Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Pico do Paraná III - O Retorno de Jedi


Posts Recomendados

  • Membros

Ogum, fico triste por não ter lido o seu relato antes pois é realmente muito interessante.

Colegas mochileiros, quando me formei na faculdade, em 2005, fui com 1 colombiano, 1 mexicano e mais 4 curitibanos ao PP. Eles resolveram acampar lá em cima no cume. Era essa a programação. Eu, como nunca havia feito nada desse tipo, passei um medo terrível diante de todos os percalços da caminhada.

Chegando lá no cume, uma ventania que nunca vi igual. É óbvio que não preguei os olhos mesmo porque chovia mais dentro da minha barraca do que fora. Eu tinha certeza de que seria precipitado abismo abaixo.

Quem sabe um dia eu volte lá ... mas para o esquema bate-e-volta e num dia sem ventos. É mais seguro.

Gostei da sua descrição, sobretudo dos locais, pois consegui reviver esses momentos de tensão e hoje relembro de tudo o que passei com um saudosismo que me faz sentir bem.

Como diria Roberto Carlos (não sou fã dele mas a frase é espetacular): "Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi."

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 44
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros de Honra
muito bacana o relato, ogum !!

vc deu muito azar, hein?? ainda bem que nao aconteceu nada demais..

 

to pensando em ir ao PP no 1o de maio (daqui a 5 dias)

fico imaginando esses grampos "desfalcados" subindo com cargueira, já que subi marumbi sem mochila e até amarelei pro ultimo grampeador da trilha branca..

agora estou com muito receio de perder a viagem nessa !

 

[]´s

 

eu acho que subir com a cargueira não é problema... bem presa às costas, é se inclinar pra frente que ela ajuda vc ficar mais grudado nas pedras.

 

quando eu fui da primeira vez, fiz a parte final e pior perto do a2 de noite. no selado entre o caratuva e o pp propriamente dito, com a lanterininha de um led não vi que tinha que passar pra trás de uma moita pra contornar uma parde de uns 3,5, 4 metros. subi por ela. acabei distendendo a coxa esquerda. mas naquela parede, com certeza das mais verticais do caminho (por isso é contornada) grude na parede e a cargueira pressionava meu corpo. de certo modo ajudou na subida.

 

o pior são cargueiras que não estão devidamente presas ao seu corpo. elas dançam, e te puxam prum lado e para o o outro. eu não gosto.

 

em todo caso, tem um outro relato meu, dessa primeira vez. chama pico paraná, - à noite e de rede. nesse computador que estou tá difícil achar... tá leeeeeento!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Babunera,

O Marcos e eu estaremos lá na fazenda dia 1º pela manhã, por volta das 9hs, se quiser subir conosco, vamo que vamo! :mrgreen:

 

Todas as as vezes que fiz a fazenda não usei nenhum bastão, mas vejo muita gente por lá com eles.

Quanto as escadas, já fizemos sem mochilas, bem tranquilo.

 

 

Abraços

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

babunera, é no PP que tenho mais necessidade do bastão.

 

principalmente no setor que costeia o caratuva, pra ser o terceiro apoio na hora de ultra passar os obstáculos. o não uso o bastão em trechos muito curtos, das escadas e etc.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Pessoal:

 

Possivelmente vou a trabalho para o Paraná na última semana de maio. Lendo o relato do Ogum sobre o PP fiquei com vontade de subi-lo no final de semana, saindo de Curitiba.

 

No final de maio acho que o pior da chuva já passou, não? Que temperatura eu posso esperar a noite acampando no PP, naquele local antes do topo? Tem terreno para colocar o espeque da barraca ou só tem rocha?

 

Vcs sabem qual é o primeiro ônibus que sai de Curitiba aos sábados passando na rodovia onde devemos saltar?

 

Abs, peter

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

a temporada de montanhismo começa em maio, que coincide com menos chuvas !

mas nao deixe de ver a previsão pelo CPTEC

 

em relação a temperatura, falam que chega a ser negativa em alguns dias essa epoca.

mas acho que o pessoal pode confirmar essas informações !!

 

[]´s

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Aqui no sul o inverno é frio e seco. Por isso que a galera prefere ir para as montanhas nesta época, menos chuva e insetos.

Já peguei temperaturas negativas no PP, chegou a congelar a água que ficou pra fora da barraca.

Maio a temperatura ainda é amena, mas esfria a noite. Uma boa barrca e um BOM saco de dormir são bem vindos.

Não esqueça de um agasalho (e calça) pra cortar o vento (de nylon, por exemplo), faz uma baita diferença na montanha. Gorro e luva ajudam, são leves e ocupam pouco espaço. Eu sempre levava um conhaque (300 ml numa garrafinha plástica, nada de levar o litrão de vidro!) pra alegar a noite... ::Cold::

Eu costumo consultar o www.simepar.br (isso mesmo, sem o "com"), é do instituto meteorológico do PR.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Boas dicas Otávio! E essa foto do seu avatar, é o PP ao fundo, não é?

 

Como o Otávio disse, logo logo começa a temporada de montanha e com isso, pouca água na trilha, já tive problemas com isso na área. Só tinha agua na bica cimentada, no resto, tudo seco. Isso aconteceu em Agosto/2008.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra
Pessoal:

 

Possivelmente vou a trabalho para o Paraná na última semana de maio. Lendo o relato do Ogum sobre o PP fiquei com vontade de subi-lo no final de semana, saindo de Curitiba.

 

No final de maio acho que o pior da chuva já passou, não? Que temperatura eu posso esperar a noite acampando no PP, naquele local antes do topo? Tem terreno para colocar o espeque da barraca ou só tem rocha?

 

Vcs sabem qual é o primeiro ônibus que sai de Curitiba aos sábados passando na rodovia onde devemos saltar?

 

Abs, peter

 

Peter, o PP é recomendavel subi-lo apenas com tempo bom, ja q o visual é a melhor coisa dele. É tb recomendavel evitar feriados com tempo bom pq la vira muvuca. Nos fds é bom chegar la cedo no Dilson, assim vc parte antes dos demais grupos q por ventura la estejam (afim de pernoitar no alto, e nao afzer mero ataque), e tem chances maiores de arrumar bons locais de bivaque no A1 e A2. O A2 é bem exposto, portanto leve uma otima barraca pois la venta muito e faz frio pacas.

Outras opcoes q fujam da mesmice e farofa do PP sao as montanhas q o cercam, q sao pouco (ou nada visitadas) e tem um encanto peculiar, alem de otimas vistas da Serra do Ibitiraquire. Tem o Caratuva, cuja trilha se acede a esquerda da trilha do PP, ao entar na mata; tem o Itapiroca, cuja trilha sai a direita antes do A1, e da acesso as demias montanhas pra quem curte travessias. E isto é o q nao falta.. tem a Tucum-Itapiroca, o circuito Caratuva-PP-Itapiroca, tem o Ciririca (aquela montanha com as placas), a Ferraria-Antonina, e mtas outras... By the way, ja andei mto por la e a vista mais bonita do PP é de cima do Tucum e do Cerro Verde, a meio caminho do Itapiroca-Ciririca. O Ciririca, alias, é a montanha mto mais bonita q o PP, de mto dificil acesso. Se o PP é o Everest dali, o Ciririca é o seu K2... ::otemo::

http://brasilvertical.com.br/antigo/m_trek12.html

 

De Curitiba vc pega acho q o pricensa dos campos ou qq busao q va pra SP, e tem q saltar no posto do Tio Doca, e dali andar uns 2km ate a ponte do rio Tucum, onde a estrada sai pela direita. Dali ainda sao quase 8km sacais de estarda de terra ate a fazenda do Dilson..

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...