Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Cidade do México em 10 dias (cores + culturas + sabores) - MUITAS FOTOS!


Posts Recomendados

  • Membros

Decidi, depois de 1 ano (é sempre assim rs...) publicar o meu relato de viagem a Cidade do México. Tenho mais de 600 fotos, então escolhi as melhores para mostrar a vocês. A minha viagem foi com o intuito de me infiltrar na Cidade do México, só isso. Não estava afim de conhecer as praias mexicanas e outras cidades, queria mesmo era visitar museus, conhecer a comida local e desbravar essa cidade que é enorme! ::ahhhh::

 

Fui na Páscoa de 2012, comprei passagens pela TAM por uns R$ 1.800 se não me engano. Acho que gastei uns R$ 2.500 nessa viagem. Tirei o visto eletrônico de 30 dias para entrar no México. Não sei falar espanhol (só enrolo) e lá fui eu sozinha pra Cidade do México.

 

O Peso Mexicano (hoje) está cotado 6,09 para R$ 1,00.

 

Não sei o que me deu esse ano, tive sede de fazer uma trip sozinha, por sorte fiz amigos no hostel onde fiquei e dei graças a Deus porque não ia ser tão legal ficar sozinha por 10 dias. Recomendo ir acompanhado, caso não tenha companhia não se preocupe, mochileiro sabe como é... SOZINHO mesmo não tem como você ficar, conheci pessoas do Canadá, do norte do México, do BRASIL, da Itália, da França, da Austrália, da Argentina e por aí vai. A experiência foi ótima. Vamos ao que interessa, fotos e relatos! ::hãã::

 

Cheguei na Cidade do México e fiquei com medinho quando me toquei de onde estava. Uma BAITA cidade! Troquei um pouco dos meus dólares no aeroporto e peguei uma van para ir ao meu hostel, o qual já havia reservado no Brasil. Fiquei no Hostel Mondo Jovem Catedral (http://mundojovenhostels.com/hcatedral.php) que achei excelente, acho que não tenho mesmo do que reclamar. Fiquei no dormitório feminino que tinham 3 beliches e banheiro compartilhado com outro quarto igual. A diária era de 200 pesos mexicanos (o que dá uns R$ 32). O melhor desse hostel é a localização: literalmente atrás da Catedral da grande praça do Zócalo, no Centro Histórico. Do ladinho de várias conveniências, lojas, museus, restaurantes, e até o pequeno sítio arqueológico que fica em anexo a Catedral. Melhor localização impossível. Fiquei num quarto que tinha dois janelões que davam para a frente da rua, onde a vista da minha cama era a Catedral. RECOMENDO! Vejam as fotos do Hostel e arredores (a seta vermelha indica o meu quarto haha):

 

P1020975.jpg

 

P1020943.jpg

 

P1020865.jpg

 

Bom, vou começar falando do que tem de legal nas redondezas do Zócalo. Dentro do Hostel existe um restaurante bem gostozinho que serve jantar e almoço (o café da manhã é incluso para quem está hospedado no hostel) e os atendentes são muito gente fina. Inclusive, só tenho que agradecer ao amigo Oscar (que trabalha no caixa do restaurante), que viu que eu estava sozinha e começou a puxar papo comigo e se ofereceu a me levar para conhecer o mercado de artes (um mercadão cheinho de lojas onde se pode encontrar todos os tipos de artesanatos mexicanos e eu AMEI). No começo é claro que fiquei meio receosa, afinal quando a esmola é demais o santo desconfia, né? :? Mas ele me levou no mercado, ainda teve a santa paciência de esperar eu comprar um MONTE de coisas hahaha e depois convidei ele para almoçar comigo em uma lanchonete mas ele não quis porque era muito caro, aí voltou pro hostel para comer por lá. Estavamos em 4: eu, o Oscar e duas brasileiras que fiz amizade, que por uma super coincidência estavam no mesmo quarto que eu, e cada uma delas viajava sozinha, como eu! Meninas, ainda bem que nos encontramos, foi o destino! Hahahaha. Enfim, Oscar foi um amigão que fiz no hostel. Ele dizia que se sentia muito sozinho e que adorava levar os viajantes para conhecer a cidade dele. No último dia, quando eu estava sozinha novamente e já estava indo embora para o aeroporto, ele me deu um saco cheio de guloseimas (chocolate, bolachas recheadas e docinhos), não sabia nem como agradecer. :oops: Ele não me pediu nada em troca, foi um amigão mesmo. Gracias Oscar!

 

Perto do Zócalo existe um calçadão longo (não me lembro o nome!) que vale a pena percorrer. No final dele está a Sanborns, uma loja incrível que fica ali no centro, praticamente do lado da Torre Latino Americana. Ela está localizada na Casa dos Azulejos, um casarão antigo muito lindo por dentro e por fora. A casa tem dois andares com lojas, restaurante e café. A loja é engraçada porque é toda aberta, então uma hora você está no setor de livraria, mais dois passos e… você está numa farmácia. Hahahaha! Eu achei diferente. Inclusive em uma parte dos corredores da loja, de um lado é uma confeitaria e na frente está uma loja de artigos para fotografia, haha! Muito prática, né?

 

Aliás, a confetaria é um caso à parte… você fica bem louco quando bate os olhos naquela vitrine de doces, pães e não posso esquecer de mencionar a vitrine com os bolos que desafiam as leis da física, hahaha! Em uma das minhas visitas à Sanborns (fui duas vezes, ok?) eu e a Luana, minha amiga brasileira que conheci no México, não resistimos e paramos para tomar um “café” da tarde. Comemos uns doces com creme e ela tomou um chocolate quente, que estava delicioso!

 

Uma coisa engraçada da Sanborns é o uniforme das garçonetes (vejam na foto, é auto-explicativa hahaha) que eu não entendi e cada vez que ela passava por mim eu ficava tipo “ãhn?”, tentando entender. A Luana não se aguentou e perguntou pra moça senhora (só tem senhoras trabalhando lá dentro) o que significava “aquilo”. E ela disse que é um traje típico da cidade de Puebla. Então tá bom, né? Mas continuo achando uma sacanagem ela ter que trabalhar de garçonete vestida daquele jeito, porque a saia parece ser feita de papel, uma coisa muuuuuito desconfortável e nada natural, digamos assim.

 

sanborns.jpg

 

sanborns2.jpg

 

sanborns3.jpg

 

sanborns7.jpg

 

sanborns12.jpg

 

Ali perto fica a Torre Latino Americana, um edifício de 42 andares que possui um restaurante e um mirador nos últimos andares. É bacana de subir e ver a cidade de cima, pena que ela é bastante poluída e não aconselho ir de manhã (que foi o que eu fiz), porque parece que a “neblina” fica mais densa. Acredito que ir de tarde deve ser mais proveitoso. De lá de cima você ve o Palacio de Bellas Artes, que é lindo e vale a visita.

 

torre.jpg

 

torre1.jpg

 

torre2.jpg

 

torre3.jpg

 

O lindo museu que fica no centro da Cidade do México, ao lado da Torre Latino Americana, impressiona com o seu conteúdo e sua arquitetura. Dei sorte de ver a exposição do Botero, que é incrível demais. Dentro do Palacio estão alguns grandes murais de muralistas mexicanos famosos, como Diego Rivera, David Alfaro Siqueiros, entre outros. Como se já não bastasse os murais e a exposição do Botero, a construção do museu é uma arte à parte. Por dentro e por fora, é incrível e vale muuuuito a visita.

 

P1030198.jpg

 

P1030040.jpg

 

P1030112.jpg

 

botero4.jpg

 

Talvez pareça estranho, mas eis aqui um dos melhores passeios que fiz na Cidade do México: visitar os mercados locais. É sério, parece sem sentido, mas para mim foi demais! Fizemos esse passeio pelos mercados perto do centro, o HOSTEL nos levou com o guia a pé, já que é pertinho. Mercados grandes de legumes, doces, artigos de festa como as famosas piñatas, especiarias e até um mercado meio esotérico com ervas, remédios caseiros e tudo mais que se possa imaginar. Confesso que não tive coragem de comer nenhum doce desses que aparecem na foto porque no momento eu estava com uma indigestão e até passando meio mal, mas o passeio estava tão interessante que aguentei as 3 horas caminhando, firme e forte! Praticamente rindo da desgraça, haha! E o pior é que eu estava usando Havaianas, super confortável (só que não). Quando voltei pro hostel meu pé estava imundo, tirei até foto.

 

mercados2.jpg

 

mercados4.jpg

 

mercados6.jpg

 

mercados8.jpg

 

Ok, antes que vocês pensem besteira e tenham ânsia de vômito em frente ao computador, isso marrom na foto não é o que parece. Esses são ingredientes para se preparar o Mole, aquele molho de chocolate bizarro que irei mostrei pra vocês. Pensem que é chocolate que aí fica tudo bem…

 

mercados10.jpg

 

mercados14.jpg

 

mercados18.jpg

 

mercados21.jpg

 

mercados22.jpg

 

A coisa que eu mais gostei nessa viagem foi de ver tantas cores! A Cidade do México é linda por sua cultura, é vibrante! Como já citei lá em cima, o Mercado de la Ciudadela é ponto turístico IMPERDÍVEL. Muitos objetos de artesanato, sombreros, roupas e outras lembrancinhas para você trazer para o Brasil, e tenho certeza que você VAI QUERER TRAZER! É tudo barato e ainda dá pra negociar. Vejam as fotos e tirem suas conclusões:

 

artesanatom2.jpg

 

artesanatom7.jpg

 

artesanatom3.jpg

 

artesanatom19.jpg

 

E já que estamos falando de CORES, vamos falar da Casa Azul da Frida. O passeio que eu mais queria fazer e esperava ansiosamente era visitar a Casa Azul, onde morou Frida Kahlo, artista que admiro muito por sua arte, história e personalidade. A Casa Azul (que hoje é um museu) fica no bairro de Coyoacan (rua Londres), fácil de chegar através de metro. Foi incrível estar lá, simplesmente assim. Lá estão expostos alguns quadros e desenhos da Frida, fotos e cartas. Nos cômodos da casa pode-se ver de pertinho a famosa cozinha mexicana dela, seu material de pintura (o mais emocionante de tudo para mim!), suas camas com espelhos (para que ela pudesse pintar seus autoretratos quando estava muito doente e passava meses deitada) e outros objetos pessoais de Frida. Além de poder ver de perto coisas super interessantes, a casa em si é linda. É bem grande, com um lindo jardim no pátio central da casa, onde inclusive tem uma réplica de uma pirâmide asteca. Foi incrível estar lá, fiquei realmente emocionada de finalmente poder realizar esse sonho :)

 

casaazul1.jpg

 

casaazul2.jpg

 

casaazul4.jpg

 

casaazul6.jpg

 

casaazul8.jpg

 

casaazul12.jpg

 

casaazul15.jpg

 

casaazul16.jpg

 

casaazul20.jpg

 

casaazul21.jpg

 

casaazul25.jpg

 

Agora, XOCHIMILCO: este foi um dos passeios mais animados da Cidade do México. Fui com meus novos amigos mexicanos (Leti, Zayda, Chava e um casal de noivos que conheci lá na hora) passear de barquinho em Xochimilco, com direito a muita tequila, música mexicana ao vivo e gargalhadas! O bairro fica na Cidade do México e é fácil chegar lá de metro e trem, é um bairro simples, quando cheguei já pude fotografar uma feira de rua que estava tendo por ali e depois fomos na região onde fica o rio com os famosos barquinhos coloridos. E aí foram três horas de passeio, mais ou menos… Comi deliciosas quesadillas de pollo (que para minha surpresa não vinham cheias de pimenta como a maioria dos pratos mexicanos). A companhia dos meus amigos mexicanos foi incrível, eles eram super animados o tempo todo, brindando com tequila, cantando as canções tradicionais com os mariachis e dançando muito também. Imagina se não saímos todos borrachos (bêbados) desse passeio? Mas o negócio é o seguinte: NÃO VÁ SOZINHO. Além de correr o risco de ser perder pelas ruas, você não vai querer fazer esse passeio de barco sozinho. Esse lugar é para curtir, beber, rir, dançar e comer. Além de ficar muito caro o passeio, pois os barcos tem prexo fixo independente se vão 2 ou 10 pessoas. Nos juntamos com um casal que estava lá (mentimos dizendo que eles eram nossos familiares hahaha) e conseguimos fazer o barco ficar mais barato, não me lembro quanto custava ao certo, sei que era algo como mil e poucos pesos. Se estiver sozinho na viagem, pegue uma agência ou vá com o hostel para esse passeio, não deixe de ir a Xochimilco!

 

xochimilco1.jpg

 

xochimilco4.jpg

 

xochimilco5.jpg

 

xochimilco6.jpg

 

xochimilco7.jpg

 

xochimilco9.jpg

 

xochimilco11.jpg

 

xochimilco14.jpg

 

xochimilco15.jpg

 

xochimilco16.jpg

 

Se fui levada ao México com curiosidade pelas cores e pelas caveiras, esse foi o passeio em que vi algumas caveiras de verdade. O Museu de Antropologia da Cidade do México é enorme e você tem que separar um dia só para ele. Eu e minhas amigas pensamos “ah, que nada… dizem que dura o dia inteiro o passeio porque as pessoas ficam observando por meia hora cada peça do museu, mas a gente não é assim e vai ser bem rapidinho”…só que não. No fim das contas também ficamos “meia hora” observando cada peça, hahahaha! É incrível mesmo! Nunca tinha ido num museu tão legal e tão caprichado. Ele tem um monte de salas, divididas por períodos e civilizações, e dentro de cada sala tem centenas de peças, é impressionante. Vimos toda a parte inferior e depois paramos para almoçar lá dentro do museu mesmo, onde tem um restaurante que tem buffet (de comida mexicana…) e uma área externa que fica dentro de um jardim no próprio museu, muito gostoso de almoçar. E depois fizemos a parte superior do museu (tem dois andares) que era mais de artesanatos, rituais e diferenças dos povos indígenas mexicanos. Bem legal meeeeeesmo!

 

antropologia1.jpg

 

antropologia2.jpg

 

antropologia5.jpg

 

antropologia7.jpg

 

antropologia10.jpg

 

antropologia13.jpg

 

antropologia17.jpg

 

antropologia19.jpg

 

Continuando com a parte histórica, vamos agora à Teotihuacán. Aquela coisa né, visita obrigatória. Ir até lá e não visitar o sítio é patético hahaha... Pegamos um onibus NADA A VER para ir até lá. Fomos até a rodoviária mas acabamos entrando num onibus podre e clandestino HAHAHA (sei lá o como aconteceu aquilo). Onibus caindo aos pedaços, motorista velho que dirigia mal e colocou um cd de música sertanejo-mexicana HORRÍVEL e estridente, no volume máximo. Resultado: cheguei em Teotihuacán morrendo de dor de cabeça e de RAIVA. haha... nem tenho muito o que falar sobre isso, foi algo surreal mesmo. Tentava dormir mas não conseguia, foi um pesadelo. Enfim!!!! ::quilpish:: Teotihuacán é legal, mas cansei um pouco. Só subi na pirâmide do Sol, que é maior, chegando lá em cima fiquei desanimada... um monte de crianças com os pais correndo pra lá e pra cá, umas barreiras de contenção nada a ver que deveriam servir para segurança mas só servem pra poluir a paisagem. Aí cansei de tanto andar porque é ENORME e o Sol permanece torrando a cuca o tempo todo, vendo pedras, pedras e mais pedras... ::dãã2::ãã2::'> É claro que vale a visita, haha sério! ::otemo:: Mas confesso que depois de ter visitado Machu Picchu (sei que não tem nada a ver comparar, mas né... :roll: ) eu fiquei meio desanimada de ir a Teotihuacán. Almocei por lá mesmo uma comida bem boa e depois peguei onibus pra voltar pra Cidade do México, se não me engano os onibus saem de 30 em 30 minutos (ou 1 hora, não lembro mais! ::toma:: ).

 

P1030298.jpg

 

P1030266.jpg

 

P1030305.jpg

 

P1030292.jpg

 

P1030314.jpg

 

No meu primeiro dia na Cidade do México encontrei uma dupla de brasileiros estudantes no México e fiz amizade. Eles me convidaram para ir com eles à Puebla e topei. A cidade fica cerca de 2 horas de distância da Cidade do México, indo de ônibus. É uma cidade com centro histórico bem lindo cheio de casas antigas e foi onde pude provar o famoso Mole Poblano, que é um prato mexicano feito de chocolate, basicamente era uma coxa de frango com muito molho de chocolate hahahaha! Acreditem, eu comi (apesar de não ter gostado). Passei uma tarde em Puebla, que foi muito agradável, para começar a viagem com o pé direito! :) Na verdade eu me perdi dos amigos brasileiros e fiquei rondando o centro histórico da cidade, visitei um museu e depois peguei um taxi para ir até a rodoviária. A cagada é que era PÁSCOA e todas as ruas estavam fechadas para passar a procissão cristã... ai gente, sério... me deu até um desesperto. Me perdi nas ruas e por sorte conversei com uma mulher que trabalhava no museu e ela gentilmente chamou um taxi pra mim, porque não passava nenhum carro na rua, nem onibus. O taxi demorou a chegar mas veio e pude voltar pra rodoviária.

 

puebla3.jpg

 

puebla13.jpg

 

puebla5.jpg

 

puebla9.jpg

 

puebla10.jpg

 

puebla11.jpg

 

Parece mentira, mas não é! No restaurante onde fomos almoçar o Mole Poblano estava passando CHAVES! hahaha demais!

 

puebla12.jpg

 

puebla14.jpg

 

[t1]Sobre a comida mexicana:[/t1]

Comi muito fast-food na Cidade do México, mas vou explicar o por quê de tanta comida de lanchonete: geralmente quando eu viajo eu experimento a comida local e a última opção são as fast-foods, mas no México eu me rendi a elas. A comida lá é realmente oito ou oitenta. Ou você come um arroz com frango totalmente sem sal, que parece que esqueceram de temperar a comida, ou sua garganta arde com tanta pimenta (que eles colocam em tudo, até em frutas). A comida mexicana não é igual a que comemos nos restaurantes mexicanos do Brasil, a tortilha tem um cheiro e um gosto muito fortes que eu (e as amigas brasileiras) não gostei muito. Eu tentava comer, mas foram poucas vezes que saí feliz e satisfeita de um almoço mexicano. Não vou dizer que a comida é ruim, porque isso é uma questão cultural. Mas voltei morrendo de vontade de comer um bom prato de arroz, feijão, uma saladinha e carne!

 

[t1]Sobre o clima mexicano:[/t1]

Seco. Minha pele ficou totalmente diferente, inclusive sairam umas espinhas muito estranhas ao redor do nariz, não sei se pela alimentação ruim ou o clima... Em Abril estava quente, e infelizmente fui de calça jeans e tênis. De manhã e à noite faz mais frio, durante o dia e a tarde o Sol permanece radiante.

 

[t1]CUIDADO com as bebidas:[/t1]

Numa noite fomos visitar a plaza Garibaldi, onde ficam CENTENAS de mariachis reunidos esperando você pedir uma música por alguns pesos. É uma praça não muito segura de noite, tem um povão mexicano que vai lá encher a cara de tequila e comer uma carne grega com tortilhas haha... vale a pena conhecer porque é bem regional. Maaaaaaassss... nessa noite tive uma experiência um tanto quanto assustadora. Compramos um pack de cervejas numa lojinha de conveniência e fomos pra praça, tomamos algumas cervejas, comemos, ouvimos musicas, dançamos e estávamos felizes retornando ao hostel à pé, lá por 23h, eis que uma viatura da polícia nos pára. (as viaturas da cidade do méxico são super equipadas, tudo poderoso) A policial pede nossos documentos, já fui entregando... me cagando de medo do que estava acontecendo, aí ela diz "vocês não. só a menina da cerveja"... :shock: NÃO PODE BEBER ALCÓOLICOS NA RUA!!!!!!!!! Ninguém sabia disso. Minha amiga mexicana foi presa e levada na viatura. Eu e a brasileira (coitada, Luana tinha acabado de chegar na Cidade do México hahaha) ficamos no meio do centro histórico numa noite MEDONHA. Saímos praticamente correndo em direção ao hostel... uns caras mal encarados na rua, mendigos e etc... Quando chegamos no hostel, sem acreditar no que tinha acabado de acontecer, deu mais uns 5 minutos e EIS QUE A AMIGA MEXICANA VOLTA TODA FELIZ DIZENDO QUE PAGOU UM "POR FORA" PROS POLICIAIS E VOLTOU DE CARONA COM ELES PRO HOSTEL. :o AHAHAHAHA foi bizarro!!! Mas serve de lição: se a polícia te pega bebendo alcóolico na rua você vai preso ou deve pagar uma multa de mil e poucos pesos. ::otemo:: SHOW!

 

[t1]Conclusão:[/t1]

Aproveite a Cidade do México! Tome tequila, cervezas, experimente as comidas bizarras, as frutas com pimenta e os altos níveis de pimenta hahaha ::vapapu::. Perca horas dentro de museus, converse com os locais, eles são muito simpáticos e animados. Cada lugar tem suas peculiaridades. Eu voltaria com certeza à CIDADE DO MÉXICO. ::tchann:: ARRIBA MUCHACHOS!

 

[t3]ACESSEM MEU BLOG PARA VER MAIS FOTOS DO MÉXICO E DE OUTRAS VIAGENS: http://urban-queen.org/?page_id=1371[/t3]

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

Ola Bruninha!!!!

 

Saudades de voce.... tava pesquisando sobre o Mexico e vi seu relato, que por sinal, esta excelente!!! Parabens...

 

Vi que fez uma viagem mais light, bem mais cultural, nao aquela bagaceira que vivemos na Bolivia/Peru .. rsrs... tava vendo aqueles videos de machu picchu essa semana... muito comedia... pedro de lara ra ra ra rara ra ra.... rsrsrs

 

E quais sao seus proximos planos? Chile mesmo?

 

Grande beijo.... se cuide mocinha

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Ola Bruninha!!!!

 

Saudades de voce.... tava pesquisando sobre o Mexico e vi seu relato, que por sinal, esta excelente!!! Parabens...

 

Vi que fez uma viagem mais light, bem mais cultural, nao aquela bagaceira que vivemos na Bolivia/Peru .. rsrs... tava vendo aqueles videos de machu picchu essa semana... muito comedia... pedro de lara ra ra ra rara ra ra.... rsrsrs

 

E quais sao seus proximos planos? Chile mesmo?

 

Grande beijo.... se cuide mocinha

 

Que bom que gostou! hahahaha nunca vou me esquecer da farra do "PEEEDRO DE LARA RA RARA RA RA RARA..." muito bom! Haha ::lol4::

Eu quero muito ir pro Chile, mas é claro que quero mesmo ir pra todos os lugares que ainda não fui né... hahaha massss veremos!!!

 

:D

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Ótimo relato, Bruna.

 

Eu pretendo passar 7/8 dias no México ano que vem, mas apenas 2 dias inteiros na CIdade do México. O que vc acha que eu deveria fazer que vc fez nesses 10 dias que seria imperdível, como o Museu de Frida Khalo?

 

Oi Andre!

 

Em dois dias eu diria para você não perder: Xochimilco (que vai cerca de meio dia para esse passeio, muito bom), Teotihuacán (menos de meio dia), Museu de Arqueologia, jantar na Plaza Garibaldi, Museu Frida Khalo e do Trotsky (ficam no mesmo bairro) e o Zócalo.

:)

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 meses depois...
  • Membros

Olá Bruna!!! Nossa! Amei sua viagem!! Serio mesmo! ::love::

 

Já fui ao DF em 2011 e pretendo voltar em janeiro de 14, claro QUE para conhecer lugares que não consegui ir e outras cidadezinhas!! Suas fotos estão perfeitas, até gostaria de saber que maquina você utilizou...

 

Obrigada pelo relato ::otemo::

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 meses depois...
  • 4 semanas depois...
  • Membros

oi Bruna, muito legal seu relato, parabéns!

 

Cheguei nesse fórum por causa dele... hehe

 

Vou para a cidade do méxico e ficarei uns 8 dias lá, porém, só terei 2 dias livres para passear e conhecer o local.

 

Eu estava pensando em levar reais pra trocar por pesos mexicanos lá, você sabe se é possível fazer isso ou é melhor levar tudo em Dolar/Pesos?

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...