo em 1h e paramos pra ver o famoso brunello. Experimentei alguns, mas o que gostei mesmo estava caro demais. 45 euros é demasiado. Trouxe 2 garrafas de um reserva que achei bom.... fazer o que. Pobre é assim... hehehehehe

 

Partimos para Monticchiello e almoçamos na Osteria La Porta – na entrada da cidade. Excelente. Recomendadíssimo. A cantina ganhou vários prêmios. Estava choviscando um pouco e percorremos uma parte da cidade. Estava vazia, mas igualmente linda. Ruas estreitas. Uma graça.

Estas cidades do Vald’Orcia ficam no cume das montanhas, de onde se tem uma visão de 360º da redondeza... isso é estratégico para a defesa da região. Não podemos nos esquecer que a região foi disputada durante anos. Lá de cima se avista o vale e as outras cidades.

 

Pienza já é maior e mais movimentada. Andamos muito por lá. Sempre parando para um café e um gelatto. Cheia de turistas e bela como as outras. Um luxo só.

 

A chuva apertou um pouco e decidimos pular Montepulciano e partir para Cortona. Mesmo assim , percorremos de carro os arredores.

 

Cortona é um pouco maior. Infelizmente, chovia torrencialmente e não deu pra conhecer muito. Mesmo assim, saí pra caminhar pela cidade e cheguei à piazza onde Frances Mayes (Sob o Sol da Toscana - http://www.youtube.com/watch?v=j6OWGmvokYc) passa por uma feira e ajuda a um turista a escrever um postal para a mãe dele. Minha esposa e filho ficaram no carro, então, não me demorei muito lá, até pq a noite chegou e tudo ficou mais difícil.

 

 

20121215163211.JPG

Montalcino

 

20121215163225.JPG

Montalcino

 

20121215163324.JPG

Montalcino

 

20121215163341.JPG

Montalcino

 

20121215163358.JPG

Montalcino

 

20121215163415.JPG

Montalcino

 

20121215163435.JPG

Montalcino

 

20121215163451.JPG

Montalcino

 

20121215163504.JPG

Montalcino

 

20121215163520.JPG

Montalcino - vista de Pienza

 

20121215163917.JPG

Montichielo

 

20121215163936.JPG

Montichielo

 

20121215163951.JPG

Montichielo

 

20121215164004.JPG

Montichielo

 

20121215164025.JPG

Montichielo

 

20121215164039.JPG

Montichielo

 

20121215164105.JPG

Montichielo

 

20121215164145.JPG

Montichielo

 

20121215164202.JPG

Pienza

 

20121215164259.JPG

Pienza

 

20121215164311.JPG

Pienza

 

20121215164323.JPG

Pienza

 

20121215164336.JPG

Pienza - Chianti!!!!

 

20121215165608.JPG

Cortona

 

20121215165622.JPG

Cortona

 

20121215165634.JPG

Cortona

 

20121215165646.JPG

Cortona

 

20121215165658.JPG

Cortona

 

20121215165709.JPG

Cortona

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 semanas depois...

  • Respostas 73
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

20/09/12 – Siena e Dario Cecchini

 

Tiramos a manhã para descansar e arrumar as coisas – um importante pit stop onde se consegue pegar fôlego para continuar. Saímos às 12h para Siena e ficamos até às 18h circulando pelas ruas. O dia estava lindo. Incrível como chove num dia e no outro, tudo está lindo demais. Decidi entrar na catedral e fiquei 1:30h lá dentro. Infelizmente, não era permitido usar o tripé. Então, apelei para o ISSO 6400 da 5D e o estabilizador de imagem da lente (dispositivo que permite fotografar em velocidade mais lenta do que a normal, sem tremer a imagem). Assim, pude fotografar com pouca luz. Tenho usado estes recursos para fotografar à noite também. Embora use o tripé e o cabo disparador. A catedral é lindíssima e vale muito a pena. Acho que rivaliza com a de Florença. São milhares de detalhes, pinturas e tudo mais.

Em Siena, tudo parece girar em torno da Piazza del Campo – que é gigantesca e muitíssimo lindíssima. Sempre que pegamos uma rua, rodamos e voltamos à piazza. A cidade é bem grande e incomoda muito os carros circulando pela parte histórica. Apesar disso, sempre nos deparamos com detalhes incríveis. Todas estas cidades da Toscana se parecem muito, por um lado, mas casa uma tem seu charme particular. Deitar-se ao chão pegando um sol na piazza é uma experiência incrível... perceba que é preciso desfrutar dos lugares visitados... não é legal chegar num lugar, “bater” umas fotos e sair correndo pra outro. Comprei uma cerveja artesanal, refri e pedaços de pizza. Ficamos ali um tempão.

Depois partimos para Panzano in Chianti – havia reservado uma mesa na disputadíssima Officina de la Bistecca Fiorentina (http://www.dariocecchini.com). Veja o vídeo do Dario em SP (

). Era um dia extra, pois na terça já estava lotado e eles abriram mais um dia, pois muita gente estava interessada. Restaurante pequeno, lotado, com mesas próximas umas das outras... muito intimista, mas pode assustar um pouco, pois tds ficam bem juntos, quase embolados, onde se perde um pouco de privacidade, mas ganha-se na festa que é feita...

Uma orgia gastronômica. Quem não gosta de carne vermelhas, nem pense em aparecer...

Mas para os outros, é certeza e satisfação com os bem pagos 50 euros por pessoa. Caramba! Começamos com pão, vinho (Chianti Clássico fabricado nas redondezas), azeite e legumes crus. O cara tem um preparado de sal e ervas que se coloca no azeite e se molha nos vegetais e no pão. Uma delícia. Aliás, o pão não tem gosto de nada.... por isso, é preciso adicionar o azeite e o sal. O vinho tinha uma textura muito rústica e duvidei que fosse harmonizar bem, mas.... surpresa! Foi fantástico! Era servido em garrafas de 2L, que rapidamente foram embora, goela abaixo.... mais rápido ainda, houve reposição.... festa adentro!

O anfitrião, Dante, é uma figura. Fez de tudo pra agradar. Fazia piada com tudo e nos deixou bem à vontade. Bem à nossa frente, as bistecas gigantes com cerca de 2,5Kg cada, esperavam para entrar na brasa. Enquanto isso foi cervida uma carne crua temperada no limão, sal, azeite e ervas. Maravilhosa. O vinho vinha chegando e abriu logo de cara, seu aroma. Encharquei no azeite e o cara serviu mais.... uma delícia.

Depois, veio outra carne. Desta vez, assada. Mais carregada no tempero. E tome vinho, azeite, pão. Nos serviram, também, uma sopa de feijão branco. Deliciosa, que aguçou mais ainda o Chianti. Enquanto isso, as bistecas estavam na brasa.

Por fim, aparece o Dario, o açougueiro mais famosos da Itália. Ainda mais figura, ele pega duas bistecas já assadas e grita: “Officina de la bisteca Fiorentina!!!!.... cita Dante e outros sei lá quantos. (veja

)

A esta altura, todos já estavam enturmados e conversando horrores. Embalados a litros de Chianti.... tinha gente do mundo todos e uma curiosa mulher que usava uma daquelas máscaras de Veneza.

Na nossa mesa tinha um casal de paulistas que moram no Rio e um casal Nova Zelândia/Austrália. Todos muito simpáticos.... embalados pelo vinho, ficaram muito falantes. Uma maluca da mesa ao lado me deu seu cartão com tel e email e me pediu pra fazer umas fotos enviar pra ela depois... o maridão estava doidão e nem ligou... minha mulher, tb não... ufa! Levei na esportiva e não esquentei tb... tá valendo. Ela aparece no vídeo, posando com o Dario.

A bisteca é incrivelmente macia e saborosa. É servida mal passada, mas vc pode pedir para passar ao ponto ou bem passada que o cara volta com a bichana pro fogo.... no stress. Os caras vão colocando mais no prato até vc pedir arrego. Como sou profissional no assunto, os caras gostaram de mim e ficavam sempre servindo mais e mais. Caramba!!! Depois foi servida uma batata inglesa, assada na brasa. Enrolada no papel alumínio, igualzinho à que eu faço aqui em casa. Mandei ver no azeite.

Logo, nos serviram uma grappa e ainda tinha bisteca no prato. A segunda garrafa de vinho se foi também. E a festa continua. Foram quase 4h de trabalhos forçados quando nos serviram café e um bolo delicioso. O pessoal da mesa ainda ficou por lá, mas nos fomos embora. Liguei o centralizador no navegador automático, que é ligado ao GPS e torci pra não ter blitz da lei seca.... hehehehe... Correu tudo bem. Valeu cada centavo.

 

20130103214955.JPG

Siena

 

20130103215012.JPG

Siena - Piazza Del Campo

 

20130103215027.JPG

Siena - Piazza Del Campo

 

20130103215039.JPG

Catedral

 

20130103215101.JPG

Catedral

 

20130103215117.JPG

Catedral

 

20130103215133.JPG

Catedral

 

20130103215151.JPG

Catedral - Batistério

 

20130103215205.JPG

Siena - Piazza Del Campo

 

20130103215219.JPG

Siena - Piazza Del Campo

 

20130103215233.JPG

Siena

 

20130103215248.JPG

Siena - Piazza Del Campo

 

20130103215302.JPG

Siena - Artista de rua

 

20130103215324.JPG

La Officina de la Bistecca Fiorentina

 

20130103215341.JPG

La Officina de la Bistecca Fiorentina - Dante

 

20130103215358.JPG

La Officina de la Bistecca Fiorentina

 

20130103215416.JPG

La Officina de la Bistecca Fiorentina - Dario Cecchini

 

20130103215435.JPG

La Officina de la Bistecca Fiorentina

 

20130103215454.JPG

La Officina de la Bistecca Fiorentina - Dante servindo uma grappa

 

20130103215517.JPG

La Officina de la Bistecca Fiorentina - Mulher anonima posa pra um click

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
show teu relato

 

vou dar uma banda pela mesma região em fevereiro

 

a melhor das viagens é sair dos centro turísticos, visitar cidades perdidas e desconhecidos

 

essas são as melhores na minha opinão

 

 

Falou e disse..... principalmente de carro, fica show!!!! Depois me conta como foi. Abs

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Tá muito legal mesmo. Esse episódio da Officina Fiorentina foi foda, hahaha. Isso é o que eu mais gosto nas viagens, essas experiências que depois viram histórias pra contar.

 

Muito maneiro o relato, pra mim, um dos melhores do fórum.

 

A officina da Bistecca foi incrível mesmo. Super recomendo pra quem vai pela região. Estive em restaurantes de bistecca em Florença que foram muito legais, mas nada se compara a esta experiência..... em Florença, eu recomendo o Il Latini (http://www.illatini.com/?lang=en).

 

Vlw mesmo.... tem muito mais... vou colocando aqui, aos poucos....

 

Abs.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

oi violas...muito bom seu relato, irei agora em fevereiro pra lá...iria tirar 1 dia pra pisa, san gimignano, castellina in chianti e chegaria em siena, mas desisti de 5terre por ser inverno e entao ficarei mais 1 dia com o carro( 2 dias ao todo), o que vc me orientaria fazer?como será domingo as agencias de carro mais conhecidas estarao fechadas, apenas a maggiore e algumas outras abrem(pesquisei pelo autoeurope), será que é confiável?aguardo o restante do relato e a resposta!muito obrigada mais uma vez!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Ah..mais uma pergunta, voce tirou a carteira internacional de habilitação?A taxa está de 225,00, estou achando muito caro!!!Li que não é obrigado apresentar, mas sua falta causa problemas no caso de infração ou acidente!Em Portugal não precisei apresentar, apenas meu passaporte, CNH e cartao de credito!Aguardo retorno!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Ah..mais uma pergunta, voce tirou a carteira internacional de habilitação?A taxa está de 225,00, estou achando muito caro!!!Li que não é obrigado apresentar, mas sua falta causa problemas no caso de infração ou acidente!Em Portugal não precisei apresentar, apenas meu passaporte, CNH e cartao de credito!Aguardo retorno!

 

Tirei a PID sim. Eles pediram na hora de alugar, juntamente com a CNH e do passaporte. Aqui no RJ custa em torno de 90,00 (um DUDA) e é entregue nmo dia seguinte e tem a validade da CNH. Eu vou ter q fazer outra em breve.

 

Abs

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 semanas depois...
  • Membros

Boa tarde, viajantes.

Vamos à Europa, eu e meu namorado, no próximo mês de julho de 02 a 23. Somos de Recife e o voo é direto pela Condor (maravilha!). O custo foi R$2.350,00 cada um o bilhete.

INicialmente, pretendíamos ficar 7 dias com base em Frankfurt para bate-e-voltas conhecendo algumas cidades vizinhas. Depois seguir de trem para:

Amsterdam/Roterdam - 2 dias

Bruxelas/Bruges - 2 dias

Paris/Cidades do norte - 6 dias

Retornar para Frankfurt e voar de volta pra Recife no dia seguinte.

Só que, de tanto ler aqui os relatos das viagens de carro, fiquei tentada a fazer a rota romântica (ou parte dela) de carro.

Então, ao invés de fincar base em Frankfurt e fazer bate-e-voltas, sair de lá de carro até Füssen. De lá até Insbruck/Salzburg (pernoite). Salzburg pra C Krumlov e retornar pra Frankfurt.

Temos dúvidas

Que cidades da Rota Romântica vcs sugeririam pra pernoitar?

Será que nossos 7 dias seriam suficientes para o roteiro todo: rota romântica+Insbruck/Salzburg+CKrumlov e retorno, talvez, pela Floresta Negra?

 

Ajudem-nos, por favor!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...