Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
Bruna M.Correard

Salvador e Vila de Praia do Forte - 28/5 a 1/6 - 2013

Posts Recomendados

Esta viagem eu realizei acompanhada de uma colega meio-prima, a Rosana, e uma amiga dela, a Bianca, que inicialmente não nos acompanharia. Tudo começou quando encontrei preços bons para Salvador, partindo de Guarulhos, foi menos de R$300 ida e volta com taxas inclusas, então nos animamos...

 

Na busca pela hospedagem surgiu a dúvida, quando viajo sozinha sempre fico em albergues, a Rosana nunca se hospedou em algum e acabamos optando por uma pousada, a Pedra da Sereia, localizada no bairro Rio Vermelho. O local tem instalações simples, com café da manhã incluso e diárias para quarto duplo de aproximadamente R$50 por pessoa.

Pontos positivos:diversas opções de ônibus passando bem próximos da pousada, local tranquilo na parte interna: silencioso, vista pro mar (Praia da Paciência)

Pontos negativos: local pouco movimentado à noite, falta de acessibilidade, visto que para chegar à recepção sobe-se escadas bem largas em local periférico

Conclusão: pelos aspectos negativos, não recomendo para quem estiver sozinho (a), busque um hostel!

 

Pagamos um taxi da nossa cidade até o Aeroporto de Guarulhos, ficou cerca de R$85 pra cada, considerando que o voo sairia 7h45 e não tinha ônibus que nos permitisse chegar no horário...saímos às 4h de Pindamonhangaba, buscamos Bianca em Taubaté e chegamos com tempo em Guarulhos. A chegada em Lauro de Freitas - porque o aeroporto não se localiza em Salvador, e sim em Lauro de Freitas - foi por volta das 10h30, havíamos feito reserva de taxi até a pousada, reserva feita junto da pousada mesmo. A Bianca tinha voo depois de nós e se hospedou num hotel pros lados do farol da Barra, ela comprou pacote de empresa de viagem, Rosana e eu não. Como estávamos com malas, o taxi ainda foi a melhor opção. a custo de R$70 pela corrida, nos custou R$35 pra cada. Ah, o taxista mora na rua da pousada e a mãe dele trabalha no local, ela serve o café da manhã...e no último dia fizemos um tour com ele...mas isto relato no final.

 

Primeiro dia - 28 de maio

Ao chegarmos na pousada, logo fomos trocar de roupa, trancar nossas coisas no armário e partir pra uma volta pelo bairro Rio Vermelho. Fomos almoçar nos arredores da Praça da Dinha, por já estarmos varadas de fome e sem saber onde almoçar por ali, visto que vários comércios se encontravam fechados, e era meio dia e pouco! ::hein:::hein:

O calor em Salvador estava bem "escaldante", evidente, forte, etc ::lol4::::lol4:: Rosana e eu optamos por utilizar vestidos, e vestidos comportadinhos, nada escandaloso, mas olha, parece que os habitantes de Salvador na região do Rio Vermelho não estão muito habituados a ver moças com vestidos, ficamos com medo, pessoas passando pelas avenidas buzinavam, falavam coisas, assim que almoçamos voltamos quase que correndo pra pousada, esperar a Bianca chegar pra encontrá-la no final do dia, onde vimos o Pôr-do-sol no farol! ... ::lol4::

Fotos da primeira parte, ainda com vestidos, antes do rápido retorno à pousada rsrs:

598da5d5dd03e_Imagem002.jpg.c7006666f1cd3b13ca5a78cdbf1a9945.jpg

598da5d61734a_Imagem005.jpg.4406b251f3cecfc54c333d4da615f30b.jpg

598da5d61bacd_Imagem007.jpg.c9e0e54655924df3bb3a9cb15774184c.jpg

598da5d61feaf_Imagem015.jpg.dc07422a0fe8fdd8214265214b568ec9.jpg

No fim da tarde, a saída em busca do Farol da Barra e encontro da Bianca:

598da5d623f45_Imagem016.jpg.85e0251e89ad4fb1cdc249790e1bd083.jpg

598da5d62828f_Imagem021.jpg.9664a6c63a77047c5700a8376bcd8636.jpg

598da5d62caa1_Imagem018.jpg.f20adbf9dc3bbdaa474ddafc88619bca.jpg

598da5d650972_Imagem028.jpg.3a520bda27cd43220422220bc73e9f55.jpg

598da5d656757_Imagem032.jpg.8fd08d15cf1af77a6576e34725c83a61.jpg

598da5d65c03f_Imagem040.jpg.df5873e5133bf354d877db2160ce4371.jpg

Optamos por subir a Farol, a visita custa R$10 por pessoa, eu recomendo que subam mais cedo, pois subimos já quase na hora de fechar, tem também um museu pequeno dentro do Farol, com visitação inclusa. Fotos de lá de cima:

598da5d661bf4_Imagem047.jpg.1106c7bf9f8a9c066f81d5a523e55f29.jpg

598da5d73b84e_Imagem048.jpg.34c4c1ffbb19f64f4d7dd7e6a872dbc5.jpg

598da5d74024e_Imagem050.jpg.04893244969c01b3d2d1007512cc0f03.jpg

598da5d74435a_Imagem051.jpg.a568951783bdf117b7220fd242921275.jpg

Descemos, antes que ficássemos trancadas alá em cima rsrs detalhe: os degraus são bem estreitos, são escadas em estilo "caracol", então muito cuidado ao descer! Já na parte térrea, demos uma olhada rápida pelo museu:

598da5d749ed0_Imagem056.jpg.273f98c7499fae6e109907dfa04fdc6f.jpg

598da5d7706c5_Imagem061.jpg.8c82d7b37d8d89dd922db3de5a5dd9e2.jpg

598da5d775a2e_Imagem062.jpg.27bafea2ef1ba453526c4975c3edf52b.jpg

598da5d77aed6_Imagem058.jpg.1b7d45c72357a13e25b3d1fc92f7fb5e.jpg

598da5d77fd83_Imagem059.jpg.6161b075329ae2471877c83e0dfd8de7.jpg

Ali fora, ainda no térreo, tem uma vista bacaninha também:

598da5d7a2470_Imagem063.jpg.b42d0db14549950a5c5c3f5bec08e965.jpg

598da5d7a6685_Imagem067.jpg.a90cd37f70c1d53097de9e4e0782eab6.jpg

Neste dia ainda saímos com um amigo da Rosana, que mora em Salvador, o Rafael. Eles comeram Acarajé, eles porque eu não gostei muito do danado rs acabei comendo um "bolinho de estudante" ,é frito, doce, com formato de quibe, com recheio apenas de bolinhas estilo Sagu...meio sem gosto, mas comível hahahaha :lol: Rafael nos deixou nos nossos respectivos lugares, para descansarmos pro dia seguinte.

 

Segundo dia - 29 de maio

Neste dia, tomamos café e encontramos com a Bianca já dentro do ônibus, que passou em frente à pousada e seguiu pros lados do Farol. Pegamos o Praça da Sé, a passagem custa, se não me engano, R$2,50. pra este dia, escolhemos fazer um tour autônomo pelo Pelourinho e arredores. Uma dica valiosa que eu tinha lido no aqui no Mochileiros antes da viagem: RECUSE, SEM MEDO DE SER CHAMADA DE GROSSA OU AFINS, qualquer "presentinho" de fitinhas que os ambulantes tentam te empurrar dizendo que é gratuito, NÃO ACEITE. Havia lido aqui que eles marcam turistas pra serem facilmente identificados para assaltos. Tentaram empurrar fitinhas pra Bianca e eu fiz o alerta, e um ponto negativo de Salvador é a quantidade de gente perturbando, oferecendo coisas. Recuse, não dê conversa e saia andando, é o caminho!

Bom, saltamos no ponto final do ônibus e a poucos metros dali nos deparamos com o Elevador Lacerda (na cidade alta), onde as pessoas chegam quando sobem da cidade baixa. Resolvemos fazer poucas fotos por ali e seguir, pois a todo momento éramos abordadas por pessoas oferecendo ou fitinhas ou passeios guiados. Seguem fotos deste dia:

598da5d7e2cf8_Imagem077.jpg.37cb16042c83f6d2eba78ad6617b1c02.jpg

598da5d8184ed_Imagem078.jpg.de1eb47237627e190096c7eaf79b159d.jpg

598da5d81cf31_Imagem081.jpg.943f3f0dd53a9bd7a7e0279ea91abf3d.jpg

598da5d8e68f5_Imagem083.jpg.0117fc80592236e907c2a4b370e6723f.jpg

598da5d8ebfcc_monumentodacruzcada.JPG.fb25bf155c4ccf87e8c074d1db833bcb.JPG

598da5d8f15e7_Imagem090.jpg.9bfb2c0f3ae8e4524e1d4b7ff971d151.jpg

598da5d902cbb_Imagem092.jpg.462631d87d08eac629af807d59306612.jpg

598da5d9087c1_Imagem094.jpg.b733e1f79215e15c98f486ecc4efaea3.jpg

598da5d911ea1_Imagem095.jpg.01a09f50ee4da26bba5615c44d6c73da.jpg

598da5d919f09_Imagem097.jpg.9466b11fe427b2560d57e669a50f6fc9.jpg

Poucos minutos caminhando Pelo Pelourinho, avistamos a Igreja de São Francisco, ou, "Igreja de Ouro", como é conhecida. Antes das fotos de lá, quero fazer alguns comentários. O primeiro, é sobre o Pelourinho: neste dia curtimos pouco o Pelourinho, devido a tantos comentários sobre risco de assaltos na região. Claro que é necessário ter cautela, assim como se tem em qualquer local, a começar pela rua de onde moramos, não existe local 100% seguro. Percebi o Pelourinho mais limpo do que imaginava, devido a comentários, e também mais policiado, as ruas principais contam com policiamento, o cuidado é cair num beco pouco movimentado, portanto, se caminhar pelas ruas principais, pode fazer um passeio agradável. O segundo comentário é sobre a Igreja São Francisco. É linda, tanto por dentro quanto por fora, sua visitação em dias onde não está pra acontecer missa, é paga, por volta de R$5 por pessoa. Um alerta: havia um senhor, aparentemente trabalhador de dentro da Igreja, que quando fizemos para uma moça o pagamento da visitação, nos acompanhou naturalmente, como se fosse realmente um funcionário do local, pois a moça não disse nada. Nos explicou a história de Salvador, bem como da Igreja, com muitos detalhes, por aproximadamente 2h, ou quase, e ao final, nos disse que devíamos R$40, dividido este valor por nós três. Ficamos pasmas e sem reação, pois ele era um guia autônomo, que não se apresentou, nos levou sem perguntar se queríamos este serviço. Portanto, o alerta é: nada em Salvador é de graça, nada! Caso visite alguma igreja, pergunte se esta pessoa que o acompanha irá cobrar por isto. ::vapapu:: Indignações à parte, vamos às fotos da igreja e dos demais locais que visitamos neste dia:

598da5d93fdd5_Imagem101.jpg.5a2d6ece9133ae1f9bbca5615e469b6b.jpg

598da5d951c33_Imagem105.jpg.7d7202d2c88520439008e205db3ce4e6.jpg

598da5d95c30b_Imagem107.jpg.c7dc49fd6497a424b3202045c10674f7.jpg

598da5da2e40b_Imagem108.jpg.bab462739acae09a67e7d6beee8648c7.jpg

598da5da42fef_Imagem110.jpg.437114c706038446181c3d02bb8736d5.jpg

598da5da49000_Imagem118.jpg.fd21e4f11b3850295b51a3407a5f84d9.jpg

598da5da547a9_Imagem132.jpg.8a9c94b7a7cb57225cff3c6c10cc6792.jpg

598da5da72c5a_Imagem138.jpg.57fd6f6e43c6aac8331134bd79deb973.jpg

598da5da7897c_Imagem153.jpg.d6f4eba622b74c89ae1f776bb3e5e564.jpg

598da5dab02d8_Imagem156.jpg.31f9a28d0a4c17d9276810c71734e273.jpg

598da5dae5958_Imagem159.jpg.a0b1e135d755c42e19f094bfe51a11b7.jpg

598da5dae9fde_Imagem163.jpg.858fd23660208122a3ea231318b2b3fe.jpg

598da5daee6d9_Imagem167.jpg.c8aefb6e637797ec6d1c556f293bcf50.jpg

Na volta, demos mais uma olhadinha da vista ao lado de onde se parte pra descer o Elevador Lacerda, famintas, fomos buscar um restaurante e optamos por almoçar dentro do Mercado Modelo. Restaurante bacana, espaço agradável, só demorou muito pra sair a comida, pedimos uma moqueca de peixe para as três, detalhe no vinagrete: MUITO apimentado, eu não como nada apimentado e quando provei o bendito, sem sermos avisadas pela garçonete, desceu queimando minha garganta, e olha que as meninas gostam de comida apimentada e estranharam também!Apesar da aparência, o local possui bons preços, os pratos são acessíveis para quem está acompanhado de pelo menos mais uma pessoa, mas considero ideal para três pessoas, a não ser que você seja um (a) devorador (a) nato (a) rsrs Fotos:

598da5dcc9f03_Imagem171.jpg.0e20d7aae2ab9de1b4612a73920687b2.jpg

598da5dd78453_Imagem173.jpg.c571e11938514931474a969c30a535bd.jpg

598da5dd7ea55_Imagem179.jpg.e1d82ffd6c24d14b0a24fa0fd3637325.jpg

598da5dd85457_Imagem181.jpg.9f180b6f13440100f83f57de98ddbd3b.jpg

Ao finalizarmos o almoço, seguimos pra um ponto de ônibus próximo, pois nosso objetivo era finalizar a tarde na Igreja Senhor do Bonfim, famosa por suas "fitinhas" de promessas. Na verdade, só promessas mesmo, não recomendo a visita. O local fica bem distante, passamos mais de uma hora no ônibus, ao chegarmos lá, a arquitetura da Igreja não nos surpreendeu, sem contar que a praça onde se localiza a igreja precisa de um cuidado a mais, há arbustos altinhos ali, e pouco policiamento. Fizemos algumas fotos rápidas e fomos nos informar de onde poderíamos pegar um ônibus para descer perto do Farol da Barra. Um senhor que vende sorvetes ali, numa dessas "casinhas" fixas da Kibon nos recomendou descer a pé até a Ribeira, porém eu senti um ar sarcástico do senhorzinho, e mais tarde o taxista, Luciano, que nos levou pro tour do último dia, e nos buscou no aeroporto quando chegamos, nos disse que é altíssimo o risco de assaltos para quem desce do Bonfim à Ribeira a pé, sem contar na distância. Por sorte, fomos sensatas e pegamos um ônibus. Fotos no local:

598da5df7c1cc_Imagem196.jpg.dc62ab443071e40cb44a7e7ae67fb44f.jpg

598da5e05f8a6_Imagem190.jpg.03a729b7ae6f5c8405c57226fcab505e.jpg

598da5e065632_Imagem191.jpg.c24a61cdad88644ed46ddf421092aa75.jpg

598da5e06b2b5_Imagem193.jpg.bbcc7cb15c254dd8107fa36bb1d6cf4d.jpg

598da5e158699_Imagem198.jpg.99a32bbfea2157f0684f954f94634dad.jpg

Depois deste dia, descansamos cedo, já com intuito de ir à Vila de Praia do Forte do dia seguinte.

 

Terceiro dia - 30 de maio

Neste dia, fomos por conta própria à Praia do Forte, visto que as agências locais cobram valor bem "salgadinho". Fomos de ônibus até uma parte bem distante da cidade, em ônibus que vai ao Aeroporto, descemos num ponto indicado pela senhora mãe do taxista Luciano, e de lá pegamos ônibus à Praia do Forte. Dica: compensa muto mais ir até a rodoviária e de lá pegar este mesmos ônibus, pois o ponto que pegamos foi bem depois e o ônibus estava muito lotado, tivemos que fazer quase que todo o percurso em pé, conseguimos sentar já no final da viagem, então se for, pegue na rodoviária. A passagem custou cerca de R$6,50 por pessoa, e a viagem durou mais de uma hora. Chegamos lá já por volta de 11h e alguma coisa, e o sol estava "sorrindo" bastante! :P Sobre Vila de Praia do Forte: comemos numa dessas barracas, quiosques como falamos em São Paulo, mas, como eu estava embrulhada da moqueca do dia anterior, lembrando que estou acostumada a comida pouco temperada, optei por prato individual, onde comi filé de frango com arroz e fritas. As meninas pediram uma moqueca enorme que deu e sobrou pra elas se servirem. Achei as comidas tanto em Praia do Forte quanto em Salvador, bem complicadas de se comer sozinho, paga-se caro, ainda paguei razoável no meu prato individual, algo como R$20, mas não era comum. Em Praia do Forte, visitamos o Projeto Tamar. Eu tinha mais expectativas do que vi de fato, é um local bonito, mas não me impressionou tanto quanto pensei que fosse! O bom é que ali em frente tem as piscinas naturais, que nos fizeram felizes! Fotos, fotos:

598da5e160c71_Imagem215.jpg.1edc75f7997f13d6bc663dee4a1c8ce9.jpg

598da5e168484_Imagem206.jpg.66c888f7fe753697a82c3d1b72638232.jpg

598da5e170304_Imagem209.jpg.19acb4ee7d92f9a06a17f2f6c682030f.jpg

598da5e17aa51_Imagem212.jpg.89f24fea6691f07819ae1c32bb0f5521.jpg

598da5e1870b1_Imagem218.jpg.ee247ba07f04f9243e5eba97e85414ed.jpg

598da5e39090c_Imagem220.jpg.74a3b5aaa52b5558944c1edb24c35471.jpg

598da5e3be6e4_Imagem232.jpg.641f632dbfadca61c30803737827968c.jpg

598da5e3b07e4_Imagem234.jpg.174841dc450c95c858687ed5b6b39e73.jpg

598da5e3b7621_Imagem243.jpg.fb7fb942b3562dab2803b9b762ee9427.jpg

598da5e3a3f7f_Imagem229.jpg.b5d4a7f947608aa5c35e598f45a13d7a.jpg

598da5e3986fc_Imagem221.jpg.e6d4fcd02620105bd288d110a3cff868.jpg

598da5e39e4b0_Imagem228.jpg.4ebd7d92452ef28511bd0bb720800184.jpg

598da5e3c6081_Imagem240.jpg.6b371c45d39ded5fff5be08f2eec98a1.jpg

598da5e3cee0b_Imagem245.jpg.0e11d3faaed71794ef5c5380cf7478a6.jpg

598da5e402da7_Imagem248.jpg.5db09fa0f87aad456e89ea945bf0be59.jpg

598da5e436f74_Imagem250.jpg.90464ae4c0b062a3c8dff7a7191cebd5.jpg

598da5e44b792_Imagem259.jpg.7c4510723cb9ca7461c7086ba7f39936.jpg

598da5e5efe52_Imagem262.jpg.8d68914eeb9812ea69deacf87a1b9195.jpg

598da5e608b33_Imagem270.jpg.892bfa6934f2b0bc4553ebde173f8e02.jpg

598da5e61576b_Imagem280.jpg.589331ba8419fc00196066c0f5938b61.jpg

598da5e61b58d_Imagem285.jpg.032dcf1ffb26538d9f67217cec7e76c1.jpg

 

Finalizamos o dia retornando a Salvador, de ônibus pelo mesmo valor da ida.

Paia do Forte possui caixa-eletrônico do Banco do Brasil, Itau e Santander, como cada uma de nós utiliza um banco, sei que a vila atendeu às três! :))

 

Quarto dia - 31 de maio

Este eu considero o dia mais bacana de todos, na minha opinião. Tínhamos planos de fazer o passeio das ilhas Frades e Itaparica, porém ao chegarmos ao Mercado Modelo, o passeio já tinha saído. Optamos então por fazer mais um tour ao Pelourinho e conhecer uma praia da capital, Praia do Flamengo. Neste dia deu pra "viver e sentir" o Pelourinho com mais tranquilidade, e até nas fotos isto ficou visível! Aguardamos por mais de uma hora o ônibus que nos levaria à Praia do Flamengo. Nisso, a Rosana puxou assunto com duas moças de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, que também queriam ir à Praia do Flamengo. Conseguimos rachar um taxi até lá, por R$12 pra cada, e valeu muito a pena, pois é a última praia da capital, bem distante. Também voltamos com o senhorzinho taxista, que nos buscou às 16h. Pagamos R$12 a volta também. na volta vimos a orla, foi um dia bem agradável. As meninas comeram Acarajé na praia, eu optei por uma porção de bolinha de queijo, só enganou a fome, mas sobrevivi :roll:

Fotos do dia:

598da5e62215a_Imagem293.jpg.68661d441b80569b5f7f1192746a7ec2.jpg

598da5e62907b_Imagem295.jpg.d77db14183039b5a6e1cfb8a784fc042.jpg

598da5e62fdea_Imagem296.jpg.1e4ac48f31d57054ead18834d4976f3c.jpg

598da5e6368f4_Imagem298.jpg.57c656ba8c056b985fd2d592db6a1b8b.jpg

598da5e63d618_Imagem301.jpg.19f7a7adf33b7e0e2eb3ae6f02d7c229.jpg

598da5e64211b_Imagem306.jpg.cfc9779d973be451513be55dfba1b2ed.jpg

Voltamos ao monumento da cruz caída, fiz uma fotita lá

598da5e646aeb_Imagem307.jpg.b7d4f72cb4692e377f70b61217cad241.jpg

E vamos à Praia do Flamengo...

598da5e64bcea_Imagem309.jpg.491b0c5f1461351aba428eee20fc7ea0.jpg

598da5e650d0b_Imagem315.jpg.54146e882cb96f34e1bfe6166ec78c36.jpg

598da5e656b94_Imagem316.jpg.4ce7fa7702d7c4306dc2885bf2900c9c.jpg

598da5e65d605_Imagem321.jpg.dd36591f143e96a75df5c2efa1089437.jpg

598da5e6641bf_Imagem366.jpg.9a9c24acc8481a5c5f292e0b513094af.jpg

598da5e66ac09_Imagem368.jpg.d006eca29088680bd31ae425d0447972.jpg

598da5e77359a_Imagem377.jpg.0e8330dd1f5ab3719c77bc8fd1c49801.jpg

598da5e77904e_Imagem382.jpg.a06b5db2370c25fd5a65a7cd581ae90b.jpg

598da5e77e72f_Imagem385.jpg.5012a67a84f0a02d8d180d8984f992f0.jpg

598da5e783ee4_Imagem390.jpg.fb7a27cc40bae55a5f7209fcaec23d51.jpg

 

Neste dia à noite fomos ao Pelourinho, encontrar com Isabel e Alessandra. rachamos um taxi, Bianca, Rosana e eu. Voltamos de taxi também. Embora eu não seja baladeira, a noite foi animada, cada comércio tocava um som.

598da5e78961e_Imagem402.jpg.3cd118cf01d47c47ca37394b53c09679.jpg

 

Quinto e último dia - 1 de junho

Neste dia tomamos café, Rosana e eu, assim que acordei, fui à sacada, que ficava em frente ao nosso quarto, e vi um arco-íris bem bonito, meio que "brindando" nossa despedida de Salvador:

598da5e83386a_Imagem406.jpg.226d84740ed5c38a0daf66d04901e769.jpg

Mais uma olhadinha na praia da Paciência, bem à nossa frente, e uma rápida curtida na rede, e enfim despedida da pousada:

598da5e84a556_Imagem413.jpg.b4a55b7914bcf2116b61fd7cc817a32b.jpg

598da5e85f09f_Imagem414.jpg.0e84db384f5b44b754623f05a6f9916a.jpg

Terminado nosso café, fechamos com Luciano, o taxista que nos trouxe, pra um tour e em seguida ele nos deixaria no aeroporto, nosso voo era 18h. Bianca teve voo pela manhã e não a vimos neste dia. Combinadas com Luciano por R$50 cada (tour e aeroporto), seguimos por alguns pontos da cidade ainda não vistos: fomos primeiro até a Ribeira, periferia de Salvador, e onde provamos o famoso sorvete, considerado o melhor da capital. De fato é bom, mas grande, como não sabíamos o tamanho das bolas, pois eles é que servem, pedimos duas bolas cada, resultado: o sorvete virou nosso almoço!

598da5e858712_Imagem418.jpg.4f8ed7c071982a230d39f6f6cadd1f23.jpg

598da5e865b12_Imagem416.jpg.b47407d69533fffbeeb19428f946dfae.jpg

Terminado nosso sorvete, seguimos com Luciano para Mont Serrat. O local é distante e bonito, se tiver como se locomover até lá, visite. Fotos:

598da5e99158e_Imagem419.jpg.f8ccac8d4742f70af834a9f3b49b18e4.jpg

598da5e996e96_Imagem426.jpg.08ea2ecaa73ec026b5d517dec5736714.jpg

598da5e99c2b6_Imagem428.jpg.e786e8dda8c435bad3e0408c2e2878d3.jpg

598da5e9a1a77_Imagem435.jpg.9567497e845dad8b76ca558563fa9196.jpg

598da5eb419c2_Imagem447.jpg.bb70d4a5daacb6a91d47322fe15e579a.jpg

598da5e9a856c_Imagem445.jpg.4fdfc783c3752d21d68c2c7c2ad5c0cf.jpg

598da5e9af537_Imagem436.jpg.b069a2bb701b760d469971d2c7f08289.jpg

598da5e9b6036_Imagem439.jpg.dbb9565571da9664b5abaad37b4e0cb8.jpg

Dali seguimos pro Solar do Unhão, passamos antes pelo Elevador Lacerda na parte da Cidade Baixa

598da5e9bcbeb_Imagem449.jpg.183800aaa873536a0b829594e6f01f99.jpg

O Solar do Unhão é um local bacana, achei bonito o espaço. Lá costumam rolar shows de Jazz, mas isto fica pra próxima, ainda não deu! ::lol3::

598da5e9c3b75_Imagem466.jpg.4593cfab557c4e0e2914462ef7d8d028.jpg

598da5e9cc22c_Imagem468.jpg.6380f7ab5d3e1ac993a4a2143ec43325.jpg

598da5eb52302_Imagem450.jpg.2177d9aa1fbb2572051de709647feb80.jpg

598da5eb57948_Imagem452.jpg.51592305049c19ea7307b7453821e534.jpg

598da5eb61c87_Imagem454.jpg.657533a0d34f187fa248d3b6d47015f7.jpg

598da5eb66d01_Imagem457.jpg.b502e04fb8a3ef3ec2571320a509ab02.jpg

598da5eb5ce64_Imagem453.jpg.7fc378d98ec015cdaa7341a4f4634b31.jpg

598da5eb6c0fc_Imagem460.jpg.02d9276b7885a8364af938f4f4059d01.jpg

598da5e9d1bf5_Imagem473.jpg.ebff09fe0707705da353480a4839b164.jpg

Do Solar do Unhão seguimos para o Dique do Tororó, um local interessante, ao menos eu gostei. Tem no lago alguns orixás, em tamanho grande. Fiquei ali apenas para algumas fotos, dali seguimos pro aeroporto.

598da5e9d7413_Imagem477.jpg.0fee26b46e379f9005a5f7547f17b729.jpg

598da5e9e2909_Imagem478.jpg.96172e1d587f77ed2945c56ca979d63f.jpg

598da5e9dcd7e_Imagem479.jpg.ed6c4e2c77d1ff408045cc47562c98ad.jpg

598da5e9e898d_Imagem481.jpg.35b6c92d0e4462c97d39dc0fb0db1a1a.jpg

598da5e9f06f6_Imagem483.jpg.25e8d0bce2b669c0f5ee63e01d47c3fd.jpg

 

Fim do relato sobre Salvador. Cidade com grande importância histórica pro Brasil, foi uma satisfação estar ali! :wink::wink:

598da5ea030cd_Imagem486.jpg.09d625b453ecd9f31a641ec178c8ce4c.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que bom encontrar um relato com a mesma quantidade de dias que tenho pra passar em Salvador!

Confesso ter receio de ir a Salvador por essa fama que você mencionou no relato, e agora está mais que comprovada né!?

O guia na igreja foi de lascar hein! Ainda bem que estavam em 3 pra dividir o valor... mas mesmo assim ficaria me sentindo muito idiota... :?

Bom saber que o "Pelô" está mais policiado, que continue assim em março e por muito e muito tempo, pra não espantar nós turistas hehe

 

Ah, lindas fotos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi! Vai pela primeira vez a Salvador?

De fato tem os riscos sim, porém é aquilo de estar sempre ligada, atenta.

Conhece Ceará? Senti o clima de lá mais tenso que o de Salvador até, em Fortaleza eu não vi uma viatura de policia sequer, tanto que lá só fiz tour a pé de noite quando cheguei, não conheço outros estados do Nordeste, mas, ouço falar de outros com situação parecida, como Recife, São Luis!

 

O episódio do guia foi terrível. Apesar de estarmos em três, as três se sentindo idiotas. Pagamos por medo dele mandar alguém atrás e nós, não dá pra duvidar. O Pelô ta mais policiado sim, mas nas ruas principais, segue o fluxo e os próprios locais falam pra não ir em certas ruas, nos becos.

 

Obrigada pelo elogio às fotos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim, primeira vez e provavelmente sozinha.

Fortaleza ainda não conheço, mas a fama eu conheço. Sobre Recife, idem! É uma pena que uma região com lugares tão belos tenha essa fama, mas tbm hoje em dia está difícil ir pra um lugar e ficar 100% tranquila a qualquer hora do dia =/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Segurança 100% do tempo não tem mesmo, se tiver, esse lugar é Jericoacoara, muito diferente de Fortaleza!!

Pois é. Lamentável a situação desses locais. Tenho receio de ir sozinha a Recife, falaram que o clima lá é tenso...

Salvador com Hostel vc não fica sozinha, lá tem sempre alguém! Quero muito ir pra Chapada Diamantina, mas feriado é pouco pra lá, acho que vou em novembro que terei 15 dias! :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito legal ver o seu relato, vai me ajudar muito, pois quero fazer exatamente igual a vc... o meu roteiro a pé e por conta...rsrs! Também quero ir na Igreja do Bonfim, mas fiquei preocupada agora que vc comentou que lá é meio esquisito!! Sobre Fortaleza, tô indo pra lá esta semana, passar um final de semana... Já fui a Recife e achei tranquilo, mas Natal eu não aconselho a ninguém ir só, lá muito violento e perigoso!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, Crysthyna!

 

A Igreja não é "perigosa", tem que se atentar aos guias independentes que não se identificam, agem como se fossem funcionários da igreja e depois te cobram, mas o local em si, não é nada alarmante, durante o dia... :)

 

Fortaleza, é bom andar durante o dia e acompanhada, as ruas à noite são bem desertas...e o povo anda muito amedrontado pelas ruas quando você pede informação, não por medo do turista, mas todos os locais eles alertam muito sobre assaltos.

 

De Recife ouvi fala que anda tensa como Fortaleza, mas eu não fui até lá, então não sei. Não conheci Natal também, então, não tenho ainda o que comentar! :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Entre para seguir isso  



×
×
  • Criar Novo...