Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

10 dias (Argentina, Chile e Uruguay) Relato COMPLETO


Posts Recomendados

  • Membros

Vou contar como foram minhas férias de Dezembro-2010, que foram inesquecíveis...

 

Sempre quis conhecer Buenos Aires, eu sabia que podia ser uma viagem relativamente barata e que não era necessário ficar pelo menos 4 ou 5 dias para aproveitar tudo, só que queria ficar uns 10 dias, então decidimos adicionar mais 3 destinos na nossa viagem: Colônia Del Sacramento uma cidadezinha do Uruguai super simpática, Mendoza a maior produtora de vinhos argentinos e Santiago.

 

Com esse acréscimo acabamos aumentando os gastos com a viagem, (vejam os valores são totais para 2 pessoas):

- Passagens: R$ 3.558

- Hoteis: R$ 1.837

- Alimentação, Taxi, Compras: R$ 3.000

Valor total: R$ 8.395 (*valores 2010)

 

Então distribuímos os 10 dias em: Buenos Aires (4 dias), Colonia Del Sacramento (1 dia), Mendoza (3 dias), Santiago (2 dia).

 

Para entrar na Argentina, Chile ou Uruguai, assim como outros países da América Latina, pode apresentar passaporte válido, ou basta ter a identidade emitida pela Policia Civil (SSP), lembrando que a mesma tem estar em bom estado e foto tem que ser recente com identificação fácil do portador. Importante: não são aceitas carteiras de motorista ou outras profissionais. E não fizemos seguro viagem, como em outros países que é obrigatório, lá vc faz se quiser.

 

O que levar: como fomos em época de pleno verão, é indispensável filtro solar, chapéu, roupas leves e tênis. Leve é claro a maquina fotográfica, os documentos, vouchers e o planejamento da viagem.

 

1º dia – BUENOS AIRES

 

8.Caminito.jpg.ed0ad0f87ba5528af6ca977696f65971.jpg

 

No primeiro dia acordamos super cedo e fomos pegar o vôo TAM 8000, que sai de BH às 6 da matina, mas esse vôo é muito bom pois para rapidamente em SP e depois segue para BA. Chegamos lá às 11hs horário local.

 

Ficamos hospedados 3 noites no IBIS Obelisco, e uma noite em um Hotel Botique em Palermo... Bom, li muito sobre “onde hospedar em Buenos Aires” ou “Hotéis em Buenos Aires” em vários blogs e sites indicavam Recoleta que é bairro super famoso e bonito, outros falavam para ficar no centro que já fica perto de vários pontos turísticos e que vc tem metro e transporte fácil por lá... Acabei escolhendo ficar no IBIS por que tinha uma diária grátis e tbm porque preferi escolher um hotel simples confortável e que eu já conhecia o padrão, BOA ESCOLHA... foi muito bom ficar no IBIS Obelisco. Só que acabei optando também ficar uma noite no Dumont Boutique Hotel, que fechei pelo decolar.com... Palermo é um bairro antigo com opções noturnas fantásticas desde baladinhas à restaurantes incríveis e super recomendados pelos críticos. Sobre o hotel, ele é muito charmoso, tem apenas 5 suites muito confortáveis, só o nível se serviço que não é muito profissional, a diária custou R$ 150,00.

 

Bom assim que chegamos, já fomos bater perna pelo centro da cidade, comemos algumas empanadas.. “hum que são irresistíveis, coma sempre que encontrar!”. Depois seguimos para fazer o tour do Buenos Aires Bus, ($ 70 por pessoa) vale a pena para quem tem pressa e poucos dias na cidade pois o ônibus funciona parando no pontos turisticos e vc pode descer ficar o tempo que quiser e depois pegar o próximo.. passamos por vários pontos turísticos como: Av. Florida, Plaza de Maio, Congresso Nacional, Monserrat, San Telmo, Puerto Madero. Quando chegou em La boca, descemos para ver o famoso Caminito e o estádio do Boca.

 

Depois descemos em Puerto Madero e como estávamos perto de um Starbucks, tomamos um café gelado e depois fomos a pé mesmo até a Casa Rosada, Teatro Colon, e por último fomos ao Café Tortoni, a cafeteria mais antiga da cidade, com arquitetura antiga e preservada, super Bonito.

 

2º Dia – BUENOS AIRES com Zoo Lujan

 

Acordamos bem cedo e fomos ao Zoo Lujan.

 

22.ZooLujan.jpg.1d043874e7b263228366c461ac02d8ef.jpg

 

Zoo Lujan é um passeio imperdível para quem vai à Buenos Aires!! é um Zoo que fica à 2 horas +ou- de Buenos Aires no distrito de Luján, lá é perfeito para quem gosta de animais.. é super emocionante, lá é possível interagir com os animais diretamente... imagina acariciar um tigre enorme, ou dar comida para um urso, ou para um elefante...

 

Como chegar no Zoo de Lujan? De carro alugado ou, pegue um ônibus que deixa na porta do Zoo, Pegar em frente o Zoo de Palermo, (Lujan semi rápido) na hora de comprar o ticket compre a ida e volta pq os ônibus lá não tem trocador ou seja não aceitam dinheiro. Qdo der 1h e 30 mim de viagem peça para o chofer te deixar em frente ao ZOO de lujan...

 

Quanto é para ir ao Zoo de Lujan? Os gastos são baratos: Passagem 20 pesos ida e volta, entrada 40 pesos, gorjetas para os tratadores 5 pesos por jaula (gastei 40 pesos) e 20 pesos com água e lanches..

 

Retornamos por volta das 13hs da tarde, como o ônibus de lujan passa por Palermo, descemos na Plaza Italia e de lá fomos a pé, pelos parques e jardins lindos de Palermo em direção ao Jardim Japonês, que adorei!!! Lá é lindíssimo, depois seguimos para o Rosedal um parque que tem esse nome pela grande variedade de rosas e flores que tem.

 

Estávamos já um pouco cansados de tanto andar e com muita fome, então pegamos um taxi do rosedal e fomos para o restaurante La Cabrera em palermo, que foi muito recomendado.. realmente a comida é muito boa.

 

Depois pegamos o metro na estação de Palermo para voltar para o hotel, (obs: andar de metro em BA é super tranqüilo e super econômico, apesar do taxi ser barato tbm.. ).

 

A noite fomos ao show de tango, quem vai a BA e não assistir um show de tango é o mesmo que ir ao RJ e não ver o Cristo ou Ir à Minas e não comer pão de queijo... o Show de tango é legal mesmo para quem não gosta de ver apresentações de dança.

 

Bom, o tango é o símbolo clássico da cultura argentina e que atrai turistas de todo o mundo... então é por isso que em qualquer esquina vc encontra shows de tango, desde o mais caros tipo os do Teatro Colon até o mais simples de rua.. Dúvida cruel... qual lugar iríamos escolher, como tinha ido um dia antes ao Café tortoni (Av. Mayo 825), e tinha gostado do ambiente acabei reservando lá mesmo pelo valor de (100 pesos por pessoa – tipo R$ 50 reais).

 

3º Dia COLONIA DEL SACRAMENTO

 

598da0f1d4203_47.ColoniaDelSacramento.jpg.bdf36a2b90173bce03ce95ceaa65fb3f.jpg

 

Colonia Del Sacramento é um pequena cidade do Uruguai com traços fortes da colonização portuguesa... super charmosa e que fica a uma hora de barco de Buenos Aires, eu fiquei muito tentada a ir lá depois que a Marcela, prima do meu marido me contou no Post sobre sua aventura por lá... http://penaestradacomigo.blogspot.com.br/2010/10/por-que-incluir-colonia-del-sacramento.html

 

Aí pensei por que não reservar pelo menos 1 dia em Colonia? Logo fiz nossa reserva... primeira coisa a ser verificada: como ir de Buenos Aires à Colônia Del Sacramento? Bom, são duas empresas que operam essa linha o Buque Bus e o Colônia Express <>, acabei optando pelo Day tour da ultima, que saia as 8hs c/ retorno às 17hs, incluindo café da manha e Guia na parte histórica da cidade. Ficou R$ 198,00 p ara nós dois.

 

Retornamos para BA as 18hs... Detalhe neste dia era dia 24 véspera de Natal e na viagem em Colonia conhecemos duas brasileiras (do nordeste), fizemos amizade com elas e passamos a noite de natal todos juntos. Ceia de Natal em Buenos Aires é uma preço absurdo, todos os restaurantes aproveitam para vender o menu completo tipo por 3, 4 vezes mais caro que o normal.. Mas mesmo assim decidimos jantar fora... bom na verdade não tínhamos opção.. Fomos no La CHACRA um restaurante típico no centro da cidade, comemos a tal Parrillada Argentina, detalhe lá é normal encontrar parrillada com as vísceras do boi, acho que quase niguém gosta, pedimos a com carnes normais (lombo, costela, bife etc).. Valor por pessoa (270 pesos por pessoa)

 

4º Dia Buenos Aires

 

Acordamos e fomos para o Zoo de Palermo (22 pesos por pessoa), muito legal o zoo de BA é bem diferente do ZOO lujan, vc não pode tirar fotos com o leão, mas pode dar comida para os patos que ficam soltos ee outros animais que ficam soltos tbm. Gostei muito de ver o tigre branco e o uso polar, tbm tem a parte com os reptéis que é bem legal...

 

De lá pegamos um taxi que nos deixou em recoleta, bairro super tradicional da cidade. Fomos é claro ver o túmulo da Evita Peron, no inicio agente não fazia muita questão de ir, mas como já estávamos lá por que não dar uma passadinha... Bom o cemitério recoleta não cobra entrada e é super bonito, com túmulos super imponentes, para quem gosta de tirar fotos o ambiente é bem procurado.

 

Outros lugares lá perto para conhecer: Museu nacional de Belas artes, Faculdade de Direito, Praça Nações Unidas, tirar foto no monumento: Florális Genérica

 

Nosso Natal em Buenos Aires:

 

Esse foi o único dia que conseguimos descansar mesmo, era feriado tudo parado na cidade e tbm íamos viajar para Mendoza a tarde então dormimos muito, almoçamos num restaurante em frente o Ibis Obelisco muito bom por sinal, chama-se EL gato (ficou 45 pesos por pessoa) comi um fetuchine com camarão.. humm maravilhoso.

 

Depois era hora de fazer as malas e ir para Mendoza.

 

Chegamos em Mendoza por volta das 18hs, e fomos para o nosso Hotel, um dos melhores da viagem, o Villagio Hotel Boutique, muito bom!! E muito bem localizado, perto da rua dos melhores restaurantes da cidade.. E como estávamos famintos fomos atrás de uma boa comida.. Como sempre verifico na internet dicas de bons resutantes, o mais comentado pelo Tripadvisor foi o AZAFRÁN então fomos lá conhecer... Como era Natal, ainda tinham aqueles jantares mais caros, mas enfim fomos de qualquer forma e não me arrependo, pq foi uma das melhores comidas da viagem. (200 pesos por pessoa) incluindo vinho.

 

5º Dia Mendoza

 

Mendoza - aos pés das Cordilheira dos Andes e dos vinhedos mais importantes da Argentina

 

72.Bodega.jpg.ca5d8fdf94fa6375266107166af7c730.jpg

 

Quem vai a Mendoza na Argentina, vai em busca principalmente de conhecer as bodegas de vinho, pois Mendoza é a mais importante zona vinícola da Argentina, com uma produção de 75% do total de vinhos do país e 85% dos vinhos de qualidade! (segundo enciclopédia do vinho). Possui vários distritos tais como Agrelo, Drumond, Luján de Cuyo, Maipú, Perdriel, Rivadavia, Rodeo de La Cruz, San Rafael e Tupungato. Além das bodegas, claro que existem outros passeios interessantes, como o da Alta montanha, cavalgadas, Rafting, e outras...

 

Para ir as bodegas, vc pode escolher em alugar um carro e ir passeando pelos distritos conhecendo várias bodegas, ou escolher algumas bodegas famosas e pagar um taxista para te levar, ou ainda, fechar com uma agencia de turismo um pacote e ir de van com alguns turistas.. Pelo preço e pela pressa.. decidimos pela terceira opção.. Fechamos quando chegamos lá com a KAHUAK, o pessoal lá é super legal..

Importante: não fechem esses passeios aqui pelo Brasil pois é muito mais caro, tipo 5 vezes mais caro.

 

598da0f1d9a3d_60.PunteDelInka.jpg.03b7b26483322f4193142850c3dc3f30.jpg

 

Então lá fomos nós para o passeio alta montanha (130 pesos por pessoa), ele dura um dia inteiro, fomos com um grupo pequeno de 10 pessoas, conhecemos o Vale de Potrerillos e Vale de Uspallata, um verde oásis entre as montanhas. O circuito continuou para a Cordilheira dos Andes até chegar à histórica ponte sobre o Rio Picheuta, depois as montanhas baixas de Polvaredas, Punta de Vacas, Os Penitentes Ski Resort e Puente del Inca (com sua natural ponte e água termal) muito lindaaa!! Parada no mirante para ver o Aconcágua em todo o seu esplendor, o que equivale a 6.962 metros acima do nível do mar o pico mais alta da cordilheira dos Andes... Depois subir na alta montanha onde está a fronteira com o Chile.. Como fomos no verão não levei casaco mais no alto da montanha é sempre muito frio..

 

6º Dia Mendoza

 

Acordamos e fomos passear pela cidade, que não tem nada demais, são algumas praças, igrejas, etc.. Com o calor tava demais tomamos um café helado por 20 pesos na rede HAVANA.

Depois seguimos para o passeio tão esperado Wine Tasting Tour (em grupo) (por 60 pesos por pessoa).

 

Fomos em duas bodegas uma artesanal (San Huberto) e outra industrial (Vistandes que é uma vinícola boutique moderna dedicada a fazer vinhos Premium) o passeio também incluía uma visita a uma fabrica de azeites. Voltamos para o Hotel e anoite fomos em outro restaurante super indicado pelos turistas, se chama Ocho Chepas, comemos um chourizo maravilhoso c/ papas por 65 pesos por pessoa.

 

7º e 8º Dia – Santiago no Chile

 

 

Como estávamos bem pertinho do Chile, então planejamos mais 2 dias em Santiago.... Agora como ir de Mendoza à Santiago? Simples! de busão... (Andesmar – 140 pesos por pessoa de cadeira semi-leito) a viagem dura mais ou menos 6horas e tem uma paisagem linda, fomos de cadeira semi-leito, mas não dormi nenhum segundo, só fiquei apreciando a paisagem.

 

598da0f1e3075_80.BusSantiago.JPG.1ec9ed92c7a248f9d84c99b523325120.JPG

 

Chegamos em Santiago por volta das 12hs e começamos os passeios. A cidade não tem um ponto turístico de destaque. O melhor é andar a pé (ou metro) para conhecer os bairros cidade. Destaca-se o Centro histórico com prédios tombados pela Prefeitura, o bairro de Bellavista para um bom restaurante e, ainda, o bondinho no Cerro San Cristóbal. Iniciamos pela La Alameda (redução de Av. Prof. Libertador General Bernardo O’Higgins). Na Calle Merced com a Plaza de Armas (Metrô Plaza de Armas) estão a Prefeitura, a Catedral, o Palacio La Moneda e os Museus, bem como outras atrações turísticas de maior importância. Há um posto de informações turísticas na praça pegue um mapa por lá e faça todo o tour pela cidade em um dia... Um lugar legal de ir almoçar é no Mercado de Peixes da cidade é tipo o mercado municipal de BH super tradicional... Para jantar as dicas são os restaurantes: Mundo giratório e o Japonês Ichiban.

 

Não deixe de acessar meu Blog Pé na Estrada para ver mais detalhes e mais fotos desta e de outras viagens!

 

Até a próxima viagem!

 

::otemo::

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...