Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Espírito Santo sobre 2 rodas


Posts Recomendados

  • Colaboradores

Tentando ajudar cada vez mais os amigos Mochileiros, certo dia tive a idéia de criar um relatório ou guia sobre o Estado do Espírito Santo. E quais seriam os motivos? Primeiro, o próprio governo pouco investe em material para divulgação do turismo do Estado, ou até mesmo pela dificuldade em chegar em outros Estados. Segundo, que um material online é muito mais fácil de ser acessado. Terceiro, porque esse material seria produzido por Mochileiros para Mochileiros, em uma visão prática e clara do que se ver no belo Estado do Espírito Santo.

 

Mas como faria isso? Confeccionar um relatório com fotos, informações e conteúdos daria muito trabalho, a despesa seria alta. Trabalho impossível não ter, informações com paciência se consegue, despesas poderiamos reduzir utlizando algumas alternativas. Nessa hora nasceu a grande idéia de utilizar a bicicleta como forma de transporte. Ficaria muito mais fácil que ficar estacionando o carro toda hora para tirar fotos. Mais rápido para percorrer diversos pontos em menos tempo que o ônibus, além de ser saudável, sustentável e demonstrar que é possível também conhecer o ES em 2 rodas.

 

Amante da Bike desde pequeno, Bicicleta, Magrela ou com gostarem, e praticante de MTB (com participação em 3 competições) há 1 ano, resolvi recrutar alguns amigos do grupo de ciclismo que ajudo administrar (Bike Esporte), para me acompanharem nessa empreitada de ajudar divulgar o ES e ajudar com informações nossos amigos Mochileiros.

 

Obs: Vale ressaltar que nenhum participante desse projeto tem interesse comercial, nenhum empresário ou empresa patrocinou o relatório, e o grupo Bike Esporte não tem fins lucrativos (somente desportivo-recreativo).

 

O relatório ou guia começa pela capital, Vitória-ES e se extenderá por outras cidades do Estado. No primeiro pedal-foto conseguimos registrar aproximadamente 65% dos pontos mais importantes da capital, esperamos que todos gostem e que esse tópico renda e nos incentive fazer o Estado todo à bordo da Magrela (apesar de parecer loucura, é possível). Segue a primeira parte com breves informações:

 

20130121184555.JPG

 

A Ilha de Vitória é formada por um arquipélago composto por 33 ilhas e por uma porção continental, totalizando 93,38 quilômetros quadrados. As paisagens da cidade encantam a quem chega, quer seja de avião, navio ou pela via terrestre. Sete pontes interligam a Ilha de Vitória ao continente, cidade que foi fundada oficialmente no dia 8 de setembro de 1551, na então ilha de Guaananira ou Ilha do Mel, nome dado pelos povos indígenas que viviam aqui.

 

A capital do Espírito Santo, com 333.162 habitantes conforme a estimativa de população do IBGE (2012), é o centro da Região Metropolitana, que congrega mais seis municípios - Cariacica, Fundão, Guarapari, Serra, Vila Velha e Viana -, totalizando uma população estimada em 1,7 milhão. Está localizada estrategicamente na Região Sudeste, próxima dos grandes centros urbanos do país. Limita-se ao Norte com o município da Serra, ao Sul com Vila Velha, a Leste com o Oceano Atlântico e a Oeste com o município de Cariacica.

 

Entrada da Companhia Vale - Mineração - Av. Dante Michelini, 5500 - Vitória-ES

20130121185859.JPG

20130121185922.JPG

20130121190000.JPG

 

Com a missão de transformar recursos minerais em prosperidade e desenvolvimento sustentável, a Vale está presente nos cinco continentes e é líder na produção de minério de ferro e segunda maior produtora de níquel.

 

Cabe destacar que a Vale mantém o Parque Botânico da Vale, que é um lugar bem agradável para conhecer. Mas apesar de todo discurso e propaganda em prol da sustentabilidade promovida pela empresa, o acesso ao parque de bicicleta é proibido. Deve-se deixar a bicicleta na parte inferior do parque e subir uma longa ladeira caminhando. O que não entendemos é que os carros tem livre acesso. Ficará para próxima etapa do relatório, para locais onde não é possível acessar de bike.

Praia de Camburi (Ilha do Socó ao centro):

20130121191515.JPG

 

Calçadão da Praia de Camburi recém reformado:

20130121191615.JPG

 

Bairro Mata da Praia - Orla da Praia de Camburi - Melhor região para se pedalar.

20130121191746.JPG

 

Quiosque 1 - Praia de Camburi

20130121194331.JPG

 

Ponte de Camburi com vista para toda a orla

20130121194356.JPG

 

Com seus seis quilômetros de extensão, é completamente urbanizada e arborizada. Toda a orla é bem iluminada e no inicio há um monumento à Iemanjá. O calçadão tem uma pista específica para corrida, caminhadas, passeios de bicicleta, skate e patins, também possui uma Academia Popular da Pessoa Idosa. Já o mar de Camburi, considerados um dos melhores lugares para velejar no Brasil, é excelente para a prática de windsurf, kitesurf e passeios de veleiro.

 

Obs: Aos domingos e feriados, 1 sentido da Av. Dante Michelini (orla da praia de Camburi) é fechada para que a população utilize para prática de esportes.

 

Parque Pedra da Cebola

 

20130121193129.JPG

20130121193200.JPG

20130121193219.JPG

 

O Parque Pedra da Cebola possui exemplares de Mata de Restinga e de Mata Atlântica e vegetação rupestre nativa do local, que abrigam pequenos répteis e aves. Dotado de área superior a 100 mil metros quadrados, o parque também conta com jardim oriental e um mirante, com vista para a parte do Maciço Central, o Porto de Tubarão e o Morro do Mestre Álvaro, localizado na Serra.

 

O parque foi implantado em novembro de 1997, num local onde, até 1978, existiu a Pedreira de Goiabeiras, de propriedade da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD). Trata-se da primeira recuperação de área degradada por esse tipo de atividade econômica no município. No ambiente da antiga jazida, uma área plana é utilizada para eventos de pequeno e médio porte e para a prática de atividades esportivas.

 

O nome do parque deriva de uma grande pedra esculpida pela natureza que repousa sobre outra rocha. Devido a seu comportamento geológico, a pedra se "descama" de maneira similar as palhas de uma cebola.

 

É um bom lugar para os pais levarem seus pequenos. Lá, existem parquinhos, lagos, um campo de futebol, além de um Centro de Educação Ambiental (CEA). O Parque Pedra da Cebola possui o sinal de internet livre do Vitória Digital.

 

Acesso

 

Para chegar ao Parque Pedra da Cebola, o visitante pode seguir pela avenida Fernando Ferrari e depois entrar na rua Ana Vieira Mafra, que fica ao lado da Petrobras.

 

Outra opção de acesso é a rua João Baptista Celestino, que fica na Mata da Praia (entrada do estacionamento). O agendamento de visitas é aconselhável no caso de grupos organizados, provenientes de escolas, igrejas etc.

 

Telefones: (27) 3327-4353 (administração) e 3327-4298 (agendamento).

Horário de funcionamento: segunda, das 5 às 9 horas e das 17 às 22 horas, e de terça a domingo, das 5 às 22 horas.

 

ENTRADA FRANCA

 

 

Canal de Camburi e Ponte Ayrton Senna

20130121195040.JPG

 

Iate Clube do Espírito Santo

20130121195259.JPG

20130121195322.JPG

20130121200357.JPG

20130121201005.JPG

 

Praça dos Namorados

20130121200458.JPG

20130121201140.JPG

 

Localizada em frente à marina do Iate Clube do Espírito Santo (Ices). É uma das principais áreas de lazer da Grande Vitória.

 

Nos finais de semana, abriga a Feira de Artesanato Artes na Praça, que oferece artesanatos e comidas típicas capixabas, além de shows musicais e artísticos.

 

Endereço: Avenida Nossa Senhora dos Navegantes, s/n, Praia do Canto

 

Como chegar: Ônibus 211 (Santo André/Jardim Camburi), 212 (Aeroporto/Rodoviária) e 111 (Tubarão/Rodoviária)

 

Praia - Curva da Jurema

 

20130121200904.JPG

20130121200927.JPG

20130121201052.JPG

 

O visitante pode admirar a paisagem a partir de um dos quiosques com áreas cobertas, onde são servidos petiscos da culinária capixaba.

 

A praia é indicada para a prática de stand up paddle - SUP (esporte no qual se rema de pé sobre uma prancha) e passeios de veleiro.

Como chegar

 

A melhor referência para o visitante chegar à Curva da Jurema é o Shopping Vitória, uma vez que a praia se situa nos fundos à esquerda do centro comercial. A Curva da Jurema fica no acesso que interliga a Avenida Américo Buaiz à ponte da Ilha do Frade.

 

 

Fonte:

http://www.vitoria.es.gov.br

http://www.vale.com

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 8 meses depois...

  • 2 anos depois...
  • Membros

Rodrigo, meus parabéns!

As fotos ficaram ótimas!! Fico feliz em ver que tem gente interessada em divulgar nosso estado, e melhor ainda saber que tomaram a iniciativa.

A idéia é ir divulgando por aqui mesmo ou vão reunir esse material em mais outro lugar?

De qualquer forma, está muito bom. Mais uma vez parabéns!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

Entao, fiz o relato e é bem antigo. Agora que está tendo uma maior repercussão...o que anima dar andamento ao projeto, que por alguns motivos ficou parado durante esse tempo.

 

Desde o ano passado venho focando em divulgar o ES e receber mochileiros de fora. Inclusive já realizei 2 encontros nacionais de mochileiros aqui no Estado...Um em setembro do ano passado e outro em abril deste ano. Estamos indo agora para o 3º Encontro Nacional dos Mochileiros no ES. A cada edição aumenta a participação dos capixabas, mas em sua maioria vem de fora, como o Rogério que comentou acima. Quem tiver interesse, será muito bem vindo.

 

3-encontro-nacional-mochileiros-es-23-a-25-de-setembro-2016-t130363.html

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...