Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

Vicente Guimarães

De carro na Argentina e Chile - Atacama, Salta, Cafayate, Tilcara, Iruya, Purmamarca

Posts Recomendados

Norte da Argentina e Atacama

 

Olá Amigos, estou iniciando este topico para trazer à vocês informações sobre a minha viagem com minha esposa à América do Sul durante o carnaval de 2013. Esta viagem passa por Argentina e Chile. O roteiro básico passa pelas cidades de Córdoba - Cafayate - Salta - Purmamarca - San Pedro de Atacama (Chile) - Salta - Córdoba. Cerca de 3.000Km.

 

Informações detalhadas da viagem no meu BLOG

 

http://viagensaamericadosul.blogspot.com.br/

 

Córdoba, ponto de partida da viagem, acabou sendo uma escolha obrigatória, isso porque era o único destino da Argentina que consegui passagens com 10.000 milhas. Culpa foi da minha total falta de planejamento, já que o esperto aqui decidiu fazer esta viagem de "sai carnaval!" de última hora. Mas até que a escolha acabou sendo ótima, e a partir de Córdoba iniciei o plano da viagem.

 

cor_cidade.jpg

 

O roteiro foi montado para uma viagem de carro, mas provavelmente se enquadraria à uma viagem de ônibus entre as cidades escolhidas. Particularmente eu gosto de ter liberdade de ir e vir e, para isso, alugar um carro torna-se fundamental. Mas, voltemos ao roteiro. Córdoba está próxima de algumas regiões muito visitadas no norte e oeste da Argentina, como Mendoza, Catamarca, Salta e Jujuy. Região ainda desconhecida por muitos brasileiros. A nossa decisão foi seguir ao norte, para Salta e depois atravessar ao Chile para conhecer o Deserto do Atacama a partir de San Pedro de Atacama.

 

Cafayate é uma pequena cidade, o segundo pólo produtor de vinho da Argentina. Nosso desejo de conhecer Cafayate surgiu das dezenas de relatos na internet e de reportagens sobre a hospitalidade e beleza da cidade, além da reconhecida qualidade de seus vinhos. Além dos vinhedos, bodegas e restaurantes, bem próximo à cidade, existem atrativos naturais espetaculares como a Quebrada de Las Flexas e Quebrada del Rio de Las Conchas.

 

caf_igreja.jpg

 

Caf-Cafayate+Placa.jpg

 

caf-quebradaConchas4.jpg

 

caf-flechas3.jpg

 

Salta é o ponto de partida para quem quer conhecer o norte da Argentina. Como o nosso destino final é o Atacama, tivemos que deixar pouco tempo para esta belíssima região. Um dia para Salta e outro para Purmamarca e Tilcara (estas duas últimas distantes 25Km uma da outra).

 

Salta+_Igreja+San+Francisco.jpg

 

Salta_tele.jpg

 

Em Purmamarca está localizado o Cerro de Las Siete Colores, são montes com cores espetaculares. É um daqueles lugares que você tem que ir conferir de perto... Em Tilcara fizemos a caravanas de lhamas e as ruínas Pulcara de Tilcara (antigas ruínas de uma civilização pré-colombiana). também fomos à cidadezinha de Iruya, encrutada nas montanhas a quase 4.000 metros.

 

TILCARA

 

tilcara2.jpg

 

tilcara122.jpg

 

PURMAMARCA

 

Purma+-+Cerro+7.jpg

 

purma+-+passeio2.jpg

 

IRUYA

 

iruya-igreja.jpg

 

 

A partir de Purmamarca o plano foi seguir viagem ao Chile passando pelo Andes através do Paso Jama (4.800m). Passando por paissagens espetaculares da Cuesta del Lipan e do Salar Salinas Grande. A dica mais comum para "aturar" esta altitude é hidratação (bastante água) e o chá de folha de coca. Mascar as folhas e tomar o seu chá é uma tradição desta região altiplanica.

 

Ah, outra dica, pode-se atravesser a fronteira com carro alugado. A reserva tem que ser feita com pelo menos 10 dias de antecedência (para a papelada) e paga-se uma taxa de US$100 a US$ 200, dependendo da locadara. A nossa locadora foi a Hertz, a reserva foi pela internet e foi onde conseguimos as melhores condições de preço e veículo.

 

CUESTA DEL LIPAN

Cuesta+Lipan.jpg

 

SALAR SALINAS GRANDES

Salina+Grande.jpg

 

PASO JAMA - COM NEVE EM FEVEREIRO

Jama-neve.jpg

 

San Pedro de Atacama é o point para conhecer os encantos do Deserto do Atacama. A maioria dos passeios e serviços turísticos estão nesta cidade. Os preços das hospedagens é salgado e foi difícil achar vaga nesta época, já que carnaval também é feriado para los hermanos chilenos e argentinos. As atrações mais conhecidas são o Salar de Tara, Vale de La Luna, Vale de La Muerte, Gesers del Tatio e as Lagunas Altiplanicas. Tinhamos apenas dois dias e com nosso carro conhecemos as lagunas altiplanicas e o Salar de Atacama, contratamos um tour para o Salar de Tara que não seria possível ir com nosso carrinho alugado.

 

ADUANA EM SPA

8-SPA-Aduana.jpg

 

LAGUNAS ALTIPLANICAS

SPA+-+lagunas2.jpg

 

SALAR DO ATACAMA E SUAS LAGUNAS

SPA+-+Laguna+Cejar.jpg

 

 

De San Pedro de Atacama a viagem de volta á Córdoba foi longa... O primeiro trecho será até Salta. No outro dia, de Salta a Córdoba, mais 800Km. E fim da viagem.

 

É isso,

 

Informações detalhadas no meu Blog

 

http://viagensaamericadosul.blogspot.com.br/

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vocês foram pra Purmamarca! Que bacana! Cantinho encantador, não é?

Poucas pessoas que eu conheço foram pra Purmamarca, parece que normalmente passa "batido", sei lá.

Poste relato com fotos ;)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Vocês foram pra Purmamarca! Que bacana! Cantinho encantador, não é?

Poucas pessoas que eu conheço foram pra Purmamarca, parece que normalmente passa "batido", sei lá.

Poste relato com fotos ;)

 

Editei e coloquei algumas fotos no relato

 

Purmamarca é muito bonita mesmo, o Cerro das Setes Cores é demais, antes pensei que era fotoshop mas é colorido mesmo... A cidadezinha também é muito agradável (achei a cidade mais agradável que San Pedro de Atacama...) Vale a pena ficar pelo menos 1 dia lá;

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabéns pela linda viagem!

Eu adoro o norte da Argentina, a regiao tem muitos lugares para explorar.

As fotos estao lindas!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa !! obrigado pelos elogios

 

Li os seus relatos de viagem (da assinatura) adorei !

 

Pessoal, o Norte da Argentina é uma região maravilhosa e ainda pouco conhecida de nós brasileiros e de outros visitantes estrangeiros. Resolvi fazer este relato no meu blog para dar algumas dicas de viagem a esta região maravilhosa.

 

DICAS PARA O NORTE DA ARGENTINA

http://viagensaamericadosul.blogspot.com.br/#!/2013/03/norte-da-argentina-dicas-e-sugestoes-de.html

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola edu

 

Ih desculpe a demora na resposta, eu só vi sua mensagema agora. Fiz algumas mudanças no blog mas ainda está ativo, mas não gostei muito do resultado, mas a maioria das informações ainda está lá. Qualquer dúvida ou dica é só falar.

 

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Edu, dei uma repaginada no fórum para facilitar o acesso à informação.

 

Uma dica, se vc for de carro do Brasil é melhor fazer a rota até Foz do Iguaçu depois descer pela Argentina para Corrientes e seguir em direção a Salta.

 

De carro alugado dá para cruzar da Argentina para o Chile, Mas se alugar na Argentina não poderá cruzar a fronteira para o Chile.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Vicente! Estamos fazendo um roteiro para SPA entrando por Foz do Iguaçu. Meu marido está preocupado com o desempenho do carro diante as altas temperaturas até Salta e altitudes elevadas (Cuesta de Lipan). Vc saberia me informar se nestes trecho Corrientes-Salta e mais diante (quando começarmos a subida) existe infra-estrutura caso alguma pane aconteça com nosso carro? Não ouvi nenhum comentário sobre isso em nenhum relato a SPA, mas é uma preocupação nossa. Vamos viajar em uma Pálio Adventure. Obrigada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá.

 

Olha não tem problema no que diz respeito a temperatura. A temperatura média lá não é diferente do Brasil, se bobear é até mais baixa.

 

Os carros que tem injeção eletrônica tendem a compensar o deficit de oxigênio na altitude. Eu andei com um Classic 1.4 e não senti nenhuma perda de potência absurda. Dá para andar na boa. No Paso Jama cheguei a 4.800 metros e peguei neve com este carro.

 

Olha, eu não conheço o trecho Corrientes-Salta, mas acredito que deve ter uma estrutura razoável de postos de combustível e serviços. nâo deve ser diferente do trecho Salta-Cordoba (que foi o que fiz). O maior problema é achar postos de combustível com gasolina (ou "nafta" que costuma faltar muito no norte da Argentina) e que aceitem cartão (quase nenhum aceita). Então sempre que possível ande com dinheiro e sempre pare para encher o tanque, ficou abaixo da metade do tanque já é hora de encher.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por Henrique Alexsander Vaz Solon
      Como comprar passagem de ônibus saindo de Tilcara ou até mesmo Purmamarca rumo à San Pedro de Atacama? Alguém já fez esse roteiro e poderia ajudar?
    • Por Vicente Guimarães
      Norte da Argentina e Atacama
       
      Olá Amigos, estou iniciando este topico para trazer à vocês informações sobre a minha viagem com minha esposa à América do Sul durante o carnaval de 2013. Esta viagem passa por Argentina e Chile. O roteiro básico passa pelas cidades de Córdoba - Cafayate - Salta - Purmamarca - San Pedro de Atacama (Chile) - Salta - Córdoba. Cerca de 3.000Km.
       
      Fomos de carro alugado. Sei que muitos adeptos do mochilão torcem o nariz para esse tipo de viagem. Mas tem vários fatores que contam a favor: 1) Fiz e refiz as contas e o valor das passagens de onibus entre as cidades + taxis + custos dos passeios cobrado pelas operadoras estaria muito próximo do preço do aluguel do veículo + combustível. 2) com o carro poderíamos conhecer muito mais lugares, fizemos em 10 dias um roteiro que demoraríamos 20 dias sem carro; 3) conforto e liberdade de ir e vir a hora que quizer; 4) a possibilidade de ver paisagens belíssimas (que muitas vezes perdemos por estar viajando de ônibus à noite).
       
      Um exemplo claro, para um casal, em São Pedro do Atacama sai mais barato alugar um carro para conhecer as lagunas altiplanicas e o Salar de Tara do que pagar o preço do tour para estes lugares... Se vc estiver em um grupo de 4 ou 5 então... fica muito mais barato...
       
      Então, vamos aos relatos:
       
      Informações detalhadas no meu BLOG
       
      http://viagensaamericadosul.blogspot.com.br/
       
      Córdoba, ponto de partida da viagem, acabou sendo uma escolha obrigatória, isso porque era o único destino da Argentina que consegui passagens com 10.000 milhas. Culpa foi da minha total falta de planejamento, já que o esperto aqui decidiu fazer esta viagem de "sai carnaval!" de última hora. Mas até que a escolha acabou sendo ótima, e a partir de Córdoba iniciei o plano da viagem.
       

       
      O roteiro foi montado para uma viagem de carro, mas provavelmente se enquadraria à uma viagem de ônibus entre as cidades escolhidas. Mas, voltemos ao roteiro. Córdoba está próxima de algumas regiões muito visitadas no norte e oeste da Argentina, como Mendoza, Catamarca, Salta e Jujuy. Região ainda desconhecida por muitos brasileiros. A nossa decisão foi seguir ao norte, para Salta e depois atravessar ao Chile para conhecer o Deserto do Atacama a partir de San Pedro de Atacama.
       
      Cafayate é uma pequena cidade, o segundo pólo produtor de vinho da Argentina. Nosso desejo de conhecer Cafayate surgiu das dezenas de relatos na internet e de reportagens sobre a hospitalidade e beleza da cidade, além da reconhecida qualidade de seus vinhos. Além dos vinhedos, bodegas e restaurantes, bem próximo à cidade, existem atrativos naturais espetaculares como a Quebrada de Las Flexas e Quebrada del Rio de Las Conchas.
       

       

       

       

       
      Salta é o ponto de partida para quem quer conhecer o norte da Argentina. Como o nosso destino final é o Atacama, tivemos que deixar pouco tempo para esta belíssima região. Um dia para Salta e outro para Purmamarca e Tilcara (estas duas últimas distantes 25Km uma da outra).
       

       

       
      Em Purmamarca está localizado o Cerro de Las Siete Colores, são montes com cores espetaculares. É um daqueles lugares que você tem que ir conferir de perto... Em Tilcara fizemos a caravanas de lhamas e as ruínas Pulcara de Tilcara (antigas ruínas de uma civilização pré-colombiana). também fomos à cidadezinha de Iruya, encrutada nas montanhas a quase 4.000 metros.
       
      TILCARA
       

       

       
      PURMAMARCA
       

       

       
      IRUYA
       

       
       
      A partir de Purmamarca o plano foi seguir viagem ao Chile passando pelo Andes através do Paso Jama (4.800m). Passando por paissagens espetaculares da Cuesta del Lipan e do Salar Salinas Grande. A dica mais comum para "aturar" esta altitude é hidratação (bastante água) e o chá de folha de coca. Mascar as folhas e tomar o seu chá é uma tradição desta região altiplanica.
       
      Ah, outra dica, pode-se atravesser a fronteira com carro alugado. A reserva tem que ser feita com pelo menos 10 dias de antecedência (para a papelada) e paga-se uma taxa de US$100 a US$ 200, dependendo da locadara. A nossa locadora foi a Hertz, a reserva foi pela internet e foi onde conseguimos as melhores condições de preço e veículo.
       
      CUESTA DEL LIPAN

       
      SALAR SALINAS GRANDES

       
      PASO JAMA - COM NEVE EM FEVEREIRO

       
      San Pedro de Atacama é o point para conhecer os encantos do Deserto do Atacama. A maioria dos passeios e serviços turísticos estão nesta cidade. Os preços das hospedagens é salgado e foi difícil achar vaga nesta época, já que carnaval também é feriado para los hermanos chilenos e argentinos. As atrações mais conhecidas são o Salar de Tara, Vale de La Luna, Vale de La Muerte, Gesers del Tatio e as Lagunas Altiplanicas. Tinhamos apenas dois dias e com nosso carro conhecemos as lagunas altiplanicas e o Salar de Atacama, contratamos um tour para o Salar de Tara que não seria possível ir com nosso carrinho alugado.
       
      ADUANA EM SPA

       
      LAGUNAS ALTIPLANICAS

       
      SALAR DO ATACAMA E SUAS LAGUNAS

       
       
      De San Pedro de Atacama a viagem de volta á Córdoba foi longa... O primeiro trecho será até Salta. No outro dia, de Salta a Córdoba, mais 800Km. E fim da viagem.
       
      É isso,
       
      Informações detalhadas no meu Blog
       
      http://viagensaamericadosul.blogspot.com.br/
    • Por Samantha Paredes
      Olá viajantes!
      gostaria de saber se alguém tem dicas do norte da Argentina... 
      estou querendo ir em maio de 2018.


×
×
  • Criar Novo...