Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

Pedropp

Largar tudo?

Posts Recomendados

Eai galera... vou resumir minha vida, fazer um desabafo, e o queria a opinião de vocês.

 

Meu nome é Pedro, tenho 19 anos, sempre gostei de viajar e ser LIVRE...

 

Moro com a minha mãe, tenho uma família grande, tenho bastante amigos, vou pra festas, compro tudo que eu preciso.. estou cursando o 2º ano na faculdade de Administração, mês que vem provavelmente vou conseguir um estágio em um banco e estabilizar a minha vida. Mas eu não sei se é isso que eu quero pro resto da minha vida...

 

Há algum tempo venho sonhando em deixar minha vida de lado e sair viajando pelo mundo a fora.. largar tudo por 1, talvez 2 anos ou até se tudo der certo nunca mais voltar... conhecer o Brasil inteiro, em seguida a America do Sul, logo os EUA e a Europa. Conhecer pessoas novas.. a natureza, e a vida como ela realmente é.

 

Porém, como largar uma vida inteira caso tudo dê errado....?

 

..não sei se é o lugar certo para falar sobre isso, mas preciso trocar idéias com alguém sobre isso e meus amigos não entenderiam....

Compartilhar este post


Link para o post

Se tudo dê errado??...nao veja dessa maneira...pense q será uma fase da sua vida que vc escolheu viver uma experiência diferente...va comentando com seus amigos proximos e sua familia ssobre suas pretençoes..enquanto isso va juntando a grana e quando chegar a hora eles ja terão se acostumado com a ideia de tanto vc falar...hehehe...espero ter ajudado um pouco...bj e paz

Compartilhar este post


Link para o post

Olá!

 

Poxa, que legal teu tópico, também penso em largar tudo um dia para fazer as viagens do meus sonhos, tenho um "roteiro idealizado" parecido com o teu. Sobre isso de dar errado, acho que é meio relativo, sabe? Considerando todo o conhecimento que tu vais ganhar, tantas histórias, toda a cultura, será que vai dar errado? Como qualquer um aqui no Mochileiros.com você também passará por muitos perrengues! E isso é ótimo, afinal, é só errando que se aprende!! A minha dica é parecida com a da kakacarvalho... Vá juntando grana, vá comunicando o pessoal. A hora que tiver vontade e condições de ir, vá!

Aqui no Mochileiros tem dicas suficientes para tu conseguires fazer uma bela viagem. Eu nunca viajei estilo mochilão (AINDA!), só pelos relatos mesmo! haha ::lol4::

Mas é demais, tu não vais te arrepender!

 

Espero ter ajudado!! 8)

Compartilhar este post


Link para o post

Eu recentemente fiz isso. Juntei uma grana, aproveitei o fato de estar no seguro desemprego e larguei tudo (até casamento) e troquei Campo Grande por Floripa, to tentando mudar de profissão, de vendedor a cozinheiro, e o que posso dizer a vocês é: vale muito a pena, se você estiver disposto a passar por alguns sacrifícios. Dormir mal, comer mal, sair de um lugar que você conhece tudo e todos pra cair na estrada sozinho não é fácil. Meu projeto de vida hoje, é juntar uma grana no verão por aqui e depois estrada rumo ao Uruguai, Argentina e Chile. Pretendo rodar uns 4 meses, depois dar um tempo em Campo Grande, e estrada de novo, possivelmente para trabalhar no inverno em Gramado, e depois no verão em alguma outra cidade litorânea. Vale muito a pena jogar tudo pro alto, se você tiver pra onde voltar, e estiver ciente de que nem tudo é festa, existem contas a serem pagas, aluguel e alimentação (alimentação eu livro por trabalhar em restaurante). Se ficar doente não tem mãe pra cuidar, se precisar de um abraço, possivelmente você não vai ter ninguém querido por perto, mas isso tudo tende a te transformar numa pessoa melhor (meu objetivo é esse, além de até os 30 virar Cheff de cozinha, hoje tenho 23). Espero ter te ajudado com um outro ponto de vista.

Compartilhar este post


Link para o post

Reflita bem os prós e contras... nem tudo vai ser maravilha nessa fase de sua vida, mas se tiver jogo de cintura e ver o lado bom em todas as situações será uma experiência e tanto.

 

Eu até hj não fiz isso, mas estou perto, mas de outra forma, já "estabilizado" na vida, porém tenho um amigo de faculdade que largou tudo. Pediu licença não remunerada no emprego público (n ganhava bem), trancou a faculdade de engenharia pegou a mochila e foi trabalhar num cruzeiro. Logo rumou pra Europa e por lá ficou acho que 3 anos.... Itália, Espanha, Suécia até parou em Londres. Regressou a pouco tempo ao Brasil, agora terminou a faculdade e retomou o emprego.

Compartilhar este post


Link para o post

Pedro, estou a um fio de fazer o mesmo! Também estou cheia de dúvidas, mas agora bem menos do que antes. Já li e ouvi tantas histórias que só aumentaram a minha vontade, tenho certeza de que se eu não fizer, ou pelo menos tentar isso, daqui a alguns anos vou estar profundamente deprimida, pois eu sonho com isso todas as noites a um bom tempo! Experiência eu não tenho (AINDA!), mas posso te dizer uma coisa com certeza! Se é o que vc quer, faça! Eu sempre penso o seguinte, Se eu me arrepender de ter ido, eu posso voltar! Mas se eu me arrepender de ter ficado, talvez eu não possa mais ir! Imagina a experiencia, as histórias, a bagagem de vida que vc terá daqui a alguns anos. Eu não tenho nada que prenda mais aqui, a não ser o emprego, que posso deixar a qualquer momento, e quanto a minha família, vou fazer questão de compartilhar tudo que for bom durante esse tempo, e um dia volto pra mostrar que foi bom ter ido! Vai na Fé, vai apé, vai do jeito que der! :D

Compartilhar este post


Link para o post

Estou me programando para isso.

Não consigo mais tentar me convencer de que uma vida 'estável' é o melhor pra mim.

Quero conhecer o mundo, vivenciar a natureza, me relacionar melhor com as pessoas e cultivar uma espiritualidade na minha alma.

Com certeza vai exigir um grande esforço meu, isso só serve pra mostrar que a recompensa é grande.

Pode ter certeza que várias pessoas pensam que nem você. Pare de ter medo e foque sua atenção em seus objetivos verdadeiros. Viva a sua vida, invista sua força nisso e seja feliz. :wink:

Compartilhar este post


Link para o post

Para começar o texto vira sem acentos pois EU LARGUEI TUDO ( e meu teclado agora é francês!!)... e posso dizer algo a todos vocês? Me arrependo de não ter feito antes... Mas no fim acho que tudo na vida acaba acontecendo na hora certa e acho que foi num bom momento ( e esta sendo...). Meu apelido para os amigos? Kamikaze...rsrs, então entendo perfeitamente quando diz que seus amigos não entenderiam...A vontade de viver no mundo acho que nasce com a gente,so em algumas pessoas, o fato é que alguns decidem "pagar pra ver" e outros irão morrer sufocando essa vontade. Vou contar um pouco minha historia e tentar ajudar... Sou carioca, jornalista, tenho 32 anos. Meu sonho aos 18 era fazer como os amigos e passar um ano de intercâmbio nos Estados Unidos...a grana nunca veio. Aos 21 queria fazer faculdade fora...nada de grana de novo...o tempo foi passando e eu enfiada em apostilas de agências de estudos no exterior, revistas, livros de turismo, dicionarios (minha segunda paixão, idiomas), gramaticas, e sempre que podia ia em feiras universitarias e programas de estudos no exterior...Terminei a faculdade, comecei a trabalhar no emprego dos sonhos para uma fotografa e jornalista: Reporter fotografica no Globo. A carreira alavancou e o sonho adormeceu. Varios jornais, trabalhos na televisão, morando sozinha, namorado, vida organizada...quem seria o louco a largar isso? Eu...aquela que estava so "meio feliz", faltava algo para completar! Tinha viajado pouquissimo na vida. Bom, as primeiras ferias de verdade vieram e decidi fazer um mochilão bem programado, pela primeira vez, ja que era minha forma de conhecer o mundo, mesmo que aos poucos. A viagem foi incrivel (contada aqui no mochileiros, topico sobre Chile, com deserto do atacama e travessia para o Salar de Uyuni na Bolivia). Meu primeiro mochilão foi um sucesso e descobri que alem de saber programar as coisas, sou boa em fazer amigos, viver em hostel, sei ser economica e em 3 semanas so confirmei o que ja sabia...eu precisava partir! Voltei pra casa, com a ideia de volta, fresca. Faltava o empurrão...não sabia como fazer, rezei por ele...e ele veio. Uma demissão em massa me colocou pra fora do Globo, com grana no bolso. O contrato do apartamento vencendo e o namoro decaindo pois ele era pé no chão e me achava louca quando dizia que um dia eu iria embora... A cidadania italiana da familia ajudou muito, mas corri atras de passaporte, escolhi um deadline para me programar e um dia D (louco e curto pra não perder a coragem). Convencer meus pais da minha decisão não foi dificil pois eles sabiam do meu sonho (adolescente trabalhei ate em agência de intercâmbio, curso de idiomas...). Deadline? 1 mês e meio para a partida. Faltava escolher o destino...Não foi facil, pois escolher o destino de uma vida sem nunca ter saido do Brasil, so por pesquisa e do que "se houve falar", sem ter "alguém" pra te receber do outro lado, sem conhecer nada, e ainda por cima numa epoca (2011) com toda a Europa em crise...(precisava ser na Europa pois me garantiria o direito de morar com minha cidadania). Na epoca eu falava um inglês razoavel e um espanhol mediano. A Espanha era a que estava em pior momento na epoca. Londres que era minha ideia inicial a libra estava beirando a loucura. Por ser fotografa e a fotografia ter nascido na França, me decidi por Paris, sem falar uma palavra...Decidido o local comecei um curso intensiverrimo particular com uma francesa 2 vezes por semana 3 horas por dia por 3 semanas...era o que eu tinha. Começaram os preparativos...eu chegaria no inicio do outono, planejado exatamente para chegar e me adaptar antes do inverno rigoroso, e na mesma epoca onde costumam chegar os estrangeiros que estão indo estudar na europa, mês do inicio do ano letivo, onde ha mais chances de trabalho e opçoes de lugar para morar, ou foi o que pensei...a despedida dos amigos e da familia foi realmente dificil e algumas vezes chorei no fim de uma noite com samba e cervejinha ou na hora de ir embora da praia...não sabia quanto tempo depois eu os veria de novo. Fui com passagem de ida, com volta marcada para 6 meses depois e dinheiro para vivendo economicamente durar seis meses se não arranjasse trabalho. A chegada em Paris foi magnifica e historica...Faz dois anos que moro aqui, recém completados. Do inicio aos dias de hoje, para resumir, ate porque daria para escrever um livro (e isso ja esta em projeto...), fui babysitter de 6 crianças diferentes, quando não falava a lingua ouvi muita coisa maldosa dos franceses que não foram faceis de escutar, ofensivas mesmo, aprendi francês na marra trabalhando como garçonete, onde trabalhei por 1 anos e meio, sobrevivi ao sexto mes com apenas 80 euros na conta tendo que decidir se usava a passagem de volta ou não, morei por um ano na casa de uma russa, alugando um quarto, que foi bem dificil a comunicação e os habitos no inicio mas que se tornou amiga, passei muitas dificuldades financeiras, emocionais, psicologicas mesmo, de controlar pra não se abater, o primeiro inverno seria quase uma prova de fogo, e foi! Não deprimir no primeiro natal sem a familia num frio de matar e com pouca grana precisa de força... e ao mesmo tempo você se pergunta se esta ficando louca de continuar insistindo...mas é preciso determinação pra superar o inicio, os problemas, as dificuldades na lingua, mesmo se você ja falar, é muito diferente falar com os amigos no cursinho a depender da lingua pra achar uma casa pra morar por exemplo. Fazer dinamicas de grupo, entrevistas de trabalho, resolver burocracias de documentação em outra lingua, e entender das leis e habitos locais precisa de tempo e paciência. Bom, hoje vivo em Paris, moro sozinha num charmoso e minusculo tipico estudio parisiense, trabalho como fotografa em uma agência para turistas brasileiros fotografando books turisiticos, casamentos, festas e eventos e ainda me divido na recepção de um hostel. Falo 4 idiomas, estou aprendendo mais dois e não penso em voltar tão cedo. Ja sou oficialmente moradora daqui, tenho imposto declarado, seguro publico de saude, numero de seguro social, contrato de trabalho...enfim. E o mais importante, ja fiz a primeira visita ao Brasil e tive a certeza que amo meu Brasil, mas no momento não é meu lugar nem hora de voltar. Hoje não me sinto mais turista aqui, conheço a cidade como ninguem, ja consegui viajar por alguns paises, fiz alguns cursos e estou preparando para tentar o mestrado ano que vem. E da gosto ver um frances que me condenou no inicio por não falar o idioma se perguntar de qual pais "francofônico" eu venho...Essas pequenas vitorias comemoramos com muita alegria. Em dois anos é, e sera inevitavel o imenso numero de amigos que fiz e foram embora, os corações partidos e lagrimas infindaveis, as noites sonhando com o mar, mas com o tempo você aprende a lidar. Os problemas diminuem, as vitorias vem em maior numero, assim como a quantidade de historias pra contar! :D Espero ter dado o meu apoio! Qualquer duvida ou vindo a Paris, me procurem!!!

Compartilhar este post


Link para o post

Eu tenho um projeto de vida,

q é conhecer o mundo de bicicleta, conseguir filmar todo o trajeto, e no fim escrever um livro!

 

começaria pelo Litoral brasileiro

partindo do Rio Grande do Sul, até o Amapá, mas parando em todos os lugares, conhecendo cada cidadezinha, cada vila de pescador, cada cultura, cada costume!

chegando no Amapá partiria pra segunda parta de viagem que é conhecer cada estado brasileiro, tentando visitar o maximo de cidade, o maximo de vilas, povoados, conhecendo cada Historia

depois eu partiria pra outra parte, conhecendo os paises da america latina,

percorrndo tudo, da mesma forma que foi o Brasil

ate chegar ao meximo

 

depois começaria a fazer Estados Unidos, e por fim Canadá

 

depois viajaria de barco pra europa, e fazia o mesma coisa, com cada pais,

depois asia, africa, oceania, e depois eu voltaria

 

É um projeto de vida que eu tenho, e tendo dinheiro e tempo pra fazer isso, disposiçao nao me falta!!!

nao sei se realizarei esse projeto

inteiro

 

mas pelo menos a parte de Brasil, eu nao morro sem fazer!!!

Compartilhar este post


Link para o post

Visitante
Este post está impedido de receber novas mensagens


×
×
  • Criar Novo...