Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

13 dias em Buenos Aires com muita balada


Posts Recomendados

  • Membros

Bom, aqui vai um breve relato dos 13 dias em que passei em Buenos Aires de muita balada

 

Para começar o hostel, eu fiquei no Milhouse, se você procura festa vá para ele, o lugar é perfeito, festa todos os dias, alta rotatividade, ou seja, sempre gente nova e muito gringo. Além de ter armário para colocar as coisas com cadeado, limpo, seguro, bem localizado e staff muito simpático. Com certeza eu volto

 

O Milhouse tem duas unidades, o Hipo e Avenue, eu fiquei nas duas e gostei mais do Avenue, pois é maior e tem banheiro nos quartos, o que pode nao ser lá essas vantagens, pois os quartos são limpos todos os dias por volta de meio dia, ou seja, se estiver com pessoas que sujam muito o banheiro ele estará limpo somente no dia seguinte, já no Hipo os quartos coletivos não têm banheiro, mas a vantagem é que como os banheiros são nos corredores, sempre tem alguem limpando, nunca peguei o banheiro sujo lá.

 

Vamos as festas !!!

 

Como disse anteriormente, no hostel tem festa todos os dias, dia no Hipo outro no Avenue, as melhores festas acabam acontecendo no Hipo, pois ele é menor e as pessoas acabam tendo mais contato.

 

Vale apena ir em em todas as festas do hostel, pois elas são marcadas para 22:00 e começam mesmo por volta de 00:00, indo até as 02:00, hora em que os boliches (como los hermanos chamam as baladas) iniciam.

 

Todos os dias o hostel vende ingresso para um Club, alguns dias já com o transfer de ida ... reparei que os preços dos ingressos pelo hostel é bem melhor que comprar na hora, ou fique trocando ideia na portaria da balada para conseguir desconto, muitas vezes funciona.

 

Ufa! saimos do hostel, e agora para onde ir?

 

Tendo como ponto de referencia o Obelisco, todas as baladas que eu fui o taxi deu no máximo 65 pesos, mas fique esperto, taxista lá é muito malandro

 

Meu primeiro dia foi o Sábado, cheguei ja na baladinha do hostel e paguei 120 pesos para ir a Terraza (com transfer de ida) - Balada Top, 4 ambientes tocando musica eletronica, argentina (reggaeton), musica brasileira em alguns momentos e um ambiente externo rolando musica eletronica de frente a um rio, vale muito ver o dia nascer e curtir o som. Como eu nao bebi cerveja, nao sei o preço, mas acho que era 30 pesos, acho que paguei 60 ou 70 pesos na dose de absolut e speed (energetico).

 

Minha segunda balada foi no domingo, no Maluco Beleza, balada "brasileira", uma argentina disse que as chicas vão para lá procurar brasileiro e que lá eu seria rei, fui correndo para lá, mas chegando lá estava uma bosta e vazio, a caixa falou que como era domingo estava vazio, até que fazia sentido, mas ....... resolvemos ir para Kika

 

A Kika era a balada da noite oferecida pelo hostel, pelo hostel o preço era 45 pesos e na bilheteria era 85, pensei, me ferrei, mas ao conversar com um cara lá conseguimos entrar por 40 pesos. Reza a lenda que a Kika é uma boate gls, mas eu só fui descobrir isso quando me contaram dois dias depois, alias eu até que achei a balada bem hetero, logo que entrei vi que estava lotada, dai deu uma olhada e em toda lateral da pista tinha uma espécie de palco com muitas minas dançando com micro shorts. A balada tem dois ambientes um toca mais musica local e o outro só eletronica, nesse é que tinha mais homem, no qual consegui associar a balada a uma balada gls. Paguei 60 pesos na dose de absolut com speed. Ah! e no final as minas fizeram um desfile de calcinha .... meeeeuuu deus !

 

Outra balada legal para ir dia de semana é o Severino Club, fica lotada e tem dois ambientes, paguei 20 pesos para entrar e 20 pesos na água, esse dia nao bebi da balada pq ja estava muito doido.

 

Todo mundo fala da Asia Club, mas eu nao entrei pq pelo hostel o ingresso era 45 pesos, mas comi mosca e nao comprei, resolvi desembolar na portaria, falei que estava com um grupo de 12 brasileiros, mas os caras nem ligaram, nao arrumaram nada para a gente, sem desconto, sem desconto para as meninas, não rolou nem um fura fila e cobraram 120 pesos. As pessoas que entraram falarm que nem é essas coisas, mas nao tenho o que falar da balada, só que os caras são ruins de jogo.

 

Bom, amanha eu continuo, ja é hora de dormir

 

To be continued ...

  • Gostei! 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Continuando ...

 

Acabei não curtindo balada na sexta em Buenos Aires, eu cheguei em um sábado na sexta seguinte fui para Rosário e fui embora na outra sexta, em Rosário achei um bar Mexicano que estava rolando um desfile de moda e dando chopp de graça, dai colei nesse bar, enchi a cara e tomei ainda alguns tragos (drinks), fiquei muito doido nesse dia, pedi a um taxista para me levar a um boliche, ele falou que iria me levar para o melhor, realmente era muito bom, dois andares e ambiente externo, quanto gastei de taxi? entrada? bebida? nao lembro mesmo, estava muito borracho (bebado). A balada acabou cedo, as 4 da manhã, como eu nao estava hospedado em lugar nenhum e tinha que pegar o onibus para Córdoba de manhã, peguei a minha mochila com o DJ e acabei conhecendo uns argentinos na saida que me levaram para outra balada, essa bem menor e tb nao sei o nome e se não me engano, acho que não paguei para entrar.

 

Terminou a balada e fui para Rodoviária para seguir a Córdoba

 

Em Cordoba fui a um club que só tocava Rock, bem da hora, não me lembro o nome mas lembro que fica ao lado de um bar bem conhecido o Maria Maria. Não paguei nada para entrar e a cerveja era 35 pesos o litro. No dia seguinte retornei a Buenos Aires

 

Cheguei em BsAs no sábado e repeti as baladas, Terraza, Kika, Severino e uma que ainda não tinha ido e que foi a mais vibe de todas, Niceto Club/69

 

No 69 paguei 45 pesos para entrar e 150 pesos na garrafa de espumante. Uma balada top, DJ muito bom e performace de dançarinas e dançarinos no palco, uma parada bem louca, vale muito.

 

Bom foi isso ai que rolou em BsAs. Para quem quer curtir uma balada, está indo ao local certo, baladas sempre cheias de segunda a segunda

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 mês depois...
  • 3 semanas depois...
  • 1 mês depois...
  • Membros

Marcelohms27,

 

Realmente eu esqueci dessa parte IMPORTANTÍSSIMA, respondendo a sua pergunta, sim peguei, só não peguei no primeiro dia que estava meio perdidão, afinal fui sozinho, e dois dias que viajei com uma amiga que fiz lá. Nos outros dias variava, teve dia que peguei 5 em uma noite, teve que que peguei 1, 3... peguei tanto no hostel quanto nas baladas.

 

Mas porque isso é importantíssimo? só pra dizer que peguei alguém? não, não é pra isso! Afinal pegar mulher em balada todo mundo faz, é uma coisa normal.

Mas o relato é ... algum brasileiro passou lá antes e mandou muito bem, pq as minas piram quando vc fala que é brasileiro, muito fácil pegar mulher lá.

 

Peguei muita mina falando: "Desculpa não falo espanhol, sou brasileiro" daí a mina já me beijava. O mais engraçado foi quando tive que mostrar a minha identidade para pegar a chica, lembro da cara dela quando ela viu escrito Rio de Janeiro, chamou até a amiga para ver.

 

É isso ai !!!

  • Gostei! 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 11 meses depois...
  • 2 semanas depois...
  • 4 semanas depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...