Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • Respostas 122
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

Divanei, essas perneiras são aquelas usadas por cortadores de cana, não são?

 

Bem, eu não duvido que algum escoteiro tenha contado essa história do alho.

Mas quando eu fui escoteiro aprendi o seguinte:

Quando você está na mata, está invadindo o território de diversos animais, que podem ser cobras, aranhas ou mesmo abelhas selvagens (muito perigosas). Se você preza pela vida desses seres, respeite seu espaço. Ande sempre devagar, olhando o chão e os galhos pelos quais irá passar. Nunca corte ou mesmo mova qualquer coisa se não for necessário de fato. Faça silêncio; muito barulho assusta e atiça muitos animais silvestres.

Tomando essas precauções, os animais não te atacam e, muitas vezes, se permitem observar. Em sete anos de escotismo, andando em grandes grupos pelas matas locais, vi muitos animais mas nunca vi ninguém ser atacado por eles.

...exceto por uma aranha armadeira que saltou por alguns metros atrás de um amigo meu, enquanto ele tentava ir ao banheiro. ::lol4::

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Marco,

Estas perneiras são usadas pelo pessoal que trabalha no campo. Os perigos nas matas não são tão grande quanto muitos pensam. Mas ser picado por abelhas e mordido por uma cobrinha pode acontecer, mesmo sendo muito raro. E o perigo aumenta muito se os individuos saem frequentemente das trilhas, que é o meu caso, e isso não dá para evitar, ou então o individuo que vá andar no bosque do centro da cidade. Um abraço.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

A maioria das cobras que vi eram não venenosas...a ultima venenosa foi uma coral...atravessando a rua em direção ao meu quintal!

Quase toda semana aparece alguma sem veneno no quintal, vinda dos terrenos que são desmatados para a construção de casas...na maioria são as conhecidas como cobra dàgua ou limpa-campo.

Já fiz meia travessia da ilha, sentido abraão até Dois Rios, retornando por cima e não vi nehuma.

Jararaca só vi uma fez e mesmo assim ela não teve sorte...estava acampado na Praia do Meio, que fica proximo a Grumari, com acesso pelo morro da Barra de guaratiba...(quem é do Rio sabe qual é).

A praia tinha varias pessoas acampadas e a jararaca entrou em uma das barracas apenas de lona...começou uma gritaria e ela correu para o terreiro onde estavamos acampados...como ela estava acuada fiquei com medo dela causar algum acidente a alguem...quando ela veio na minha direção eu passei o facão nela...acabou virando tira-gosto da galera.

Eu tinha somente 16 anos...hoje com mais que o dobro dessa idade, talvez eu mantivesse a calma e ajudado ela a se safar...afinal, nós é que estavamos no territorio dela!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 meses depois...
  • Membros

Divanei, que aventura essa sua, aconteceu de tudo, até pelo deslizamento você passou sem ser atingido, uma hora teria que ser a sua vez ::lol4:: ! Mas depois de ter lido fiquei mais certa que sair da trilha é uma imprudência. Ah, lembrei também que os horários são importantes nessas situações. Geralmente em trilhas mais frequentadas como as de Itacaré - Moreré tem um aviso assim: Não ande pelas trilhas depois das 16:30, adivinhe os motivos...

Achei um site bom: http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/classe-reptilia/cobras-2.php

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Use sempre calças em vez de bermudas etc. Sempre coloque as meias sobre a calça .

Se estiver em uma trilha, tome muito cuidado ande com passos pesados para avisa-las que esta por ali, - Cobras odeiam ser pegas de surpresa - se encontrar alguma fique imóvel, dê bastante espaço para ela sair ou saia do caminho dela.

 

Abraçs

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Calças e meias não oferecem proteção contra mordidas de cobras, especialmente cobras com dentição solenóglifa.

No máximo podem ajudar a diminuir um pouco a quantidade de veneno inoculado, caso o tecido da calça seja grosso como alguns tipos de brim.

 

Também vejo pessoas usando polainas feitas para proteger as botas de neve e pedras pensando que estão protegidas contra mordida de cobra mas não estão.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Sou novo por aqui, me cadastrei hoje, e comecei a "navegar" pelo site, e vi logo esse tópico.

Vamos lá:

Primeiramente: Escoteiros, não usam alho para manter as cobras afastadas (posso garantir, pois sou chefe escoteiro a 20 anos).

Segundo: Sou biólogo, com especialização em herpetologia, e posso garantir, que não tem nenhum método milagroso em manter afastadas as cobras em caminhadas, pode sim, em acampamentos, diminuir a incidência das mesmas.

Lembre-se que a mata é a casa delas, e nós estamos invadindo.

Geralmente em trilhas muito usadas, as cobras procuram manter distância, e outra....as cobras peçonhentas por serem noturnas, durante o dia, se mantém escondidas. Por isso, entre outros motivos, não é aconselhável que se faça caminhadas noturnas, pois é nessa hora que as cobras peçonhentas, saem para caçar, ok?

caso alguém queira tirar alguma dúvida sobre cobras, é só perguntar.

Abraços

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Silnei unpinned this tópico
  • Silnei unlocked this tópico

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...