Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

celiosp

Com que tênis eu vou??? - SP – Aparecida a pé via Dutra

Posts Recomendados

uma coisa que eu aprendi sobre o calçado é que nesses casos o ideal é usar um tenis que está acostumado. Pra isso, o ideal seria simular uma caminhada longa mesmo, como disseram...mas seria bom tb vc colocar o tenis bem cedo e só tirá-lo a noite, tipo ficar umas 18hs com o tenis.

 

O importante é seu pé estar acostumado com o calçado. Na romaria que fui tinha gente caminhando de butina, tenis de futsal, bota, tenis de corrida...e independente do calçado, que estava acostumado não sofreu nada.

 

Tinha até um hippie que vai descalço, e nem sequer reclama.

 

Agora dia 21 estou indo novamente, espero corrigir esses erros, já separei 2 tenis no qual tenho usado bastante.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Coxinha

 

“Sapato de missa”, havaianas, croc, absorvente dentro do tênis, etc, etc, etc...

Tem de tudo.

“Entrevista” o pessoal sobre o assunto e posta aqui a opinião deles e a sua sobre os tênis.

 

Boa caminhada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Celio, Coxinha,

 

Devo fazer o trecho saindo de Minas agora em maio ou junho, quero pegar tempo seco e um pouco de frio, pelo menos para mim o desgaste é menor. Estou só vendo se arrumo mais gente pra ir, até por causa da segurança e tal.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Pensador.

 

É uma boa época para caminhar, no entanto, é mais difícil arrumar companhia, uma vez que a busca é maior na Semana Santa e na semana que antecede 12 de outubro. Carnaval também tem alguma procura.

Nas 02 vezes que fui, em outubro, saí sozinho e ao longo do caminho fui encontrando outros caminheiros. Caminhava ora com uns, ora com outros e na maioria do tempo, só.

“É muito chão”

 

Abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Marlys60

 

 

A minha caminhada não tem motivo religioso, apenas um desafio pessoal. Sendo assim, posso moldá-la da forma que melhor me convier. Eu nem tinha planos de fazê-la em 2012, mas de última hora acabei arranjando um “jeitinho”.

Dia 08/10, segunda feira, fui até o centro de São Paulo resolver problemas pessoais dos quais meio dia já estava liberado. Dei uma passadinha na Catedral, e ali mesmo decidi que já iniciaria a caminhada.

 

Segui em direção à Celso Garcia até a Salim e na sequência a Via Dutra até a altura da garagem da Itapemirim. Voltei pra casa de busão ( a Dutra é rica em ônibus que liga o Metrô Armênia, Penha e Brás ), no meu caso, Penha.

 

No dia seguinte, retomei a caminhada de onde havia parado no dia anterior até o Rancho da Pamonha, depois de Arujá. Voltei pra casa de busão.

 

Terceiro dia, problemas a resolver, só consegui retomar a caminhada em torno de 16:00h. Caminhei até a saída da Airton Senna, no Posto da Balança, escureceu muito rápido e achei melhor aguardar alguma companhia. Três horas depois, um grupo com quatro caminheiros surgiu vindos da zona norte e segui com eles. Meia noite, 12 km depois e … desistiram.

 

Fiquei por ali, tomei banho e café e assim que clareou o dia, segui viagem. As 14:00 h cheguei no km 101, em Caçapava. Posto que acolhe bem o caminheiro. Começou a chover. Resolvi ficar por ali, juntamente com a turma de Barueri, grupo que já faz o caminho à 28 anos. Eles, crianças, mulheres, jovens, idosos, se ajeitaram sob a marquise da lanchonete. Eu e minha providencial barraca iglu, na borracharia.

 

Três da manhã, hora de partir. Peguei carona com um grupo que vinha de SJC até clarear o dia.

Parei no posto em Pindamonhangaba às 13 h para almoçar, depois de ter tomado pelo menos uns 10 minutos de chuva muito forte. Já pensando em “acampar” por ali, eis que surge, em meio a toda aquela água, um vivente. Banho, almoço, 3hs de descanso e entre um alongamento e outro e muita chuva, chegamos às 22h em Aparecida. Ele foi para um hotel e eu para a área de camping da Basílica. Neste dia, caminhei 62 km.

 

Esta é uma das formas, existem outras, muitas outras.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dicas postadas originalmente em:

aparecida-a-pe-de-sp-t77084.html

 

 

São Paulo – Aparecida – Dutra – Outubro

O sol da manhã vai estar a 45 graus à sua direita.

Portanto usar boné com aba adaptada para proteger a orelha direita, porta garrafa à esquerda nas costas e caminhar no sentido dos carros. O vento dos caminhões te impulsiona para frente e não tira o boné. De quebra, aproveita-se ainda sombras de barrancos altos e algumas árvores. 

Meio dia, salve-se quem puder. O asfalto fritando ovos e cozinhando os pés.

À tarde, o inverso. Aproveitando algumas sombras, boné protegendo nuca e orelha esquerda, água à direita na frente para não ferver, porque quente ela vai estar de qualquer jeito e caminhar no sentido oposto dos carros. É mais cansativo, pois o vento empurra para trás, mas o boné não sai e corrige a diferença de nivelamento do acostamento. O acostamento no sentido dos carros tem desnível para a direita, portanto sua perna esquerda fica mais “curta” e a direita mais “longa”. No sentido oposto aos carros, o desnível do acostamento é para esquerda. Neste caso a perna esquerda é mais “longa” e a direita mais “curta” Em caminhadas curtas, não se percebe esta diferença, em se tratando de 240.000 passos o resultado poderá ser uma inflamação na cabeça do femur.

 

“É preferível sempre caminhar em área plana, jamais em desnível, pois prejudica a coluna por forçar apenas um lado do corpo”. 

http://www.engeplus.com.br/0,,55066,Dic ... ramar.html

 

O calçado correto, com a pisada correta, é meio caminho andado.

A meia correta evita a maioria das bolhas.

Bermuda térmica ou cueca boxer de poliamida com perna longa evita assadura.

A cada 2 horas, parada de 15 minutos, para alongamento e alimentação.

 

Mesmo não pretendendo caminhar à noite, é bom sempre ter à mão uma pequena lanterna e um colete refletivo (tipo suspensório), para qualquer eventualidade. Alguns tênis e calças de agasalho já vem com este recurso.

 

Para não sujar a roupa na hora do merecido descanso à sombra de uma árvore ( geralmente não tem grama na sombra ), levar um pedaço de plástico bolha recortado no tamanho do corpo.

 

Capa de chuva é importante, mesmo que seja uma descartável. Com chuva, caminhar no sentido dos carros, devido ao spray d'água, principalmente para aqueles que usam óculos.

 

O ideal é que a capa cubra também a mochila, mas caso não seja possível e a dita cuja não é “Aquela Mochila”, tudo o que não pode ser molhado deverá estar dentro de um saco plástico bem vedado, dentro da mochila.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom, pessoal. Dando continuidade...

Agora com a escolha do Vomero da Nike ( comprado em uma Story pela metade do preço ), comecei a acreditar que a caminhada seria possível, sim.

Lendo o relato do Francisco_Prado,http://www.mochileiros.com/cuidado-com-trajeto-sao-paulo-aparecida-do-norte-t39364.html e pra não correr o risco de ter a viagem abortada, decidi comprar um novo par de tênis, amaciar e deixar na reserva. Desta vez a escolha foi um Nimbus 12 da Asics, fim de coleção, é claro, muito mais barato. Alternando os treinos entre o Vomero e o Nimbus, resolvi levar os dois na caminhada. Nesta situação de sobrepeso, resiliência, asfalto quente, e longa distancia, o Nimbus se mostrou muito superior.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olha eu vou a pé em Aparecida do Norte todos os anos e este ano de 2014 no dia 05 de Julho completarei 11 caminhadas de boa Esperança -MG a Aparecida são 300 Km e sete dias de viagem Andamos em asfalto, estradas de terra e trilhas eu já usei todos os tipos de Tênis mas já tem três anos que estou usando uma sandália "Timberland River Dog" e desde então nunca mais tive bolhas ou qualquer tipo de dor principalmente nas descidas fortes quando nosso peso vai para os dedos ela é bem confortável pois não faz essa pressão e eu ainda uso uma meia no principio, quando faltam 10 km para a chegada eu tiro a meia e o pé tem uma ventilação. (andamos numa média de 40 km por dia) Essa é minha dica.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Silvano.

 

Seja bem vindo ao site do Mochileiros.com

 

Parabéns pelos, no mínimo, três mil quilômetros de caminhada.

 

Valeu pela dica da sandália "Timberland River Dog"

 

No caminho pela Dutra, não se tem problemas com descidas ou subidas, mas já li relatos sobre o Caminho da Fé, onde o caminhante teve de abortar a viagem por conta da pressão sofrida nas unhas dos pés.

 

Pedra no sapato. Esse não seria um problema ao se caminhar com sandálias??????

 

Muita gente procura companhia, legal você falar um pouco mais sobre esta caminhada.

 

Estamos aguardando,

 

 

Abraços

 

Célio

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa tarde amigos,

 

Estou a procura de informações sobre a viagem de São Paulo para Aparecida a pé. Já passei por diversos relatos, mas está difícil reunir as informações.

Notei que alguns amigos aqui do fórum já foram diversas vezes, então gostaria de dar uma sugestão. Os amigos mais experientes poderiam passar um relato completo sobre a viagem, desde o preparativo até o trajeto que usaram, oque acham?

Sei que talvez seja pedir demais, mas tenho certeza que ajudaria muitas pessoas.

 

Minha sugestão é que fosse feito algo assim:

 

Bagagem básica

- Mochila com cerca de x litros, bolsos, ...

- Lanterna

- squeeze (sugestão de modelo, capacidade)

- ...

- Peso máximo recomendado

 

Vestuário

- Calça xxxxx

- Bermuda xxxx

- x pares de meia

- Tênis modelo xxxx

- Capa de chuva

- ....

 

Também não encontrei informações sobre levar aparelho de celular, mesmo que for para emergência

Quanto dinheiro levar?

É possível ir para ficar apenas na barraca?

Quais alimentos levar?

Qual o peso máximo que recomendam da bagagem?

Quantos KM é possível andar por dia?

Melhores horários?

Partindo de São Paulo, qual seria o caminho mais recomendado?

 

Acredito que seria muito interessante reunir relatos completos assim em um tópico único talvez.

Bom, fica minha sugestão e contamos com a caridade de vocês, rs!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...