Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • Membros de Honra

Não há esse risco. Ela pode passar por cima do seu ombro, que não fará nada ::cool:::'> ::cool:::'> ::cool:::'>

 

Não há relatos de ataque de cascavel dentro d'água, pode existir boatos infundados, mas não para os estudiosos no assunto.

 

Mas, pense em uma hipótese:

 

Vc esta dentro do rio, com água até o pescoço. Nisso vem a cobra nadando, mas sendo levada lateralmente pela correnteza. Nisso sua amiga cobra bate no seu pescoço desvisado e vc fica estética com a cobra praticamente presa a seu pescoço. Vc tenta se sacudir para soltá-la projetando a parte superior do corpo para fora da água.

 

Bem... Já dá pra saber o final !!

 

Então, sempre bom olhar somente para onde vem a correnteza. Se vier alguma coisa parecendo um pau, galho, graveto... Saia de perto ou mergulhe pra "coisa" passar por cima.

 

Espero não ter te assustado com essa história.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 122
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Colaboradores

na chapada diamantina no canion do funil passou uma jararaca por cima do meu pé, fiquei parado completamente, queria tirar uma foto, mas era tolice se mexer para bater uma foto;

depois vi um filhote no meio da trilha em outro local;

descendo o canion do ramalho ( nao sei se o nome eh bem esse ) vi uma cobra aparentemente preta, por cima de uma pedra que na minha aproximacao foi para agua .

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Mas, pense em uma hipótese:

 

Vc esta dentro do rio, com água até o pescoço. Nisso vem a cobra nadando, mas sendo levada lateralmente pela correnteza. Nisso sua amiga cobra bate no seu pescoço desvisado e vc fica estética com a cobra praticamente presa a seu pescoço. Vc tenta se sacudir para soltá-la projetando a parte superior do corpo para fora da água.

 

Bem... Já dá pra saber o final !!

 

Então, sempre bom olhar somente para onde vem a correnteza. Se vier alguma coisa parecendo um pau, galho, graveto... Saia de perto ou mergulhe pra "coisa" passar por cima.

 

Espero não ter te assustado com essa história.

 

Tá repreendido, vai de reto kkkkkkkkkk, não quero nem imaginar essa hipótese.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Ola. cobras não são "demonios" comedores de gente! para evita-las basta não ir onde elas estão. Se voce vai a trilhas, matas e afins não da para evitar então siga as seguintes dicas.

 

Não ande sozinho; Olhe onde pisa e senta e onde poem a mão; Mantenha sua tenda ou baraca sempre fechada; Use um bastão para abrir o caminho; Cuide de sua foqueira ela deve estar sempre acessa e deve ser sempre a fonte de calor mais forte do local; se achar ou cruzar com uma cobra não bata nela, use o bastão e a retire do caminho de forma a não machucar ela nem a voce! lembre-se ela não escuta então não adianta gritar com ela, e ela estara tão assutada como voce! PRESTE MUITA ATENÇÃO nas trilhas e caminhos. em caso de acidente não faça torniquete, furos, cortes e afins procure socorro medico.

Boa Sorte.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Ólá pessoal!

 

Para prevenir uma picada de cobra o melhor ainda é a atenção. Observar bem onde se pisa, se apóia a mão ou se senta para descansar. As calças grossas, as perneiras (polainas ou "gaiters") ajudam em casos de caminhada em locais de capim muito fechado, onde não é possível observar bem o caminho sob os nossos pés e por isso corre-se o risco de pisar numa cobra. A maioria dos relatos de picadas ocorre por pisaduras, sendo o local afetado geralmente a parte inferior das pernas. Fora a hipótese de ser pisada ou tocada/apertada com a mão (ou outras regiões do corpo humano - já vi um relato em que o cidadão sentou em cima da cobra), o que ela encara como um ataque e por isso se defenderá mordendo. Dificilmente uma cobra ataca apenas pela proximidade ou mesmo por ser agressiva.

 

Ao contrário do que o colega Armcivil indicou, a fogueira ajudaria muito pouco, até porque não dá para dormir muito próximo a ela, então acaba se tornando mais um risco ao meio ambiente do que um benefício real (sem querer ser um "ecochato", note-se que não é recomendado fazer fogueiras em acampamento pelo grande risco de incêndios - especialmente se o usuário não domina bem as técnicas de criação e extinção do fogo).

 

Uma dica de "repelente" de cobras é o chifre de boi queimado. Cinzas de chifre queimado espalhadas ao redor do local de bivaque evitam a aproximação destes répteis, que têm um olfato muito aguçado! Já vi na prática e funciona (muito usado no "interior" do Brasil), aliás não só contra cobras, mas contra moscas e mosquitos também (nestes casos a fumaça). O problema é o cheiro forte e repulsivo até para a gente mesmo. :mrgreen:

 

Fala-se também que o alho as espantaria, motivo pelo qual nas zonas rurais é muito comum o pessoal plantar alho em volta da casa, mas esta informação não pude comprovar ainda.

 

Abraços,

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Essa do chifre eu não conhecia.

 

 

Existem muitos relatos de pessoas picadas por dormirem em saco de dormir ou bivak direto no solo (sem barraca). Nesses casos, a cobra entra no saco de dormir por ser um local escuro, confortável e principalmente quente.

 

A pessoa acaba sendo picada quando se mexe, se vira ou quando acorda e vai sair do saco. Não houveram casos da cobra entrar para atacar ninguém, mas sim acidentes.

 

A gigante maioria desse tipo de incidente foi com cascáveis.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Bom dia.

 

Léo. Usou muito bem a expressão "acidente". É exatamente como são chamados os casos de picada de cobra. Acídente ofídico e nunca que a pessoa fora atacada pela cobra.

 

O uso do alho ou mesmo chifre de boi queimado é um costume antigo mas não é seguro. Numa caminhada,se você colocar as mãos, ou os pés nela..... esqueça a questão do cheiro. Ela vai picar.

 

Gvogetta.

 

Não é ser ecochato. É inadimissivel provocar fogueiras. Somente deve-se usar o fogo para fazer a comida e com o equipamento adequado. Estamos cansados de ver Áreas verdes sendo destruídas por fogo.

Muito bem colocado.

 

Abraços

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Olá Pessoal!

 

Paulo, usei o termo "ecochato" pois em alguns momentos há certos "exageros" que são defendidos em prol da defesa do meio ambiente. A questão das fogueiras, por outro lado, realmente é inadmissível nos acampamentos em áreas naturais, em especial parques ou similares. Só seria admissível, em minha opinião em extremo risco de vida, em situações de necessidade de sobrevivência, o que na prática raramente ocorre, servindo apenas para destruir... ::toma::::quilpish::

 

Já a questão do chifre queimado, alho e outros "remédios antigos", ainda que se possa ter dúvida quanto a real eficiência, foram indicados para uso na área de acampamento, de forma preventiva, para evitar a possível aproximação de ofídios. Realmente jamais funcionariam no caso de contato direto ao tocar uma cobra com as mãos ou pisando-as, o que fatalmente provocará um acidente ofídico.

 

Abraços,

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Silnei unpinned this tópico
  • Silnei unlocked this tópico

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...