Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Namíbia, Botswana, Zambia, Zimbabue, Quênia e Tanzânia


Posts Recomendados

  • Membros

Pessoal,

 

Em maio deste ano (2013), estarei indo para a África, mais especificamente para os países: Namíbia (Windhoek e Namibia Desert), Botswana (Okavango Delta), Zâmbia (Livingstone e Lusaka), Zimbabue (Victoria Falls), Quênia (Amboseli e Ngorongoro) e Tanzânia (Serengueti, Kilimanjaro e Zanzibar) com mais 4 pessoas. A ideia é passar 18 dias viajando por estes lugares. Temos algumas dúvidas:

 

1) Alguém já voou com as cias Proflight Commuter Services, Air Namíbia e Precision Air? Muita batalha? Ou seja, o avião chega tranquilo?

 

2) Quem já esteve nesta região como foi gerenciar a Malária? Sé no repelente, manga comprida e mosqueteiro?

 

3) Sei que vai ser bastante corrido, mas alguém tem alguma dica de lugar que deixamos passar no roteiro?

 

4) Tenho li e ouvido falar que a África, apesar de tudo, é um continente caro. Alguém tem dica de albergue ou hotel barato em algum destes lugares?

 

5) Muitos destes lugares só se vai através de pacote, alguma dica barata?

 

Toda a ajuda é bem-vinda!

Abraço,

Link para o post
  • Respostas 22
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Pessoal,   Acabei de retornar da África! Sensacional a viagem! Passei pelos 6 países acima e fui tudo tranquilo! Precisando de ajuda ou dica, é só entrar em contato.   Abraço,

Oi Isa,   Seguem as respostas: 1) Não chegamos a dirigir pelas estradas, mas em geral, as estradas na África são bem ruins. Na Namíbia, por exemplo, sai de um raio de 50km de Windhoed, é só estrada

  • Colaboradores

Bem, das sua perguntas só posso ajudar com a 2º.

 

Morei 2 anos em Angola e não tive problema com a Malária. Basicamente é o que falou, repelente ao menos duas vezes ao dia para evitar voltar doente ao Brasil. O mosquito (a fêmea, que transmite) é mais ativa ao nascer e ao por do sol, então não vacilar nesses horários. Mas tb nada de muita "neura".

 

Ao voltar ao Brasil ficar atento a qualquer sintoma parecido com gripe, ou dengue. Malária é totalmente curável, mas quanto mais cedo melhor. Período de incubação pode ir de 15 dias e 60 dias geralmente.

 

Bem, nos meus 2 anos, depois de uns 8 meses eu nem usava mais repelente, rs. Pra vcs não vai ser problema.

Link para o post
  • Membros
Bem, das sua perguntas só posso ajudar com a 2º.

 

Morei 2 anos em Angola e não tive problema com a Malária. Basicamente é o que falou, repelente ao menos duas vezes ao dia para evitar voltar doente ao Brasil. O mosquito (a fêmea, que transmite) é mais ativa ao nascer e ao por do sol, então não vacilar nesses horários. Mas tb nada de muita "neura".

 

Ao voltar ao Brasil ficar atento a qualquer sintoma parecido com gripe, ou dengue. Malária é totalmente curável, mas quanto mais cedo melhor. Período de incubação pode ir de 15 dias e 60 dias geralmente.

 

Bem, nos meus 2 anos, depois de uns 8 meses eu nem usava mais repelente, rs. Pra vcs não vai ser problema.

 

Obrigado Filipe!

Abraço,

Link para o post
  • 3 semanas depois...
  • Membros

rioslr,

 

Já viajei pela Air Namibia, atendimento, voo, aeronave, tudo OK... pode ir sem medo.

 

Estive na Namíbia ano passado e recomendo muito a visita as dunas em Sossuvlei e ao Sesriem Canyon.

Uma recomendação que me deram quando fui que passo a diante... abasteça seu carro sempre que passar por um posto de gasolina mesmo que o tanque esteja quase cheio, vc nunca sabe se o próximo posto estará aberto e terá combustivel.

 

Sobre a malária, como disse o felipelyrio, é proteger com repelente, e não entrar em paranóia!

Caso venha a sentir algum sintoma quando voltar ao Brasil lembre apenas de alertar ao médico que passou por regiões com inciencia de malária, assim ele poderá pedir exames específicos.

 

Abs,

Link para o post
  • 1 mês depois...
  • Membros

rioslr,

 

Estive em Victoria Falls semana passada. Se você fizer a viagem ainda nesse semestre, uma recomendação... ZipLoc nos documentos importantes tipo, carteira de vacina e passaporte... o vapor d'agua se transforma realmente em chuva e o que não estiver protegido ficará molhado. Uma boa capa de chuva resolve a questão, aluguei uma por USD2,5 na entrada do parque, foi um ótimo investimento! Só precisa verificar se não estão te alugando uma capa rasgada. Não tive problemas, mas vi um francês tendo que colocar o passaporte para secar ao sol

 

Livingston, não achei nada de mais. De memorável ficará um jogo ao qual fomos apresentados numa feira de artezanato na avenida principal, talvez tenha sido papo de vendedor mas segundo ele é um dos jogos mais antigos da África... se bem que ele estava mesmo apresentando o jogo, nem mesmo tentou nos vender nada.

Os vendedores de rua até aceitam dolar, mas alguns comércios não, mas rapidamente surge alguém com um maço de Pulas para fazer câmbio.

 

Okavango Delta... imperdível, vimos tuuuudo o que queríamos ver.

 

Maun só vi mesmo o aeroporto, pequeno e com muito movimento, mas não é caótico.

 

Em todos os cantos... mosquitos em quantidade normal. Apenas 1 dia me dei ao trabalho de passar repelente pois nosso lodge organizou um jantar no meio da mata.

 

Bom, se eu puder ajudar com mais alguma dica é só dizer.

 

Abraços.

Link para o post
  • 2 semanas depois...
  • Membros
rioslr,

 

Estive em Victoria Falls semana passada. Se você fizer a viagem ainda nesse semestre, uma recomendação... ZipLoc nos documentos importantes tipo, carteira de vacina e passaporte... o vapor d'agua se transforma realmente em chuva e o que não estiver protegido ficará molhado. Uma boa capa de chuva resolve a questão, aluguei uma por USD2,5 na entrada do parque, foi um ótimo investimento! Só precisa verificar se não estão te alugando uma capa rasgada. Não tive problemas, mas vi um francês tendo que colocar o passaporte para secar ao sol

 

Livingston, não achei nada de mais. De memorável ficará um jogo ao qual fomos apresentados numa feira de artezanato na avenida principal, talvez tenha sido papo de vendedor mas segundo ele é um dos jogos mais antigos da África... se bem que ele estava mesmo apresentando o jogo, nem mesmo tentou nos vender nada.

Os vendedores de rua até aceitam dolar, mas alguns comércios não, mas rapidamente surge alguém com um maço de Pulas para fazer câmbio.

 

Okavango Delta... imperdível, vimos tuuuudo o que queríamos ver.

 

Maun só vi mesmo o aeroporto, pequeno e com muito movimento, mas não é caótico.

 

Em todos os cantos... mosquitos em quantidade normal. Apenas 1 dia me dei ao trabalho de passar repelente pois nosso lodge organizou um jantar no meio da mata.

 

Bom, se eu puder ajudar com mais alguma dica é só dizer.

 

Abraços.

 

 

Obrigado Carol.

Estamos indo na próxima terça e a única coisa que estamos um pouco preocupados é a malária. Mas pelo jeito é se cuidar usando repelente!

 

Abraço,

Link para o post
  • Membros

Não se preocupem, passem repelente e curtam a viagem, vocês verão que não é tão assustador quanto parece.

 

Só fiquem ligados na volta ao Brasil, caso alguem venha a ter qualquer mal estar, é importante avisar que estiveram em região com incidência de malária, assim os médicos podem considerar opções e fazer exames que em geral não fariam já que malaria não é uma doença comum por ai.

Mas essa dica é apenas para o improvável caso de alguém se sentir mal na volta...

 

Boa viagem e aproveitem muito!

Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...