Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

André Soares

ITALIA - VENEZA E ROMA (6 DIAS)

Posts Recomendados

Tentarei com este post ajudar todos os mochileiros a descobrir Veneza e Roma em poucos dias.

 

Saimos de Lisboa em direcção a Veneza, em voo easyjet. Chegada a Veneza as 20h. AeroBus do aeroporto até á Piazzale Roma - 20 minutos (11€ ida e volta). A partir deste ponto não circulam mais carros, sendo apenas os teus melhores amigos os teus pés ou os vaporettos.

 

Veneza é uma pequena ilha, com muito para ver certamente, mas que 2 dias são suficientes para descobrir alguns (muitos) encantos. O nosso Hotel (Locanda Salieri - 120€ 2 noites com vista para o canal) estava muito perto da Piazzale Roma, no entanto super facil de percorrer todo o centro de Veneza. Ainda na noite de chegada e durante uma procura de um restaurante, conseguimos chegar com facilidade á zona da Ponte do Rialto, e da Praça San Marcos. A primeira experiência gastronomica não foi de todo positiva. Veneza vive do turismo, e muito gestor de negocios vive de extorquir o ser humano. Pizzeria Centrale, muito perto da Praça San Marcos é um pessimo restaurante, e algo caro. Parece comida congelada.

 

Em Veneza os transportes publicos mais economicos são os vaporettos, tipo ferrys mas sem espaço para carros. Estes barcos vão a todo o lado, são muito uteis, funcionam 24h, e durante a noite permite visualizar a verdadeira beleza da Veneza nocturna. Compramos um pass de 24h para os vaporettos que nos custou 20€. Com este bilhete no 2º dia da nossa viagem conseguimos visitar Murano, ilha que se dedica ao comercio e trabalho de vidro. Esta ilha não tem muito para ver, a não ser que seja interessado pelo trabalho artesanato em vidro. De Murano seguimos para Burano. Esta pequena ilha, parece saida de um quadro. Pequenas ruas, casas pequenas, todas coloridas. Paraiso para quem gosta de fotografia e contrastes de cor. Ilha de artistas, que decidiram pintar as suas casas para dar mais cor á ilha. A partir desse momento passou a fazer parte do roteiro turistico de quem visita Veneza. De volta ao vaporetto e cerca de 1h de viagem (com algumas paragens - não esquecer que é um transporte publico) até á Praça de Sao Marcos. Nesta praça encontra-se o centro de Veneza. Aqui é onde tudo é mais caro, e também mais confuso. Fuja de Sao Marcos e Rialto para comer, dormir ou comprar seja o que for. Ahhh...atenção que em italia (em Roma não é tao usual) ao preço da restauração é acrescentado 12% + serviço (aprox. 1.5€ por pessoa). A sua conta de almoço ou jantar pode subir cerca de 5€ ou 10€. Lá está o que referi acima, extorsão do turista. Em Veneza não se consegue comer por menos de 20€ por pessoa, a não ser que prefira comer pizza á fatia (ao kilo), kebabs, ou "tapas" italianas nas diferentes osterias (pequenos restaurantes quase sem lugares sentados). Reparará que as osterias são muito frequentadas por locais no final do dia de trabalho. Uma experiencia interessante. As ruas de Veneza indicam sempre alguns pontos mais centrais ou turisticos, e não é facil perder-se em Veneza. Embora haja muitas ruas e ruelas, becos e passagens, não se vai perder. Mesmo que se perca, pode perguntar a alguem. O Veneziano é um povo prestavel e habituado ao turista.

 

Em Veneza não deixe de ver:

- Murano

- Burano

- Praça Sao Marcos

- Ponte do Rialto

- Ponte dos Suspiros

- Ca d' Oro

- Lojas de mascaras. Há exemplares lindos.

- Aproveite o Vaporetto. PAra quem está em veneza de passagem, pode ser o seu maior parceiro, já que nunca para e leva-o aos principais (e não só) pontos da ilha

 

 

No 3º dia de Viagem, partimos em voo easyjet para Roma, a capital do grande, enorme, Império Romano. Chegamos a Roma ao inicio da manhã. Transfer para Termini (estação central de Roma - 8€ ida e volta - Terravision.com). O nosso Hotel ( B&B Castro Pretorio - 106€ 3 noites) está muito bem situado a cerca de 10 minutos a pé de Termini. Para quem chega a Roma pel primeira vez o mais fácil é hospedar-se na zona do Termini. Facil de chegar e muito bem conectado com transportes publicos. As duas linhas de metro de Roma passam em Termini. DICA UTIL: Compramos o Roma PAss: 30€ para 3 dias. Inclui uso ilimitado de toda a rede de transportes publicos, 2 entradas gratuitas em monumentos á escolha (exclui Vaticano) e preço reduzido em inumeros monumentos. A nossa escolha nos 2 monumentos foram Coliseu/Forum/Palatino(é considerada 1 visita já que estão no mesmo local) e ainda o Castello de Sant' Angelo. COMPREM O ROMA PASS EM LOCAIS OFICIAIS, ATENÇÃO!

 

No primeiro dia á tarde visitamos a Fontana de Trevi (espantoso local), Monumento a Victorio Emmanuele (á noite é lindo), Campo Di Fiori (recomendo a visita durante o dia. È uma praça de venda ambulante, quando chegamos já estava a ser desmontada. Que pena!), Spagna (e aquelas escadarias enormes) e Panteão. Roma é lindo! Ao mesmo tempo que se veem monumentos repletos de história, reparamos qu é ao mesmo tempo uma cidade ultra moderna, fashion, limpa. Nos transportes publicos, atenção aos carteiristas. Tal como em toda a grande cidade, eles existem e por norma não damos conta que eles estão no mesmo local que nós. Cuidado. Visitamos de noite o Coliseu. Fantástico monumento, mas que mais á frente relato como foi conhece-lo por dentro.

 

No 4º dia de viagem, domingo, decidimos ir ao Vaticano. O mês de janeiro deve ser o melhor mês para visitar Roma. O clima pode não ajudar, mas para quem tem poucos dias e não se preocupa de usar um guarda chuva, recomendo janeiro. Constatamos isso quando chegamos ao vaticano. Algumas pessoas, mas nenhuma enchente insuportavel. Demos por nós admirando a imensa praça e sua basiliza, quando escutamos a voz do Papa. Pois sim...escutamos uma missa dada pelo Santo Padre. Que privilegio têm os habitantes de Roma. No entanto, e ao constatarmos que a fila para entrar na basilica (entrada gratuita) não existia - no verão a fila pode ser de horas. passados 10 minutos estavamos dentro da basilica de São Pedro - o Vaticano. Que igreja! Gigante, super interessante. Aqui se vê o poder do Vaticano. Julgo que todas as histórias de poder economico são inteiramente verdade. Do Vaticano partimos para o vizinho Castello de Sant' Angelo. Excelentes vistas, mas na nossa opinião podia estar mais bem turisticamente explorado. Neste dia fomos ver in loco um jogo de futebol, e que jogo. Roma - Inter, classico do futebol italiano. Enfim...estadio cheio, rivalidades, canticos, ofensas, enfim...é assim o fitebol em todo o mundo. Resultado final: 1 - 1. Bom jogo e sempre bom de se ver.

 

5º dia de viagem: Coliseu e império romano. Foi o dia dedicado a todo este periodo da grande história de Roma. È impossivel descrever o que s sente ao ver um arena com capacidade para 75 mil pessoas. Em Portugal, na actualidade, com todas as modernices na area da construção, não existe nenhum estádio de futebol com essa capacidade. È arrepiante olharmos para o Coliseu e todo o seu tamanho e pensar "Como foi possivel construirem isto?". Durante 2 ou 3 horas admiramos o coliseu, que a mim pessoalmente me fez colocar-me na pele de um gladiador, um imperador, ou até mesmo um escravo. Admiro a história do império romano e este ultimo dia em Roma fez-me quase entrar na maquina do tempo. Adorei. Após o coliseu visitamos o Forum Romano e o Paladino, antigas zonas de comercio e area residencial da Roma Antiga. Tudo é gigante e tem muito para ver. Se forem apaixonados pela fotografia, a vossa viagem a Roma vai-vos ocupar muito espaço num cartão de memoria de qualquer maquina fotografica.

 

Acabamos o dia (o ultimo infelizmente) a dar uma ultima volta de despedida pela Fontana de Trevi, Spagna e Monumento a Vitorio Emmanuele (o pai da Patria).

 

Fazer malas, que no dia a seguir de mnha cedo, regressamos a Lisboa. Fim das Ferias.

 

DICAS UTEIS:

 

VENEZA

- hospedar-se em local medio pode custar cerca de 40 a 60€ por noite/quarto (booking.com)

- refeições em restaurante cerca de 20€ por pessoa

- 20€ 24h de vaporetto ilimitado (empresa ACTV)

- transfers do aeroporto a Piazzale Roma: 11€ ida e volta (empresa ACTV)

 

ROMA

- hospedar-seem local medio pode custar entre 30 e 40€ por noite/quarto (booking.com)

- refeições entre 7.5€ e 30€ por pessoa

- Roma Pass: 30€ inclui 3 dias de transportes publicos + 2 monumentos gratis + preços reduzidos noutros tantos

- transfers Aeroporto - Termini 8€ ida e volta (Terravision.com)

 

BOAS VIAGENS

Compartilhar este post


Link para o post

Olá André!!!

Seu relato me ajudou muito!!!!

Estarei indo para a Itália em abril e meu tempo também será curto, pois é o final da minha viagem... vou aproveitar bastante seu roteiro!

 

:D

Compartilhar este post


Link para o post

André,

 

Valeu pela dicas ! Você aprovou este hotel que vc ficou em Veneza? A localização pelo menos e fantástica e os relato no Tripadvisor são satisfatórios! ::otemo::

Compartilhar este post


Link para o post

Obrigado pelas dicas! Quero conhecer Veneza mas quando relatas os preços me assustas um pouco. Até mais!

Compartilhar este post


Link para o post

Muito boas as dicas. Obrigado por compartilhar

Estou programando minha viagem para Paris, Veneza, Florença e Roma em Abril. Suas dicas vão me ajudar bastante. Vlw.

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.



×
×
  • Criar Novo...