Ir para conteúdo

MOCHILANDO NO ECUADOR 15 DIAS OUT/2012


Posts Recomendados

  • Colaboradores

Mais uma trip realizada, mas essa foi diferente das outras, fui em cia do meu namorado Junior ::love:: que fez toda a diferença... essa trip foi do dia 15/10 ao dia 30/10... depois de pensar o destino, optamos pelo Ecuador devido a custos e pouco tempo que tínhamos...

Para começar, passagens compradas pela decolar os trechos São Paulo Bogotá, Bogotá Quito, na ida e a volta Quito Lima, Lima São Paulo, por 277 dólares, um super preço que achamos devido a insistência de pesquisar os trechos todos os dias... fiquei um pouco insegura de comprar pelo decolar, pois parece que se algo der errado, não temos a quem recorrer, mas confesso que me surpreendeu... deu tudo super certo... o trecho de BH até SP compramos depois naquelas boas promoções que surgem quase todos os meses...

Depois de pesquisar bastante o destino, aqui no mochileiros não existe muitos relatos, mas obtive ajuda dos poucos que encontrei...optamos por fazer um roteiro meio circular, para evitar idas e vindas no mesmo lugar... a trip começou e terminou em Quito... sem muita info sobre o clima naquele período, levamos roupas de frio e de calor... como sempre faço, fomos sem nenhuma reserva de nada, apenas os voos de ida e volta.

 

QUITO

Depois de uma maratona de voos, chegamos em Quito por volta das 15:30 da tarde uma terça feira dia 16, estava bem frio ::Cold:: e a todo momento chovia, pegamos um táxi fora do aeroporto por 7 dólares até o bairro Mariscal onde ficamos no http://www.backpackersinn.net/, gostamos do lugar, muito bem localizado, no miolinho de tudo... pagamos 22 dólares em um quarto de casal, a princípio achei meio caro mas estávamos tão cansados que resolvemos ficar, o quarto não tem banho privado e nem incluía café (por 2 dólares eles preparavam um café com suco, chocolate quente, torradas, geléia, manteiga e ovos mexidos).saímos para dar um giro e já ir na agencia Gulliver (que fica a umas 2 quadras do hostal), para olhar o passeio para o Cotopaxi, mas para o dia seguinte não tinha e eles ficaram de ver se para o outro dia (quinta), teria mais alguém interessado, como só éramos 2, acho que eles precisam de um mínimo de pessoas para abrirem o passeio. Deixei o contato do hostal e pedi que avisasse se fosse rolar o passeio. Depois fomos comer e tomar umas cervejas (pilsener) por Mariscal... ficamos encantados com o movimento de uma noite de terça feira... as ruas estavam lotadas... voltamos para o hostal para descansar para o dia seguinte...

Acordamos, tomamos o café no hostal pedimos algumas infos, mapas e fomos conhecer a Mitad del Mundo, tranquilo ir de bus, se pega 2 bus e paga centavos de dólar e o bus te deixa na porta. Para entrar se paga mais 2 dólares. Depois de muitas fotos, entremos no museu e depois resolvemos pegar o bus e ir passar a tarde no centro histórico. Almoçamos por lá (3 dólares a refeição que era bife, arroz, batatas fritas e salada). Achei tudo bem bonito, e para nossa surpresa encontramos com o presidente do Ecuador em uma de suas raras aparições em praça pública, se mostrou simpático com as pessoas que rapidamente o cercaram... visitamos a La Basílica, andamos por museus e praças... quando chegamos no hostal recebemos a notícia que a agencia Gulliver já havia ligado várias vezes para fechar o passeio no dia seguinte...

20130112164038.JPG

 

20130112164322.JPG

 

fomos então até lá e acertamos tudo para o dia seguinte, mas combinamos que não retornaríamos com eles e sim ficaríamos na estrada para irmos de bus para a cidade de Latacunga.... o passeio para o Cotopaxi custou 40 dólares por pessoa, incluindo transporte e almoço. Depois de tudo acertado retornamos para o hostal, tomamos banho e fomos novamente curtir a noite em Mariscal... no dia seguinte bem cedo saímos do hostal em direção ao ponto de encontro onde pegaríamos o transporte para o Cotopaxi, esse ponto de encontro fica bem perto do hostal, tipo umas três quadras, já fomos com as mochilas. Saímos mais ou menos no horário marcado (07:00 da manhã)... paramos no ponto de apoio da agencia para pegar umas bikes e passar para um 4x4.... para o Cotopaxi foram apenas um casal de colombianos, nós e mais um brasileiro (praticamente o único que encontramos pela trip), passamos em um mini mercadinho antes de entrar no parque, para dar uma abastecida, rola de levar água e uns comes para passar o dia. Bem na entrada do parque existe algumas barraquinhas de artesanato para eventuais compras... o 4x4 vai até um certo ponto na subida do Cotopaxi, depois é enfrentar o frio e a subida... as folhas de coca são bem vindas nesse momento para ajudar na altitude.... chegamos no primeiro refúgio que fica a 4,820 metros, o frio tava de matar (cerca de -10°), ::Cold::::Cold::::Cold:: mas vale muito a pena, o visual é incrível....

20130112164656.JPG

 

20130112164844.JPG

 

20130112170359.JPG

 

uma dica: não deixe de tomar o chocolate quente do refúgio, custa 2 dólares e é uma delícia... depois de várias fotos resolvemos continuar a subida, mas o tempo fechou de repente impossibilitando continuar... ficamos por lá mais um tempo e depois começamos a descida... chegando onde o 4x4 estava alguns pegaram a bike para continuar a descida fazendo um downhill, eu não arrisquei, o frio tava demais e chovia, preferi continuar no bus com uma colombiana e os demais seguiram, inclusive o Junior.... paramos para o lanche, que é incluso no preço já pago e é onde termina o passeio de bike, rolou uma sopa, umas frutas, chá, mas o Junior não estava passando bem ::essa:: , devido a altitude, sendo assim resolvemos mudar nosso roteiro naquele instante, trocamos a idéia de ir para Latacunga para ir para cidade de Baños. O 4x4 nos deixou na estrada e ficamos aguardando algum bus... pegamos um bus para Ambato por volta das 16:00 (2 dólares por pessoa) e de lá outro para Baños (1 dólar e 50 cents).

 

BAÑOS

Chegamos em Baños por volta das 20:00, e pegamos um hostal mais próximo da rodoviária de nome Hostel Alcazar, quarto para casal com banho privado por 14 dólares, eu tava sonhando com um banho quente, depois da aventura do Cotopaxi... o resto da noite nem arrisquei saí do quarto, muito cansada, o corpo quente, a dona do hostal muito gentil, fez um chá de limão para ajudar a melhorar... comemos uma pizza no cone que o Junior comprou bem perto do hostal, e fomos dormir.

Pela manhã, saímos para dar um giro pela cidade, adoramos... depois de tanto frio e chuva, estávamos curtindo uma temperatura gostosa com o sol brilhando... achamos o hostal Chimenea ( http://www.hostelchimenea.com), que havia sido citado aqui no site e resolvemos mudar para ele, pagamos 17 dólares no quarto privado com banho e uma varanda com vista para uma cachoeira... lindíssimo, o hostel bem mais estruturado, com internet, lavanderia, pcs para os hospedes e piscina. Queríamos conhecer a tal rota das cascatas e optamos por alugar um carrinho tipo bugue que era 10 dólares a hora mas negociamos e pagamos 16 dólares por 2 horas.

20130112165224.JPG

 

20130112172001.JPG

 

20130112172145.JPG

 

A rota das cascatas é linda, passa por vários lugares e cachoeiras, pode-se fazer essa rota de bike tbm... depois dessa aventura procuramos um restaurante para almoçar... achamos o restaurante Erupcion (em frente a uma praça, esse restaurante pertence a um hostal de mesmo nome), comida boa a preço justo, comemos muito bem, o Junior optou por camarões e eu um filé com cogumelos, cada prato custava em média 8 a 9 dólares... andamos mais pela cidade e vimos o famoso CUI, uma espécie de rato que se come assado por lá e é vendido na porta dos restaurantes... sem chance de experimentar rsrs...

20130112165755.JPG

 

a noite fomos conhecer os banhos termais. Para entrar nas termas se paga 2 dólares por pessoa e o lugar fica aberto de 18:00 as 21:00, mas as piscinas termais ficam lotadas, não ficamos por muito tempo. Voltamos no hostal para tomar banho e saímos para tomar umas pilseners...

No outro dia acordamos tarde, (muito raro isso na nossa viagem rs), fomos até a rodoviária saber dos horários e decidimos que no dia seguinte sairíamos de Baños bem cedo rumo a Riobamba para de lá pegar bus para Cuenca. Achamos nas imediações da rodoviária umas lojinhas de artesanato onde compramos umas roupas bem típicas do Ecuador por um preço bem bacana, calças a 6 dólares e blusas de frio por 10 dólares. Depois das compras almoçamos novamente no Erupcion e resolvemos fazer mais uma aventura... alugamos um 4x4 por 18 dólares a hora e fomos conhecer as imediações do vulcão Tungurahua, fomos até a casa del árbol onde há uma vista incrível...

20130112172454.JPG

 

20130112165546.JPG

 

depois fomos até mirador del volcán Runtun... dá vontade de passar o dia conhecendo os arredores de Baños, até porque lá já é entrada da floresta amazônica e tem vistas belíssimas, mas a 18 dólares a hora fica meio difícil rsrs. A noite mais pilsener para relaxar. No dia seguinte bem cedo (06:00) saímos no bus rumo a Riobamba (4 dólares a passagem), durou em média 3 horas até lá. Chegamos no terminal de Riobamba que é bem ruim e compramos o próximo bus para Cuenca (8 dólares por pessoa), aguardamos por lá umas 2 horas e embarcamos para Cuenca.

 

CUENCA

Chegamos em Cuenca umas 16:00 do domingo, gastamos umas 6 horas de Riobamba até lá. Chegamos e pegamos um taxi ( 2 dólares)até o hostal Turista del Mundo, chegando lá não conseguimos entrar no hostal, chamamos até cansar, nos informaram que a mulher que toma conta do hostal mora em frente, tentamos chamar nessa casa mas tbm não tivemos sucesso, ficamos na porta do hostal por quase duas horas, e de repente ela chegou, arrumou um quarto de casal por 16 dólares sem banho, mas como não tínhamos nenhuma opção resolvemos ficar, mas confesso que não gostei, achei o hostal sujo e escuro... depois de tomar banho fomos dar um giro pelos arredores e descobrimos que no Ecuador não se vende bebidas alcoolicas nesse dia, lei do país para fortalecer o convívio das famílias, então achamos uma vendinha pelo caminho que uma senhora nos vendeu umas cervejas e levamos para o hostal.... no outro dia decidimos ir as ruinas de Ingapirca, fomos até a rodoviária e pegamos o bus as 09:00 (tem tbm o horário de 12:00), pagamos 2 dólares (acho rs) e demorou cerca de 2 horas até lá.... para entrar se paga 6 dólares mas para minha surpresa aceitaram carteira de estudante e paguei 3 dólares ( o Junior não havia lembrado de levar rs pagou os 6).

20130112180740.JPG

 

20130112181006.JPG

O complexo arqueológico de Ingapirca não tem nada de mais, o passeio lá dentro dura uma hora mais ou menos, mas como não havia muitas infos sobre o lugar acabamos gastando um dia para esse passeio... bus de volta somente as 13:10 e 15:45, fomos as 13:10 e chegando na rodoviária descobrimos uma fábrica de sombreiros (famoso chapéu Panamá original, que são fabricados lá e não no Panamá como se imagina), fomos até lá, tinha chapéu de todos os preços... depois retornamos para o hostal e decidimos sair dele e procurar um outro... encontramos um por 20 dólares o casal com banho privado, limpo rs... não me lembro o nome, mas fica bem perto do Turista del mundo... decidimos que no dia seguinte partiríamos de Cuenca rumo a Guayaquil e depois Montañita....

Pela manhã fomos para rodoviária e compramos as passagens para Guayaquil 11 dólares por pessoa com duração de umas 5 horas, chegamos em Guayaquil, ficamos impressionados como a temperatura subiu em comparação a Cuenca, muito calor.... já nos informamos sobre o bus para Montañita e compramos tbm as passagens que custou 5 dólares no guichê 84. O terminal de Guayaquil é gigantesco, tem de tudo, lojas, restaurantes e fast foods... ficamos por lá um tempo até sair o bus para nosso próximo destino....

 

MONTAÑITA

Chegamos lá por volta das 15:00, a viagem até lá durou mais ou menos 2 horas e meia, uma vila na beira da praia com muitos hostals e bares, todos os tipos e preços, tudo bem colorido, uma graça.... fomos procurar um hostal, eu tinha algumas sugestões, mas fui em alguns antes de decidir pelo hostal Alebrijes (http://www.hotelalebrijes.com) , quarto de casal com banho privado, com varanda de frente para o mar, uma delícia, por 20 dólares o casal...

20130112172744.JPG

 

deixamos as mochilas e fomos dar um giro pela vila.... um lugar incrível, amamos Montañita.... muita música, pessoas sorridentes e prestativas... procuramos um lugar para comer, tem muitos de todo o tipo... pagamos 5 dólares em um prato com carne batatas fritas, salada e arroz e já incluía o refri nesse preço.... muitas barraquinhas de artesanato espalhadas por todos os cantos.... terminamos a noite tomando uma pilsener pra variar rsrs

20130112170645.JPG

 

20130112170849.JPG

 

Acordamos e fomos para praia, água tão gostosa.... aproveitamos bem o dia, comemos em um restaurante que descobrimos lá de nome Tiburon que fica na Calle Guido Chinboga y Vicente Rocafuerte (acho que se escreve assim rs) onde a comida era muito boa a preço justo....as cervejas em geral são caras nos restaurantes do Ecuador, mas descobrimos que em várias vendinhas se vende a cerveja Pilsener com o casco por 1 dólar e 50 cents, mas nesse restaurante Tiburon a cerveja era do mesmo preço das vendinhas.... a noite rolou um show de rock em um bar que rolava tbm umas promoções de drinks, se pagava 5 dólares por 2 drinks. Ficamos 3 dias e noites em Montañita e foi um dos lugares que mais gostamos.... depois retornamos para Guayaquil e compramos passagem para Quito saindo mais a noite para dormimos no bus e chegar cedo na capital. Uma dica: no terminal de Guayaquil tem um lugar que vc paga para eles guardarem sua mochila, assim vc pode comer tranquilo e andar pelas lojas.

 

QUITO

Chegamos em Quito bem cedo, no terminal sul, queríamos já olhar passagem para Otavalo, mas o bus para essa cidade sai do terminal norte, então pegamos um taxi para Mariscal, pagamos 7 dólares, mas o trajeto é distante mesmo, e fomos para o mesmo hostal backpackers inn e ficamos no mesmo quarto pagando 22 dólares o casal... já tomamos um banho rápido e com uma mochila menor fomos até a agencia Gulliver para fechar o passeio para o Vulcão Quilotoa para o dia seguinte, mas a agencia estava fechada e nos informaram que só abriria as 10:00, mas como a gente estava indo para Otavalo na famosa feira de artesanato, decidimos arriscar de procurar a agencia só na volta. Fomos ao terminal norte e pegamos o bus para Otavalo (3 dólares). Chegamos na cidade que não é pequena, nos informamos e fomos para o local da feira.... tem barraquinhas por todo lado, mas confesso que não achei os preços atrativos o suficiente que mereça esse deslocamento até essa cidade, mas como já estávamos lá, tentamos aproveitar e fomos as compras rsrsr pegamos o bus de volta umas 16:00, chegamos no terminal norte umas 18:30 e com medo de não conseguir fechar a tempo o passeio para o Quilotoa para a manhã seguinte, ligamos para a agencia, a atendente muito simpática explicou que estaria nos aguardando até as 20:00, mas o terminal norte é bem longe, tivemos que pegar um metrobus até o centro histórico e de lá pegamos um taxi até a agencia, chegamos umas 19:30, ufa conseguimos fechar o Quilotoa por 40 dólares por pessoa para a manhã seguinte.... fomos ao hostal deixar as compras, tomar um super banho e mais uma vez andar pelas ruas de Marical...

Pela manhã com mochila pequena cada um, fomos até o ponto de encontro para o passeio, tinha gente de todos os lugares do mundo rs, galera bem bacana.... no caminho paramos em um mercado em uma pequena cidade, onde compramos frutas e água, depois continuamos o passeio que nos surpreendeu com uma parada em uma casinha de índios da região, tiramos fotos e vimos de perto como eles vivem...

20130112171159.JPG

 

chegamos no Quilotoa, um espetáculo a parte... basta pensar num vulcão de 3.880 metros de altitude. Dentro da cratera, uma lagoa azul-turquesa, ovalada em seus três quilômetros de diâmetro, que brilha e muda de cor quando bate o sol. o lugar é incrivelmente lindo, uma das paisagens mais bonitas que vimos, a descida até a lagoa ´não é difícil mas a subida é bem pesada, mas conseguimos umas mulas por 8 dólares cada para a subida rs...

20130112171329.JPG

 

20130112171616.JPG

 

de volta fomos recebidos no restaurante para o almoço que já estava incluído no preço que pagamos. Retornamos para quito, mas antes passamos no ponto de apoio da agencia Gulliver onde comemos um pedaço de torta de chocolate que tbm estava incluído no passeio. Em várias estradas do Ecuador é possível ver vários vulcões em cenários lindíssimos....

20130112173118.JPG

De volta a Quito, fomos ao hostal nos preparar para a ultima saída da trip (nosso voo saia no dia seguinte as 18:00). Fomos a um restaurante animados para tomar um vinho, quando percebemos que era domingo e que não se vende bebidas alcoolicas, nos contentamos com 2 copos de suco e jantamos. No dia seguinte (ultimo), pedimos informações no hostal e fomos a uma feira de artesanato no bairro mesmo a umas 8 quadras de lá, de nome Mercado Artesanal la Mariscal e foi quando percebi que ir para Otavalo NÃO COMPENSA, os preços nessa feira estava igual e muitas vezes menor que lá, então compramos mais algumas coisinhas, almoçamos pelo caminho de volta do hostal e pegamos nossas mochilas rumo ao aeroporto.....

Adoramos a viagem, o Ecuador tem belezas singulares.... um destino inesquecível.... ::otemo::::otemo::::otemo::

Até a próxima trip....

Editado por Visitante
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 3 meses depois...
  • 1 ano depois...

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...