Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Berlin em 5 dias, um resumo da história Alemã


Posts Recomendados


  • Membros

Ezequiel,

 

Mto obrigado pelas dicas. Estou anotando td pra melhorar ainda mais meu roteiro.

 

E um dos meus critérios pra escolha de hostel, além do preço e localização, com ctz é o bar, já que vou viajar sozinho, entao eh mais um bom local para se socializar ::lol3::

 

Vi os cartões de descontos que vc sugeriu, de fato são bem interessantes, pesquisarei mais a fundo pra ver ql a melhor opção.

 

Vlw cara!

Link para o post
  • Membros
Ezequiel,

 

Mto obrigado pelas dicas. Estou anotando td pra melhorar ainda mais meu roteiro.

 

E um dos meus critérios pra escolha de hostel, além do preço e localização, com ctz é o bar, já que vou viajar sozinho, entao eh mais um bom local para se socializar ::lol3::

 

Vi os cartões de descontos que vc sugeriu, de fato são bem interessantes, pesquisarei mais a fundo pra ver ql a melhor opção.

 

Vlw cara!

Bom Uriel,

é legal saber q meu relato está te ajudando, minha viagem tb só ocorreu tranquilamente devido ao pessoal aqui do fórum.

 

Sobre os hostels se vc ficar na região entre a AlexanderPlatz e a PostdamerPlatz não tem erro, o Wombat's deve ser sim o melhor pra vc. E ao programar minhas próximas viagens para Paris e Londres vi como Berlin é bem servida e organizada em hostels e ainda por cima com os melhores preços e comodidades.

 

Abraço.

Link para o post
  • Membros

DIA 5 - Terça-Feira 12/03

 

Bom o último dia em Berlin seria de pura nostaugia hehehe, um dia para rever alguns pontos com mais calma na minha velocidade, já q estava sozinho e para alguns lugares inéditos que talvez não agradace aos outros e tb pq não daria tempo de fazer em ‘‘apenas‘‘ 4 dias.

 

Os sinais de cansaço eram evidentes, mas logo passaram ao olhar pela janela do hostel e ver o sol refletindo na neve acumulado dos últimos dias. Tomei café da cozinha do hostel, fiz o check out e a primeira parada foi um mercado para devolver algumas garrafas q aqui valem 0,25€ e ricos e pobres fazem questão de ajudar o meio ambiente.

 

Depois com o ticket de metro validado parti para a AlexanderPlatz, onde pude rever com todos os detalhes de um dia maravilhoso de sol a Fernsehturm, a Rotes Rathaus e a própria AlexanderPlatz q é uma atração a parte. Era hora de comprar algumas lembranças dessa cidade q já ficou na memória e a melhor relação custo benefício q encontrei foi justamente dentro da estação uma loja entre os metros U2 e U5 direção Hoenow. Os mesmos produtos da região do BrandenburgerTor e Checkpoint Charlie só que mais barato e com diversos descontos do tipo 1 é 3, 2 é 5 e camisetas a 10€ cada. Gastei menos de 30€ e fiquei contente com a quantidade e qualidade, só não comprei um pedacinho do muro pq é muita sacanagem pagar 10€ por uma pedra colorida q pode ter sido tirada de qq lugar ::lol4:: kkkkkkkk.

 

Dali segui andando tranquilamente passando pela Museuminsel e fui até a frente do BodesMuseum q ainda não tinha visto e era hora de entrar no DHM, Deutsches Historisch Museum. A entrada custa 8€ mais para estudante custa 4€, o museu é dividido em duas partes: Na parte superior desde os tempos da brilhantina heheheh (ou seja do grande império germanico) até 1918 e no térreo de 1918 até os tempos contemporaneos. Pela parte mais antiga fiz uma passage express (pq já falei q não gosto de nada q tenha mais de 100 anos de idade ::hãã:: kkkkkk), mas pelo tamanho da exposição levou quase uma hora. Confesso q me surpreendi com o q vi, cavaleiros com suas armaduras e a evolução delas e um mapa q mostra como o império germanico era enorme nas antigas. Segui então para a parte top (pelo menos pra mim), e se depois de visitar a Topographies des Terrors e o Museu do Checkpoint Charlie eu achava que conhecia tudo da era de Hitler estava muito enganado. Foram as duas horas mais tensas, interessantes, intrigantes e marcantes da minha vida (sem frescuras), coisas inéditas do nazismo desde cartazes para a eleição de Hitler, passando pela foto em que o Imperador passa o comando do país para Ele, por uma cópia original do livro escrito por Ele, videos e gravacoes de discursos como no dia da Queima dos Livros. Nessa parte saber entender alemão valeu muito a pena pq vc ouve os absurdos q os caras falam q seriam inaceitáveis hoje, mas que o povo apoiava com se fosse a melhor coisa do mundo. Depois seguindo temos coisas fantásticas sobre a Segunda Guerra como pedaços de avioes e armas, terminando com o Muro de Berlin e os protestos que culminaram na sua queda. Só tenho uma coisa a dizer se vc se interessa pela história da Alemanha, ir a Berlin e não entrar no DHM é a mesma coisa q ir a Roma e não ver o Papa (Se é q vcs me entendem) ::prestessao:: .

 

No começo da tarde, após a pausa para o almoço a idéia era seguir para o Mauerpark para curtir a paisagem, no caminho passei de Tram pelo Memorial do Muro na BerlinerStraße que dessa vez estava com a torre de observação aberta, não deu outra parei e subi para ver realmente como era o Muro de Berlin como os seus dois muros e a zona de morte. Perdeu um pouco do charme devido a neve q ainda tinha no chão, mas vc consegue se sentir um guarda pronto pra atirar em quem chegar naquele setor. Dando sequencia cheguei ao parque e pude ver os pais levando os filhos em seus trenós para descerei em um morro, muitas risadas ao ver q muitas crianças mesmo sem trenó pegavam uma sacola e se largavam morro abaixo escorregando, tinha umas mais ousadas q iam de peito mesmo sem dó do casaco. Melhor ainda era ver algumas se quebrando toda na descida, choravam e depois voltavam sacudiam a poeira e iam de novo hahahahha ::toma:: . Percebi tb como no Brasil faltam opcoes como essa pra levar os filhos pra curtirem sem ter q pagar nada, para apenas curtir o momento. O por do sol lá foi top também, uma imagem q vai ficar guardado por muito tempo, vamos ver se Paris e Londres (minhas próximas viagens) conseguirão ofuscar esse momento :twisted: kkkkkkk.

 

Voltei para o centro de Berlin para ver o lugar onde era o Bunkler de Hitler e onde hj existe apenas um placa, muito explicativa por sinal, e é um estacionamento. Por ironia do destino ele ficava na esquina onde hj está o Memorial do Holocausto. Aqui passei por uma cena interessante, qdo estava indo para o BrandenburgerTor passando pelo Memorial, uma turista me parou e olhando o mapa q ela tinha na mão me perguntou como chegava no Memorial do Holocausto em ingles e eu respondi: Bem na real a senhorita está nele. Ela levantou os olhos e falou: É isso (That’s it!) ::putz:: . É senhoras e senhores nem tudo são flores, eu particularmente não curti muito esse memorial e cheguei a dar risada qdo mostrei pras nossas mochileiras na sábado e elas disseram: Eu é q não vou tirar foto com esses blocos nada a ver. Fazer o q isso é arte moderna!kkkkkkk.

 

Depois contemplei um pouco mais o Portao e peguei o onibus 200 até o fim e voltei com o 100, fazendo um bustour como resumo da viagem. Desci novamente no BrandenburgerTor peguei o onibus TXL (Tegelflughafen), usando o cartao do dia, para o aeroporto de Schönefeld tem q pagar a parte, e em 35 minutos estava no aeroporto onde partiria para Köln (Colonia) estando então a uma hora de trem da minha casa em Aachen. Aqui teve só um probleminha, ao chegar pro check inn a atendente falou q tinha um atrasado no meio voo, perguntei de qto e ela sorridente falou de 1:20h, eu falei mentalmente: Porrax isso não é atraso é o rombo da previdencia ::quilpish:: . Tudo bem era o jeito esperar, pelo menos qdo deu o horário de partida eles foram pontuais. A decolagem de Tegel é uma beleza a parte, vc vai subindo e vendo toda a Berlin iluminada, quase lacrimejei ao ver pela janela o Tiergarten, o BrandenburgerTor, a Museuminsel e a Fernsehturm ficando cada vez mais longe heheheh.

 

Só pra constar por causa desse atraso acabei perdendo o ultimo trem de Köln pra Aachen onde eu moro e tive q ficar na estação até 5 horas da manha, o q foi uma aventura a parte, mas nada q a lembrança de 5 dias em Berlin não compensassem.

 

Por enquanto até a próxima, Paris 26/04 e Londres 30/05.

Link para o post
  • 4 meses depois...
  • Membros

Muito bom Ezequiel.

Vai ajudar bastante este seu relato.

Estou planejando Alemanha para Setembro/2014 e Berlim vai ser um ponto obrigatório.

Agora, você pode tirar uma dúvida: Percebi no seu relato que você tinha que comprar o café da manhã. Os albergues daí tem esquema diferente dos albergues daqui, que oferecem café da manhã?

Link para o post
  • 6 meses depois...
  • Membros

Ezequiel,

 

Eu sou nova aqui no site, e talvez eu esteja em topico errado! Mas enfim, vou em junho para Alemanha e vou morar quase um ano lá!

Vou morar em Stuttgart!

Acho que vc pode me ajudar em muitas coisas! A primeira viagem que eu gostaria de fazer é ir para berlin, dia 06/06/2014. Vc tem interesse em passar 5 dias lá novamente?

Link para o post
  • 6 meses depois...
  • Membros

Ezequiel,

sei que seu tópico já tem uns milênios, mas queria elogiá-lo!

Gosto muito de gente que é mochileira, mas que também é sincera! Se não gosta de arte antiga, não fica indo em museu "só pra dizer que foi", se não vê graça no memorial, fala isso. Peguei umas dicas de Berlin, tomara que minha trip seja tão massa quanto a sua! :D

Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...