Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Las Chicas de Mochila! 22 dias de Bolívia, Chile e Peru!!


Posts Recomendados


  • Respostas 74
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Colaboradores

[t3]18/05 (Sábado) - Arica – Tacna – Arequipa

19/05 (Domingo) – Arequipa – Cusco[/t3]

 

Olá! :D

Dando continuidade ao relato... Chovia muitooo quando pegamos o ônibus em San Pedro pra Arica. Descobrimos que o ônibus pararia primeiro em Calama e depois seguiria pra Arica. Como era o único jeito, fomos.

 

Chegamos no terminal da empresa em Calama e fui verificar o horário da passagem pra Árica. O rapaz disse às 22:30 e informei uma das meninas. Maaaas não sabíamos, tinha um ônibus antes.. às 22:15 pra Árica, e não percebemos isso e acabamos colocando nossas mochilas nesse ônibus... o motorista disse que não teria problema.. Buscaríamos assim que chegássemos em Arica.

 

Como não tinha o que fazer, pois as nossas mochilas foram as primeiras a serem colocadas no ônibus e o bagageiro estava lotado, subimos no ônibus certo e rezamos para a nossa bagagem estar lá... uhauhauhauhauah :lol:

 

Como disse anteriormente, compramos leito e parecia ser bem confortável e tranquilo... mas desconsidera o tranquilo.. ao meu lado sentou um cara fedendo a álcool.. juro.. fiquei com medo de dormir e nem tomei dramim.. só sei que estava na poltrona do corredor, fiquei encolhida e nem virava pra ele. E durante a noite levei um susto.. ele começou a gritar dormindo! Além disso, nas poltronas do outro lado, tinha umas Cholas que não paravam de falar, a Letícia teve dor de dente.... foi tenso a coisa.

 

Acho que chegamos umas 7:30 em Arica, fomos até o estacionamento da empresa pra buscar nossas mochilas e voltamos ao terminal de ônibus. Nosso objetivo na cidade era pegar um táxi para Tacna e conhecer o Oceano Pacífico.

 

Pagamos uma taxa de embarque de 250 pesos e fechamos um taxi para as 5 com o preço tabelado de 4000 pesos pra cada até Tacna. Assim que acertar com o motorista, é necessário apresentar o passaporte para ele emitir o papel para a Migração. O papel já vem com o seu nome e alguns dados.

 

Para chegar ao Oceano Pacífico é bem perto, mas não com mochilas nas costas. Fica a duas ou três quadras do terminal de ônibus. É só pedir informação que eles explicam direitinho.

 

Resolvemos conhecer o Oceano de carro, pois sabíamos que a fronteira estaria cheia por ser sábado. Durante o percurso o taxista disse que toda a fronteia Chilena é protegida e tem minas terrestres (desde a época do Pinochet) devido as guerras por território entre Chile, Peru e Bolívia.

 

Chegamos a Migração Chilena, resolvemos tudo em 20 minutos, voltamos para o carro e fomos até a Migração Peruana. Acredito que levou quase o mesmo tempo também, pois tinha fila devido ao detector de metais.

598da3a5e2689_aduanaperuana.jpg.943d9ca47776b6de52a47a429aabb50f.jpg

 

O motivo pela fronteira estar cheia é que Tacna é considera como uma zona franca comercial, ou seja, muitos Chilenos fazem compras de eletrônicos, roupas e por ai vai.

 

Assim que o motorista nos deixou no terminal de Tacna fomos trocar os pesos restante que tínhamos por Soles e comprar a passagem. No terminal rodoviário Internacional tem casa de cambio..mas um pouco diferente.. são pessoas que sentadas em várias mesas uma ao lado da outra que disputam a melhor cotação. Uma das meninas e eu conseguimos trocar os pesos sem problemas com um senhor. Quando chegou a vez de outra, ele não quis mais trocar, pois não tinha mais moeda e mandou trocarmos de cambista... fala sério né? Falamos um monte e ele nem ligou. Além disso, observamos uns escritos e desenhos num morro próximo a cidade, e lembrei que o Sorrents comentou isso no relato dele e também reparei que tem isso em todas as cidades.

 

Dinheiro trocado, hora de comprar a passagem. Fomos pelas dicas de outros mochileiro e compramos pela empresa Flores. Assim que você sai do terminal, tem a opção de atravessar a rua e comprar no terminal nacional ou na própria empresa que fica na esquina do terminal. Optamos em ir na própria empresa por estar mais tranquilo e ter lugar pra sentar.

 

:arrow: Duas coisas que me irritava quando comprava passagem no Peru:

1. As passagens não tem valor fixo.. em Tacna a mulher disse inicialmente 20 pesos e quando fomos comprar, foi pra 15. Eles colocam o valor que querem. Em Cusco aconteceu a mesma coisa.. mas conto quando chegar lá.

2. Eu sempre escolho janela e quando vejo no ônibus é corredor!

Importante: só é possível comprar passagem com o documento em mão! A Letícia e eu tentamos comprar para as meninas e a moça não vendeu. Só com o passaporte.

 

Partimos para Arequipa às 10:30 e seria uma viagem de 6 horas aproximadamente. Ao meu lado sentou uma mulher muito simpática e conversamos um pouco. Sentamos bem na frente e até hoje não sei o que é pior.. sentar no fundo ou na frente do ônibus. A cada 1 hora o ônibus parava pra fazer vistoria policial ou para as Cholas subirem e venderem comida! E elas não estavam nem aí quem tava sentado, elas praticamente apoiavam a cesta em você. Me incomodava, pois toda hora me isso me acordava.. fora o som altíssimo do filme.. eu falava para o motorista abaixar o som e parecia que ele aumentava.

 

Ficamos tão irritadas com a viagem, que quando chegamos em Arequipa que esquecemos de comprar a passagem pra Cusco pela Cruz Del Sur (DICA IMPORTANTE... APROVEITA QUE JÁ ESTÁ NO TERMINAL E COMPRA A PASSAGEM E POR ESTA EMPRESA!)

 

Pegamos um táxi para as 5 por 10 Soles (é possível negociar por menos) e finalmente chegamos ao Hostel Wild Rover. O hostel fica na Calle Ugarte 111 entre a Jerusalem e San Francisco. A Andrea já tinha reservado nossas camas e ficamos num quarto para 6 pessoas.

 

Deixamos nossas coisas no quarto e fomos procurar um lugar pra jantar. O hostel fica próximo a Plaza de Armas e ao redor há vários restaurantes e lojas. Confesso que adoro comer e os objetivos em Arequipa era praticamente gastronômico.

 

:arrow: Objetivos em Arequipa (por Natalia):

- Conhecer a Catedral, Plaza de Armas, passar na frente do Mosteiro Santa Catalina (me falaram que lá é muito bonito, mas não estava afim), Museo de lós Santuários Andinos de La Universidad Santa Maria (Ver a Mumia Juanita), ir ao mirante da cidade ver o Vulcao El Misti, comer um chocolate da Chocolateria La Ibérica, um queso helado e um doce na Doceria tradicional Antojitos de Arequipa. A Letícia também sugeriu um almoço em algum restaurante de frente a Plaza.

 

Voltando.. Demos uma volta e chegamos na rua San Juan de Dios (na verdade é a continuação da Jerusalém). Entramos num restaurante simples, mas comi um Lomo Saltado SENSACIONAL! E com um coca cola a conta deu 13 soles! Algumas meninas pediram frango e o prato veio bem servido. O restaurante se chama La Brocheta. ::otemo::::otemo::

lomo.jpg.2a2acc086953a8e8ea7a910dea51b3f7.jpg

 

Após nosso jantar, a Andréa e eu resolvemos comer uma sobremesa no Antojitos de Arequipa! Comemos um pedaço de bolo muito gostoso e descobrimos que ao lado tinha uma loja da marca com vários doces estilo alfajor (fui no dia seguinte).

 

Como a Janielle, Cristiane e Letícia não queriam ir naquele momento ao Antojitos, combinamos de nos encontrarmos depois. Fomos ao encontro, mas nos desencontramos.. No final, acabei voltando para o Hostel pra tomar banho e me preparar para uma cerveja no bar!

 

Enquanto as meninas não chegavam, fiquei na internet e de repente a Camila (a de San Pedro) aparece no Hostel! Foi muito engraçado a nossa surpresa (a idéia dela era ir para Iquique no Chile e só depois de alguns dias ir para Arequipa, mas acabou adiando a ida). Ela mal chegou e fomos tomar uma Arequipeña (muito boa, por sinal).

arequipa.jpg.2dc1f026ca4d93d35281cd5776a3a779.jpg

 

Mais tarde, a Camila foi dormir e a Letícia foi para o bar do Hostel, bebemos mais cervejas e lá conhecemos uns brasileiros (voltarei a falar deles em La Paz), o francês Simon que ia fazer o Cañon no dia seguinte.. Foi uma noite tranquila lá... sem grandes exageros.

 

Na manhã seguinte acordamos cedo para aproveitarmos o dia. Assim que fiquei pronta e as meninas se arrumavam, fui procurar uma casa de câmbio pra trocar dinheiro e tirar umas fotos da Plaza.. maaaaas esqueci que era domingo e quase tudo estava fechado.. achei uma casa de cambio com uma cotação razoável e acabei trocando um pouco lá. As meninas também trocaram no mesmo valor que eu. Obs: fiquei encantada vendo as montanhas atrás da Igreja! Não via a hora de ver o El Misti.

598da3a5d295f_praaarequipa.jpg.4f07bec3203eb2ef39a524ac8817b9a2.jpg

598da3a5d7940_praaarequipa2.jpg.cd25d883358988de7ec6d395aba92229.jpg

598da3a5dd784_praaarequipa3.jpg.58b3abd4df22efa52b7565b09bf4cd1a.jpg

598da3a5e8809_praaarequipa4.jpg.26f2f480538e6144299ac8d9f8e21d2a.jpg

 

 

Voltei para hostel e tomamos café juntas. Por questão de interesse e organização pessoal, preferi ir até o mirante pela manhã para ver o El Misti, mas antes comprar a passagem para Cusco, enquanto as meninas tinham outra programação. A moça do hostel explicou que na calle Santa Catalina havia várias agencias que poderíamos comprar as passagens. Informei as meninas e combinamos de nos encontrarmos para o almoço.

 

A agência fica na rua do Mosteiro e caminho para o mirante. É fácil de chegar lá.. é praticamente atravessar uma ponte, subir umas quatro quadras e já chega.. uns 15 min a pé. Já no caminho é possível ver o vulcão é ficar fascinada com ele.

 

Fiquei um tempinho lá, tirei umas fotos e retornei ao Hostel. Fizemos o check out no hostel, deixamos nossas mochilas no locker e fomos almoçar. Demoramos um pouco para decidirmos qual restaurante iríamos almoçar na praça, mas no final eu não fui com elas, pois achei um pouco caro para o meu orçamento e para o que eu ainda queria fazer e também porque preferi ir ao museu ver a múmia Juanita.

598da3a68bf31_misti1.jpg.d0094c4f624c3f1947f97f13a4b88a90.jpg

598da3a691981_misti2.jpg.09810e2037cee9390ed9fbe1f7800578.jpg

598da3a695ba7_misti3.jpg.a1b890f3dc78491ec96a9802b114515e.jpg

 

Comi rapidinho na rua e fui ao Museu. Ele fica numa rua lateral a Plaza e cheguei quase na hora de fechar, mas deu certo. Conheci dois brasileiros na fila e a nossa guia falava em espanhol (lá tem varias opções de tradutores). Pagamos 20 soles pra entrar mais a caixinha pra guia. O museu é bem pequeno, mas interessante.. e pena que não podíamos fotografar. Fim de museu, fui terminar minha maratona na cidade.. aproveitei e comprei refri e água no mercado, passei na loja Antojitos e comi uns mini alfajores SENSACIONAIS! Pra quem gosta vale muitoo.. 2 soles um saquinho! Até repeti a dose ahahahahaah Depois fui experimentar um chocolate da loja La Ibérica.. decepção total... gosto de chocolate doce e o ao leite deles era meio amargo... mas valeu experiência.. 3 soles! Satisfeita com a comida, dei mais uma volta pela cidade e passei por uma feirinha de artesanato que fica na lateral da Plaza.. tem várias coisas legais e baratas lá.. mas resolvi comprar tudo em Cusco... depois voltei para o hostel encontrar com as meninas.

 

As meninas voltaram e disseram que almoçaram muito bem no restaurante da Plaza e que depois pegaram um táxi para ir ao mirante e antes de voltar ao Hostel, foram tomar sorvete, comprar algumas lembrancinhas no mercado de artesanato. Todas prontas, pedimos um taxi para o terminal rodoviário. Nos dividimos em dois táxis com 10 soles cada. Quando chegamos esquecemos de pagar a taxa de embarque e o ônibus estava quase saindo.. pagamos correndo, e depois o rapaz da empresa queria abrir a mochila de ataque de cada uma (paciência) para verificar se não tinha nada de errado dentro.. mas conseguimos subir no ônibus e partir pra Cusco. Pagamos 60 soles a passagem e foi o A MELHOR VIAGEM DE ÔNIBUS que fizemos! Tinha até comida! Assim que você compra a passagem, você pode escolher o que quer comer na viagem! Serviço aéreo no ônibus hahahaha! E dessa vez nenhum louco sentou ao meu lado! hahahahaha :lol::lol::lol:

 

Para quem tem curiosidade...

Estava no hostel e vi uma uma fotografia de um terremoto em Arequipa 2001.. achei aquilo muito louco. Pesquisei na net e achei esse relato em espanhol com fotos http://www.miparadero.com/terremoto-en-arequipa-dia-23-junio-2001/.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Holaaaaaa muito legal o relato gostei , eu curto muito Mochileiro.com por relatos igual a sua >.< aguardando por mais :P

 

 

eu sou de TACNA - PERÚ então vou colaborar com algumas coisas de TACNA :) mesmo quase miguem fica lá nem para conhecer os lugares turísticos :P TEM LUGARES BONITOS VIU :D E SÓ PESQUISAR NA NET QUE VOCES VAI ACHAR.

quando alguém vem de ARICA para TACNA as passagens não são fixos até eu não sei porque mas sempre foi assim mas quase não passa dos 3 mil Pesos Chilenos ACREDITO QUE PECHINCHAR E BOM não sei sim funciona mais vale tentar. mas uma coisa eu sei que de sexta,sábado e feriados as passagens são mais caros por causa de demanda tanto de ( PERUANOS que trabalham en IQUIQUE e ARICA que voltam para passar fim semana em TACNA ) e CHILENOS que vai fazer compras , turismo e apreciar a gastronomia, esses dias tem que ter muito cuidado com os aproveitadores, o máximo que alguém tem que pagar e 4 a 5 mil pesos Chilenos, isso em ultimo caso.

De TACNA - ARICA e caro nos dias Domingo a noite e Segunda de manhã , não esqueçam de comprar o tikect por direito de uso do terminal rodoviário :) você compra na entrada do prédio que esta dentro da rodoviária, quase na porta do lado direito assim que você entra tem uma cabine acho que custa 1 SOL a tarifa ,se eu estiver errado alguém me corrija. ônibus para AREQUIPA podem pegar no terminal propio da EMPRESA FLORES, ver aqui o vídeo

de amarelo e o terminal para ir ARICA e o prédio azul e a de FLORES , Lá em ARICA e quase a mesma coisa a localização das rodoviárias um do lado de outro. Em TACNA tem o TERMINAL TERRESTRE que é maior e tem varias outras empresas para escolher de todos os précios e cores ^^ uma DICA a EMPRESA FLORES tem passagens caras e baratos e por tipo de ônibus mas qualidade e conforto. a famosa CRUZ DEL SUR tambem tem ai no TERMINAL TERRESTRE , alguma duvida de TACNA e só perguntar eu, não moro mas lá mas sei como funciona as coisas nesses lugares, eu tou morando em aqui no Brasil :) NO PERÚ antes de comprar as coisas pergunte muito, pesquise os précios en outros lugares e pergunte a uma pessoa local ( A CUANTO ESTÁN VENDIENDO ? ) ou ( CUANTO CUESTA ? ) ( CUANTO ESTÁ?) pechinche ( HAZME UNA REBAJITA PARA EL AMIGO(A) BRASILEÑO (A) :P fale SOMOS HERMANOS LATINOS NO SOY RICO SOY POBRE :D DICAAAAAAAA IMPORTANTESSSSSSSSSSSSSS NO PERUUUUUUUUU no ande por lugares perigosos se quer ir vai com alguem q conheça o lugar alguma pessoa local, se você acha q esta sendo enganado fala que vai chamar POLICIA de TURISMO ou CHAME POLICIA MESMO nãos exagere nas comidas deixa seu organismo se adaptar por que se não vai passar mal. pergunte se a comida é apimentada . no PERÚ a comida e muita condimentada tome cuidado, bom duvidas so me perguntar aqui ou no Facebook https://www.facebook.com/ruben.calisayac?ref=tn_tnmn abraços HERMANOS.
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
Holaaaaaa muito legal o relato gostei , eu curto muito Mochileiro.com por relatos igual a sua >.< aguardando por mais :P

 

 

eu sou de TACNA - PERÚ então vou colaborar com algumas coisas de TACNA :) mesmo quase miguem fica lá nem para conhecer os lugares turísticos :P TEM LUGARES BONITOS VIU :D E SÓ PESQUISAR NA NET QUE VOCES VAI ACHAR.

quando alguém vem de ARICA para TACNA as passagens não são fixos até eu não sei porque mas sempre foi assim mas quase não passa dos 3 mil Pesos Chilenos ACREDITO QUE PECHINCHAR E BOM não sei sim funciona mais vale tentar. mas uma coisa eu sei que de sexta,sábado e feriados as passagens são mais caros por causa de demanda tanto de ( PERUANOS que trabalham en IQUIQUE e ARICA que voltam para passar fim semana em TACNA ) e CHILENOS que vai fazer compras , turismo e apreciar a gastronomia, esses dias tem que ter muito cuidado com os aproveitadores, o máximo que alguém tem que pagar e 4 a 5 mil pesos Chilenos, isso em ultimo caso.

De TACNA - ARICA e caro nos dias Domingo a noite e Segunda de manhã , não esqueçam de comprar o tikect por direito de uso do terminal rodoviário :) você compra na entrada do prédio que esta dentro da rodoviária, quase na porta do lado direito assim que você entra tem uma cabine acho que custa 1 SOL a tarifa ,se eu estiver errado alguém me corrija. ônibus para AREQUIPA podem pegar no terminal propio da EMPRESA FLORES, ver aqui o vídeo

de amarelo e o terminal para ir ARICA e o prédio azul e a de FLORES , Lá em ARICA e quase a mesma coisa a localização das rodoviárias um do lado de outro. Em TACNA tem o TERMINAL TERRESTRE que é maior e tem varias outras empresas para escolher de todos os précios e cores ^^ uma DICA a EMPRESA FLORES tem passagens caras e baratos e por tipo de ônibus mas qualidade e conforto. a famosa CRUZ DEL SUR tambem tem ai no TERMINAL TERRESTRE , alguma duvida de TACNA e só perguntar eu, não moro mas lá mas sei como funciona as coisas nesses lugares, eu tou morando em aqui no Brasil :) NO PERÚ antes de comprar as coisas pergunte muito, pesquise os précios en outros lugares e pergunte a uma pessoa local ( A CUANTO ESTÁN VENDIENDO ? ) ou ( CUANTO CUESTA ? ) ( CUANTO ESTÁ?) pechinche ( HAZME UNA REBAJITA PARA EL AMIGO(A) BRASILEÑO (A) :P fale SOMOS HERMANOS LATINOS NO SOY RICO SOY POBRE :D DICAAAAAAAA IMPORTANTESSSSSSSSSSSSSS NO PERUUUUUUUUU no ande por lugares perigosos se quer ir vai com alguem q conheça o lugar alguma pessoa local, se você acha q esta sendo enganado fala que vai chamar POLICIA de TURISMO ou CHAME POLICIA MESMO nãos exagere nas comidas deixa seu organismo se adaptar por que se não vai passar mal. pergunte se a comida é apimentada . no PERÚ a comida e muita condimentada tome cuidado, bom duvidas so me perguntar aqui ou no Facebook https://www.facebook.com/ruben.calisayac?ref=tn_tnmn abraços HERMANOS.

 

 

Olá Peruanito! Muitoo obrigada pelas informações! :D

pode ter certeza que pechinchamos muito nesta viagem hahahaahaha

 

na verdade fiquei sabendo sobre o comércio em Tacna durante a viagem, mas não sabia que tinha pontos turísticos lá!

 

e obrigada pela disponibilidade em ajudar o pessoal!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores

[t3]20/05 (Segunda) a 25/05 (Sábado) - Cusco e Machu Picchu[/t3]

 

A partir de Cusco, nosso relato se divide em duas partes pelo seguinte: A Andrea, Cristiane e Janielle planejavam ficar mais tempo na cidade do que o previsto pra aproveitar mais, já eu, preferi seguir o roteiro da primeira página por conta de outros passeios. A Letícia não tinha se decidido, mas estava acompanhando as meninas. Devido a isso, acabamos fazendo passeios em tempos diferentes na cidade.

 

Chegamos no terminal de ônibus da empresa umas 7 horas da manhã e pegamos dois táxis (10 soles cada) até o Hostel. Já tínhamos reservado a hospedagem nos 3 Wild Rovers! Caso não saiba, quando você se hospeda no segundo Wild Rover, você ganha uma bebida (cerveja, drink..), e hospedando no terceiro, você ganha uma camiseta. Mas eles não vão oferecer.. tem que pedir na recepção. E não tira as pulseirinhas até trocar pelo brinde.

 

Chegamos no hostel, tomamos café e deixamos nossas mochilas no locker, pois o check in era só às 14h. Aproveitamos a manhã pra resolver a ida pra MP.

 

Objetivos da manhã:

- Trocar dinheiro.

- Comprar o boleto turístico no centro de informações turísticas que fica a uma quadra da Plaza de Arma, quase esquina com a Avenida El Sol.

- Comprar passagem de trem na Peru Rail de Ollantaytambo para Águas Callientes. Há uma agência que fica, olhando pra Catedral, do lado esquerdo, bem ao lado do KFC.

- Reservar hospedagem em Águas Callientes.

 

Observações:

- Há diversas formas de planejar o seu passeio para MP. Como nós compramos para Huayna/Wuayna Picchu um mês antes pela internet através do site: http://www.machupicchu.gob.pe/, deixamos para resolver as outras coisas em Cusco. Mas tem pessoas que conheci durante a viagem que fecharam um pacote numa agência em Cusco com tudo incluso para MP (Trem, hospedagem em Águas e MP - sem Huayna). Ou também você pode comprar as passagens de trem também pela Internet.. tudo depende da época que você vai.. mas quando mais cedo garanti-las, melhor. Além da Peru Rail, há a Inca Rail.

 

- Caso queira comprar a entrada de Machu Picchu e tentar Huayna Picchu (difícil, pois ela geralmente esgota um mês antes) por conta e em Cusco, é super tranquilo (só depende da época do ano, pois há limite de visitas diárias), e é só ir ao Ministério da Cultura que fica na Calle Cultura. Não há vendas de ingressos em MP!

 

Trocamos dinheiro um das casas de câmbio que tem na Avenida El Sol. A cotação não estava tão boa, talvez por ser segunda-feira, então resolvemos trocar o dinheiro conforme a necessidade.

 

Eu tinha lido e anotado que o boleto turístico também era vendido no Ministério da Cultura.. fomos até lá a pé.. não é longe, mas levando em consideração a altitude, é cansativo e a Andrea foi a que mais sentiu o mal estar. Chegando lá descobrimos que só vendiam os ingressos pra MP, ::putz:: e que o boleto era vendido próximo a Plaza de Armas. As meninas não falaram nada.. mas aposto que quiseram me matar uhahuauhauha ::putz::

 

Resolvemos pegar um táxi.. mas não passava nenhum vazio!!! :x Acabamos indo a pé para a Plaza.... é perto, mas pela altitude.... Compramos nosso boleto turístico por 130 soles, depois fomos na Peru Rail e compramos as passagens de trem (trem Expedition USD 100,00 - ida dia 21 à noite e volta dia 23 pela manhã). O valor integral do Boleto Turístico compensa se você fizer mais de um dos circuitos que estão incluídos nele (City Tour, Valle Sagrado e os Sítios Arqueológicos), se você for fazer apenas um deles, o preço é 70 soles cada circuito... vai de acordo com o seu roteiro e objetivo de viagem.

598da3f011ceb_CuscoPlazadeArmas.jpg.2b811e8055d75d8cd793c55aa5868a20.jpg

598da3f01c42b_CuscoRua.jpg.bbcdbc8a92c0d131366007e20c7eb11a.jpg

 

Almoçamos no Mc Donalds e pelo tempo que eu ficaria em Cusco, resolvi fazer o city tour no mesmo dia. As meninas preferiram fazer outro dia e aproveitar pra descansar e acostumar com a altitude. Combinamos que enquanto eu fazia o City tour, elas reservariam o hostel no Pirwa de Águas. Por cômodo, fechei o city tour com a agência do Hostel (Southern Perú), mas na Plaza há diversas agências para fechar este e outros passeios. O passeio inicia às 14h e eles buscavam no Hostel. Além disso, aproveitamos pra fechar o passeio do Valle Sagrado para o dia seguinte e avisamos que ficaríamos em Ollanta para pegarmos o trem.

 

O city tour inicia no Museu de Qorikancha.. antiga construção espanhola sob um Templo Inca - fica na cidade de Cusco. De lá fomos para Saqsayhuamán (eles não curtem muito quando falam “Sexy womam”). Gostei de lá, mas ficamos muito pouco tempo. Depois conhecemos outras ruínas Incas - Qenqo, Puca Pucara e Tambomachay. Elas ficam bem próxima a Cusco... por isso que o passeio é de meio dia.

 

598da3f0d4586_CuscoQorikancha1.jpg.d457e115cc0e62440fccda76f438edd1.jpg

598da3f0cfd77_CuscoQorikancha.jpg.5b6a10163571abc61723fe7c26093be8.jpg

598da3f0d87f8_CuscoSacsayhuaman.jpg.4727979d646a55fa31c1e79adcdbddc2.jpg

598da3f0dcd94_CuscoSacsayhuaman2.jpg.a94e3ca2e88adbf3bdcc73583de39a90.jpg

598da3f0e197b_CuscoSacsayhuaman3.jpg.0dadb8b5c38b7488362f2612e7117b27.jpg

598da3f0e6f18_CuscoTambomachay.jpg.09124819cb08dbf99ad7e316f7db2194.jpg

598da3f021377_CuscoPucaPucara.jpg.7760d8eaba3bf430797d55ae2a6d37cb.jpg

598da3f02655e_CuscoQenqo.jpg.23b56947af4a19d5ddd3f367ef9f4186.jpg

 

Terminado o passeio, voltei para o Hostel e encontrei com as meninas. Elas falaram que o Pirwa estava lotado, e então elas passaram em outro hostel e eles indicaram o hostel Angie's. O rapaz do hostel de Cusco ligou para o Angie's, e havia vaga por 20 soles por pessoa, com banheiro privativo. ::otemo::, mas para reservar, precisávamos enviar um email e elas esperaram pra falar comigo. Gostamos do hostel e enquanto enviávamos o email, reconhecemos uns brasileiros, inclusive o Igor, que frequenta o mochileiros, e combinamos de tomar uma cerveja depois do jantar.

 

Aproveitei e passei no mercado para comprar o café da manhã em Águas, já que a ideia era acordar super cedo e dificilmente encontraríamos algum lugar (e barato) pra tomarmos.

 

À noite resolvemos jantar fora e fomos no Chez Maggy (uma pizzaria citada em vários relatos). Há duas unidades e fomos em uma que era um cafofinho, mas aconchegante. O que achamos estranho de lá foi que tudo as mesas pediam pra beber, o dono do restaurante mandava para um cara comprar, pois não tinha. Pedimos uma pizza gigante, que dava para todas por 60 soles. Voltando para o Hostel, a Letícia e eu fomos tomar cerveja com os meninos brasileiros.

598da3f1055bf_2013-05-2021_20_16.jpg.f9e218a4843b94464dcb93c9b6d86d66.jpg

 

Acordamos cedo no dia seguinte, tomamos café, fizemos o check in e deixamos nossas mochilas cargueiras no locker do Hostel (segundo a Peru Rail, você não pode carregar mochila pesada.. então separamos o que usaríamos até o dia 23 e colocamos na mochila de ataque - mas quando você chega na estação, há várias pessoas com mala ou mochila cargueira e ninguém fala nada...).

 

A van nos buscou para o passeio às 8:30 e fomos para o Valle Sagrado, onde se localiza sítios arqueológicos Incas. Iniciamos em Pisaq, almoçamos em Urubamba com um almoço típico Peruano.. me falaram que comi Alpaca, mas não achei o sabor diferente de carne de boi...Depois fomos para Ollanta, e após conhecer as ruínas, esperamos o horário da saída do trem num café em frente a praça principal (talvez Plaza de Armas... não lembro) da cidade.

 

598da3f10b23a_ValleSagrado.jpg.b2cb742be1506fa0c82bc9cd16d45404.jpg

598da3f1109ec_ValleSagradoPisaq.jpg.f1cab86e65b193066acfa90ad163c3a2.jpg

598da3f1160b5_ValleSagradoOllanta.jpg.ef0847432b02007cad6e26a3e2610cab.jpg

598da3f11a2b9_ValleSagradoOllanta2.jpg.acd00bc5832f09d7159380b702086556.jpg

598da3f11e2ee_ValleSagradoOllantatrem.jpg.6de9b10e1d8ded748527d47bdbb39f6e.jpg

 

 

Pegamos o trem às 19h, e assim que chegamos em Águas Callientes, uma mulher do hostel estava esperando por nós. Ela disse que já poderíamos comprar as passagens de ônibus pra MP para o dia seguinte e fizemos isso (USD 18,50 - ida e volta). Ainda bem que ela nos encontrou na estação, pois apesar do hostel ser super perto da praça de AC, o lugar fica tão escondido, que mesmo AC ser pequena, com certeza teríamos nos perdido.... hahaahahah :lol: Nos dividimos em dois quartos, tomamos banho quase quente (a água demorou pra esquentar devido a quantidade de pessoas usando ao mesmo tempo) e fomos dormir para o GRANDE DIA!

 

Acordamos entre 4 e 4:30 da manhã, tomamos café e fomos para a fila. Chegando lá, já tinha algumas pessoas, inclusive me falaram que alguém ou algumas dormiram na fila :shock: .. eu heim! Pegamos o ônibus até MP e durante o caminho, vimos muitas pessoas subindo a estrada a pé (é uma opção...). Chegamos na entrada de MP antes das 6:30 e assim que pisamos em MP, a emoção foi tanta, que cada uma foi para um canto da cidade hahahaahahha O lugar é tão incrível, surreal.. que até com névoa é lindo!

 

Como a subida pra Huyana era só às 10h, aproveitei pra conhecer a cidade através da explicação de um guia de lá. As meninas optaram em não contratar guia e eu resolvi entrar em algum grupo, ajudar a pagar o guia. Na minha opinião, gostei muito de ter feito isso, pois não saberia várias coisas sobre o lugar e a cultura Inca. O tour por MP durou 2,5h e assim que acabou, comi uma bolacha disfarçadamente e encontrei com as meninas na entrada da trilha pra Huayana Picchu.

 

O que é a subida da Huayna Picchu?? Cada uma seguiu seu ritmo, mas era só degraus e cansa.. CANSA MESMO... achei que fosse desmontar! hahaahahahah Mas claro, a sensação de estar no topo supera qualquer esforço! É sensacional! Todo o passeio de Huyana durou umas 3 horas pra mim... cada menina fez num tempo diferente, e por motivos pessoais, a Letícia e a Andrea fizeram apenas uma parte.. mas aproveitaram muito também. Depois, não achei elas e fui conhecer outras partes de MP e descansar apreciando a paisagem! Prepara as pernas, pois MP só tem escada!

Obs pessoal: as pessoas comentam que lá tem boas energias.. realmente eu achei isso e a observei emoção de algumas pessoas eram tão grande, que elas choravam! Vi até um pedido de casamento! ::love::

 

MP1.jpg.55e778d2f7983b96d70a7285f7e24cae.jpg

MP2.jpg.24646f4d5f0bdf01b4ff03ab02f07ac6.jpg

MP3.jpg.55f2b932d10fe69164c8599eb4690b09.jpg

MP4.jpg.c4b90840422bdffcfe94f36019e751d3.jpg

MP5.jpg.d47a616f84865e661311c5d7a8c8209a.jpg

MP6.jpg.14713109a2f05f4fd3a1c8f8d958e4b5.jpg

MP8.jpg.3bbf6c3c2b7ab349427a818a252bd4fa.jpg

MP9.jpg.049e8b64adfc9db83f93e20c6f8f7be3.jpg

MP10.jpg.a1cc957ee5d9e07f2936fce9c1f5ed4d.jpg

 

Obs:

1. Por ser baixa temporada, MP não estava cheia e deu pra tirar várias fotos legais.

2. Não esqueça de comprar água em Ollanta ou em Água.. em MP é bem mais cara.

3. Leva algumas coisinhas pra comer durante o dia.. mas seja discreto.. nada de de picnic

 

Na saída do sítio, carimbei meu passaporte com a imagem de MP ::love:: ! Voltei para AC umas 16:00 e fui direto para o hostel tomar banho e dormir..um tempo depois as meninas chegaram. A noite tive que tomar dois relaxantes musculares de tanta câimbra por fadiga muscular. hahahahaha ::quilpish::

 

No dia seguinte, pegamos o trem bem cedo de AC pra Ollanta com o objetivo de chegarmos em Cusco na hora do check in e aproveitarmos lá. Se puder, volte de trem no dia seguinte de MP, pois a paisagem é muito linda!

598da3fbace75_ACTrem.jpg.1a6870e6f6d57fe5dfb15fbe71d31370.jpg

598da3fbb2fc2_ACtrem2.jpg.7fd670947bf529b4f881a521de8dde5b.jpg

 

Chegando em Ollanta, fechamos uma van por 15 soles cada até a porta do hostel em Cusco, mas como a Letícia, Janielle e eu vimos que Moray (sítio arquellogico) estaria quase no caminho, perguntamos se era possível passar por lá antes de Cusco. Após muita negociação, fechamos Cusco com Moray por 22 soles pra cada uma das 5.

 

Sempre tive vontade de conhecer Moray e depois de saber o que era, fiquei mais encatada ainda! Moray é um antigo centro experimental agrícola e que cada anel apresenta uma temperatura do solo diferente e assim os Incas sabiam o que plantar. Hoje em dia não é mais possível descer esses anéis por conta da preservação.

moray.jpg.256913d34cfc33ac35d82e8a3fc1f159.jpg

 

Chegamos em Cusco, fizemos o check in e já fui almoçar no hostel. Na volta para o quarto, não encontrei com as meninas, e então fui conhecer o Mercado de San Pedro (tem comida, artesanatos..) e dá uma volta na Plaza de Armas. Na volta do hostel, conheci pessoalmente a Tuany, outra mochileira aqui do site que estava viajando pelo Peru e Bolívia. Fomos todas para o bar comer e beber rs ::otemo::

Obs: Beba uma Cusqueña de trigo.. sensancional! ::otemo::

 

No dia seguinte as meninas foram de táxi conhecer Saqsayhuamán e eu aproveitei pra ir ao Museu Inca (10 soles), conhecer as Igrejas e a pedra dos 12 ângulos (tem uma história interessante.. fica numa ruazinha bem ao lado direito da Catedral) . Aproveitei e experimentei a Inca Kola (gostoso, mas só uma vez na vida). Na hora do almoço chamei a Tuany e fomos numa lanchonete muito gostosa na Avenida El Sol e de lá fomos até outra feira de artesanato que fica no final dessa rua. Pechinchamos e compramos algumas coisas por lá e depois voltamos para o Hostel. À noite a Letícia e eu fomos conhecer o Mama África (fica na Plaza de Armas)! É pequeno, mas as músicas são bem legais.. lá conhecemos alguns europeus e brasileiros.. Na companhia dos brasileiros, fomos em outra balada.. na The Temple! muito legal também.

598da3fbdc46b_Cuscomenina.jpg.4154e3666e737ec9c3e5e7b182d5abad.jpg

598da3fbc0062_Cuscobandeira.jpg.6394a524e4affd2d2a75d82100f25160.jpg

598da3fbc7e9d_Pedra12angulos.jpg.0418ab25d8f1232a03e22d6192ffeb1f.jpg

598da3fbcea79_MercadoartesanatoCusco.jpg.53608ce1fc3cce142957c47dd1bc71f3.jpg

598da3fbd54cd_CuscoQorikancha3.jpg.5382d26441205e47c6c6f689f7aa4f5e.jpg

598da3f0171f2_CuscoMamafrica.jpg.8f1a773b941c6bc54c7311792cbc3155.jpg

 

Acordei cedo no dia seguinte, fui até o terminal rodoviário comprar a passagem pra Puno naquela noite (as meninas decidiram ir pra Puno neste mesmo dia, mas elas compraram a passagem no dia anterior).. o que me deixou meio brava foi que quando fui comprar na empresa Tour Peru, a mulher disse 35 soles e eu disse que as meninas pagaram 30. Ela perguntou quem eram as passageiras e fez por 30 soles! :x Voltei para hostel, fizemos o check out e resolvi ficar por lá mesmo.. não sei se foi o goró (isso que nem bebi muito) ou algo que comi, mas passei o dia todo enjoada. As meninas aproveitaram pra dar mais um passeio pela cidade e voltaram um pouco antes de irmos para o terminal. Fomos em dois táxis, com 4 soles cada um. Pagamos a taxa de embarque (1,30 soles) e fomos pra Puno.

 

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

1. No Wild Rover não tem cozinha para os mochileiros.. se você pretende cozinhar, lá não é o lugar.

2. Opções de outros Hostels em Cusco: Pariwana, Eco Packers, Pirwa, Milhouse e Loki

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...